quinta-feira, 30 de junho de 2016

DUAS ESCALAS PELA FRENTE

Minhas duas próximas escalas.

Domingo em Itaquera para Corinthians x Flamengo, 4 da tarde, ao vivo pelo Premiére e PFC Internacional, com William nos comentários, Fabíola Andrade e Anselmo Caparica nas reportagens.

Segunda no Recife com Sport x Palmeiras às 8 da noite, transmissão ao vivo pelo Sportv, Premiére e PFC Internacional, com William, Fabíola Andrade e Vitor Bastos nas reportagens.

Os dois jogos pela 13a rodada do Brasileirão.
Já atingindo 1/3 do campeonato.

Ótimo final de semana pra todos!!!!

segunda-feira, 27 de junho de 2016

RODADA -12-

Meio de semana com rodada completa do Brasileirão.

Décima-segunda.

Começa na quarta com Flamengo x Inter, dois times que vêm de derrotas.

Tem ainda Vitória x Sport, clássico nordestino, no Barradão.

Chapecoense x Cruzeiro na Arena Condá.  Time mineiro subindo, o catarinense caindo.

Teremos o Atle-tiba no Couto Pereira.  Se agita a torcida paranaense com o histórico clássico.

O lanterna América Mineiro receberá o Corinthians.

Choque de tricolores no Morumbi:  São Paulo x Fluminense.

Tem também Grêmio x Santos em Porto Alegre.   O tricolor vem de duas derrotas, o Peixe vem de duas vitórias.

Na quinta-feira mais 3 jogos.
Santa Cruz x Ponte no Recife.  O Santinha está na zona de rebaixamento.
Líder Palmeiras joga em casa com o Figueirense.
Galo x Botafogo em Belo Horizonte.

Boa rodada a todos !!!





domingo, 26 de junho de 2016

PORTO ALEGRE NA QUARTA

Nesta semana que começa tenho escala de trabalho para quarta-feira.

Porto Alegre.
7 da noite.
Grêmio x Santos pelo Brasileirão.
12a rodada.

Tricolor gaúcho vem de duas derrotas e está em quinto lugar.
Peixe vem de duas vitórias e está no G4.

Transmissão Sportv(menos RS), Premiére e Pfc Internacional.

Nessa comigo, Batista nos comentários, Júlio César Santos e Anselmo Caparica nas reportagens.


sexta-feira, 24 de junho de 2016

MELHORAR O MUNDO. E A NOSSA CONVIVÊNCIA.

Mesmo crendo firmemente na imortalidade do espírito, à cada informação da partida de um amigo do Plano Físico eu fico triste e passo a refletir ainda mais sobre nossa responsabilidade por aqui.

Os desafios diários da vida, as desavenças, as intrigas, tudo é componente essencial para o nosso exercício de crescimento interior.
Ninguém veio ao mundo somente para passear, embora tenhamos direito à felicidade e a usufruir das boas coisas da vida.

Porém, caso tivéssemos somente sucesso e vitórias é óbvio que nos acomodaríamos e deixaríamos de buscar o crescimento espiritual, que na verdade é o principal objetivo perante o Universo Inteligente.

Tenho pena daqueles que desconhecem a Lei de Causa e Efeito ou que a ignoram.

Tudo o que plantarmos nesta existência provocará bons ou maus frutos lá na frente.
E esse "lá na frente" não se prende somente à esta vida presente, mas à extensão de jornada cósmica.
Está mais que provado sobre a pluralidade de existências.

E aqui, neste momento, estamos apenas numa das etapas evolutivas do nosso ser interior.

E não se trata de uma visão simplesmente religiosa - embora muitas tenham este foco - mas de como o Universo tem suas regras e normas.

Os que comandam o Cosmo, de inteligência acima de qualquer indagação, têm propósitos e fins com os mundos e com aqueles que os habitam.
E a Terra está nesse contexto, obviamente.

Por tudo isso, quando alguém encerra sua jornada física e passa a viver em continuidade numa outra esfera ou dimensão, vem a reflexão e o "balanço" de tudo o que foi feito.

Nossa consciência, que não é física e portanto não falece com o corpo material, segue viva e com seus conflitos ou satisfações.
É ela que irá nos dizer se estivemos no caminho certo e o que precisa ser corrigido em outra oportunidade que nos será dada.

É certo que num processo paulatino de evolução cósmica ninguém vai se aprimorar completamente em apenas uma existência, seja neste ou em outro Planeta.

Ninguém sai do curso primário direto para a faculdade sem os degraus normais de aprendizado em estágios de níveis.
Assim também é a nossa rota de crescimento.

Portanto, vivamos intensamente esta etapa mas com parcimônia, equilíbrio, amor ao próximo, compreensão dos fatos, honestidade nas ações e nos propósitos.

Errar, sim, pois ainda somos mentalmente infantis, entretanto buscar aprimorar o comportamento ético, social e moral, é o caminho.

Desafiar tudo isso é perda de tempo.
Contestar é um direito, mas certamente com um preço a ser pago.
E entender o mecanismo do Universo é contribuir para uma convivência melhor.

Melhorar o mundo é nos melhorarmos interiormente.









terça-feira, 21 de junho de 2016

TORCIDA ÚNICA.

Em meu recente post toquei no assunto VIOLÊNCIA.

Volto ao tema.

Fica claro com o que estamos assistindo na Eurocopa que a violência é praga mundial.

Os imbecis proliferam em todos os cantos do planeta.
A ignorância da inteligência é plena.
Raciocinar para essas pessoas é algo que não consta das suas vidas.

Evidente também que a droga chamada ÁLCOOL é componente forte que contribui para os atos violentos entre essas pessoas que se dizem torcedoras.

Que eles queiram se matar até compreendemos pela total falta de raciocínio inteligente, o problema porém se prende aos circunstantes, ou seja, os inocentes ao redor.

As autoridades, na minha modesta opinião, fazem o possível para conter, mas diante da covardia das ações e de estratégias fica impossível agir com cem por cento de eficiência.

Quando se apregoa que os clássicos sejam disputados apenas com a torcida do time mandante, eu apoio.
Não é bom para o espetáculo, sabemos disso, punem-se aqueles que não são violentos, porém as autoridades policiais têm coisas mais importantes a cuidar na sociedade.

Deslocar grande contingente policial para conter vândalos no futebol acho incoerente com o papel social inerente aos cuidadores da segurança.

Não se trata de matar o gado por causa dos carrapatos, absolutamente, mas de se priorizar o trabalho em prol da comunidade na segurança e não se ocupar exclusivamente com as coisas do futebol e seus vândalos.

Torcida única é uma boa.
Não quero que o dinheiro dos meus impostos seja empregado para cuidar de imbecis travestidos de torcedores, com a única intenção de brigar e se atracar com outros homens.

Policiamento no futebol é necessário mas que não seja reforçado com grande contingente apenas para cuidar de bandidos.  Isso não é honesto com o dinheiro do povo.






terça-feira, 14 de junho de 2016

QUEM PRATICA A VIOLÊNCIA.

É um sonho pensar em eliminar a violência no mundo.

Mas é imperioso persistir no combate à ela.

Desistir, jamais.

Os grandes países não conseguem erradicar os atos terroristas assim como não é possível acabar com a violência dos "torcedores" nos estádios e fora deles.

No Brasil não é diferente, é óbvio.

As punições a Palmeiras e Flamengo pelos incidentes em Brasília foram brandas e diferentes.
Entendo que as duas agremiações mereciam penas iguais, uma vez que a punição maior coube ao clube paulista.

Mas saindo do mérito das penas, sempre entendi que a culpa pela violência é dos VIOLENTOS.

Podemos atribuir responsabilidade às autoridades, é claro, a quem não cuida direito da prevenção, mas o violento é que detém o maior peso das ações.

Por isso é que os violentos precisam ser apenados fortemente, contundentemente.

Muitos deles mesmo após receber punição pesada não abandonam o crime.
Isto se comprova em trocentos casos.
Mas de qualquer maneira a punição tem de existir e com requintes de alta severidade.

Mas repito, não rezo no time daqueles que atribuem EXCLUSIVAMENTE a culpa pela violência às autoridades.
Outra verdade é que as autoridades policiais não dão conta da onda violenta que assola o planeta.

Foco nos verdadeiros responsáveis, que são os VIOLENTOS.

Punição a eles.

Repressão a eles.

Repúdio geral e irrestrito.














segunda-feira, 13 de junho de 2016

MORRE OSVALDO PISONI

Morreu em Americana aos 89 anos de idade OSVALDO PISONI.

Pisoni foi um grande goleiro à partir da década de 50.
Jogou por grandes clubes brasileiros e pela Seleção Paulista em várias oportunidades.

Elegante, alto, esguio, Pisoni era um galã da época e sempre manchete de revistas e jornais.

Foi ele quem tomou o primeiro gol do Maracanã numa partida inaugural entre as seleções carioca e paulista.

Acabando a carreira de jogador ele se formou em Odontologia e passou a trabalhar até os últimos anos de vida.

O primeiro esportista a projetar o nome da cidade de Americana.

Seu pai e seu irmão Athos também foram grandes jogadores na posição.
* Athos foi campeão pan-americano de tiro no México nos anos 70.

Tive a honra de entrevistá-lo algumas vezes em programas de rádio e tevê da cidade.

Desfrutava da sua amizade.

Minhas homenagens a ele e solidariedade à família.