sexta-feira, 29 de novembro de 2013

PONTE x PORTUGUESA, DOMINGO.

A escala me coloca no Moisés Lucarelli domingo.

Ponte x Portuguesa, 5 da tarde, pelo Brasileirão.

Transmissão do Premiére FC.

Comigo estarão Renato Leal - Caio Maciel - Pedro Mota e grande equipe.

A macaca pensando exclusivamente nas finais da Sul-Americana e a Lusa precisando garantir permanência na série A.


quinta-feira, 28 de novembro de 2013

NILTON SANTOS

Aos poucos o nosso time de campeões mundiais pela Seleção vai ficando muito desfalcado.

Num curto espaço de tempo perdemos Gilmar, De Sordi, Djalma Santos, e agora o Nilton.

Restam poucos das gloriosas seleções de 58 e 62.

O tempo da matéria tem prazo de validade.

Felizmente a memória é imortal.

Jamais a história deixará de registrar os feitos dos campeões mundiais de futebol com a camisa da CBD ou CBF.

Não sei se a gente naquela época era mais romântico ou pouco se preocupava com os problemas da vida e por isso valorizava mais os eventos - éramos crianças ou jovens - mas tudo parecia ser mágico naqueles tempos.

Ainda hoje só de ver aqueles filmes das Copas de 1958 e 1962, em preto e branco, algo dentro de mim vibra muito intensamente.

Ainda hoje só de ouvir as narrações dessas duas Copas, com aquele imbatível "som de telefone" do rádio, me arrepio e volto no tempo.

Nosso campeões estão indo para outros Planos e levando consigo a rica bagagem de terem feito uma Nação inteira chorar de emoção.

E desta vez lá se foi o simples, modesto, humilde, Nilton Santos.

Um exemplo de riqueza espiritual.
Sem muitos estudos, sem religião ( como ele próprio confessava ), Nilton foi família, foi amigo, solidário, um ser de imensa sabedoria.

O grande exemplo foi sua eterna fidelidade ao amigo Mané Garrincha, pajeando-o até os últimos momentos. Mané e tantos outros jogadores de futebol da época receberam o apoio e a solidariedade de Nilton.

Questionado certa vez sobre não ter uma religião, Nilton foi direto, objetivo ao responder: " Minha religião é fazer o bem sem olhar a quem. Dar o ombro a um amigo. Ser feliz. "

Assim era o cidadão Nilton Santos.

E vejam que pouco escrevi sobre o Nilton Craque, a Enciclopédia com a bola nos pés.
Pois como jogador a história registra e só nos resta aplaudir e agradecer por ele ter existido.

Enfim, missão cumprida pelo mestre Nilton.
Outras se descortinam na sua caminhada cósmica.
E com toda a certeza ele as enfrentará com coragem e simplicidade.
















terça-feira, 26 de novembro de 2013

PONTE OU SÃO PAULO ?

Escala de trabalho me coloca em Mogi Mirim nesta quarta-feira.

Jogo que irá definir o finalista brasileiro na Copa Sul-Americana:  Ponte ou São Paulo.

A Macaca entra em campo com a boa vantagem da primeira partida no Morumbi.
O Tricolor pisa no gramado do Romildão pressionado pelo prejuizo do 1 x 3.

Certamente o jogo será tenso, pegado, brigado.
A arbitragem é equatoriana sob o comando de Carlos Veras.
Pouco mais de mil ingressos para a torcida tricolor, de acordo com orientação da Polícia Militar.

Polícia Rodoviária de sobreaviso pois as duas torcidas terão acesso rodoviário único, a estrada que liga Campinas à Mogi Mirim.
Por conta das uniformizadas é que a preocupação existe, pois são sempre elas que aprontam.
Por isso, os torcedores que não pertencem a nenhuma delas e que vai comparecer ao Romildão vão precisar de muita cautela e cuidados.
Evitem levar crianças, mulheres e idosos.

Não se trata de terrorismo, mas de precaução.   Conhecemos os estádios e seus perigos nesses momentos e é de bom alvitre tomar todos os cuidados.

A partida terá início às 21:50 e a transmissão será do Sportv-2.
Estarei na jornada com os amigos Juliano Belletti, Fabíola Andrade e Felipe Brisolla, além de dezenas de profissionais da área técnica e de apoio.




segunda-feira, 25 de novembro de 2013

ELY COIMBRA - 15 ANOS

Não me canso de registrar as datas em que amigos muito queridos deixaram o Mundo Físico, prestando-lhes modestas homenagens com palavras, depoimentos.

Na minha concepção eles continuam vivos.  Ninguém morre, apenas muda de "vestimenta", ou volta às origens, deixando aqui a carcaça física que nos serviu de instrumento para as atividades terrenas.

Não morremos, mudamos de Plano Vibratório.

Mas independentemente de crenças ou de apostas, os amigos queridos que por aqui passaram -  assim como nós estamos passando - merecem ser lembrados.

Nesta passagem do ano rendo homenagens a ELY COIMBRA.

15 anos de seu falecimento físico.

Um cara totalmente do bem.  Sempre disposto a ajudar o semelhante.
Na televisão desempenhou papel dos mais importantes, como repórter que foi e também através da criação do Dente-de-Leite, juntamente com seu grande amigo Roberto Petri.

Tive a honra de trabalhar com Ely em duas emissoras: TV Gazeta e depois na Bandeirantes.
Mas nossa amizade vinha de longe, no convívio das jornadas, viagens, empreitadas mundo afora.

Ele era um cara amável, brincalhão, amoroso com as pessoas.   Cativava, era carismático.

Errou na vida pessoal como TODOS NÓS ERRAMOS, mas não levava no coração mágoas e ressentimentos.
Ao contrário, carregava dentro de si muito amor ao próximo.
Foi mal compreendido em alguns momentos da vida, sofreu com isso, mas soube manter a postura de um cara meigo, dócil, extremamente solidário.

Seu coração era tão bom que não resistiu a alguns contratempos da vida e faleceu precocemente.
Ele nos deixou aos 58 anos de idade e ainda com mil planos a concretizar.
Amava os filhos e netos.

Sou testemunha da sua bondade e caridade.

Um amigo pleno.







sexta-feira, 22 de novembro de 2013

50 ANOS DEPOIS........

O ano?  1963.
Mês?  Novembro.
Dia?   22.

Eu estava para completar meus 15 anos de idade e trabalhava num escritório de contabilidade com meu pai e tios.

Não via a hora de acabar o expediente para pegar minhas chuteiras e ir bater uma bolinha no Flamengo FC da minha cidade, Americana.
O campo do rubro-negro ficava há um quarteirão de onde eu estava.
Meu sonho era ser jogador de futebol profissional.

De repente surge a notícia de que o presidente dos Estados Unidos, John Kennedy, tinha sido morto em Dallas.
Um olhava para o outro com o espanto natural do que havia acontecido e rapidamente surgiam os comentários sobre como teria ocorrido e dos desdobramentos que viriam de tão trágico fato.

Não faltou quem dissesse que era obra dos russos, ferrenhos adversários dos americanos.
Efeitos da Guerra Fria.
Os cubanos, através de Fidel, seriam os autores do homicídio.
Me lembro que um experiente amigo citou a possibilidade da Máfia Americana ter sido a autora do crime.

Alguém sentenciou que a Terceira Guerra Mundial viria depois disso.

Um terror para os nossos ouvidos, especialmente os meus, de alguém com apenas 15 anos de idade e que nada sabia sobre política internacional e que somente queria jogar bola, namorar e nada mais.

A verdade é que ficamos todos estarrecidos com a notícia, assim como todo o Planeta, evidentemente.

Conto esse acontecimento de 22 de novembro de 1963 - 50 anos atrás - para relatar algo que muito tempo depois me fez emocionar fortemente.

Na Copa do Mundo de 1994 eu trabalhava na TV Bandeirantes e chegamos à Dallas onde ficava o Centro de Imprensa do evento.

Chegamos dias antes da abertura da Copa e ainda estávamos nos adaptando à cidade, ao fuso horário, fazendo o credenciamento e as coisas de praxe.

Mas minha preocupação era conhecer o local e as imediações onde Kennedy foi morto.

Convidei alguns colegas, mas apenas Tostão, nosso campeão mundial de 70, aceitou me acompanhar.
* Tostão foi nosso colega comentarista naquela Copa pela Bandeirantes.

Pegamos um táxi e fomos ver de perto onde ocorreu uma das maiores tragédias da história política do Mundo.

E chegando ao local a emoção foi muito forte.
Mais de 30 anos depois, a frequência de turistas e curiosos ainda era algo notável.

Voltei no tempo e localizei aquele 22 de novembro de 1963 na minha história.
Um garoto de 15 anos, começando a sentir a vida, iniciando uma atividade profissional, a frustração pela morte de um líder político e chefe da mais poderosa nação do Planeta.

Confesso que estando em Dallas e no local onde o presidente americano foi morto, foi uma das maiores emoções da minha vida.
Não faltaram as fotos, é claro.
A minha curiosidade sobre a biblioteca onde Lee Oswald estava, naquele prédio de onde ele atirou.  Fomos até ali e evidentemente a sala virou atração turística, onde pagava-se ingresso para visitar.
Aquela "cerquinha" de um estacionamento e de onde teriam saído outros tiros para matar Kennedy.

Enfim, um turbilhão de emoções.

Se tivesse que separar fatos notáveis, pessoais, para relatar: este de Dallas é um dos principais.

Foi marcante na minha vida.

É claro que poderia mais tarde empreender uma viagem a Dallas para conhecer de perto o local da tragédia, juntando economias, mas foi possível através da minha carreira profissional.
Foi possível através de uma escala para a Copa do Mundo de 1994.
E ainda o elemento importante, importantíssimo, que foi ir ao local com Tostão, uma personalidade do futebol mundial, e que se tornou um grande amigo na convivência de trabalho pela Bandeirantes.

Estive lá, tenho fotos, mas lamento ser ignorante a ponto de não saber postá-las aqui no blog.

Fico devendo as fotos, mas pude abrir meu coração sobre aquele 1994 em Dallas.

Inesquecível.

E 50 anos depois do assassinato ainda pairam muitas dúvidas sobre "quem matou" e sobre "quem mandou matar" ????????

























DOMINGO NO MORUMBI.

Estive trabalhando no Morumbi quarta-feira passada ( vitória marcante da Ponte sobre o São Paulo pela Copa Sul-Americana ) e neste domingo volto ao Cícero Pompeu de Toledo.

São Paulo x Botafogo, pelo Brasileiro.

Antepenúltima rodada.

Jogo importantíssimo para o Fogão, que ainda briga por vaga na Libertadores.

Vai começar às 19:30 e terá transmissão do Premiére e do PFC Internacional, em Alta Definição.

Lá estarei com Juliano Belletti e Thiago Crespo, além de dezenas de companheiros da Globosat ( presentes no estádio e na retaguarda/Rio de Janeiro ).




quarta-feira, 20 de novembro de 2013

QUARTA-FEIRA QUENTE !!!!!!!

Nesta quarta-feira dois jogos importantes aqui no Brasil.

Bola quente em Curitiba para Atlético x Flamengo, primeiro jogo das finais, Copa do Brasil.
A acanhada Vila Capanema vai tremer.
A massa do Furacão vai tomar conta do estádio.  E a torcida flamenguista preencherá totalmente o espaço reservado à ela no Durival Britto e Silva.

Os atleticanos sabem que terão de fazer o resultado, e bem, para depois encarar o Mengão no Maracanã.

Noite de gala em Curitiba.   Noite de fase final da Copa do Brasil.

Já no Morumbi São Paulo e Ponte Preta frente a frente pelas semifinais da Sul-Americana.
Rusgas de bastidores à parte, o jogo deverá ser eletrizante.
Macaca preocupadíssima com a sua situação no Brasileiro, mas satisfeita com a caminhada na competição internacional, pois vem de eliminar o Velez lá na Argentina.   O que dá muita moral, evidentemente.

Jogadores e diretoria da Ponte mordidos pela interferência do Tricolor junto à Conmebol para que a segunda partida não acontecesse em Moisés Lucarelli.
Isso pode dar uma motivação extra à equipe hoje em campo.

O tricolor de Muricy quer o bi-campeonato da Sul-Americana.
Recuperou-se claramente no Brasileiro e joga em casa.
Teremos 50 mil pessoas no Morumbi.

São as duas esperanças do futebol paulista de participação na Libertadores 2014.

Enfim, uma quarta-feira que nos reserva fortes emoções.


segunda-feira, 18 de novembro de 2013

FOI MAL O TRICOLOR

O segundo jogo entre São Paulo e Ponte Preta pela Sul-Americana não será em Campinas.

É claro que os regulamentos das competições têm de ser respeitados e se Moisés Lucarelli não tem oficialmente a capacidade estipulada pelas regras da Conmebol, o jogo não pode lá acontecer.

Mas a notícia que vazou sobre uma interferência direta do Tricolor junto à entidade para "alertar" que o Majestoso não tem capacidade para 20 mil, foi ruim para a história do clube do Morumbi.

Não precisava.

Não foi legal a atitude da diretoria são-paulina.

Não pegou bem.

Se Moisés Lucarelli fosse vetado exclusivamente pela Conmebol, tudo certo.  Mas precisar de um cutucão tricolor na entidade para que a partida não aconteça em Campinas, pegou muito mal para um clube da história e da tradição do São Paulo.

A constatação é que de uns tempos para cá a diretoria do Tricolor tem deixado a desejar.
Os próprios torcedores e conselheiros do São Paulo dizem isso.
E todos sabemos como andam os bastidores políticos pelos lados do Morumbi.
Fervendo.

Há quem diga que a intromissão do São Paulo foi um receio técnico de ter que decidir em Campinas, onde a pressão da torcida alvinegra é intensa.
Há quem negue essa suposta paúra tricolor.
Mas digam o que digam, pensem o que pensem, vejo como infeliz a interferência do São Paulo na mudança do jogo que vai decidir passagem para as finais da Sul-Americana.
Atitude pequena de quem dirige um clube grandioso, gigantesco em todos os sentidos.






domingo, 17 de novembro de 2013

SÃO PAULO x PONTE PRETA NO MORUMBI.

Semana começando neste domingo e tenho escala para quarta-feira.

Morumbi.
Copa Sul-Americana, primeiro jogo da semifinal.
São Paulo x Ponte Preta, 21:50, transmissão ao vivo pelo SPORTV-2.

Lá estarei com Juliano Belletti, André Hernan, Fabíola Andrade.
Dezenas de profissionais trabalhando no estádio e na retaguarda Globosat/Rio.

A outra semifinal da competição reúne Lanús(ARG) e Libertad(Paraguai).

O campeão da Sul-Americana vai para a Libertadores de 2014.


quinta-feira, 14 de novembro de 2013

PALMEIRAS x BOA ESPORTE AO VIVO

Fim de semana que começa com o feriado da sexta, mas com trabalho no sábado.

Estarei no Pacaembu para Palmeiras x Boa Esporte.

Transmissão do Sportv e Premiére, em Alta Definição.

Comentário de Wagner Vilaron, reportagens de André Hernan e Fabíola Andrade.
Coordenação no local de Idival Marcusso, na retaguarda/Rio Eduardo Melido.

Geração de imagens por conta da equipe Globosat/São Paulo.

O jogo terá o seu início às 16:20h ( horário de Verão ).

Palmeiras com um empate confirma o título da série B.
Mas poderá perder o jogo caso a Chapecoense não vença a sua partida contra o Bragantino.


segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Escalas da Semana

Escalas da semana.

Terça Paysandu x Palmeiras 21:50 ao vivo Sportv, Premiere e PFC Internacional.
No Mangueirao.

Quarta em Salvador com Vitoria x Cruzeiro pelo Premiere FC.

Sábado em Palmeiras x Boa Esporte no Pacaembu pelo Premiere.


Escalas da Semana

Escalas da semana.

Terça Paysandu x Palmeiras 21:50 ao vivo Sportv, Premiere e PFC Internacional.
No Mangueirao.

Quarta em Salvador com Vitoria x Cruzeiro pelo Premiere FC.

Sábado em Palmeiras x Boa Esporte no Pacaembu pelo Premiere.


Escalas da Semana

Escalas da semana.

Terça Paysandu x Palmeiras 21:50 ao vivo Sportv, Premiere e PFC Internacional.
No Mangueirao.

Quarta em Salvador com Vitoria x Cruzeiro pelo Premiere FC.

Sábado em Palmeiras x Boa Esporte no Pacaembu pelo Premiere.


quinta-feira, 7 de novembro de 2013

SÁBADO, EM SALVADOR

Minha próxima escala de trabalho é sábado em Salvador.

Bahia x Atlético Mineiro na Fonte Nova, 19:30, horário de Brasília.
Tricolor baiano na batalha para não cair e o Galo só contando os dias para a viagem a Marrocos.

Transmissão do Sportv para todo o País, exceto o estado da Bahia que poderá acompanhar pelo Premiére Futebol Clube.

Comigo, Juliano Belletti - Matheus Carvalho - Fernando Moreira.


segunda-feira, 4 de novembro de 2013

SEMIFINAL DA COPA DO BRASIL

Quarta-feira irei conhecer a Nova Arena do Grêmio.

Estou escalado para Grêmio x Atlético Paranaense, Copa do Brasil, semifinal Jogo 2.

Na escala, Juliano Belletti, Júlio César Santos, Felipe Brisolla, mais os coordenadores Idival Marcusso e Vitor Coutinho, além de dezenas de profissionais no estádio e na retaguarda/Rio de Janeiro.

A transmissão acontecerá no Sportv-3.
( consulte sua operadora onde está o "3" caso ainda não saiba ).

Uma noite em que saberemos quais os finalistas da Copa do Brasil.
A outra semifinal é Flamengo x Goiás no Maracanã.

O jogo vai começar às 21:50 ( horário de Brasília ).