quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

QUE VENHA O 16.....

2016 chegando.....

Muitos acham que é apenas mudança de calendário, mas psicologicamente as pessoas refletem positivamente sobre a chegada de um novo ano.

E no embalo desse apelo psicológico é que precisamos entrar e concorrer para dar a necessária contribuição para que as coisas melhorem.

O mundo só irá mudar à partir de nossas mudanças, ainda que a participação individual possa parecer pequena, insignificante.

Os oceanos são formados de gotículas e a sociedade também é assim.
Sem a contribuição individual o todo não se compõe.

Todos somos importantes para o coletivo.

Se não somos capazes de modificar totalmente o macro - e não somos - podemos somar com o nosso micro.

A soma de pequenas atitudes pode resultar em montante valioso para o bom convívio social.

Vamos virar a página, vamos trocar a "folhinha", mas vamos também procurar mudar o comportamento no que estiver fora dos padrões da ética, do respeito e da moral.

ÓTIMO 2016 PRA TODOS !!!!!!

segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

GIL PAIVA

Os dias vão se passando, vamos virar mais uma calendário e a qualquer momento somos sacudidos com noticias tristes da perda de amigos e conhecidos.

No começo deste mês de dezembro enviei mensagem de Boas Festas a um querido amigo através do Skype, com quem me comunicava constantemente.

Estranhei que com o passar dos dias nenhuma resposta chegava até mim e comecei a me preocupar.

Até que neste último final de semana surgiu um texto dizendo que ele houvera falecido no dia 2.
Minha mensagem foi mandada no dia 4.

Meu estimado amigo GIL PAIVA nos deixou aos 71 anos de idade.

Quando cheguei ao Grupo Bandeirantes de rádio e televisão, janeiro de 1980, Gil prontamente se abriu para uma honesta e sincera amizade.
Era um dos principais operadores de áudio da casa.
Me dava dicas, orientava e mostrava o caminho das pedras.

Nas transmissões da Fórmula-1 pela rádio Bandeirantes era ele quem me dava retaguarda na Central Técnica, pois tinha as imagens da Globo, e nós nos autódromos naquela época carecíamos de tudo.
Sem monitores adequados, sem visão de todo o circuito, sem computadores com tempos e classificação, NADA.

E Gil me socorria através da linha de coordenação.
Não era o seu papel, mas sua preocupação em me auxiliar era algo de alguém totalmente do bem, amigo, solidário, irmão de verdade.

Fizemos inúmeras viagens depois pela TV Bandeirantes no projeto SHOW DO ESPORTE.
Quantos papos, trocas de idéias filosóficas, assuntos e experiências espirituais, companheirismo e muito mais.

Era um dos operadores preferidos de Luciano do Valle, com quem formou nas grandes jornadas da Band enquanto sobreviveu o Show do Esporte.

Gil das Neves e Paiva viveu assim, ajudando as pessoas, abrindo espaços a profissionais.

Há anos havia se aposentado e se dedicado integralmente à família.

Mas seu ciclo de vida terrena chegou ao fim, deixando legado altamente positivo.
Quem conheceu e conviveu com ele só pode render boas homenagens ao Gil.

Que a família tenha forças para atravessar este momento de turbulência emocional.

OBRIGADO, AMIGO GIL !!!!!!










terça-feira, 22 de dezembro de 2015

TROCA DE CALENDÁRIO.

Final de ano, final de temporada.

É tempo de virada de página.

O que foi feito já está consumado, nada mais a fazer.

A ordem é mirar planos e projetos para o novo ano que vem chegando e confiar que tudo vai dar certo.

Passagem de ano é sempre um renovar de esperanças.

Troca-se o calendário e renova-se o nosso interior.

Com os percalços naturais do cotidiano, é claro, mas sempre com otimismo.

E que a saúde física e mental esteja viva, preservada, movendo nossos caminhos.

FELIZ NATAL E UM 2016 REPLETO DE BOAS ENERGIAS PARA GRANDES REALIZAÇÕES!!!!


segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

SABER PERDER É FÁCIL ???

É fato que ninguém fica feliz nas derrotas.

Como a vida é feita de vitórias e derrotas, e todos sabemos disso, é razoável que busquemos o equilíbrio quando perdermos alguma parada, seja ela qual for.

No esporte, especificamente, muita gente se destempera, se descabela diante de uma derrota.

Num primeiro momento acho natural, humano, lógico até.

Mas é preciso que passado o primeiro impacto do "perder" tudo se assente na cabeça do derrotado.

Nunca vi nada depreciativo em perder.

Se a vida é um jogo onde se ganha ou se perde, no esporte é a mesma coisa.
E no esporte, menos ainda, porque trata-se de uma competição apenas e sem quaisquer consequências morais para o cidadão.

Na vida sim é que as derrotas certas vezes abalam de verdade e comprometem social, moral e profissionalmente.

E se estamos nessa vida para aprender - e estamos - em todos os sentidos, urge que nos policiemos severamente nos momentos de supostas derrotas, principalmente no esporte.

É muito mais sério o ato de viver do que torcermos por essa ou aquela agremiação.

Vejo pessoas perdendo a calma quando seu time é derrotado e me preocupo.
São pessoas que ainda não entenderam o real sentido do esporte.

Seu time perdeu?
E eu pergunto: o que você perdeu com a derrota do seu time?
NADA, absolutamente NADA.

Entender tudo isso é crescer, é avançar na compreensão e no saber separar o que é VIDA e o que é DIVERSÃO.

Saber ser simpatizante de uma agremiação, e não um apaixonado, é ter crescido interiormente.

No caso do futebol, esse esporte empolgante, maravilhoso, é onde meu comentário mais se prende.

Quem me lê pode e tem o direito de achar que sou um sonhador, mas é a minha reflexão sobre o tema.
Sempre foi.

Na lista preferencial das coisas importantes da VIDA, o futebol está muito abaixo do topo.

Muito abaixo.




sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

ROGÉRIO CENI - A DESPEDIDA.

Rogério Ceni deixa os gramados.

25 anos de São Paulo, goleiro artilheiro, grandes conquistas, grande identificação com a galera tricolor, uma carreira digna de elogios e história.

Nunca me atrevo a dizer que esse ou aquele jogador foi o MAIOR mito desse ou daquele clube.

Várias gerações vestiram a camisa e no seu tempo se tornaram mitos da galera.

No próprio Tricolor eu citaria José Poy, Sérgio Valentim, Waldir Peres, De Sordi, Mauro, Oscar, Beline, Canhoteiro, Zizinho, Roberto Dias, Bauer, Yeso Amalfi, Pedro Rocha, Zetti, Cafu, Gino Orlando, Alfredo Ramos, Raí, Serginho, Gilberto Sorriso, Gerson, Careca, Muller, Silas....e etc etc etc.

Cada um, a seu tempo, foi ídolo da galera sãopaulina.

Mas nesse grupo de elite que citei - e fatalmente muitos nomes faltaram na lista acima - é óbvio que Rogério Ceni entra com um peso extraordinário.

Ele, inclusive, viveu na carreira todo o favorecimento da expansão de mídia que hoje existe.

A visibilidade nos dias de hoje e já de algum tempo é espetacular.
E aqui entra o mérito de Ceni ter entrado na mídia como um profissional sério, dedicado, tecnicamente ótimo, um ícone da galera.
Outros, com toda a força da mídia, lançaram seus nomes na lama com procedimentos pobres, de má conduta.

Rogério pode ser criticado pelo seu temperamento e tal, e ele mesmo admite que tem gênio difícil, mas isso é um fato pessoal.   Como atleta, em análise fria e justa, não dá para colocar defeito em sua carreira, que é muito vencedora.

E fico muito à vontade para escrever sobre Ceni pois nunca tive contato pessoal com ele, o que poderia influenciar a minha análise, se alguém pudesse pensar assim.

Minha homenagem ao atleta ROGÉRIO CENI.

O São Paulo e o futebol agradecem.




















terça-feira, 8 de dezembro de 2015

DORIVAL JR - UMA ATITUDE CAMPEÃ.

Fim de temporada do futebol brasileiro.

Poderíamos abordar vários assuntos a respeito desse 2015 que está definhando, mas vou ressaltar um fato que para mim foi espetacular, um grande exemplo.

Aquele abraço do Dorival Júnior no Marcelo Oliveira logo após a decisão da Copa do Brasil foi marcante.

Ele, perdedor, invadiu a coletiva do companheiro profissional e o cumprimentou pela conquista.
Saiu dessa como vencedor e deu um ótimo exemplo de desportividade.

Pouquíssimas vezes vemos no futebol brasileiro o perdedor reconhecer e parabenizar o ganhador.

Num ambiente de muito desrespeito e até de violência em várias passagens, uma atitude como essa do treinador do Santos dá sinal de esperança para que melhore o mundo do futebol.

Parabéns a Dorival Júnior.

Futebol precisa de mais bons exemplos para que as gerações vindouras comecem a degustar o real sabor desse esporte maravilhoso e empolgante.

Dorival, um cara sério, compenetrado, ético, competente, somou pontos com o abraço em Marcelo Oliveira.

Particularmente, vibrei com essa imagem.


quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

DOMINGO EM GOIÂNIA

Minha escala para a última rodada do Brasileirão me coloca em Goiânia domingo.

O time esmeraldino ainda batalhando para se manter na série A e o tricolor buscando confirmar a vaga na Libertadores.

O jogo terá a transmissão do Sportv-2.

Vai começar, assim como toda a rodada, às 17 horas, horário de Brasilia.

Estarei na jornada com Mauricio Noriega, André Hernan, Rafael Sebba e enorme equipe no local e na retaguarda/Rio.

Últimos momentos do campeonato nacional.


segunda-feira, 30 de novembro de 2015

TWITTER

Comunico a todos que extingui minha conta no twitter.

Foram 5 anos.

Cansei.

Obrigado aos seguidores educados e respeitosos da minha lista.


































quinta-feira, 26 de novembro de 2015

PALMEIRAS x CORITIBA - domingo ao vivo.

Domingo vou trabalhar em um jogo que somente interessa ao Coritiba.

Palmeiras certamente terá um time alternativo em campo, centralizando todas as atenções na partida decisiva com o Santos dia 2/12.

Já o Coxa precisa de pontos para continuar respirando fora do Z-4.
Na última rodada o time paranaense pegará o Vasco em choque frontal.

Se na parte de cima está tudo definido até a terceira posição, na zona sul da classificação a coisa está pegando e proporcionando fortes emoções.

Palmeiras x Coxa terá transmissão do Premiére.

Estarei nessa com Mauricio Noriega e André Hernan.

Vai começar as 18 horas.



quarta-feira, 25 de novembro de 2015

""UM TELESPECTADOR MUITO ESPECIAL""

De vez em quando recebo mensagens de pessoas com alguma deficiência visual e que relatam o quanto nós, narradores, as ajudamos nas transmissões.

Alguns optam por ouvir o rádio, mas os que preferem o som da tevê dizem precisar e muito do narrador identificar os atletas para acompanhar a partida.

É através do locutor que eles "localizam" onde está a jogada, a bola, desde que obviamente o narrador faça esse trabalho ilustrativo.
Quando nós, narradores, nos perdemos em informações excessivas ou em comentários aleatórios, os irmãos deficientes perdem totalmente a noção do que está ocorrendo em campo.

Já de algum tempo tenho essa informação e sempre me preocupo com isso.

É interessante contar esse fato porque acho que dificilmente alguém em plenas condições físicas se lembre daqueles que não tem a faculdade da visão.

Óbvio também que não podemos focar exclusivamente o trabalho nos deficientes visuais pois há um público imenso vendo as imagens, mas o bom tempero sempre cai bem nas jornadas.

Por essas e outras que fica um toque àqueles que criticam os narradores que somente pontuam os lances e pouco comentam.  Há razões para tal, além de cada profissional ter o seu estilo, o que tem de ser respeitado, evidentemente.

Meus respeitos aos irmãos com alguma deficiência visual e que nos acompanham nas transmissões da televisão.
De minha parte continuarei a pensar em vocês, sempre, nas minhas atividades de narração.




DOMINGO NO PREMIÉRE.

Minha próxima escala é domingo em Palmeiras x Coritiba.

Jogo importantíssimo somente para o Coxa, que ainda se debate para não cair.

Vai ao vivo no Premiére, 6 da tarde, penúltima rodada do Brasileirão.

Estarei aos microfones com Mauricio Noriega e André Hernan.

Últimos momentos do campeonato nacional.


sábado, 21 de novembro de 2015

ESCALAS

Escalas deste final de semana.

Sábado, curtir a família.

Domingo, curtir a família.

Tem coisa melhor??????

domingo, 15 de novembro de 2015

FURACÃO x PALMEIRAS, QUARTA FEIRA.

Irei a Curitiba na próxima quarta-feira, dia 18.

Jogo do Brasileirão.

Atlético x Palmeiras, 9 da noite, transmissão ao vivo Sportv e PFC Internacional.

Estarão comigo na jornada William Machado, Nadja Mauad, André Hernan e grande equipe.

Primeira escala da semana.


sábado, 14 de novembro de 2015

SUPERLIGA AO VIVO

Minha escala da semana é neste sábado, 14/11, em jogo da Superliga masculina.

Terceira rodada.

Jogam Sesi x Minas às 21:30 no ginásio Marcelo de Castro Leite, na Vila Leopoldina, capital paulista.

Jogo de grandes craques em quadra.   Alto nível.

A transmissão é pelo Sportv-2 com abertura dos trabalhos às 21:15 (horário brasileiro de Verão).

Estou nessa com o grande Carlão e a amiga Joanna de Assis.

Bom final de semana a todos.

quinta-feira, 12 de novembro de 2015

DUNGA A PERIGO ???

Mais dois jogos da Seleção Brasileira pelas Eliminatórias.

Quando se fala que Dunga está a perigo no cargo não é mera especulação.

O marketing da CBF tem nessa rejeição ao treinador um dos fatores mais fortes para que a imagem do selecionado esteja deteriorada, desgastada, além obviamente da revolta geral pelos escândalos na entidade..

Por mais que os números de Dunga nesta sua segunda passagem pela CBF como treinador sejam relevantes, o torcedor não tem simpatia pela sua figura.

E numa soma de fatores, hoje o torcedor brasileiro está distante da seleção e cada vez mais sem identificação com ela.

Hoje o torcedor veste a camisa de Neymar do Barcelona e não compra a amarelinha do craque.

Entendem os homens do marketing que um treinador mais simpático melhoraria a relação torcida/selecionado.

Há outros fatores que contribuíram para o esfriamento da relação.

- Entregar a agenda da seleção a uma empresa e que priorizou jogos fora do Brasil.

- Convocações dando prioridade aos jogadores do exterior e onde nenhum resultado técnico-positivo se verificou.

- Total recusa em chamar jogadores de clubes nacionais, em declarada desvalorização técnica dos que atuam por aqui, magoando as torcidas locais.

- A suspeita ( para muitos, uma realidade ) de intervenção direta de empresários junto a treinadores que passaram pela CBF para convocar seus contratados.

- Além, obviamente, do fracasso na Copa e da goleada sofrida para os alemães.

Então o que vemos é um grande desinteresse dos brasileiros pelas atividades da Seleção.
E o que é pior, é comum ouvirmos de torcedores o desejo de derrotas da equipe, em ato de protesto e de desencanto pela amarelinha.

E as más línguas até concluem que para o marketing da entidade até seria positiva e oportuna uma derrota para a Argentina pois se consumaria a saída de Dunga e com isso um item já eliminado no processo de ressuscitar a Seleção perante o povo.

Mas seria apenas a primeira parte do processo, evidentemente.

































terça-feira, 10 de novembro de 2015

MUDANÇA DE ATITUDE

Nos últimos tempos tento não desestimular as pessoas apaixonadas pelo futebol, mas faço advertências sobre os perigos dos excessos e sobre o que acontece nos bastidores desse esporte.

O torcedor deve continuar admirando o futebol porque afinal é uma modalidade magnetizante.
É lindo ver a bola rolar e as nuances que uma partida oferece.

Porém é prudente que se analise o quanto é inteligente respeitar os limites da paixão.
Todos os envolvidos são profissionais, menos o torcedor.
Portanto é necessário avaliar se vale a pena brigar, discutir, perder amizades, por causa de um jogo de futebol.
Vale brincar, se divertir, gozações leves e respeitosas, e principalmente com quem conhecemos, mas apenas isso.  

Não há que colocar o futebol como a matéria mais importante de nossas vidas.
Não é.

É inteligente priorizar elementos mais importantes e colocar o futebol no seu devido lugar.

Outra coisa que se faz necessária é mudar o comportamento em relação ao analisar lances e resultados.
É bonito o torcedor reconhecer, por exemplo, os méritos da vitória do adversário.
Seria ótimo que os lances duvidosos fossem analisados com justiça, isenção, visando o bem do esporte, aquilo que chamamos de fair-play.
Se queremos honestidade em nosso cotidiano e cobramos das pessoas, precisamos também agir assim nas coisas relacionadas ao futebol.

No vôlei, no tênis, há muita elegância e disposição quanto a ajudar as arbitragens em possíveis equívocos.  Um belo exemplo para o futebol pensar e refletir.

Tudo isso é um sonho, sei que a maioria está dizendo.
Devo estar sendo tachado de sonhador por outros.
Mas estamos no mundo para tentar mudá-lo.
E somente com alertas, conselhos, discussões saudáveis, ATITUDES, é que poderemos começar a modificar o padrão de idéias e pensamentos.

Não tiro dos torcedores com quem falo o direito de seguirem fanáticos e apaixonados, mas sempre alerto para os perigos decorrentes e para a necessidade de se agir mais cautelosa e prudentemente.
É uma questão de inteligência a ser aplicada no sentido de tudo melhorar.

Em suma, precisamos melhorar a nossa cultura, o entendimento do que seja correto para que tudo caminhe equilibradamente e depois certamente virá a melhoria do País.

Vamos colocar o futebol no seu lugar, qual seja o de ser um esporte para entretenimento, diversão, preenchimento das horas de lazer.   Nada além disso.

É uma competição, claro, envolve milhões de reais e interesses comerciais, mas do lado de cá, da torcida, trata-se apenas de um esporte para entreter.

Enfim, não se envolva em rancores e ódios desnecessariamente.
Produzir venenos em nosso organismo por causa de um esporte é pouco inteligente.

Pensemos seriamente nisso.












sábado, 7 de novembro de 2015

PALMEIRAS x VASCO AO VIVO

Escala me coloca em Palmeiras x Vasco neste domingo.

Jogo às 5 da tarde e com transmissão do Premiére.

Estou nessa jornada com Belletti, Fabíola Andrade, Tiago Maranhão e grande equipe de apoio.

Jogo importante para os dois times.
Verdão ainda de olho no G4 e o Vasco de debatendo na zona de rebaixamento.


quinta-feira, 5 de novembro de 2015

54 FOLHINHAS

Assim como comemoramos os nossos aniversários, devemos celebrar cada ano de trabalho em qualquer atividade social.

Poder exercer uma atividade é agradecer diariamente ao Universo.

Neste 2015 completo 54 anos de trabalho.
Comecei em 1961 aos 13 anos levado pelo meu pai para me iniciar num escritório de uma fábrica de tecidos.

Naquela época havia a Carteira Profissional de Menor e foi meu primeiro registro de trabalho.

À partir dos 20 anos de idade comecei minha vida em rádio e jornal.

Vai terminar mais uma temporada e me sinto no dever de agradecer pelos anos seguidos de atividades.

Trabalho no que gosto e me dedico ao máximo para fazer bem feito, ou pelo menos com o intuito de errar o mínimo possível.

Permitam, portanto, comemorar mais uma ano de vida e de atividade profissional.

Não tenho e nem posso ter a pretensão de agradar a todos, mas devo dizer que os meus erros nunca tiveram o objetivo de prejudicar alguém ou a alguma instituição.

Nesse sentido a minha consciência está em paz, afinal é ela que não morre e é ela que nos cobra quando colocamos a cabeça no travesseiro.
E irá nos cobrar quando deixarmos o corpo físico.   Algo irrefutável.  

Portanto, amigos e amigas, não deixem de comemorar à cada temporada vivida, no campo pessoal e também profissional.

E sempre celebrando a família, é claro.


















quarta-feira, 4 de novembro de 2015

TRABALHO NO FIM DE SEMANA.

Tenho duas escalas de trabalho para o final de semana.

Sábado tem a abertura da Superliga de vôlei em Campinas.
Jogo às 13 horas entre Campinas e Maringá.
Será ao vivo pelo Sportv e também PFC Internacional.
Ginásio do Taquaral.

Domingo tem Palmeiras x Vasco no Premiére às 17 horas.
À partir das 15 horas estaremos participando do programa TÁ NA ÁREA do Sportv.
Jogo de esperança para a torcida palmeirense quanto à Libertadores e mais uma partida de angústia para a galera cruzmaltina.




sábado, 31 de outubro de 2015

DECISÃO NO VÔLEI

Neste domingo tenho jornada às 13 horas.

Jogo decisivo do Paulista masculino de vôlei.

SESI x Taubaté no ginásio Marcelo de Castro Leite, Vila Leopoldina.

Transmissão do Sportv à partir da 1 da tarde.

Estarei com Carlão, Filipe Cury e equipe Globosat.

Sai o campeão estadual 2015.




quinta-feira, 29 de outubro de 2015

VÔLEI EM TAUBATÉ

Nesta sexta-feira vou a Taubaté.

Às 21:30 teremos a primeira partida da decisão do Paulista masculino de vôlei.

Taubaté x Sesi em quadra.

O time do Vale do Paraíba busca o bicampeonato.

Estarei com Nalbert nos comentários e Filipe Cury nas reportagens.

Ginásio do Clube Abaeté.

O segundo jogo, e decisivo, é no domingo à 1 da tarde na Vila Leopoldina.

Falta uma semana para o início da Superliga.

sexta-feira, 23 de outubro de 2015

EDSON 7.5 - PELÉ, ETERNO.

Não gosto de comparações, em qualquer área de atividade, em hipótese alguma.

Evito sempre participar de eventos onde se elege o "melhor" disso ou daquilo.
Todos têm valor, em menor ou maior grau de competência, e não há a necessidade de se apurar e de se expor publicamente um resultado de escolhas e que nem sempre é justo.

Todos contribuem à sua maneira e merecem reconhecimento.

Quando escrevo ou falo de alguém ligado ao esporte, a minha área, não mexo com a vida pessoal do personagem, restringindo-me exclusivamente ao que ele fez na sua atividade profissional.

Pouquíssimas vezes toquei no aspecto pessoal, e quando toquei foi para enaltecer algum aspecto positivo, pois divulgar coisas boas é também importante para contribuir socialmente.

Faço essas colocações inicialmente porque certamente haverá comentários negativos à vida pessoal do aqui homenageado.

Como seres humanos TODOS temos defeitos e ele não poderia ser diferente de ninguém nesse enfoque.

E também não julgo pessoalmente os outros por não me sentir com autoridade moral para faze-lo.
E aí vem aquela citação bíblica do "atire a primeira pedra...", tão apropriada e tão ignorada por muita gente.

Por isso neste momento e quando Edson Arantes do Nascimento completa 75 anos de idade, abro espaço para homenagear seu eterno parceiro, o Pelé.

Não privo da amizade do Rei Pelé, embora tenha convivido com ele em 1986 no México durante o Mundial daquele ano.
Pelé estava na mesma equipe de trabalho que eu, a TV Bandeirantes.
E durante 30 dias estive ao seu lado no hotel, na redação, no estúdio e em uma transmissão que fizemos em Guadalajara.

Com a bola nos pés é dispensável qualquer referência ao que representou enquanto atleta de futebol.

Não entrarei na discussão sobre quem foi, ou quem é melhor que Pelé.

Os grandes astros do esporte têm peculiaridades e cada um tem seu grande valor técnico.

O tempo é implacável e agora Pelé, embora ainda em atividades sociais, comerciais e diplomáticas, sofre alguns percalços de ordem física.

Na verdade, Pelé é eterno, mas o Edson é humano e perecível, como todos nós.

Sinto também que muitas pessoas, depois que Pelé pendurou as chuteiras, passaram a cobrar dele a impecabilidade e a majestade dos gramados no cotidiano do Edson Arantes.
Impossível.

Pelé foi Pelé, o Edson é falível como todos somos.

Repito, restrinjo-me a enaltecer o extraordinário atleta que foi.
Suas conquistas, seu carisma como jogador, a popularidade mundial.

Parabéns ao Edson pelos 75 e por ter dado ao mundo, o Pelé, e seu imensurável talento.










quarta-feira, 21 de outubro de 2015

PRÓXIMAS ESCALAS

Duas escalas de trabalho no próximo final de semana.

Sábado semifinais do Paulista masculino de voleibol: SESI x S.José dos Campos.
O time do Vale do Paraíba venceu a primeira.

Vai começar às 10:30 da manhã e será ao vivo no Sportv-2.
Estarei com Nalbert e Lívia Laranjeira.

---

Domingo estarei em Itaquera.
Corinthians x Flamengo pelo Brasileirão, 5 da tarde ( horário de Verão ).
Jogo do Premiére Futebol Clube.
Estarei com Belletti e Alexandre Oliveira.


segunda-feira, 19 de outubro de 2015

AINDA ESTOU VIVO

Indo em direção ao portão de entrada do Morumbi no último domingo para a transmissão de São Paulo e Vasco, passei por um torcedor são-paulino ( ele estava com a camisa do Tricolor ) e acenei respeitosamente com a cabeça na menção de cumprimentá-lo, como faço com todas as pessoas.

Às vezes sou correspondido no meu aceno, às vezes não.   Já me acostumei a isso.

*mesmo pensando que todas as pessoas deveriam se cumprimentar ao se avistarem, pois ainda que não sejam amigos ou conhecidos, todos pertencem ao mesmo Planeta e são filhos do Universo.

Mas, enfim.....

E cruzando com esse cidadão em frente ao Morumbi recebi como troco pelo cumprimento a seguinte frase: " Você ainda está vivo???? ".   E num tom jocoso e provocativo claramente alusivo à minha idade, aos meus cabelos brancos e certamente demonstrando sua insatisfação ou revolta pelo meu desempenho profissional.

Levei um choque mas ao mesmo tempo agradeci pelo meu temperamento nessas horas, onde relevo e não dou troco algum com palavras ou cara feia.

Prefiro entender e aceitar as pessoas com seus azedumes íntimos.

Ninguém é obrigado a estar de bom humor em todas as horas.
Assim como ninguém é obrigado a gostar de alguém, principalmente no meio do futebol onde vivo, um ambiente que há muito tempo me deixa perplexo pela má educação de muita gente.

Passadas algumas horas acreditem que comecei a rir do episódio.

De chocado na hora da FRASE do cidadão, horas depois me deu vontade de achar graça.

As reações e os comportamentos das pessoas são desafios para os doutores da psicologia e da psiquiatria e que muitas vezes se tornam engraçados de tão ridículos.

Em resumo, constataram-se ali naquele momento a decepção e a frustração de um cidadão envolvido com o futebol por ter um desafeto(?) ainda vivendo.

Outra constatação:  a certeza de que no dia em que eu deixar o convívio terreno alguém estará comemorando, festejando e dizendo...."até que enfim ele se foi".

Mas de minha parte, creiam, torço para que ele viva por muito tempo e um dia possa aprender o que é a vida e o que é respeitar os semelhantes, independentemente de divergências ideológicas ou banais, como é o caso do futebol.










quinta-feira, 15 de outubro de 2015

VÔLEI E FUTEBOL

Duas escalas no final de semana.

Sábado tenho vôlei do Paulista, semifinais, às 13 horas, entre SESI x Bauru.
Jogo 2.
Na primeira partida no interior deu SESI.
Vale passagem para as finais do campeonato.
Sportv ao vivo.

Domingo vou ao Morumbi.
Brasileirão.
São Paulo x Vasco, 5 da tarde (horário de verão).
Premiére ao vivo.

Ótimo fim de semana pra todos.

terça-feira, 13 de outubro de 2015

PALMEIRAS x PONTE AO VIVO !!!!!

Nesta quarta tenho escala de trabalho em Palmeiras x Ponte Preta.

Transmissão pelo Premiére às 20:45h.

Rodada 30 do Brasileirão.

Comigo na jornada os queridos amigos Wagner Vilaron e Joanna de Assis.

Verdão buscando se reabilitar no campeonato e seguindo na briga pelo G4, enquanto a Macaca agora sem Doriva visa manter-se no bom momento que vive.

Foram 10 dias de paralisação e todos os times tiveram tempo hábil para treinamentos e correção de erros.


sexta-feira, 9 de outubro de 2015

VÔLEI - VALE VAGA NAS SEMIFINAIS

Enquanto o Brasileirão está parado por causa da Seleção a minha escala neste final de semana é com o vôlei.

Campeonato Paulista está nas quartas-de-final e tem rodada decisiva.

O Sportv vai mostrar neste sábado às 18:30 o confronto São Caetano x Pinheiros no ginásio Milton Feijão no ABC.

Pinheiros venceu a primeira partida e repetindo a vitória vai às semifinais para pegar Osasco.

Se o time do ABC ganhar aí teremos o Golden Set para definir o classificado.

Estarei nessa jornada com o super campeão Carlão comentando e Fabíola Andrade nas reportagens.

Os aficionados do voleibol certamente terão muita emoção nessa partida.


terça-feira, 6 de outubro de 2015

MUDANÇA ÉTICA, CULTURAL....BOM PRA TODOS!

Nunca vivemos tanto de campanhas e mais campanhas em diversos segmentos da sociedade.

E elas não devem parar, pois sempre é preciso martelar no sentido de melhorar as coisas.

Em meu post anterior falei da suposta campanha para conscientizar os torcedores a serem mais escrupulosos, equilibrados e racionais.
Um sonho, eu sei, mas perfeitamente honesto na proposta.

Neste momento falo da necessidade de um movimento junto aos técnicos e jogadores brasileiros - especialmente os que atuam em nosso País - para uma mudança de atitudes e comportamento.

Seria mais ou menos "o fim da malandragem ".

Chega de tentar ludibriar as arbitragens, confundir os apitadores.  A dinâmica de apitar um jogo de futebol é viva e a malandragem acaba dificultando ainda mais o trabalho dos mediadores.

Essa "pilantragem" de se deixar cair para cavar a marcação de falta é antidesportiva.  Não é honesta.

Raramente se vê uma ação dessas em jogadores europeus, e os brasileiros que vão atuar lá fora acabam perdendo a mania.  São advertidos quando cometem e acabam vendo que a cultura é outra, ou seja, dramatizar nos lances e enganar os juízes é algo totalmente condenável.

Isso vale para os atletas e também para os treinadores brasileiros, muitos deles instruindo seus comandados a "cavar" faltas.

Esporte é competição, é profissionalismo, mas antes de tudo é uma prática saudável e portanto, deve ser honesta.

Em resumo, estamos falando do famigerado "cai-cai" e outras artimanhas anti-desportivas.

E podemos incluir no pacote a falta de respeito às arbitragens.
Nesse Brasileirão isso diminuiu um pouco com um maior rigor imposto pelos árbitros, mas ainda prevalece em vários momentos.
Respeitar a autoridade do árbitro é respeitar o esporte que pratica, e dele vive.

Os erros dos apitadores existem e sempre existirão.   E sempre existiram.
É um equívoco dizer que antigamente os árbitros erravam menos.
Vivo há décadas na profissão e fico à vontade para afirmar o que estou afirmando acima.
Os apitadores do passado tinham a vantagem da televisão não ter tantos recursos com ângulos diferentes e etc.

E em não sendo de má-fé as falhas das arbitragens precisam ser compreendidas.

Num jogo de futebol em 90 e poucos minutos, TODOS ERRAM.
TODOS.
Treinadores, jogadores e também os árbitros.
* e aqui incluo nós, os jornalistas, que trabalhamos nos jogos.

Se somos todos HUMANOS, TODOS estamos sujeitos a erros técnicos.

Não há como excluir os árbitros da probabilidade de ERRAR.

Concluindo, mudar o comportamento dos jogadores brasileiros ( e treinadores ) é um sonho, mas seria uma mudança moral e ética das mais importantes para a nossa cultura esportiva.

E como vivemos de sonhos.............eu continuo a sonhar com essa possibilidade.











segunda-feira, 5 de outubro de 2015

CAMPANHA ( MAIS UMA ) PELA PAZ E COMPREENSÃO.

Há tantas campanhas no futebol e permitam citar - sonhando - uma que precisaria ter evidência significativa.

Uma campanha para conscientizar os torcedores sobre a verdadeira essência do futebol seria perfeitamente cabível e profilática.

Futebol é uma modalidade esportiva onde há os profissionais - os que vivem disso - mas que fundamentalmente se prende a diversão, entretenimento, competição.

O envolvimento exacerbado de pessoas assusta pela irracionalidade, pelo destempero, algo até assustador.

Levar o futebol mais a sério que saúde, educação, família, amizades e a situação do País é estar totalmente fora da realidade.

Quantas amizades já se desfizeram por causa de discussões e destemperos.

Quantas vidas já foram ceifadas em brigas de torcidas.

Um mínimo de entendimento e bom senso evitaria conflitos decorrentes de jogos de futebol.

As pessoas discutirem, educada e saudavelmente, as coisas do jogo da bola é totalmente aceitável e dentro do contexto esportivo.

Sacadas inteligentes, provocações com respeito e tudo mais que seja civilizado, é perfeitamente aceitável.

Não dá para generalizar, evidentemente, minhas observações miram os que não sabem torcer, apenas isso.

Me entristece ver gente se engalfinhando por causa do futebol, afinal seres dotados de raciocínio precisariam ter equilíbrio e saber escolher as prioridades da vida.

Sabemos que o Mundo está envolvido pela violência e estamos vivendo uma fase de transição planetária, mas reverter esse quadro depende de quem habita a Terra.

Se queremos mudanças precisamos fazer a nossa parte, MUDANDO.









quinta-feira, 1 de outubro de 2015

DUAS ESCALAS

Duas escalas nos próximos dias.

Sábado
São Paulo x Atlético Paranaense, 9 da noite, Morumbi.
Ao vivo no Premiére e PFC Internacional.
Estou nessa com Juliano Belletti e Fabíola Andrade.

Domingo
Ponte x Corinthians, 4 da tarde, Moisés Lucarelli.
Ao vivo no Premiére .
Com William Machado nos comentários, Pedro Motta e Fabíola Andrade nas reportagens.


segunda-feira, 28 de setembro de 2015

GRÊMIO x FLUMINENSE QUARTA AO VIVO !!!

Escala deste meio de semana me leva a Porto Alegre.

Quarta, 10 da noite, ao vivo Sportv-2, tem Grêmio x Fluminense pela Copa do Brasil.

Vale vaga nas semifinais.

Estarei com Lédio Carmona, Márcio Meneghini, Guido Nunes e grande equipe local/retaguarda.


sexta-feira, 25 de setembro de 2015

MESTRE FLÁVIO ARAÚJO

Recebi ontem uma ligação telefônica de alguém muito especial e que faz parte da rica história do rádio brasileiro.

Foi narrador brilhante de vários esportes, como futebol, boxe, automobilismo......

Técnico, altamente competente, preciso nos detalhes narrativos, sério, portador de uma cultura geral fantástica, FLÁVIO ARAÚJO me presenteou com seu telefonema.

Fez parte de uma das mais importantes equipes de esportes do rádio por décadas.

O time da Bandeirantes à partir dos anos 60 fez um tremendo sucesso e dominou amplamente a audiência do futebol.
Marcou fortemente a comunicação esportiva através do rádio.

Flávio sempre foi muito respeitado pela sua qualidade profissional e pela ética pessoal.
Respeitoso com todos, deu mil exemplos de ombridade e responsabilidade.

Quando cheguei para trabalhar na rádio bandeirantes, inicio de 1980, mestre Flávio me acolheu cordialmente e me orientou quanto ao esquema de trabalho na equipe.
** detalhe importante:  ele estava de saída da emissora após 25 anos de casa.

Fez transmissões históricas pela Bandeirantes.
As gloriosas jornadas de Eder Jofre, por exemplo.
Muitas Copas do Mundo.
Corridas de Fórmula-1.
E incontáveis coberturas pelo Mundo.

Hoje aposentado e morando no interior paulista, ainda participa do rádio na sua Poços de Caldas, escreve para jornais e blogs com sua vasta cultura.

Está preparando matéria/cronica sobre os 65 anos da televisão brasileira.

Mestre Flávio me deixou feliz com seu contato e com a sua energia de vida, apesar de alguns problemas de saúde que me relatou.

Ele tinha um quadro na Bandeirantes, em comentário rápido, que se intitulava POSITIVO E NEGATIVO, onde dava dois destaques e cada um nesses polos.

Pois eu daqui do meu canto destaco um enérgico POSITIVO para Flávio Araújo.









quinta-feira, 24 de setembro de 2015

SANTOS x INTER NA VILA BELMIRO !

Escala de trabalho no final de semana me leva a Santos.

Estádio Urbano Caldeira na Vila Belmiro.

Santos e Internacional já fizeram grandes jogos, produziram grandes espetáculos.

Agora se enfrentam pelo returno do Brasileirão 2015.

O jogo está marcado para as 11 da manhã, um horário que o torcedor gostou e adotou, mas muito perigoso para a integridade física dos atletas em razão do forte calor.

Essa partida terá transmissão do Premiére e do PFC Internacional.

Lá estarei com os amigos Wagner Vilaron, Joanna de Assis e Tiago Maranhão.
Osvaldo Belo será o nosso coordenador na Vila.




segunda-feira, 21 de setembro de 2015

FLU x GRÊMIO - COPA DO BRASIL AO VIVO.

Neste meio de semana vou ao Rio para Fluminense x Grêmio.

Copa do Brasil, quartas-de-final, primeira rodada.

10 da noite no Maracanã.

Transmissão no Sportv-2.

Estarei na jornada com Lédio Carmona, Guido Nunes, Karin Duarte e grande equipe.

Depois o jogo de volta será dia 30 em Porto Alegre, também ao vivo no Sportv-2.


quinta-feira, 17 de setembro de 2015

SÁBADO EM CAMPINAS

Sábado trabalho em Ponte x Fluminense às 9 da noite.

Premiére Futebol Clube e PFC Internacional, ao vivo.

Estarei em Moisés Lucarelli com Wagner Vilaron, Gustavo Biano e grande equipe.

Oitava rodada do returno do Brasileirão.




segunda-feira, 14 de setembro de 2015

FLU x PALMEIRAS, NA QUARTA.

Quarta-feira estarei no Rio de Janeiro.

Fluminense x Palmeiras, 19:30, com transmissão ao vivo pelo Sportv/Premiére.

O tricolor carioca em queda e o Palmeiras na luta por uma vaga de Libertadores.

O jogo é no Maracanã.

Teremos rodada completa do Brasileirão no meio de semana.

Aguardando as escalas dos repórteres, terei ao meu lado o amigo Lédio Carmona nos comentários.


sexta-feira, 11 de setembro de 2015

ITAQUERA, DOMINGO.

Escala do final de semana é em Itaquera, domingo.

11 da manhã tem Corinthians x Joinville pelo Brasileirão.

Encontro do líder com o penúltimo colocado.

Lá estarei com os amigos William Machado e Thiago Maranhão.

Transmissão do Premiére e PFC Internacional.

Ótimo final de semana pra todos !!!!!!

segunda-feira, 7 de setembro de 2015

CLÁSSICO NA VILA !!!!

Quarta-feira vou à Vila Belmiro.

Santos x São Paulo pelo Brasileirão, quinta rodada do returno.

Transmissão do Premiére às 10 da noite.

Estou nessa jornada com Mauricio Noriega, Alessandro Jodar, Anselmo Caparica.

Boa semana a todos !!!!!!

sexta-feira, 4 de setembro de 2015

ESCALA DE TRABALHO

Escala domingo.

Transmissão do Premiére.

Palmeiras x Corinthians, 4 da tarde.

Quarta rodada do returno do Brasileirão.

Estarei na jornada de trabalho com Mauricio Noriega, Joanna de Assis e Alexandre Oliveira.

Bom final de semana a todos !!!!!!

segunda-feira, 31 de agosto de 2015

ESCALAS - QUARTA E QUINTA

Duas escalas no meio de semana.

Quarta em Itaquera, Corinthians x Fluminense, 10 da noite.
Transmissão do Premiére.
Estarei com Belletti, André Hernan e Alessandro Jodar.

Quinta, Vila Belmiro, Santos x Chapecoense, 19:30h.
Com Luiz Ademar e Joanna de Assis.
Também no Premiére.

Boa semana a todos!!!

sexta-feira, 28 de agosto de 2015

JORNADA DUPLA !!!

Tenho duas transmissões neste final de semana.

Sábado 9 da noite São Paulo x Ponte no Morumbi.
Transmissão do Premiére.
Estarei com Fernando Galvão nos comentários e André Hernan nas reportagens.

Domingo 4 da tarde Palmeiras x Joinville.
Também pelo Premiére.
Estarei com William Machado e André Hernan.

Bom final de semana pra todos !!!!!!

segunda-feira, 24 de agosto de 2015

QUINTA EM PORTO ALEGRE

Escala do meio de semana.

Quinta na Arena do Grêmio, 9 da noite.

Copa do Brasil, oitavas de final.

Grêmio x Coritiba valendo classificação para a quinta fase da competição.
No primeiro jogo foi 1 a 0 para o Tricolor Gaúcho.

Transmissão ao vivo do SPORTV e também PFC INTERNACIONAL.

Estarei pela primeira vez ao lado de Roger Flores na jornada.

Reportagens de Márcio Meneghini e Júlio César Santos.


sexta-feira, 21 de agosto de 2015

ITAQUERA AO VIVO !!!

Domingo estarei em Itaquera.

Primeira rodada do segundo turno, Brasileirão.

Corinthians x Cruzeiro, 4 da tarde.

Transmissão ao vivo pelo PREMIÉRE.

Jota, Noriega, Filipe Cury e equipe Globosat(Rio/SP).


segunda-feira, 17 de agosto de 2015

COPA DO BRASIL -- COXA x GRÊMIO

Começa a fase de oitavas-de-final da Copa do Brasil.

16 times em ação.

Estarei em Curitiba para Coxa x Grêmio, jogo de ida.

Estádio Couto Pereira, 19:30, transmissão ao vivo do SPORTV.

William Machado ao meu lado na cabine para a jornada de trabalho.

O jogo de volta em Porto Alegre será no dia 26.


sexta-feira, 14 de agosto de 2015

PALMEIRAS x FLAMENGO, DOMINGO ÀS 11 DA MANHÃ!!!!

Pequeno período de férias e domingo volto ao trabalho.

11 da manhã, um horário que tem levado ótima presença de público aos estádios, jogam Palmeiras e Flamengo.

Transmissão do Premiére.

Lá estarei com Mauricio Noriega, Fabiola Andrade e André Hernan.

Verdão precisando da reabilitação e o Mengão que vem de boa vitória no Brasileirão.


segunda-feira, 27 de julho de 2015

PAUSA

Voltarei às narrações pelos canais Sportv à partir de 15 de agosto próximo.

Pequeno período de férias regulamentares.

Mas na medida do possível estarei atualizando o blog.


segunda-feira, 20 de julho de 2015

AMISTOSO EM NATAL

Nesta quarta-feira vou a Natal.

Lá teremos um jogo festivo entre o ABC e Corinthians.

Partida comemorativa do Centenário da agremiação potiguar.

ABC, o primeiro clube de futebol do Rio Grande do Norte.

O evento desta quarta será no estádio Frasqueirão na capital do Rio Grande do Norte.

Vai começar às 7 e meia da noite e terá transmissão ao vivo do canal Sportv e também do PFC Internacional.

Estarei nessa com os amigos Mauricio Noriega, Thiago Crespo e Antonio Neto.

Ótima semana a todos !!!




quarta-feira, 15 de julho de 2015

1 ANO - DOUTOR OSMAR

Já fazendo 1 ano da partida de Osmar de Oliveira.

Médico, jornalista, chefe de família.

Conheci o dr.Osmar nos tempos de Gazeta/SP.

Eu narrando pela rádio Gazeta e ele começando a comentar ao meu lado.

Roberto Petri, nosso diretor na época, vendo que Osmar havia concluído o curso de jornalismo na Cásper Líbero, e sendo médico no Corinthians, decidiu dar uma chance a ele.

Isso aconteceu por volta de 1976, 1977....

Fiz muitas jornadas ao lado de Osmar pela querida Gazeta.

Depois trabalhei com ele na Bandeirantes.

Osmar sempre foi muito companheiro, amigo, sempre disposto a conceder "consultas" aos colegas de trabalho.
Quantos foram acolhidos na sua clínica.
Quantas receitas ele prescreveu ao pessoal da equipe.

Ele tinha um coração imenso.

Meu último contato direto com Osmar foi após uma transmissão no Rio de Janeiro, no Engenhão, quando conversamos por uns 15 minutos, colocando o papo em dia e relembrando a época da Band com Luciano do Valle no comando.

Só tenho referências elogiosas ao saudoso amigo.

Passou-se 1 ano de sua partida para o Plano Acima.

Fica o registro da sua passagem entre nós, muito realçada por todos os que com ele conviveram.

Um grande homem!



terça-feira, 14 de julho de 2015

PALMEIRAS x SANTOS, DOMINGO.

Minha próxima escala me coloca no clássico Palmeiras x Santos domingo.

Voltam a se enfrentar depois da decisão do campeonato paulista.

É a boa fase do Verdão pegando um Peixe sob nova direção.

Vai ser às 4 da tarde na Arena Palmeiras.

Transmissão do Premiére.

Lá estarei com Mauricio Noriega, Thiago Crespo e Fabíola Andrade.




quinta-feira, 9 de julho de 2015

A PERDA DE UM AMIGO.

A triste notícia deste 9 de julho foi a morte do amigo e companheiro de Sportv: ROGÉRIO REZEKE.

Ainda na quarta-feira cruzei com ele no corredor da emissora e nos cumprimentamos com troca de sorrisos, como sempre fazíamos.

Querido por todos, chefe de família, novo ainda.....

Com o apelido de Azeita, ele sempre sorria para os amigos e tinha um tom de dedicação ao trabalho fora do comum.
Muito competente.

Uma pena.

Que a família receba muita força para enfrentar esse triste momento.

E que ele seja amparado pelos socorristas espirituais ajudando-o a aceitar e a compreender o ocorrido.

Vá em paz, amigo Rogério.

Siga o seu caminho com a consciência tranquila do dever cumprido junto à família e aos amigos e colegas.


terça-feira, 7 de julho de 2015

19 ANOS.

Há 19 anos - 07 de julho de 1996 - por volta das seis da manhã, tocava o telefone.

Eu estava à trabalho em São Paulo, onde logo às 9 horas da manhã tinha uma escala nos estúdios da Tv Bandeirantes.
Uma corrida de motovelocidade.

Do outro lado da linha, minha mulher dava a notícia do falecimento de meu pai.

Ele estava adoentado há algum tempo, mas sempre que hospitalizado retornava para casa e seguia a sua simples e modesta vidinha.

Dessa vez achei que seria apenas "mais uma" das internações de Seu Juca.

Mas não foi.

Foi a última de sua vida terrena.

Tinha apenas 70 anos de idade.

Coração e pulmões estavam muito debilitados, doentes, sem condições de reação.

Sempre fui muito amigo de meu pai.
Mesmo nas turbulências da vida o nosso relacionamento seguiu firme, indestrutível.
Eu o admirava e ele me admirava.

Seu Juca teve muitos defeitos e eu tenho muito mais, porém tinha um repertório gigantesco de caridade, solidariedade, amor ao próximo.

Fui testemunha do quanto ele ajudou as pessoas.

Era compreensivo, apaziguador, uma alma totalmente voltada para o BEM.

José Francischangelis, ou, "seo Juca".

Saudades do grande pai.

Hoje já totalmente libertado da matéria, ele trabalha em Outra Esfera, no cultivo do Amor e do Bem.

Assim ele foi na Terra.   Assim ele é na sua Essência.

Grande beijo de saudade!!!






segunda-feira, 6 de julho de 2015

PALMEIRAS x AVAI, NA QUARTA.

A escala de quarta-feira é para Palmeiras x Avaí.

Décima-segunda rodada do Brasileirão.

O jogo é às 9 da noite na nova Arena do Verdão.

Transmissão Premiére em Alta Definição.

Estarei nessa jornada com os amigos Wagner Vilaron e André Hernan.

Boa semana a todos !!!


sexta-feira, 3 de julho de 2015

TRICOLORES EM CAMPO

Escala de trabalho domingo é para o Morumbi.

São Paulo x Fluminense, 11a. rodada do Brasileirão.

Tricolor paulista não venceu nas últimas três partidas, enquanto o Tricolor carioca vem de 3 vitórias consecutivas.

O jogo é as 4 da tarde.

Estarei na transmissão do Premiére e PFC, em Alta Definição.

Comigo o comentarista André Lofredo e os repórteres Alê Oliveira e Daniel Moreira Dias.

Esta será a partida de número 110 entre os dois clubes em toda a história.
São 49 vitórias do São Paulo.
41 vitórias do Fluminense.
19 empates.




quarta-feira, 1 de julho de 2015

CORINTHIANS x PONTE EM ITAQUERA.

Nesta quinta-feira tenho escala de trabalho em Itaquera.

Corinthians x Ponte Preta, 19:30, em mais uma rodada do Brasileirão.

Transmissão do Premiére, PFC em Alta Definição e PFC Internacional.

Estarei nessa com Ivan Andrade comentando e reportagens de Joanna de Assis.

Os dois times estão juntinhos na classificação e teremos um tira-teimas no confronto.




terça-feira, 30 de junho de 2015

SOLUÇÃO CASEIRA É A SAÍDA ?

Já que a Seleção não está correspondendo há algum tempo, e o torcedor brasileiro vem colecionando resultados ruins, e já que a CBF bate o pé e mantém Dunga, restaria uma alternativa para tentar mudar o futebol do selecionado.

A alternativa seria priorizar nas convocações mais jogadores que atuam em nosso território.

Se os figurões que jogam lá fora, supervalorizados, não estão dando conta do recado, quem sabe uma leva de atletas de clubes brasileiros não coloca a Seleção nos eixos? 

Uma coisa nos parece certa, pior desempenho não ocorrerá.

Mas se depender da CBF isto não irá acontecer.

Ela bate o pé e segue prestigiando o técnico(?) Dunga, além de ter os seus "compromissos comerciais" nas convocações.

Vêm aí as classificatórias para a Copa de 2018 e o cenário é tenebroso para o Brasil.

A crise técnica e tática existe, isso é inegável.

E ao que parece continuaremos de braços cruzados e proporcionando decepções ao torcedor e muitas alegrias aos nossos adversários.

Infelizmente.






quarta-feira, 24 de junho de 2015

DE VOLTA AO BEIRA-RIO

Volto a Porto Alegre no próximo domingo.

Estive na semana passada trabalhando no jogo Grêmio x Palmeiras.
Agora será em Internacional e Santos, pela nona rodada do Brasileirão.

O jogo é domingo às 18:30 no Beira Rio.

Transmissão Sportv, Premiére e PFC Internacional.

Minha última estada na nova arena do Inter foi marcante e triste.

Dia 19 de abril do ano passado para um jogo da abertura do Brasileiro 2014.

E naquele dia aconteceu a morte do grande amigo Luciano do Valle.

Eu estava na cabine horas antes da abertura da jornada ao lado de Belletti, quando chegou a chocante notícia.

Quis checar e liguei para o celular de Luciano.

Caixa postal.

Fui consultado pela direção do canal se tinha condições de narrar a partida, dada à minha estreita amizade com Luciano.

Pensei, refleti e pedi ajuda aos amigos do Alto para que pudesse cumprir a missão de trabalho.

Fui em frente e certamente a narração não deve ter sido "aquelas coisas".

Fiz o que pude.

Embarguei a voz várias vezes ao dar a notícia pelo Sportv e dizer algumas palavras em homenagem ao grande companheiro.

Neste próximo domingo volto ao Beira Rio.

Certamente vou me lembrar daquele 19 de abril de 2014,  com amargor, com saudade do querido amigo, mas também com a certeza de que ele já está bem no Plano onde está, afinal ninguém morre.
Morre a matéria, o corpo físico.
A nossa essência maior é eterna.
E com isso, mestre Luciano respira outra dimensão e já se prepara para outros desafios do Universo.




quinta-feira, 18 de junho de 2015

GRÊMIO x PALMEIRAS, SÁBADO AO VIVO.

Minha escala de transmissão no final de semana me leva a Porto Alegre.

Vão jogar Grêmio e Palmeiras, 9 da noite, na Arena tricolor, pelo Brasileirão.

Oitava rodada.

Ao vivo no Sportv, Premiére e PFC Internacional.

Estarei na jornada com Wagner Vilaron, Marcelo Pires e Alexandre Oliveira.

Duas agremiações que se enfrentam desde 1936, quando o Palmeiras ainda era Palestra Itália.

Até aqui foram 83 jogos no confronto, com vantagem para o Alviverde: 34 vitórias.
Foram 17 vitórias do Grêmio.
32 empates.

Será a estréia do técnico Marcelo Oliveira no Palmeiras.

terça-feira, 16 de junho de 2015

COPA DE 98

Lembrando de Zito na Copa de 1998 atuando como convidado nos comentários, voltei no tempo e comecei a recordar aquela nossa equipe Band, a última sob o comando de Luciano do Valle como diretor/comandante.

No final daquele ano, logo após a Copa, a equipe de esportes da emissora passou por grande reformulação com a chegada da Traffic, de Jota Háwilla, e a maioria dos profissionais acabou deixando a casa.

Nosso time de narradores na França tinha Nivaldo Prieto, Marco Antonio, Silvio Luís e eu, além é claro de Luciano do Valle.

As opiniões ficavam por conta de Juarez Soares, João Zanforlim, Gerson(canhota), Rivellino, Bobô e Zito.

No bar do hotel em que ficamos hospedados, todo final de noite o mestre Armando Nogueira reunia Zózimo(colunista social), Paulo Henrique Amorim, o escritor João Ubaldo Ribeiro e outros convidados especiais para um bate-papo de encerrar o expediente diário.

Também naquela Copa a Band tinha um convênio com a TAM e um jatinho estava à disposição da equipe para jogos fora de Paris, como em Marselha, por exemplo, a sede mais distante da capital.
* isso já tinha acontecido nos Mundiais de 1986, 1990 e 1994.

Muitas viagens eram feitas também de trem ao interior francês para as transmissões.

Numa dessas viagens ferroviárias eu estava com o grande Zito e vendo as pastagens francesas e o gado, ele comentava a situação global e a febre que ocorria no Brasil com a empresa Boi Gordo.
Mestre Zito antecipou que uma hora a Boi Gordo ia quebrar e deixar muita gente na mão.
Não deu outra.
Ano e meio depois, a empresa faliu.

Lembro que no hotel estava também o time da Globo e em todos os apartamentos havia a programação da emissora em tempo real.

Daquele grupo, vários amigos e companheiros já deixaram o Plano Físico, como o mestre Armando, Zózimo, João Ubaldo, Marco Antonio, Luciano do Valle e agora Zito.

Trabalhando nos bastidores, também já partiram os queridos Mário Marcos Girello e Paulo Matiussi.

O tempo vai passando e continuamos a contar histórias e a lembrar de grandes momentos, e de queridos companheiros.
Além da grande saudade dos que já foram para Outras Jornadas.

















segunda-feira, 15 de junho de 2015

ZITO, O GRANDE CAPITÃO !!!

Zito foi o grande jogador que o Mundo conheceu.

José Ely de Miranda foi o cidadão sério, ético e de grande respeito, que também conhecemos.

Tive o privilégio de conviver com ele na Copa do Mundo de 1998 na França.

Convidado pela TV Bandeirantes ( via Luciano do Valle ) ele conviveu com todo o time no dia a dia das transmissões e dos programas naquela Copa.

Fiz várias jornadas com Zito ao meu lado naquele evento.
Viajamos de trem pelo interior francês duas ou três vezes e o papo foi extremamente agradável.
Cara simples, humilde, mas de forte personalidade.

Quantas vezes cheguei à Vila Belmiro, ou saía das transmissões, e encontrei o velho Zito firme e forte para dar sua rica contribuição ao Peixe.

Em diversas oportunidades tive a honra de recebê-lo na cabine de transmissão para um "boa tarde" e um abraço carinhoso.

Ultimamente em jogos na Vila Famosa o velho guerreiro não ocupava mais a sua cadeira cativa à frente da nossa cabine.

A idade chegou e a enfermidade não permitia a sua ida à sua segunda casa, o estádio Urbano Caldeira.

Foi o grande capitão do Santos na década de 60.
Bicampeão mundial com a Seleção nas Copas Suécia(58) e Chile(62).
Bicampeão mundial com o Peixe nos anos 60.

O Santos nunca prescindiu de seus conselhos e atos nos momentos difíceis da agremiação.

Foi jogador, diretor, conselheiro, consultor.  Pau pra toda a obra.

O futebol brasileiro só tem que agradecer a Zito por tudo o que fez e conquistou.

Familiares e amigos já nutrem forte saudade do Velho Capitão!!!






quinta-feira, 11 de junho de 2015

FUTEBOL OU VÔLEI?

À cada dia somos surpreendidos com fatos curiosos e interessantes, e muitas vezes intrigantes. 

Coloquei no twitter - como normalmente faço -que sábado e domingo irei transmitir os amistosos entre Brasil e Japão, vôlei feminino em Campinas.

Gosto de divulgar os eventos, mais pela importância dos espetáculos do que pela minha presença nas escalas.
Importantes são os jogadores, treinadores, as equipes.   Nós, comunicadores, temos participação quase insignificante nos eventos.

Porém, um seguidor da minha assinatura colocou comentário lamentando que eu estivesse numa jornada de vôlei, dando a entender que a minha escala deveria ser no futebol.

Dando a atenção que todos merecem, respondi a ele que gosto muito de transmitir voleibol.

Aí veio a tréplica do amigo e que me surpreendeu.

Disse que ficou decepcionado com o fato de eu gostar de narrar vôlei e que por isso passava a ser "menos fã" do meu trabalho.

Declarou achar que trabalhar numa transmissão de vôlei, para mim, fosse uma apenas uma "obrigação".

Entendo o cidadão, um amante forte do futebol e que não gosta de vôlei, mas se decepcionar comigo por gostar de narrar essa modalidade confesso que me indignou.

O fato de se declarar "menos fã" do meu trabalho em nada me abala - os anos me ensinaram a entender e a aceitar tudo isso.  Mas o fator motivador é que chamou a minha atenção.

Primeiro, sou um profissional da área e dou atenção e dedicação a qualquer transmissão, seja de que modalidade for.

Segundo, o fato de eu gostar de voleibol em nada me deprecia como profissional, e muito menos pessoalmente por me identificar com esse ou aquele esporte.

O que muitos não entendem é que nós, narradores, não somos EXCLUSIVOS do futebol.
Estamos no meio para comunicar em qualquer modalidade que se nos apresente nas escalas.

Mas, enfim, tudo é válido.

Cada um tem seu jeito de viver e de ver as coisas.

Mas confesso as vezes me espantar com alguns fatos, e que me parecem inacreditáveis.

Em tempo:  
Trabalhar em jogos de vôlei é muito prazeroso e SEGURO.  Bem diferente das jornadas nos estádios de futebol, onde o risco de se transformar em vítima da violência e da intemperança é MUITO GRANDE.
Hoje vamos aos ginásios do vôlei com alegria, descontração, com a certeza de um espetáculo bonito e com muita educação e respeito nas arquibancadas.
E isso é fato.














quarta-feira, 10 de junho de 2015

BRASIL x JAPÃO - DESAFIO DO VÔLEI

Minha semana de transmissões se resume ao voleibol.

Haverá uma série de quatro partidas entre as seleções femininas de Brasil e Japão.

Fase de preparação para as meninas brasileiras visando Grand Prix e também os Jogos Pan-Americanos de Toronto.

Estou em duas das partidas.

Sábado às 7 da noite no ginásio do Taquaral em Campinas, ao vivo pelo Sportv-2.

Domingo, 11 da manhã, no mesmo local, mas com jornada no Sportv.

Estarei nessa com Marco Freitas e Alexandre Oliveira, dois especialistas na matéria.




segunda-feira, 8 de junho de 2015

CANTINHO DE SAUDADE

Já são 9 anos da morte física de FIORI GIGLIOTTE.

Era véspera da abertura de mais uma Copa do Mundo e a comunicação esportiva perdia um dos seus maiores talentos.

Caipira do interior - e disso ele muito se orgulhava - Fiori se projetou como um locutor esportivo da maior qualidade.

Voz agradável, limpa, melodiosa, mestre Fiori chegou à São Paulo e ocupou o seu espaço de maneira brilhante.

Ele tinha o dom de emocionar, fosse narrando futebol, fosse falando da vida, do amor e dos sentimentos humanos.

Em quantas e quantas palestras Fiori fez as pessoas derramar lágrimas com as suas mensagens que tocavam o coração e a alma.

Simples de coração, ele jamais deixou de atender a quem quer que o procurasse.

Fiori tinha a maior intimidade com as palavras.
Formava frases perfeitas, criticava com respeito, analisava com ética plena.

E com a bola rolando foi excepcional.
Quantos momentos de ouro do futebol ele narrou.

Fiori, ser humano, nota DEZ.
Amável, cordial, sempre solícito, um gentleman.

Honesto.
Leal nas amizades.
Profissional na essência da acepção.

Ele continua deixando saudade.

Foi companheiro de trabalho, foi um dileto amigo, foi parceiro em vários projetos.

E assim como ele dizia nas suas inesquecíveis cronicas, deixa encrustada a sua passagem pelo planeta no nosso CANTINHO DE SAUDADE.......



















sexta-feira, 5 de junho de 2015

PALMEIRAS EM FLORIANÓPOLIS

Viajo neste domingo logo pela manhã para Florianópolis.

Lá teremos Figueirense x Palmeiras pelo Brasileirão às 7 e meia da noite.

Transmissão de Sportv - Premiére e PFC Internacional.

Estádio Orlando Scarpelli é o palco do jogo.

Estarei na jornada com Wagner Vilaron, Alisson Francisco e Alê Oliveira.

A transmissão vai começar logo após Brasil x México, amistoso em São Paulo.


terça-feira, 2 de junho de 2015

PELÉ E O EDSON

Sempre que fui chamado a opinar sobre declarações de Pelé, deixei clara a minha posição e dela não abro mão.

Na verdade e a bem da justiça, tudo o que for atribuído a Pelé enquanto comentários e suas apostas, deve ser debitado na conta de Edson Arantes do Nascimento.

Sempre entendi assim.

Dizer que Pelé falou isso ou aquilo é referir-se ao extraordinário personagem do futebol e que encantou todo o planeta.   É pretender manchar a marca Pelé.   Aliás, algo impossível de se conseguir.

Quem dá as opiniões é o Edson, cidadão.

Pelé/jogador não merece ser criticado pelo que fala o Edson.    
O primeiro foi o craque inigualável que o Mundo reverencia até hoje.
Edson é falível, como todos nós.

Sustentei certa vez num debate que as críticas às declarações de Edson Arantes do Nascimento, debitadas normalmente ao Pelé, têm até uma ponta de maldade e de preconceito.
Por incrível que pareça, a cor da pele de Edson/Pelé ainda incomoda muita gente.

Um ídolo mundial de cor negra sempre incomodou a muita gente.
Todos sabemos disso.
E continua incomodando.

Pelé foi um artista/mestre na arte de jogar futebol.
Merece e mereceu críticas enquanto jogador.

Não defendo o que diz o Edson.

Defendo e defenderei sempre o mito Pelé.

Nunca vi nada igual com a bola nos pés.

Ninguém o superou até hoje, em minha simples e modesta opinião.

Os equívocos que Edson comete ao articular frases e emitir opinião, o gênio Pelé nunca cometeu quando jogava futebol.

Então, acho justo e conveniente SEPARAR os personagens.

Eu, separo.








FIGUEIRENSE x PALMEIRAS, DOMINGO AO VIVO.

Domingo vou a Florianópolis.

Transmissão do Brasileirão pelo Sportv, Premiére e PFC Internacional.

Figueirense x Palmeiras, sexta rodada, 19:30 horas.

Nossa jornada começará logo depois do amistoso entre Brasil e México, ao vivo pelo Sportv.

Estarei no Orlando Scarpelli com Wagner Vilaron, Alysson Francisco e Alexandre Oliveira, além de muitos profissionais da parte técnica, produção, coordenação e de apoio.

No Sportv para todo o Brasil, menos Sta.Catarina.
No Premiére, inclusive Santa Catarina.
No PFC Internacional para dezenas de países.


MUNDO CONTURBADO. PENSAMENTOS. O TEMPO..........

De maneira geral, o mundo inteiro está sendo passado a limpo.

O ser aqui habitado - o humano - e ainda estando na sua pré-infância mental, comete os mais incríveis absurdos e atormenta aqueles que já cresceram um pouquinho mais, intimamente.

E os que se indignam com as aberrações cometidas também são imperfeitos e precisam entender os erros dos semelhantes, porém contribuindo para ajudá-los a acordar e a aceitar as falhas.
E assim como fazemos com as crianças à nossa volta, surgem as punições, os castigos e tudo mais.

Muitas vezes criticamos a quem comete aberrações e pedimos severas punições, mas acabamos por esquecer de corrigir as nossas falhas, em total equivoco de autoavaliação. 
E muitas vezes também achamos que já somos perfeitos e que não precisamos de corretivos e correções de rota.

Na verdade, somos presunçosos e estamos sempre dispostos a ignorar nossos vícios, mas diariamente dispostos a condenar quem nos rodeia.

Para entender o que está acontecendo é preciso aceitar a progressão de vidas.

Não estamos aqui pela primeira vez.
Estamos vindo de outras jornadas, de tantas jornadas.
E como tal, vamos acumulando progressos e também erros cometidos e que necessitamos quitá-los para dar pequenos passos no crescimento interior.

Ninguém progride sem tropeços, mas principalmente sem que reconheça que errou.

Assim como nas faculdades, buscamos sempre "passar de ano".
Mas para isso é necessário aplicação, resignação, e muito estudo.
Isso também se aplica ao nosso viver presente.

Importante também dizer que o grande e magnífico computador cósmico a tudo registra.
Nada se lhe escapa.

Nossas ações e atitudes produzem efeitos e todos são captados e registrados.

Vamos acumulando bônus, ou não.
Os bônus nos fazem progredir na caminhada, a estagnação nos faz "repetir de ano".

O mundo terreno está turbulento porque os seres que aqui habitam nesta passagem figuram em quadro baixo de progresso moral.   Todos nós.    Uns mais, outros menos.

E o planeta vibra exatamente nessa esfera e dimensão.

Aos que firmemente acreditam em uma existência apenas, fica quase impossível entender o desenrolar dos fatos mundo afora.

Ao longo de nossa existência vamos virando páginas e páginas.
E com elas, acumulando dívidas de consciência, mas também progressos morais.

Não importa qual seja o seu Deus, ou se Ele existe ou não.  
Importante é ser humilde, reconhecer as nossas limitações e aceitar que acima de nós há Inteligências Maiores.    Muto acima de nossas cabeças e mentes.

Não fosse assim e o Universo não seria essa imensidão que é, com sintonia e sincronia.

De toda essa reflexão acho importante aceitar nossa temporária pequenez de conhecimentos e evolução, e tentar raciocinar com humildade ao perceber tudo o que está à nossa volta.

Ainda não entendemos TUDO, mas dá para sentir a grandeza e a grandiosidade acima de nossas frágeis cabeças ( física e mental ).

Endurecer e se fixar apenas no MOMENTO é agir como as crianças turronas e desobedientes, que normalmente ao crescerem admitirão a sabedoria dos pais.

Ainda bem que querendo ou não, a gente cresce.
O tempo nos faz crescer e amadurecer.
Ele, o tempo, é nosso amigo e aliado.

Sejamos aliados do tempo.
Ajudemos na parte que nos toca.
Sem braços cruzados no conforto da ignorância.






























sexta-feira, 29 de maio de 2015

OPORTUNISMO FUTEBOL CLUBE.

Apenas um detalhe sobre o grande escândalo do futebol mundial através da FIFA.

Depois das autoridades americanas agirem, agora aqui no Brasil vemos deputados e senadores buscando câmeras e microfones para "anunciar" uma CPI para investigar a CBF.

Que me perdoem os homens públicos excludentes desse enfoque - e certamente são poucos - mas como os políticos são oportunistas, não?

Quanto oportunismo, quanta falácia, quanta hipocrisia.

Precisou que os americanos agissem diretamente para que "acordássemos" ???

Há muito tempo que a CBF merece uma austera investigação.

Aqui incluo as federações que comandam o futebol nos estados, principalmente as mais ricas.

Causa náuseas ver neste momento deputados e senadores abrindo a boca para "tomar uma atitude".

Aliás, oportunismo, responsabilidade e seriedade, são elementos carentes na maioria dos políticos brasileiros ( de todos os partidos ).  Constatação incontestável.

Outra coisa a ser devidamente pensada:  qual CPI produziu resultados concretos?

Sabemos que essas Comissões servem apenas para os deputados e senadores botarem a carinha na televisão e fazerem o seu marketing.    Uns positivamente, outros negativamente.

Em resumo.  A entidade que comanda o futebol brasileiro merece investigação pesada há décadas, e não somente agora que os americanos detonaram o escândalo/Fifa.

Outro resumo:  chegamos sempre depois nas atitudes e providências.   Lamentável.

Na verdade e na prática, CPI não resolve absolutamente NADA.
Bom mesmo é ver o Ministério Público e a Polícia Federal agindo.

E que os deputados e senadores cuidem do que é realmente importante, algo que comprovadamente estão devendo.











terça-feira, 26 de maio de 2015

CORITIBA x AVAÍ, SÁBADO NO COUTO.

A escala de transmissão me manda para Curitiba no sábado.

Quarta rodada do Brasileirão.

Coritiba x Avaí, um clássico da região Sul.

Vai começar às 18:30 no Couto Pereira.

Ao vivo no Sportv(menos Paraná) e Premiére para todo o País.

O coxa em três rodadas, duas derrotas e uma vitória.
Já o Avaí, uma vitória, um empate e uma derrota.

Estarei na jornada com Ricardo Rocha, Anderson Luís e André Pessoa.


quinta-feira, 21 de maio de 2015

CHOQUE DE VERDES

Escala para o final de semana.

Palmeiras x Goiás, duelo de esmeraldinos pelo Brasileirão.

Eles se enfrentam desde 1973, com 25 vitórias do Palmeiras, 12 do Goiás, 9 empates.

Pelo returno do Brasileiro, ano passado, o Goiás goleou no Serra Dourada: 6 a 0.

Palmeiras vai fazer sua partida de número 18 em sua nova e linda Arena.
12 vitórias, 2 empates e três derrotas.

Faremos a transmissão pelo PREMIÉRE/HD e PFC Internacional.

Estarei com Mauricio Noriega e Felipe Diniz(de malas prontas para ser o correspondente do Sportv em Portugal).

O jogo será às 11 da manhã.


segunda-feira, 18 de maio de 2015

COPA DO BRASIL - SPORT x SANTOS.

Escala do meio de semana me manda para Recife.

Copa do Brasil.
Terceira fase.

Sport x Santos, jogo de ida, 10 da noite, Ilha do Retiro.

Transmissão ao vivo pelo SPORTV.

Estarei com Wagner Vilaron comentando, nas reportagens Felipe Diniz e Diogo Marques.

Sport e Santos se enfrentam desde 1941.
37 jogos.
17 vitórias do Peixe.
8 vitórias do Sport.
12 empates.

As duas agremiações já foram campeãs da Copa do Brasil.
O Leão da Ilha em 2008 e em cima do Corinthians, enquanto o Santos foi em 2010.

Dois treinadores novos nessa: Eduardo Batista(43) e Marcelo Fernandes(44anos).

Eduardo é filho do técnico Nelsinho Batista.






sábado, 16 de maio de 2015

O TRISTE ADEUS AO 'MARACO'

Jamais deixarei de homenagear aqui neste espaço as pessoas queridas do esporte, rádio, televisão, jornal, da mídia enfim.

Vira e mexe vem a notícia do falecimento físico de algumas.

Assim é a vida aqui nesta passagem.
A matéria é perecível e estamos investidos nela apenas por um tempo.
O importante é que a essência é imortal.
Já existimos antes de vir para cá e continuaremos a VIVER depois do descarte da matéria.

É a suprema e inteligente Lei do Universo.

Agora vem a notícia da morte física do amigo e irmão Mário Marcos Girello, o Maraco da Band nos tempos do Show do Esporte.

Amicíssimo de Luciano do Valle desde os tempos de rádio do Bolacha, Maraco foi com ele para o gigantesco e audacioso projeto SHOW DO ESPORTE, finalzinho do ano de 1983.

Maraco era tido como o "faz-tudo"ou "pau pra toda obra" como costumamos dizer.

Na televisão especializou-se de maneira extraordinária.
Como coordenador, assistente direto de Luciano do Valle e Quico no empreendimento, transformou-se em peça importantíssima naquele projeto.
Tudo de operacional passava pelas mãos dele e do querido Teti Alfonso.

Dedicado pai de família, baqueou bastante quando perdeu a sua querida esposa, anos atrás.

Mas seguiu firme ao lado das filhas, genros e netos.

O empresário J.Cocco, que estava com Luciano e Quico no início da PromoAção, abraçou o Maraco profissionalmente quando ele deixou a Bandeirantes.

E por vários anos ele prestou inestimáveis serviços ao Cocco.

Mas termina esta passagem de Maraco aqui pelo Planeta, assim como um dia terminará a nossa igualmente.

Só tenho boas lembranças dele.
Amigo, solidário nas horas difíceis, firme nas suas ações.

Mário Marcos Girello, forte abraço ao amigo.

Que a sua "transição" neste momento seja suave, em paz, em harmonia com a espiritualidade e a nova realidade.

Beijo no seu lindo coração!






quinta-feira, 14 de maio de 2015

SANTOS x CRUZEIRO, DOMINGO NA VILA.

Minha escala do final de semana.

Santos x Cruzeiro, domingo, 4 da tarde, Vila Belmiro, segunda rodada do Brasileirão.

Estarei com Luiz Ademar comentando e as reportagens de Felipe Brisolla e Fabíola Andrade.

O peixe empatou na rodada de abertura em Florianópolis por 1 a 1 com o Avaí.

Já o time mineiro perdeu do Corinthians em Cuiabá por um a zero.

Os santistas seguem na Copa do Brasil e na terceira fase enfrentarão o Sport Recife.
O Cruzeiro está nas quartas-de-final da Libertadores contra River ou Boca.

Domingo, transmissão do Premiére.


quinta-feira, 7 de maio de 2015

CUIABÁ DOMINGO

Neste próximo final de semana cumpro escala em Cuiabá, Mato Grosso.

Arena Pantanal vai receber Cruzeiro x Corinthians pela primeira rodada do Brasileirão.

O clube mineiro tem punição de mando e por isso não jogará em Belo Horizonte.

Nesse caso o Cruzeiro obedece punição, mas no campeonato haverá muitos jogos dos grandes clubes atuando nas arenas feitas para a Copa e que não têm times locais nas séries A e B.

O jogo do próximo domingo está marcado para as 16 horas, hora Brasília.

A nossa transmissão será pelo Premiére e PFC/HD.

Estarei com Ivan Andrade, Joanna de Assis, Pedro Augusto Correia e grande equipe no local e na retaguarda/Rio/Globosat.

É a largada do Brasileirão !


terça-feira, 5 de maio de 2015

VEM AÍ O BRASILEIRÃO

Assentando-se a poeria dos estaduais, agora as atenções se voltam para o Brasileirão e a sequencia da Copa do Brasil.

As discussões sobre os pontos corridos do campeonato nacional não param.
É livre e democrático que cada um pense dessa ou daquela maneira.
Particularmente, gosto do mata-mata mas acho que o Brasileirão deve ser com turno e returno, daí saindo o campeão.

Já temos Libertadores e Copa do Brasil com rodadas eliminatórias.

O Nacional, assim como no mundo todo, tem de ser com os pontos somados em dois turnos.

Assim, penso.

Acontece que estamos num ritmo de vida tão intenso, somos pressionados a produzir emoções à toda hora, que acabamos querendo o mata-mata.
É a neurose do dia a dia.

Aliás, não se faz um filme somente com o epílogo.
Há um enredo, há etapas no desenvolvimento da história, e somente depois o arremate.

Assim, um campeonato por pontos corridos, também deve ser.

Gosto do Brasileirão e de suas etapas, com 38 rodadas.

Quanto aos candidatos ao título, são vários.
Mas é sempre prudente acompanhar o desenvolvimento das rodadas e a performance das equipes.

Da mesma forma quanto ao rebaixamento.
Cada um vai traçando seu caminho e determinando os candidatos ao título e também ao rebaixamento.

Farei minha primeira transmissão do Brasileirão/2015 em Cuiabá.

Lá jogarão Cruzeiro e Corinthians, pois o time mineiro tem de pagar um mando de campo por punição.

Transmissão do Premiére e PFC HD.








sábado, 2 de maio de 2015

DOMINGO, DIA ''D'

Domingão de decisões.

Muitos campeões serão conhecidos neste domingo, 3 de maio de 2015.

É claro que haverá muita festa por parte dos que vencerem, mas também protestos e contestações dos que perderem.
Assim é no esporte, especialmente no futebol.

Haverá "culpados", negligentes, incompetentes e etc.   "Sobrará" pra muita gente, da visão do apaixonado torcedor e que porventura perca a decisão.  

Haverá heróis, ícones, grandes campeões, do lado dos vencedores.

Que todos comemorem ou lamentem na medida do racional, é o nosso desejo.
Perder ou ganhar é do esporte, e que bom se todos tivessem essa compreensão.

Que bom se todos entendessem o autêntico espírito esportivo, qual seja o de um dia ganhar e noutro, perder.

Lamentar, criticar, opinar livremente, tudo isso é democrático.
O que não pode é extrapolar, passar dos limites da racionalidade e chegar às raias da relação pessoal.

Portanto, desejo um emocionante domingo a todos.

No meu caso, o domingo será de trabalho.

Estarei na transmissão da decisão paulista entre Santos e Palmeiras.
Estarei com os amigos Mauricio Noriega, Belletti, Felipe Diniz e Alexandre Oliveira nas câmeras e microfones.

Além de dezenas de profissionais presentes na Vila Belmiro e na retaguarda/Rio de Janeiro onde fica a sede principal e técnica da Globosat.

E a transmissão do Sportv com Santos x Palmeiras será o centro do giro nacional envolvendo todas as outras finais, com imagens especiais e é claro com a festa das conquistas em cada local.








quinta-feira, 30 de abril de 2015

21 ANOS -

Vamos para mais um "Dia do Trabalho" e a inevitável lembrança saudosa de Ayrton Senna.

21 anos, já.

Cada um de nós tem uma história daquele "1 de Maio" de 1994.
Onde estava?
Como ficou sabendo?
Se assistia ou não àquele fatídico Grande Prêmio?
Como foram as horas de espera pela notícia final da morte de Senna?

Enfim, cada um viveu aquele feriado com as sensações e sentimentos particulares.

No meu caso, depois de vários anos sem assistir à Fórmula-1, naquele domingo acordei e me lembrei de ligar a televisão pelo menos para ver a largada.

Deixei o aparelho ligado e fui fazer a barba, pois logo depois viajaria para São Paulo onde trabalharia em um clássico no Morumbi pela Bandeirantes.

E naquele dia ainda, daria carona para um filho e amigos dele, que iam para São Paulo participar de um evento musical, se não falha a memória.

Com a TV ligada e com um rádio no banheiro ouvindo a transmissão da corrida, veio o momento da batida.
Senna se envolvia tão pouco em acidentes que aquela batida chamou a atenção.

E aquele GP italiano vinha dos acontecimentos durante os treinos, com a morte de Hatzenberg e o acidente de Barrichello, deixando no ar um clima de preocupação.

E o Mundo parou à partir do acidente de Senna.

As imagens, a expectativa, a falta de informações mais detalhadas, o fantasma de tudo o que havia acontecido nos treinos, TUDO deixava no ar a mais pessimista esperança quanto ao piloto brasileiro se sair bem da impessionante batida.

E logo no começa da tarde brasileira chegou a informação da morte de Senna.

E no clássico do Morumbi, que transmiti naquele domingo pela Band, no "minuto de silêncio" o público prestou uma emocionante homenagem ao grande ídolo.

Com a partida de Senna a Fórmula-1 nunca mais foi a mesma para os brasileiros e boa parte de estrangeiros.

O tempo vai passando, a emoção da perda vai se assentando em nossa alma, a saudade não acaba posto que as pessoas queridas são inesquecíveis, as homenagens serão eternas ao ídolo.

A data de "1 de Maio" ficou eternizada também pela morte de Senna, além de sua história social ocorrida nos Estados Unidos quando as mulheres tiveram direito a registro em carteira de trabalho pela primeira vez.












terça-feira, 28 de abril de 2015

DOMINGO, A DECISÃO.

Semana de atividades pela Copa do Brasil e Libertadores, mas minha escala de narração está no domingo para Santos x Palmeiras.

Jogo às 4 da tarde e com transmissão ao vivo pelo SPORTV e Premiére.

Comigo na jornada os amigos Mauricio Noriega, Juliano Belletti, Felipe Diniz e Alexandre Oliveira.

Mais dezenas de profissionais trabalhando duramente no local ( Vila Belmiro ) e na Globosat ( Rio de Janeiro ) a nossa central técnica e de produção.

Vale o título do estadual.

Sigo cobrindo as férias do amigo Milton Leite, que volta em breve.


sábado, 25 de abril de 2015

PARABÉNS AO PACAEMBU

Nesta segunda-feira, dia 27 de abril, o estádio municipal do Pacaembu completará 75 anos.

À partir da conquista da Copa de 1958 na Suécia foi batizado de Paulo Machado de Carvalho, o comandante da Seleção naquele Mundial.
Foi ele que montou a comissão técnica, planejou a trajetória até chegar à Suécia e ganhar o caneco.

Inaugurado em 1940 quando o presidente da República era Getúlio Vargas, o Pacaembu abrigou grandes momentos do futebol.

Seis partidas válidas pela Copa de 1950 aconteceram ali.

Os Jogos Pan-Americanos de 1963 disputados em São Paulo tiveram o Pacaembu como seu grande palco para várias modalidades, inclusive o futebol, é claro.

Quantas decisões ocorreram no estádio do Vale do Pacaembu antes de existir o Morumbi.

Pisaram no gramado nomes históricos do futebol nacional e internacional.

Shows de cantores e bandas renomados encantaram no velho estádio.

A decisão entre Palmeiras e Santos de 1959, que ocorreu nos primeiros dias de janeiro de 60, teve o Pacaembu como cenário.

Recebeu inúmeras vezes jogos da Seleção Brasileira.

O torcedor adora o Pacaembu.

Os jogadores e treinadores gostam muito de trabalhar nele.

Minha primeira vez no estádio foi assistindo à uma partida do antigo Torneio Rio-São Paulo, anos 60, entre Portuguesa e Bangu, levado por um querido tio que residia na capital.

Trabalhando, foi em 1974 empunhando o microfone da Brasil de Campinas, num jogo da Ponte Preta.

Duas vezes tive a emoção de pisar no gramado do Pacaembu e jogar futebol.
Peladas pela ACEESP - Associação dos Cronistas Esportivos de São Paulo.
Foi muito legal.

Enfim, parabéns ao velho PACA!!!!

Quantas energias já foram produzidas nesse emblemático local, histórico, lendário.







sexta-feira, 24 de abril de 2015

COMEÇA A DECISÃO

Ainda cobrindo as férias do amigo Milton Leite vou fazer neste domingo a primeira partida das finais do Paulistão.

Palmeiras x Santos, 4 da tarde.

Transmissão ao vivo do canal Sportv à partir de 14 horas.

Estarei na jornada de trabalho com Mauricio Noriega - Juliano Belletti - Felipe Diniz e Alessandro Jodar, além de dezenas de profissionais no estádio e na retaguarda Globosat/Rio de Janeiro.

Há tempos que essas duas agremiações não decidem o estadual.

Nos anos 60 e 70 foi o grande duelo paulista.

Todos os ingressos já foram adquiridos.

O espetáculo tem tudo para ser muito bonito.




quinta-feira, 23 de abril de 2015

BRAGANTINO x CRICIÚMA, HOJE AO VIVO!

Hoje, quinta-feira, vou trabalhar em Bragança Paulista.

Jogo da Copa do Brasil, fase segunda, primeira rodada.

Transmissão ao vivo pelo Sportv, 9 da noite.

Bragantino versus Criciúma.

Nunca se enfrentaram por essa competição, mas já jogaram 20 vezes.
Desde 1989.

O Tigre catarinense venceu 9 vezes, contra 4 do Braga.  Foram 7 empates.

A equipe paulista passou pelo Lajeadense na fase anterior.
O Criciúma eliminou o Real Noroeste(ES).

Duas equipes com jovens treinadores.
Osmar Loss é o técnico do Massa Bruta, enquanto Moacir Jr é o treinador do Tigre.

Loss é gaúcho de Passo Fundo, 39 anos, tendo começado os trabalhos de treinador na base do Colorado gaúcho.
Ganhou a Taça São Paulo de juniores com o Corinthians neste ano de 2015.

Moacir Júnior é paulista de Ribeirão Preto.
48 anos.
Passou por Náutico, Bahia, Vitória, América Mineiro, foi semifinalista do Mineiro com o Juiz de Fora em 2012.

Estarei nessa jornada de trabalho com William Machado, Alessandro Jodar, Filipi Cury e grande equipe de apoio e retaguarda.





quarta-feira, 22 de abril de 2015

BLÁ BLÁ BLÁ ...........


É preocupante a ação da maioria dos dirigentes de clubes no futebol brasileiro.

Agem como torcedores, acabam levantando desconfiança de pessoas do meio, e por fim instigando a violência com terrorismo verbal.

Lançam depoimentos levantando suspeitas sobre as arbitragens, provocam os adversários de maneira a mexer com a "imaginação" de mentes desprovidas de inteligência.

Atuam como torcedores e não como homens que deveriam trabalhar em favor do futebol.

Que os fatores errados do futebol devam ser atacados, é claro que sim.  E há muita coisa a ser corrigida.
Mas, lançar bravatas simplesmente por lançar, é perigoso e irresponsável.

É comum antes de jogos importantes a gente ouvir de alguns cartolas que tal árbitro "persegue" seu clube, que o apitador só errou contra a equipe dele e que tudo já está "marcado".

Normalmente esses dirigentes relacionam os erros de determinado árbitro contra a sua equipe em jornadas anteriores, mas jamais realçam os momentos em que o seu time foi favorecido em razão de equívocos dos juízes.

E, convenhamos, TODOS os times já prejudicados por falhas de arbitragem, um dia foram beneficiados.
É a roda da vida do futebol.
Os juízes, enquanto humanos, erram a todo instante.

Jogadores, treinadores, jornalistas, advogados, médicos, gente de todas as classes trabalhadoras, ERRAM em algum momento.

É evidente que devemos separar os erros decorrentes de falhas humanas das ações criminosas.

Há desonestos em todas as atividades.

Mas há muita gente honesta, bem-intencionada, e que só comete falhas porque as suas atividades e suas dificuldades podem provocar os equívocos.

Costumo dizer que num jogo de futebol, se possível fosse levantar, os jogadores erram muito mais que os árbitros durante os 90 e poucos minutos.
E é natural, pois todos são humanos, portanto sujeitos a falhas.

Repito, estou me referindo aos honestos e em todas as classes.

Curioso também - e compreensível - é que esses dirigentes que levantam suspeitas de árbitros antes de jogos, quando indagados se as denúncias são relacionadas a desonestidade, eles negam veementemente, pois sabem das implicações judiciais que podem advir.

Levantar suspeitas sem provas, é cruel, grave, criminoso até.

Em resumo, o blá-blá-blá dos cartolas já cansou e só engana os desavisados, ou os muito apaixonados pelos seus times, onde a cegueira predomina.

Manobras de bastidores devem eternamente ser investigadas, é óbvio.
Os próprios dirigentes de clubes têm essa obrigação de apurar.
E com as provas nas mãos, denunciar e aí sim botar a boca no mundo.

O que ocorre é que os cartolas só esperneiam quando são prejudicados e se omitem quando recebem o benefício dos erros de arbitragem.

Falta de esportividade, no fundo, é o que acontece, além do oportunismo em levar vantagens nas horas convenientes.

Falar por falar é irresponsabilidade.

Sei que o texto é utópico, querer que pessoas despreparadas mudem, mas é sempre válido registrar a insatisfação com maus comportamentos.

O mundo do futebol ficaria melhor, mais ameno, mais justo e honesto, se os que estão nele agissem com lisura e honestidade ética.

Por isso sigo admirando o futebol com BOLA ROLANDO.
É um esporte incomparável.

Mas do blá-blá-blá dos dirigentes, antes e depois da bola rolar, ouço e leio apenas por força da profissão.

Porém sigo me decepcionando com declarações pobres, vazias, repetitivas, normalmente eivadas de rancor, ódio, desconfiança e com alto teor de demagogia visando somar(?) pontos com a torcida.