sexta-feira, 29 de julho de 2011

CANINDÉ, AO VIVO

Neste sábado volto a narrar pelo Brasileirão.

Nove da noite no Canindé, Palmeiras e Atlético Mineiro, transmissão ao vivo pelo Premiere FC, PFC Internacional e em HD.

Estarei ao lado do craque Muller e com o repórter Felipe Diniz, mais toda a equipe envolvida na transmissão, cerca de 40 profissionais.

Verdão não perde há 10 anos jogando no estádio da Lusa.

Galo não anda bem no campeonato.
Somente duas vitórias nas últimas dez partidas.
Preocupante.

O jogo promete boas emoções.

SORTEIO DAS ELIMINATÓRIAS

O mundo da bola estará voltado neste sábado para as imagens do sorteio dos grupos das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2014.

É um dos primeiros passos para começarmos a viver mais diretamente o Mundial que o Brasil sediará daqui a 3 anos.

Em que pese toda a preocupação com o andamento das obras para o grande evento, pensando apenas no futebol em si, dá um certo arrepio sentir que estamos muito próximos da Copa, e aqui onde vivemos e cuidamos das nossas vidas.

Afinal, só sediamos uma vez a Copa. E isto há mais de 60 anos.

Sendo um dos principais países do futebol - aliás, o maior ganhador de Copas - entendemos até que todo esse tempo é muito extenso sem abrigarmos os jogos.

Mas passamos por tantas e repetidas crises financeiras e economicas, que dá para entender o porque desse longo periodo sem uma Copa do Mundo.

O tempo passou, o Brasil se reergueu economicamente, é hoje um dos que mais crescem no planeta, e portanto tem condições de fazer o evento, mesmo que estejamos atrasados, por conta de politicagens, burocracia, entraves administrativos e também um pouco de negligência dirigida.

Em suma, neste sábado vamos conhecer os grupos para a fase de classificação para 2014.
Lembrando que a Seleção Brasileira estará fora do sorteio, sendo sede da Copa.

quarta-feira, 27 de julho de 2011

PALPITES NA VIDA ALHEIA

Aprendi, com o tempo e com a vida, que o respeito ao semelhante é essencial.

Mesmo em uma profissão - a que exerço - onde fazer as criticas estão totalmente no contexto, aprendi que somente o profissional deve ser atingido. Jamais o ser humano investido de atleta, treinador ou dirigente.

Vez em quando ouço, leio e vejo afrontas à pessoas, e não xclusivamente à profissionais.
Não é correto. Não é honesto. Não é justo.

Na verdade, temos uma tendência perniciosa de "falar dos outros" sem qualquer pudor e com uma pretensa autoridade, que beira à crueldade e irresponsabilidade.

Universalizo o tema, mas quero tocar em um assunto delicado do momento que é a prisão do ex-jogador Zé Elias, por um problema de pensão alimentícia não paga.

Já ouvi tantas "conclusões" de quem não tem nada com isso, tantas condenações, ilações e acusações levianas, que me dão arrepio.

Que prazer é esse de se meter na vida alheia e ainda se julgar no direito de palpitar profundamente?
Há quem diga que tal comportamento é doentio. No que concordo.

Leio nos sites os famigerados "comentários" abaixo da noticia e fico pasmo.
As pessoas não medem as palavras, criticando, metralhando os envolvidos, arvorando-se de autoridade moral que julgam ter.

Que o ex-jogador Zé Elias é uma pessoa pública, concordo.
Mas nada dá o direito de alguém, de fora, palpitar sobre os problemas dele e da ex-esposa, filhos e etc.
Trata-se de uma intromissão criminosa.

Por ser alguém conhecido, é claro que a noticia chamou a atenção e não tem como ficarmos à margem do fato, mas metermos o nosso dedo na questão é atrevimento, de tremendo mau gosto.

Por sinal, muitas intrigas que vivemos no cotidiano poderiam ser evitadas caso as pessoas se resguardassem de palpitar na vida alheia.
Se cada um de nós cuidasse do próprio nariz, o mundo estaria bem melhor.

Devemos, isto sim, nos intrometer na vida alheia quando for para auxiliar, contribuir, dar ajuda. Somente isso.

Sem citar que há ainda pessoas que vibram com as tragédias dos outros, chegando a ter prazer em degustar as agruras do vizinho. E ainda batendo no peito e afirmando que "comigo" isto nao aconteceria.
Uma barbaridade.

Enfim, jamais aceitei na minha profissão que se toque no aspecto pessoal dos profissionais que trabalham no esporte.
Vida intima é privada.
Jornalista não tem o direito de penetrá-la, invadi-la.

Por isso, deixemos Zé Elias e familia resolverem suas pendencias.
Muito ajudaremos se não dermos palpites.

PASSEANDO PELA RODADA

Quarta-feira.
Dia de futebol. Dia de Brasileirão.
Décima-segunda rodada.

Sete jogos, hoje.

BOTAFOGO X AVAI ----
Terminados os Jogos Militares, o Engenhão volta a ser utilizado pelo Botafogo.
Fogão não venceu nos últimos quatro jogos.
Avaí é o penúltimo colocado. Apenas uma vitória em onze partidas.
O time catarinense é o que mais tomou gols até agora: 25.
Tudo sinaliza para uma reabilitação botafoguense.

GRÊMIO X AMERICA MINEIRO ---
Tricolor gaúcho ainda instável, preocupando sua grande massa.
Coelho de Minas mal. Figura no grupo do rebaixamento. Só uma vitória até agora.
Por ser no Olimpico e pela tradição, deve dar Grêmio.

ATLÉTICO MINEIRO X FLUMINENSE ---
Galo, mal. Tricolor, mais ou menos, mas revigorado pela vitória sobre o Palmeiras.
O jogo é em Minas.
Juro que estou sem palpite pra esse jogo.

ATLÉTICO GOIANIENSE X CRUZEIRO ---
O campeão goianiense patina há sete rodadas. Não consegue vencer.
Cruzeiro está em sétimo na classificação. Vem de duas boas vitórias.
Torcida do Dragão deve preencher bem o Serra Dourada.
Jogo bem interessante esta noite em Goiânia.

SANTOS X FLAMENGO ---
Além das duas ricas camisas, da tradição do confronto, temos o momento do Brasileirão.
Peixe atrasado em número de partidas. Só jogou oito e precisa colocar em dia seus compromissos.
Rubronegro, de Luxemburgo, invicto no campeonato, terceiro colocado, mas é o time que mais empata no Brasileiro: seis vezes.
Muricy, que fica doente quando não vence, sabe que o Santos precisa ganhar.
Luxa, certamente, arma esquema para aniquilar os pontos fortes santistas.

FIGUEIRENSE X PALMEIRAS ---
O jogo é no Orlando Scarpelli, em Florianópolis.
Figueira não ganha há quatro rodadas, com três empates nas últimas partidas.
Verdão perdeu para o Tricolor carioca na rodada passada, ostenta a quinta posição e segue na briga pela Libertadores e até o titulo.

CORITIBA X SAO PAULO ---
Couto Pereira lotado, com toda a certeza.
Coxa só perdeu em casa na primeira rodada, 0 x 1 para o Dragão goiano.
Será a segunda partida de Adilson Batista comandando o Tricolor, portanto, ainda se ajustando às peças sãopaulinas.
Dificilmente o Coritiba perde jogando na sua casa. E hoje deve manter essa escrita.

terça-feira, 26 de julho de 2011

SELEÇÃO E OS CLUBES

Muricy Ramalho reclama da convocação de dois jogadores pela Seleção e pede para não fazer o clássico do dia 10/8 com o Corinthians.

Tite vai no embalo e também alega que tem muitos jogadores machucados. Também quer jogar em outra data contra o Peixe.

É um jogo da quinta rodada e já estamos na décima-segunda.

Mano Menezes tem de formar o grupo para o amistoso contra a Alemanha e convoca.
Convocou dois atletas do Peixe e um do Timão.

Os clubes chiam e dizem que são eles que pagam os salários dos jogadores.
CBF prioriza a Seleção por causa de compromissos comerciais e faz sua agenda.

Houve um tempo em que as agremiações vibravam quando tinham atletas convocados, pois o fato valorizava a ambos. Todos ganhavam com isso.

Como houve também um tempo que os jogadores almejavam a convocação.

Hoje tudo mudou. A neurose aumentou. Os interesses comerciais, idem. A própria CBF poderia conciliar melhor as datas - exceção das reservadas pela Fifa - e não prejudicar os clubes.

Em resumo, o momento é muito triste. Preocupante.

Assim como a Seleção precisa ser respeitada, idem idem as agremiações.

Mas de uma maneira geral, há exageros de ambas as partes.

A queda-de-braço não é interessante para ninguém.

segunda-feira, 25 de julho de 2011

URUGUAI, O MAIOR CAMPEÃO!!!

Terminada a Copa América, ficam algumas advertências, observações.

Os uruguaios reencontraram o caminho certo, o que já havíamos comprovado na Copa de 2010.

Os paraguaios continuam jogando de acordo com os regulamentos, e teriam condições de aprimorar taticamente suas seleções.

Brasileiros e argentinos levaram um forte puxão de orelhas. Precisam ser mais humildes e trabalhar melhor.

Venezuelanos, com um treinador bom, como é o caso de César Farias, começam a se impor no continente. Há muitos jogadores venezuelanos atuando na Europa.

Chile não está mal, mas peca nos momentos decisivos das competições.
Nas últimas 12 partidas da seleção andina, apenas uma derrota.

Em suma, mais uma Copa América para tirarmos algumas conclusões e verificarmos algumas sinalizações. E reflexões.

E a constatação é que na história da Copa América, o Uruguai é o melhor. O maior ganhador. Em todos os tempos.
Números são números.

sexta-feira, 22 de julho de 2011

KLEBER E O FAIR PLAY

O lance de Kléber na partida contra o Flamengo, arrancando para o gol e chutando, não se importando com aquilo que chamados de FAIR PLAY, suscita evidentemente uma série de comentários.

Do meu simples ponto de vista, o jogador do Palmeiras não foi ético, elegante.

Antes de tudo, no esporte, temos de visar a cordialidade na competição.
Aliás, o esporte é um meio de educação social.

Levar vantagem em detrimento de uma ação cordial, é oportunismo e falta de respeito.
Se hoje temos o "fair play" e é praticado na grande maioria dos jogos, por que não preservá-lo, mantê-lo vivo?

Exemplos do esporte são passados para as crianças e os jovens.
Se bons, a mensagem é ótima, fantástica.
Se ruins, a mensagem é forte e envolvente.

Antes de qualquer resultado no campo de jogo, está a postura cultural e educativa.

Muita gente ironiza a célebre frase "No esporte, o que vale é competir", ignorando o seu verdadeiro sentido social.
A frase resume que na VIDA o mais importante não é vencer à qualquer custo.
Competir, participar com lisura, transparência e respeito ao próximo, significa uma vitória moral.

É claro que respeito à todas as opiniões em contrário, mas mantenho a firme posição de que TAMBÉM no esporte é necessário ética, educação, priorizando-se a elegância de postura.

Entendo igualmente que nem sempre é possivel esperar de algumas pessoas - jogadores ou não - um comportamento condizente com os bons costumes éticos, mas eles precisam ser criticados.

Se queremos um Mundo mais civilizado, menos violento, competitivo mas equilibrado, precisamos lutar por uma drástica mudança, nas minimas coisas.
E nessas "minimas coisas" eu incluo o futebol, muito menos importante que tudo na vida.

terça-feira, 19 de julho de 2011

PARAGUAI X VENEZUELA

Nesta quarta-feira narro Paraguai x Venezuela pelo Sportv, à partir de 9:15 da noite, semifinal da Copa América, ao lado de Carlos Eduardo Lino.

Jogo muito interessante, especialmente pela surpreendente Venezuela.
Pela primeira vez os venezuelanos chegam à uma semifinal de Copa América.

Os paraguaios são favoritos à vaga, mas tudo indica que a parada não será fácil.

Faremos a transmissão via estúdios Globosat, diretamente do Rio de Janeiro.

segunda-feira, 18 de julho de 2011

NÃO DEU BRASIL

Dar palpites em futebol é uma loucura.

Evito, mas no post anterior arrisquei e me dei mal.
Voltarei à minha posição anterior de me abster. Futebol é surpreendente.
E felizmente que é surpreendente, pois assim desbanca quem se diz entendido e abre novos desafios.

Essa Copa América, exemplificando, derrubou meio mundo.
As eliminações de Argentina, Brasil e Chile acabaram com muitos bolões, ou consagraram os que correm atrás de caçar a zebra.

Quanto à seleção brasileira, perdeu nos pênaltis, é verdade, mas não ganhou com a bola rolando, e aí cabem muitas observações criticas.

Mano Menezes precisa rever conceitos.
Vários jogadores, ainda que consagrados em seus clubes, são ineficientes com a camisa amarela. Há que se analisar melhor sobre seu aproveitamento no selecionado.

De qualquer maneira, ficou mais uma lição no ar.
Às vezes, esses puxões nas orelhas de argentinos e brasileiros são providenciais.
Ou foram apenas tropeços, sei lá.

Voltemos nossas atenções para o Brasileirão, agora.

Página virada em mais uma Copa América.

Quem vai ser o campeão?
Não sei. Não arrisco arriscar.

domingo, 17 de julho de 2011

HOJE DÁ BRASIL !

Daqui a pouco tem seleção brasileira em campo.

Pressinto que hoje o time vai jogar o que ainda não jogou nessa Copa América.

É puro pressentimento.

Alguém me perguntaria se, então, o jogo vai ser fácil?
Não.
Absolutamente, não.

Os paraguaios estão muito bem, e com moral.
Vão entrar em campo de cabeça erguida.

Por sinal, dar palpites no futebol, apostar neste ou naquele, é só intuição.

E a minha, neste domingo, diz que hoje o Brasil ganha, se classifica e caminha depois para decidir o titulo.

Já na outra partida, de onde sai um semifinalista, entre Chile e Venezuela, aponto para uma qualificação chilena.
Ontem, por consequencia, teriamos depois Brasil e Chile.

Vamos conferir.

Domingão de Seleção em campo.

sábado, 16 de julho de 2011

RISADINHA MORREU

Morreu Paulo Luís Borges.

Paulo Borges, ponta direita dos bons.
Revelado pelo Bangu, artilheiro de dois campeonatos cariocas na década 60, despertou o interesse de grandes clubes brasileiros.
E o Corinthians "chegou junto" e o levou para São Paulo.

Marcou em jogo histórico no Pacaembu, fazendo um dos gols da vitória corintiana sobre o Santos de Pelé, quebrando uma escrita de 11 anos que o Timão não ganhava do Peixe.

Sempre risonho, alegre, contando piadas.

Contagiava por onde passava com seu humor escrachado, mas respeitoso.
Por isso o apelido de Risadinha.

Paulo Borges tinha 66 anos de idade e lutava contra um câncer que afetava seus pulmões.

Foi sepultado na minha cidade, Americana, interior de São Paulo, onde já estavam os restos mortais de sua esposa.

Borges era ponta, posição cruelmente extinta do futebol pelas inovações táticas que pintaram.
Ponta rápido, insinuante, finalizava bastante, praticava o futebol alegre.

O futebol agradece a você, Paulo Borges, pela técnica e pela alegria que implantou nesse esporte tão maravilhoso.

Vá em paz com sua consciência. Missão cumprida com excelência. Parabéns.

A nossa saudade, desde já.

quinta-feira, 14 de julho de 2011

NINGUÉM SABE PERDER

Não é crítica o que vou escrever, mas uma constatação.

No futebol, o time ganhou e só pintam elogios.
O time perdeu ou não ganhou, todos caem de pau e não se salva ninguém.

Nas duas primeiras rodadas da Copa América, onde os argentinos não venceram, só se ouvia pelas ruas de Buenos Aires que o time era fraco e ninguém escapava de severas criticas.

Agora acontece também com o Brasil, depois da vitória sobre o Equador e a classificação para pegar o Paraguai.

Ouvi de vários motoristas de táxis argentinos que até Messi era uma mentira, e que "não era tudo isso".
Mas isso até a vitória sobre a Costa Rica, obviamente.

Futebol é paixão, e varia de acordo com os resultados.
É assim, mesmo.
Aliás, pedir equilibrio e sensatez das pessoas nas derrotas é algo realmente complicado.
Ninguém quer perder. Nenhum perdedor fala das derrotas dando méritos ao adversário vencedor. Ou são poucos que fazem isso.

Vêm aí as quartas-de-final, e se Argentina ou Brasil cair - ou os dois caírem - a carga de duras criticas voltarão à baila.

E assim a vida do futebol vai em frente.....

terça-feira, 12 de julho de 2011

HOJE URUGUAI X MÉXICO AO VIVO

Hoje aqui na Argentina transmito Uruguai x México pela última rodada da primeira fase do grupo C.

Pressinto uma vitória uruguaia, que depois teria de pegar os argentinos nas quartas-de-final.
O time mexicano é muito jovem e já perdeu as duas que jogou nessa Copa América.

Transmissão do Sportv, nove e quarenta e cinco da noite, ao vivo de La Plata, na Grande Buenos Aires.

Lá estarei com os amigos Carlos Eduardo Lino e Vitorino Chermont.

Todos os ingressos foram comprados pela torcida uruguaia.

domingo, 10 de julho de 2011

SE O VULCÃO DEIXAR....

Nesta segunda-feira tentaremos novamente ( Lino e eu ) embarcar para a Argentina.

Na terça temos trabalho em La Plata pela Copa América: Uruguai x México.

Os uruguaios entrarão em campo já sabendo o resultado de Peru x Chile, duas equipes classificadas para as quartas-de-final.

O time uruguaio vai precisar da vitória, na verdade, para chegar a cinco pontos e prosseguir na competição.

Já Brasil e Argentina vivem momento complicado, de apreensão.
Tropeçaram nas duas primeiras rodadas e agora precisam de vitória, só o que interessa.
Os argentinos contra a Costa Rica, segunda.
O Brasil na quarta diante do Equador.

Que Copa América confusa, cheia de surpresas.

sexta-feira, 8 de julho de 2011

HOJE, URUGUAI X CHILE

Hoje, sexta, transmito Uruguai x Chile ao vivo pelo Sportv.

Deveriamos estar em Mendoza ( Lino e eu ) mas as cinzas do vulcão impediram a nossa viagem para a Argentina, e faremos o trabalho dos estúdios da Globosat/Rio.

O jogo vai começar às 7 e 15 da noite.
À partir das seis horas já estaremos participando do programa TÁ NA ÁREA do canal.

Jogo da segunda rodada do grupo C.

Os chilenos lideram a chave.

Uruguai empatou na primeira rodada com o Peru.

quarta-feira, 6 de julho de 2011

URUGUAI X CHILE NA SEXTA

Sexta-feira transmito Uruguai x Chile pela Copa América, ao lado de Carlos Eduardo Lino, ao vivo de Mendoza, 7 e 15 da noite, Sportv.

É o grupo C.

Os chilenos defendem a liderança da chave, depois da vitória sobre o México na estréia.
Uruguai levou um susto no primeiro jogo, empatando com os peruanos.

Chile está invicto há 9 partidas.

Uruguaios e chilenos fizeram a final da Copa América de 1987, na Argentina. Uruguai campeão.

Eles não se enfrentam na competição desde 1999. Doze anos, portanto.

Faz oito anos que o Uruguai não derrota o Chile. Um pequeno tabú.

sábado, 2 de julho de 2011

VIAGEM PARA A ARGENTINA

Viajo neste domingo para a Argentina ao lado do amigo Carlos Eduardo Lino.

Vamos para San Juan, ao lado da Cordilheira dos Andes, onde joga o Uruguai, terceira força dessa Copa América, segundo todos dizem.

Lino e eu, faremos as partidas da seleção uruguaia, grupo C.

Primeiro jogo é segunda-feira, 19:15h, entre Uruguai e Peru, que será transmitido ao vivo pelo Sportv.

Segundo jogo é na sexta-feira, dia 8, em Mendoza, entre uruguaios e chilenos.

E a terceira partida é no dia 12, Uruguai e México, em La Plata.

Um grupo onde a frieza da análise indica os uruguaios como certamente os primeiros colocados, e a segunda vaga uma grande interrogação. Mas acredito no Chile.

A primeira grande surpresa já houve: ontem, o empate de Argentina e Bolívia.

Que a surpresa não se repita em Brasil e Venezuela.