quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

VIRADA DE CALENDÁRIO

Que todos tenham passado um Natal tranquilo.

Agora a expectativa pela virada do calendário.

Que 2012 venha carregado de boas energias. Que as coisas desagradáveis sejam infinitamente menores do que as agradáveis no Novo Ano.

Saúde pra todos!!!!!

* dessa vez não trabalharei na Copa SP de juniores. Devo voltar nas transmissões do Paulistão à partir do dia 21 de janeiro.

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

SEJAM FELIZES !!!!!

Amigos e amigas.

Fechei meu ano profissional e agora terei algumas semaninhas de folga.

Sei que não deixarei de postar alguns comentários durante o recesso, eu me conheço, mas quero agradecer a todos pelo carinho durante todo o ano.

Os comentários, as observações de todos, sempre muito importantes.

Este espaço não é exclusividade minha, mas de todos os que desejam expressar sentimentos, o que felizmente tem ocorrido.

Continuem participando.

FELIZ NATAL à todos.

Boas perspectivas para 2012.

Saúde, Boas Energias, Positivismo.

Desarmemos nossos espiritos para que o Mundo fique melhor, mais ameno.

SEJAM FELIZES !!!!!

sábado, 17 de dezembro de 2011

RALLY DE SÃO PAULO NA FAZENDINHA

Pensei que não houvesse mais trabalho de transmissão para mim neste 2011, mas fui convocado para narrar amanhã, domingo, o RALLY DE SÃO PAULO, evento que acontecerá no estádio do Corinthians, o lendário Alfredo Schürig, Parque São Jorge.
Ou Fazendinha, se preferirem.

Vai começar ao meio-dia, horário de Brasília, ao vivo no Sportv.

Rubinho Barrichello, Tony Kanaan, Helinho Castroneves e outras feras do automobilismo estarão em carros MiniCoopers, 211 cavalos de potência, versão para corrida, em quatro baterias.

A pista foi montada em cima do gramado do estádio corintiano.

Um espetáculo diferente, atraente, fechando o ano da velocidade na capital paulista.

Estarei com os amigos Lito Cavalcante, André Hernan e dezenas de profissionais, na transmissão.

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

DÁ PRA GANHAR ?

É a pergunta que mais eu ouço: DÁ PRA GANHAR DO BARCELONA?

Outro dia o modesto Getafe venceu o Barça pelo campeonato espanhol.

Santos e Barcelona se enfrentam e eu diria que há um ligeiro favoritismo pro time espanhol, por tudo o que temos presenciado.

Barcelona tem mais conjunto. É mais organizado taticamente. Tem talentos praticamente em todas as posições, embora eu faça algumas ressalvas no setor de miolo defensivo.
Barça tem Messi.

O Santos tem Neymar, Borges, Ganso.
Tem Muricy, que certamente já tem a fórmula para tentar aniquilar o jogo dos espanhóis.
Ou pelo menos, tentar.

Trata-se também de uma partida onde o fator emocional tem um grande peso, como acontece em todas as decisões.
Embora a gente saiba da frieza dessa equipe espanhola.
Mas uma frieza que poderá ser abalada, caso tome um gol e tenha dificuldades em reverter.

A mim me parece que os primeiros 15 minutos sejam cruciais para o Peixe, e para a partida.
Não tomando um gol nessa faixa de tempo, o Santos poderá tomar a sua direção no jogo.

Mas é um espetáculo imperdível.

O Santos representa o futebol brasileiro, e mais um titulo mundial seria fantástico para o nosso futebol.

E além do titulo, derrubar esse monstro atual do planeta que é o Barcelona, de Messi.

Não dá pra deixar de ver.

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

ARENA SPORTV AO VIVO

Nesta semana estou apresentando o programa ARENA SPORTV, sempre ao vivo, duas da tarde, dos estúdios da TV Globo/SP.
A direção é de Carlos Cereto.

Final de ano, programas especiais, comemorativos, mas evidentemente focado no Mundial de Clubes do Japão.

Hoje não será diferente.

No programa desta quinta, um ex-jogador do Barcelona, o brasileiro Sylvinho.
Fez 89 partidas com a camisa do Barça.

Também o ex-corintiano Dentinho, atualmente na Ucrânia, país que co-sediará a Eurocopa 2012.

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

30 ANOS DE MENGÃO CAMPEÃO

Nesta terça-feira o ARENA SPORTV dará espaço para os 30 anos da conquista do Flamengo, campeão mundial.

O artilheiro Nunes estará nos estúdios, haverá depoimentos de muitos rubronegros importantes, de jornalistas que viveram aquela conquista e muitas imagens do feito flamenguista.

Jornalista Renato Mauricio Prado estará comigo nos estúdios em São Paulo.

Duas da tarde, o programa do canal Sportv, com a direção de Carlos Cereto.

domingo, 11 de dezembro de 2011

ARENA SPORTV AO VIVO

Atendendo à convocação do amigo Carlos Cereto, diretor do ARENA SPORTV, estarei na apresentação do programa à partir desta segunda-feira.

O programa acontece há anos, começando às duas da tarde, horário de Brasilia, ao vivo pelo canal Sportv.

Será a última semana do ARENA neste 2011.

Um dos focos, sem dúvida, é o Mundial de Clubes que acontece no Japão, já de olho nas semifinais, quarta e quinta próximas.

O time do Sportv/Globo está no Japão, com Milton Leite, Mauricio Noriega, Felipe Diniz, Abel Neto, Edgar Alencar, além de produtores, cinegrafistas, coordenadores, editores, num total de 13 profissionais.

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

HISTÓRIA DE UMA DECISÃO - 1974

Ainda sôbre gafes de locutores, tem uma outra história....

Decisão do Paulista de 1974.
22 de dezembro.
Palmeiras x Corinthians, Morumbi lotadaço.
120 mil pessoas.
Timão há 20 anos sem conseguir um titulo e estava melhor que o Verdão naquele momento.

Tudo parecia encaminhado para que o Alvinegro finalmente conseguisse o caneco.

As rádios do interior invadiram o Morumbi.
Gino Orlando, o então administrador do estádio, era rigoroso e jogava duro com as emissoras "caipiras".
Segundo ele, as rádios interioranas não podiam ficar nas cabines, pois as mesmas estavam reservadas para convidados especiais do Tricolor e as emissoras da Capital.

Então, fomos alojados em "camarotes" atrás de uma das metas, em péssimas condições, gente torcendo na nossa frente, e sem reportagens.
* A administração do estádio não permitiu que estendessemos os cabos para o gramado, impedindo portanto o trabalho dos repórteres.

Ao meu lado o comentarista José Lamanna, rádio Brasil de Campinas.
Lá embaixo o saudoso Renato Silva, mas MUDO, sem condições técnicas de trabalho.

Os times entram em campo e a luta para descobrir as escalações.
* hoje com os celulares, é claro que seria tudo muito fácil.

E o Palmeiras entrou com uma surpresa.
Na lateral direita, Jair Gonçalves, que era uma espécie de zagueiro/meio campista, e reserva.
Eurico era o titular absoluto da posição.

Começamos a transmissão "na raça", apenas contando com o conhecimento natural dos jogadores, a maioria bem conhecida, diga-se.

A bola rolou e quando foi passada para a lateral direita do Palmeiras, constatei que não era Eurico.
Olhei para Lamanna e cochichei "fora do ar" evidentemente, que o lateral não era o bom Eurico.

Ao lado, os colegas de tantas rádios do nosso interior também se perguntavam sobre quem era "aquele lateral"?

Só alguns minutos depois é que descobrimos ser Jair Gonçalves.

E aí veio a inevitável pergunta? E se Jair Gonçalves tivesse feito um pênalti, ou um gol, naqueles minutos iniciais da partida??

São as dificuldades que os cronistas passam em estádios, e especialmente em decisões, onde o tumulto é inacreditável.

O Palmeiras venceu por um a zero, gol de Ronaldo, quebrando mais uma expectativa da torcida corintiana em celebrar um titulo.

Na saída do Morumbi vimos bandeiras corintianas sendo queimadas pela galera alvinegra.
Uma das maiores frustrações da história do Corinthians.

Tempos depois, trabalhando com Leivinha pelo Sportv, ele me confidenciou que até o time do Palmeiras, naquela decisão, achava que o titulo seria do adversário.

Histórias do futebol, e dos jornalistas esportivos.

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

GAFE DO LOCUTOR

Coisa que todo narrador tem aversão é a errar o jogador que fez o gol.
Desafinar na hora do grito de gol.
Trocar quem está de posse da bola.

E por aí vai....

Hoje pelo twitter um telespectador fez questão de relembrar uma das minhas maiores falhas aos microfones.
Foi terrivel e por mais que se explique, ficará evidenciado o vacilo. Imperdoável, mas compreensível, pois todos nós estamos sujeitos a erros.

Nas transmissões do Sportv da Copa de 2010, ficamos no Rio de Janeiro para várias transmissões, eu, Lucas Pereira, Roby Porto, André Lofredo, Carlos Eduardo Lino, Bob Faria.

Lino e eu, escalados para Eslovênia e Argélia.

Ainda preocupado com o esquema de transmissão, ouvindo o coordenador pela linha interna, o jogo começa e logo tem um ataque. Bola para a área.

Temos nesses jogos internacionais um tempo pra nós, que é exatamente para irmos nos familiarizando com os jogadores, esquema tático e tudo mais.

E nessa da partida começar e logo um time ( nem me lembro qual ) partir para cima do adversário, a bola é erguida na área e o goleiro pega.

Subindo com a emoção da bola chegando na pequena área, conclui com a defesa do goleiro e nominei erroneamente o jogador.

Exemplo: era o goleiro da Eslovênia, e eu disse que o goleiro argelino havia feito a intervenção.

Prontamente o amigo Lino me sinalizou que era o contrário, e corrigi.

Isso tudo com menos de 1 minutos de jogo.

Hoje um telespectador me cutucou com esse erro gritante, exatamente no dia de meu aniversário, quando na verdade a maioria me cumprimentava pela data.

Claro que ele foi sarcástico, instigador, provocador.
Ao invés de me dar o PARABÉNS, preferiu lembrar a gafe na transmissão.
Certamente é alguém que não se simpatiza com este profissional, mas é um direito dele, e eu devo respeitar.

Mas conto essa passagem para que todos sintam que os comunicadores erram, e muito.
E quando erramos, sobram criticas, e até de colegas de jornais e sites.

Não tem essa de que jornalista esportivo nao pode errar.
É claro que pode.

Sou muito aberto a criticas. Entendo e tento explicar o por quê das falhas.
É evidente que logo a gente percebe quando a critica é tendenciosa, maldosa, provocativa.
Pessoas educadas nos corrigem sempre. Normalissimo.
As de pouca educação a gente procura ignorar. Mas o teor das observações é sempre criteriosamente analisado. É válido.

Errei, erro e continuarei a errar.
Mas desde que sejam falhas esporádicas, evidentemente.

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

ALCOOL x VIDA

Pouco antes de deixar a vida física, Sócrates foi explicito ao dizer que o alcool em excesso foi o responsável pela sua doença.

Os idolos têm um poder muito grande sobre seus fãs. Eles são imitados, copiados.
Sócrates morreu cedo porque se excedeu na bebida.
Que bom seria se os seus seguidores se cuidassem daqui pra frente.

Sabemos, também, que não é tão fácil assim.
O ser humano tem dentro de si uma falsa afirmação, qual seja a do "comigo não acontece".
Ledo engano.

Todos os excessos, seja qual for o vicio, matam. Mais cedo ou mais tarde.

O pior de tudo isso é que cada vez mais o alcool é incentivado, direta ou indiretamente, em todos os canais de comunicação.

Nas músicas, nos papos sociais, nos filmes, tevês, uma carga grande de incentivo às bebidas alcoolicas.

Fico até em situação suspeita para abordar o assunto, pois não bebo.
Pode parecer que é fácil puxar a orelha dos amigos pelo fato de ser abstêmio.

Mas, amigos, é uma questão de vida. De sobreviver.

Não temos apenas essa vida, há muitas outras, mas cada uma delas precisa ser cuidada com amor e carinho. É uma dádiva. Uma oportunidade de progresso, de evolução.

Que o trágico exemplo da partida de Sócrates sirva para muitas pessoas.
E quem não se tocar com o fato, só nos resta lamentar a indiferença, algo que certamente irá custar muito caro ali na frente.

É preciso acreditar na constatação de que nessa guerra VIDA x ALCOOL, o último sempre vence. E de goleada.

Mas é possivel virar esse jogo.
Só depende de nós.

domingo, 4 de dezembro de 2011

UM TRISTE DOMINGO

No dia da decisão do Brasileirão, perdemos um dos maiores jogadores do País.

Mais do que isso, perdemos um cidadão de posições firmes, fortes, pensadas.

Perdemos uma alma em trânsito cá por estas bandas e que agora vai seguir sua caminhada cósmica, pois assim é que funciona.

Morre o físico, segue o espírito, nosso principio inteligente, nossa centelha imortal.

Sócrates encantou em campo, viveu sua vida fora de campo, aquela que achou ser a mais conveniente ou prazerosa, e a qual nada devemos comentar ou criticar.

Formou-se médico, jogou futebol, teve filhos, comunicou, lutou pela democracia brasileira, amou do seu jeito, marcou pela enérgica personalidade.

Uma pessoa autêntica, direta, sem preocupação de dizer o que sentia e se isto iria machucar alguém.

Que novos e bons caminhos sejam abertos a Sócrates, agora à partir de sua passagem.
Ele merece.

sábado, 3 de dezembro de 2011

DOUTOR SÓCRATES, O MAGRÃO.

Final de semana preocupante.

A par da expectativa pela rodada final do Brasileirão, tem a internação do "doutor Sócrates" em estado grave.

Magrão luta pela permanência no planeta. A luta é árdua. Os médicos se desdobram. Familia e amigos se unem em oração.

Os designios a gente sabe que vêm de CIMA, mas com a força das nossas mentes e com a ajuda dos INVISÍVEIS ( e que são muitos ) é possível reverter o quadro.

Nossa torcida e força mental para que Sócrates siga com a gente.

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

ULTIMA TRANSMISSÃO

Confirmada minha última transmissão de 2011.

Será São Paulo x Santos, domingo, cinco da tarde, ao vivo de Mogi Mirim.
Premiére FC.

Vale a última esperança do tricolor em conseguir vaga da Libertadores.
Ao peixe, amistosão, despedida do campeonato com um time reserva.

Sobre palpites para quem vai ser campeão ou quem irá cair, ficarei devendo.
Não sou adepto de palpitar.
É deixar a bola rolar e ver o que acontece.

terça-feira, 29 de novembro de 2011

FIM DE FEIRA

Amigos, já estou quase em ritmo de férias.

Uma transmissão domingo, provavelmente São Paulo x Santos, em Mogi Mirim, depois uma vez ou outra na apresentação do ARENA SPORTV, e fim de temporada.

De tudo, fica a consciência em paz, sentimento do dever cumprido, dentro das nossas naturais limitações humanas.
O ano foi bom, pessoalmente.
Só tenho que agradecer.

Mas ainda tem um pedacinho de chão até que 2011 termine.
E a ordem é percorrer o dito cujo.

Em frente.

sábado, 26 de novembro de 2011

PALMEIRAS X SAO PAULO

Na fervilhante rodada deste domingo pelo Brasileirão, estarei no Pacaembu com Palmeiras x São Paulo, cinco da tarde, ao vivo no Premiére.

Tricolor ainda pensando em Libertadores ( dificil, mas dá ) e o Verdão cumprindo tabela, mas jogando um dos clássicos mais importantes do futebol brasileiro.

Lá estarei com Müller, Ivan Andrade e Felipe Diniz.

Boas e fortes emoções para o torcedor neste domingão, 27 de novembro.

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

ARENA SPORTV

Hoje, quinta, e amanhã, apresento o programa ARENA SPORTV, duas da tarde, ao vivo pelo horário de Brasilia, com a direção de Carlos Cereto.

Programa de debates, matérias, informações, sempre procurando respeitar o telespectador, por mais divergentes que sejam as opiniões.

Você que acompanha o blog, está convidado a assistir, opinar e criticar.

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

STJD ALIVIOU PRA TODO MUNDO. DE NOVO.

Fim de ano, fim de campeonato e mais uma vez o STJD pisa na bola.

Aliviou pra todo mundo.
Quer dizer, aliviou para os "grandes" do futebol.
Os pequenos, coitadinhos, sempre são punidos "severamente" pelos senhores julgadores.

São efeitos suspensivos, adiamentos de julgamentos, manobras para que as rodadas finais tenham todos os craques em campo, e treinadores famosos nos bancos.

Está errado, no meu modo de entender.

Justiça é Justiça.
As decisões devem independer de situações.
Quem merecer ser punido, deverá se-lo.
Quem merecer absolvição, deverá ser ser inocentado.

Mas há claramente a justificativa de que não se deve "estragar" as finais do campeonato, o que entendo ser um tremendo absurdo.

Praticar a Justiça não é ser conveniente.

Por isso é que o futebol brasileiro - brilhante em campo - continua sendo questionado fora de campo. Até quando faltará seriedade aos que comandam?
E um tribunal de "Justiça" não pode entrar nessa onda.
Jamais.

Sei que há quem defenda preservar os craques nos momentos decisivos dos campeonatos, ainda que estejam em débito com a justiça desportiva, mas humildemente não concordo com essa corrente.

Teremos os craques em campo, mas perdemos em credibilidade no carpete do tribunal.

terça-feira, 22 de novembro de 2011

EM CIMA DO MURO....

O que mais leio e ouço é sobre quem será o campeão brasileiro.

Nada mais normal, natural, afinal o campeonato está na reta de chegada.

O futebol proporciona, nessas horas, indagações, especulações, apostas e tudo mais.
Tudo certo.

Aqui do meu cantinho, prefiro esperar. Aguardar.

O torcedor tem todo o direito de "chutar", deduzir, concluir, mas o profissional da comunicação precisa ter cuidados.
Muitas vezes a opinião de um jornalista é tida como uma palavra de ordem, e não é assim, evidentemente, pois o futebol é ao final de tudo, é JOGO.

Vários fatores influem nos resultados. É preciso ter cautela por parte de quem é tido como formador de opinião.

Portanto, faltando duas rodadas, não aponto ninguém como o futuro campeão.

Corinthians, Vasco e Fluminense são os candidatos.

E se alguém disser que estou EM CIMA DO MURO, aceito, mas explico que na maioria das vezes "ficar em cima do muro" é ter prudência, cautela, respeitar esse esporte fantástico e misterioso chamado futebol.

Quem quiser apostar, que aposte. Mas eu prefiro aguardar o desfecho da próxima rodada.

terça-feira, 15 de novembro de 2011

MINHAS ESCALAS

Nesta quarta-feira transmito Palmeiras e Vasco, 9 e 50, ao vivo do Pacaembu, pelo Premiére e PFC Internacional.

Lá estarei com os comentários de Müller e reportagens de Thiago Maranhão.

Sábado, Morumbi.
São Paulo x América, sete da noite, ao vivo no Premiére.
Müller e Joanna de Assis também na jornada.


Domingo em Florianópolis com Figueirense x Fluminense, 7 da noite.
Sportv para todo o Brasil, menos Santa Catarina.
Premiére para todo o País.
Lédio Carmona nos comentários e ainda sem definição as reportagens.

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

MEIO DE SEMANA - BOLA ROLANDO

Parece que o titulo está somente para Corinthians e Vasco.
Parece.

Nesse campeonato maluco, tudo ainda pode acontecer.

Depois de algum tempo, o Brasileirão terá rodada quarta e quinta.

Enquanto o Timão vai a Fortaleza pegar o ameaçado Ceará, o Vasco vai a São Paulo encarar o Palmeiras, com direito a 50% dos ingressos colocados à venda.

Um jogo muito interessante acontece na quinta-feira entre Flamengo e Figueirense.
O time catarinense está franca ascensão e é candidatissimo à Libertadores.

Fluminense vai receber o Grêmio.
Botafogo joga em Minas com o América.

Na Ressacada, choque de equipes em risco: Avaí x Cruzeiro.
Na Arena da Baixada, o Furacão em desespero recebe o São Paulo reabilitado.

Inter e Bahia se enfrentam no Beira-Rio. O Colorado de olho em vaga Libertadores, o Bahia aos poucos vai escapando do risco de cair.

O peixe joga na Vila com o Atlético Goianiense, duas equipes que vão apenas cumprir o regulamento. Entrar em campo e procurar oferecer um bom espetáculo para o público.

Já na Arena do Jacaré, quinta-feira, o Galo pega o Coxa e precisa de alguns pontinhos para respirar aliviado.

É a rodada 35.
Mais quatro e o campeonato acaba.

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

A BOLA DO BRASILEIRÃO NO FIM DE SEMANA.

Vem ai a rodada 34 do Brasileirão.

Vamos passar a viver as cinco últimas do campeonato.

Tem gente se descabelando com as apostas sobre quem vai ser o campeão.

Coloco seis equipes nessa disputa: Corinthians, Vasco, Fluminense, Botafogo, Flamengo e Figueirense.
Entendo como muito dificeis as pretensões de Internacional e São Paulo.

Se formos invocar as chances matemáticas, é óbvio que essas duas agremiações ainda podem sonhar com o titulo.
Mas, por exemplo, no critério "número de vitórias", Inter e São Paulo estão em marcante desvantagem, em relação aos clubes acima na classificação.

Os jogos deste sábado, são...
FLUMINENSE x AMÉRICA MINEIRO, no Engenhão.
SÃO PAULO x AVAI, no Morumbi.
FIGUEIRENSE x ATLÉTICO MINEIRO, em Floripa.

No domingo, teremos...
CORINTHIANS x ATLÉTICO PARANAENSE, no Pacaembu.
CORITIBA x FLAMENGO, no Couto Pereira.
GRÊMIO x PALMEIRAS, no Olimpico.
CEARÁ x SANTOS, no Presidente Vargas.
CRUZEIRO x INTERNACIONAL, em Sete Lagoas.
VASCO x BOTAFOGO, no João Havelange.
ATLETICO GOIANIENSE x BAHIA, no Serra Dourada.

Já na parte de baixo da classificação, Avaí, Atlético Pr, Cruzeiro, Ceará, Bahia e ainda o Galo mineiro, se debatem para a permanência na série A.

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

SUPER ÉZIO !

Vez em quando, e é da vida, vem a noticia da morte de algum idolo do futebol.

Morreu Ézio, 45 anos, vitima de câncer no pâncreas.

Fez muitos gols na carreira, incomodava bastante os zagueiros, era uma figura humana doce, atenciosa, cordial.

Meu amigo Edu César, do site www.papodebola.com.br - postou hoje uma gravação da decisão da Copa Rio 1991, com a minha narração pela Bandeirantes, ao lado de Gerson, Otávio Muniz e José Luiz Datena.

Ézio fez dois gols nesse jogo, mas a vitória foi do Flamengo.

O amigo Januário de Oliveira, narrador fantástico, apelidou o atacante de SUPER ÉZIO, e pegou.
Até hoje todos se recordam do SUPER ÉZIO.

Fica a nossa homenagem a Ézio e a nossa solidariedade à sua familia.

Seu nome faz parte da rica história do futebol brasileiro.

Jamais será esquecido.

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

ESCALAS FIM DE SEMANA

Tenho as escalas do final de semana.

Dois jogos pelo Premiére FC.

Sábado, Morumbi, São Paulo x Avaí, cinco da tarde, horário de Verão.
Comentários de Müller.
Ainda falta a designação do repórter.

Domingo, Pacaembu, Corinthians x Atlético Paranaense, também cinco da tarde.
Comentários do jornalista Paulo Júlio Clement, editor-chefe do jornal MARCA.
Falta a escala do repórter.

terça-feira, 8 de novembro de 2011

MAGIC JOHNSON, UM VITORIOSO.

07 de novembro de 1991.

Me lembro que fazia uma transmissão da NBA dos estúdios da Tv Bandeirantes, quando chegou uma informação chocante.

"MAGIC JOHNSON HAVIA CONTRAÍDO O VIRUS HIV".

Naquele tempo uma noticia dessas era praticamente uma "sentença de morte".
O mundo estava amedrontado com a chegada da Aids.
E um dos maiores idolos do esporte estava "condenado".

A repercussão é desnecessário contar.
Os desdobramentos, idem.

Hoje, 20 anos depois, Earvin Johnson vive saudavelmente, tem uma fundação que ajuda pacientes do HIV, escreve livros, desenvolve campanhas educativas e incentiva as pesquisas.

Hoje ele comenta basquete, até pouco tempo era um dos donos do Lakers, e monta agora um time de futebol americano em Los Angeles.

Magic tem 52 anos, atualmente.
Recebeu o diagnóstico médico aos 32 quando tinha "nas costas" cinco titulos da NBA, era casado e sua esposa Cookie esperava um filho.
Assumiu a doença e que a contraiu por extravagâncias sexuais.
Um drama com D maiúsculo.

Passou por tudo isso, enfrentou, se encorajou, deu exemplo de força interior.

Johnson ainda está casado com Cookie. Seu filho nasceu e sem qualquer problema.

Detalhe: naquela época, inicio dos anos 90, a expectativa de vida para quem contraísse o virus HIV era de no máximo 10 anos.

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

AMERICANA X VITÓRIA, AO VIVO.

Nesta terça-feira trabalho na série B.

Transmissão do Premiére, ao vivo de Americana, oito e meia da noite.

O jogo é Americana x Vitória, duas equipes em condições de acesso.

Estarei no estádio Décio Vitta com o craque Müller nos comentários e André Hernan nas reportagens.

Participaremos do programa TÁ NA ÁREA do Sportv à partir das 7 da noite.

Faltam quatro rodadas para o encerramento do campeonato. Afora a Portuguesa, já garantida na série A, sete equipes concorrem ao acesso.

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

DOMINGO PALMEIRAS X CORITIBA, AO VIVO

Minha escala é para domingo em Barueri.

Palmeiras versus Coritiba, 7 da noite, horário de Verão.

Verdão desistiu de jogar no Canindé e por isso vai até a bonita Arena Barueri.

Dois times que só pensam em vaga na Sul-Americana, a meu ver.

Transmissão do Premiére e PFC Internacional.

Lá estarei com os amigos Müller e Daniel Moreira Dias aos microfones, mais toda a equipe envolvida na jornada, e que é bem grande.

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

QUEM MORRE, NÃO MORRE.

Dia de Finados.

Todos já perderam, em algum momento, um ente querido.

Perder alguém muito querido é dor, é sofrimento, é desespero, é algo indescritível.

Tem tantas coisas que ainda não entendemos.
Tem tantas coisas que insistimos em não acreditar.
Ficamos a nos achar superinteligentes e a só crer naquilo que podemos ver e apalpar, ainda com a máxima de que só é crível o que a Ciência provar.

Na verdade precisamos ser mais humildes e aceitar que NADA SABEMOS.
Mas é possivel descortinar que há ALGO muito mais inteligente acima de nossas frágeis cabeças.
Basta ver como é o Universo. A natureza humana. Os sistemas solares. Os planetas, as estrelas. E muito mais...

Quem somos nós para duvidar de algo além da matéria?

Concluir que tudo é obra do acaso é acomodação. É conveniente. É não querer pensar. E o pior, é ficar burramente apenas nas nossas conclusões pessoais, dogmáticas, desprezando alguma inteligência SUPERIOR, ampla, acima da nossa compreensão.

Concluir que somos apenas MATÉRIA é assinar um atestado de cegueira espiritual.

Devemos ser humildes e aceitar que acima das nossas cabecinhas ôcas, há uma magnitude cósmica totalmente incompreensível para as nossas limitações físicas.
* Pelo menos, por enquanto.

Ficamos aqui com as nossas limitações corporais, são apenas cinco os sentidos, duvidando de tudo, sem explorar a nossa mente, a nossa inteligência intuitiva.

E se não mais sabemos, é porque não queremos.
Está tudo aí para ser percebido, pesquisado, experimentado.

Quem morre é a matéria, apenas.
A nossa essência cósmica não perece, posto que não é matéria.

Portanto, quem morreu, não morreu.
Apenas mudou de dimensão, de plano energético.
Todos vivem.

Os Criadores não criariam, para destruir tão rápida e cruelmente. Friamente.

Quem cria quer que sua obra seja eterna.

Belo dia para refletirmos sobre o tema.

terça-feira, 1 de novembro de 2011

NEYMAR OU MESSI ????

O assunto agora é se Neymar estará entre os três finalistas a "melhor do mundo".

Particularmente, nunca apreciei essas coisas de "melhor disso" ou "melhor daquilo", pois muitas vezes as escolhas não são honestas, ou justas, e acabam ferindo talentos.

Vejo como uma certa discriminação o fato de apontar alguém como "o melhor" em detrimento de outros, que também merecem reconhecimento, pois o futebol não vive apenas dos grandes astros.
E estendo minhas considerações também para outras escolhas, fora do esporte.

Mas é claro que o mundo vive disso e o futebol não é diferente.

Neymar está entre os melhores e vem agora a torcida para que ele fique entre os finalistas e ganhe o troféu.

Entendo que em fria análise, se é que isto irá ocorrer, o garoto do Santos tem condições de brigar igualmente com Messi e outros.

O repertório de Neymar é fabuloso.
É puro talento.
Não é exagero discorrer sobre as qualidades do menino e exaltá-las.

O problema que vejo para que ele seja finalista, ou até mesmo seja o eleito como melhor do planeta, é a prioridade que os europeus dão aos craques que lá atuam.

Dizem que o Brasileirão tem pouca visibilidade no Velho Mundo, mas com a virtualidade de hoje, quem quiser poderá ver Neymar em ação a qualquer momento. Basta querer.

Insisto que se a bola ficar dividida entre Messi e Neymar, os europeus escolherão o craque do Barcelona.
E não vejo o argentino tão superior a Neymar, com toda a sinceridade.

Tudo é uma questão de enfoque, é claro, ou de preferência pessoal, mas se nos esforçarmos nos critérios de análise, dá sim para concluir que Neymar merece ser eleito o "melhor do planeta".

Isso tudo ainda, com a possibilidade de Neymar nem ser incluido entre os três melhores, o que seria uma tremenda injustiça com o craque do Santos.

Por isso, e pelas conjecturas, é que acho esse negócio de escolher o melhor, muito perigoso. Corre-se o grande risco de cometer injustiças.

Mas, como muita gente gosta, o negócio é torcer pelo menino da Vila.

A RECORD NO PAN

Não acompanhei muito dos Jogos Panamericanos de Guadalajara.

Mas sei de todas as dificuldades de se cobrir um evento desse naipe.

É uma maratona de transmissões para todos, mas especialmente para os narradores, comentaristas e repórteres, pois à cada momento é uma modalidade que pinta na tela.

São regras específicas, linguagem específica, recordes, estatísticas, história, e por aí vai.

Defendo os colegas comunicadores da Record, pois com a experiência de vários eventos dessa natureza que vivi ao longo de décadas, levanto aqui todas as dificuldades da execução do trabalho e digo que náo é fácil.

É impossível ficar quinze dias no ar, ao vivo ou em gravação, e não incorrer em alguns deslizes.

O volume de reclamações e criticas, ao meu conceito, foi exagerado.

Aliás, de uns tempos para cá, o patrulhamento que é feito em cima de narradores de televisão é algo muito cruel.
Basta um erro, um ato falho, deslize, chamem como quiser, faz-se um estardalhaço grande, como se os comunicadores fossem infalíveis ou de outro planeta.

Dá até a impressão de um imenso "prazer" de alguns, em ressaltar as falhas.

Dá até a impressão que os "avaliadores" dos trabalhos dos narradores, são impecáveis em suas atividades, e que nunca erram.

Gente, somos todos erráticos, falíveis, de carne e osso.

Levanto aqui a bandeira da defesa dos colegas e amigos da Record, porque sei o quanto é espinhoso fazer uma cobertura de Jogos, sejam Panamericanos ou Olimpicos.

Sem falarmos do cansaço mental e físico, ao longo dos dias, que é inerente à natureza humana.

Portanto, respeito a exigência dos telespectadores, é claro, mas é preciso fazer a defesa dos jornalistas e comunicadores, que têm todo o direito de errar.

Já me acostumei com as críticas, quando são honestas, é evidente, porém é necessário evidenciar as dificuldades dos profissionais, para que o entendimento das falhas seja racional, humano e honesto.

A crítica é livre, democrática, mas machuca quando é eivada de ódio, maldade ou de desequilibrio temperamental de quem a faz.

Portanto, parabéns aos amigos e colegas da Record pelo trabalho em Guadalajara, que certamente entenderam as criticas que pintaram, pois são experientes e muito competentes.

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

COPA DO MUNDO DE VÔLEI

Copa do Mundo feminina de vôlei.

Começa nesta semana, no Japão.

Meninas do Brasil fazendo a Copa, buscando o titulo que ainda não têm e a vaga para Londres 2012.

Será uma maratona.
USA, Quênia, Alemanha, Coréia, Sérvia, China, Itália.
Isso na primeira fase.

A estréia é sexta-feira, 7 e 20 da manhã, horário de Brasilia, contra as americanas, com transmissão ao vivo do Sportv.

Um evento muito especial e de altissima qualidade técnica.

sábado, 29 de outubro de 2011

CORINTHIANS X AVAI, NO PACAEMBU.

Neste domingo tem Corinthians x Avaí no Pacaembu.

Funil do Brasileirão e tudo ainda muito embolado.

Timão precisando somar os três pontos e disfarçadamente torcendo pelo São Paulo em São Januário contra o Vasco.

Vi o Avaí diante do Botafogo, sábado passado, e gostei da garra e da vibração da equipe de Toninho Cecilio.
Sinto que o Corinthians terá dificuldades neste domingo no Pacaembu.

Neste jogo estarei transmitindo pelo Premiére ao lado de Paulo Júlio Clement e Carlos Cereto, e toda a grande equipe técnica e de apoio.

Espera-se um público de 34 mil pessoas.

Adriano continua fora do alvinegro. Emerson volta.
No Avaí, a luta desesperada por recuperar os pontos ( e foram muitos ) perdidos ao longo do campeonato.

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

FESTA PORTUGUESA, COM CERTEZA.

Hoje estarei no Canindé para Portuguesa x Ponte Preta.

Líder e vice-líder, frente a frente.

A lusa já na primeira divisão, a Ponte precisando de mais cinco ou seis pontos para subir também.

Torcida da Macaca promete se apresentar no estádio Osvaldo Teixeira Duarte em peso, aproximadamente 2 mil pessoas.

Diretoria da Portuguesa programou comemorações pelo acesso e afirma que ao menos 6 mil torcedores pagarão ingresso.

Estarei transmitindo pelo Sportv ( menos SP Capital ), Premiére FC e PFC Internacional, ao lado dos amigos Müller, Felipe Brisola e Ivan Andrade.

À partir das 19:15h participaremos do programa TÁ NA ÁREA, do Sportv.

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

LUÍS MENDES - UM EXEMPLO

Morreu Luís Mendes.

O comentarista da "palavra fácil".

Um radialista que sempre respeitou o veículo. E respeitando o veículo/rádio, respeitou os ouvintes.
Jamais fez sensacionalismo para sobreviver de suas opiniões.
Jamais precisou dizer um palavrão para chamar a atenção.

Tratava das coisas do futebol com carinho, com palavras de incentivo, suas críticas eram honestas, profissionais, sem ferir a ninguém.

Pessoalmente, era um doce de criatura.
Ponderado, equilibrado, sem rompantes de autoritarismo de opinião.
Dava a sua e ouvia com respeito a opinião dos colegas.

Voz bonita, português corretíssimo, sabia lidar com as palavras, prendia o ouvinte com seus enredos fascinantes. Memória histórica fantástica.

Narrou a Copa de 1950, e depois em todas as demais trabalhou como analista.
Um dos fundadores do esporte na rádio Globo/Rio.

Mendes provou que para fazer sucesso é muito simples. Basta ser simples.

Luiz Mendes merece todas as homenagens da comunicação brasileira.
Dignificou sua passagem aqui pelo planeta falando ao povo da grande paixão que é o futebol, sem deixar nódoas.

Como criatura de Deus, foi um exemplo de homem, pai, marido, avô e bisavô.
Foi família, acima de tudo.

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

JOGO DE FESTA NO CANINDÉ

Sexta-feira vou ao festivo Canindé.

A Lusa, ainda mergulhada em festas por conta do acesso, vai receber a Ponte Preta, vice-líder, e que também está em vias de subir.

Jogo festivo para a Portuguesa, jogo sério para a Macaca.
Os matemáticos avisam que faltam seis pontos para a Ponte sacramentar o acesso.
A Alvinegra campineira tem seis jogos a cumprir, incluindo esse de sexta-feira contra a Lusa.

Há um movimento da torcida da Portuguesa para que oito mil pessoas estejam no estádio Osvaldo Teixeira Duarte, o Canindé.

Lá estarei em transmissão pelo Sportv e Premiére, oito e meia da noite.

Terei nos comentários o craque Müller e nas reportagens Felipe Diniz e Felipe Brisolla.

Participaremos do programa TÁ NA ÁREA, do Sportv, à partir das 19:15h.

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

EDSON MAURO, UM GRANDE AMIGO.

Vez em quando reencontramos amigos antigos, pessoas que admiramos, e que pelas circunstâncias da vida, nos distanciamos fisicamente.

No aeroporto de Viracopos, Campinas, sábado último, tive o prazer de reencontrar o grande comunicador do rádio, EDSON MAURO.
Edson, além do ser humano extremamente sensivel e dócil, é um narrador criativo, campeão de audiência, mestre na arte de sensibilizar o povão do futebol.

Falamos da vida, da profissão, de companheiros que passam por momentos delicados quanto à saúde, como é o caso de Luiz Mendes, infelizmente hospitalizado.

Nossas vibrações positivas para o querido Mendes, uma bandeira consagrada do rádio brasileiro.

Edson Mauro é meu contemporâneo, há décadas na estrada, alguém que respeito e prezo muito, embora a gente fique longo tempo sem papos diretos.

Foi um momento gostoso e feliz, esse do reencontro com o grande amigo.

Valeu, Edson Mauro.

domingo, 23 de outubro de 2011

CHOQUE DIRETO EM AMERICANA

Minha próxima escala é um choque direto pela série B.

Terça-feira tem Americana x Criciúma, oito e meia da noite, em Americana.

O Tigre catarinense cresceu nas últimas rodadas e está querendo a vaga do acesso.

Já o Americana parou na pontuação e está seriamente ameaçado de ficar pelo caminho.

A troca de treinador parece que não surtiu o efeito que a presidência do clube pretendia.

Jogão, portanto, terça feira em Americana.

O jogo é do Sportv/Premiére.

Lá estarei com Müller, Joanna de Assis e Tiago Maranhão.

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

AVAI X BOTAFOGO, AO VIVO !

Vem aí a rodada quente do Brasileirão.
E cada vez mais quente.
Já já chegaremos ao funil do campeonato.

Neste sábado estarei na Ressacada com Avaí x Botafogo, seis e meia, transmissões de Sportv e Premiére, pela rodada 31.
Faltam apenas 8 rodadas para acabar a festa.

Estarei ao lado de Lédio Carmona, com as reportagens de Dolmar Frizon e Felipe Awi, mais todo o time de geração, produção e coordenaçao.

Sportv para toda a rede, menos Santa Catarina, em respeito ao contrato.
Premiére para todo o País, inclusive SC.

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

O SANTOS NÃO AMOLECEU

Vitória digna do Santos ontem.

Venceu, convenceu, e calou algumas vozes que insinuavam uma "amolecida" do Peixe para prejudicar o Corinthians.
Por outro lado, é bom lembrar que o Santos precisava desses três pontos, para eliminar de vez a rara possibilidade de ficar entre os quatro últimos colocados.

Falar do Botafogo?
Torcida tem receio de que o Alvinegro da Estrêla Solitária repita as derrocadas que vêm se registrando nas últimas décadas.
Particularmente não acredito. Vejo um Botafogo robusto neste momento e a derrota ontem na Vila foi acidental, daquelas que podem acontecer na caminhada dificil do Brasileirão.

Ainda ontem, quarta, o vexame do Flamengo em pleno Rio de Janeiro.
Tomar 4 a 0 do Universidad de Chile foi acachapante.
Galera rubronegra espera, evidentemente, que essa goleada não influencie no desempenho da equipe nas últimas rodadas do Brasileiro.

Tricolor do Morumbi suou para ganhar do Libertad.
Luiz Fabiano finalmente marcou.
Desencantou.
São Paulo tem o Coritiba no fim de semana, também no Morumbi.

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

BRASILEIRÃO EMPOLGANTE !

Com a queda do São Paulo, que não vence há seis rodadas, sobrou o Corinthians para defender o futebol paulista na briga pelo título.

E que blitz dos cariocas pra cima do Alvinegro.

O bloco carioca está com tudo. Todos vivem excelente momento e pressionam o Timão.

Um Brasileirão dos mais empolgantes. E sem essa de "nivelado por baixo", uma colocação preconceituosa de muita gente, ou complexo de inferioridade, pois vejo o futebol lá de fora e não noto que eles estejam com técnica melhor.

Aliás, futebol-exibição a gente só vê em jogos de masters, onde há liberdade para tal.
Futebol competitivo estou vendo nesse Brasileirão, empolgando a todos.

Vamos para as últimas oito rodadas e tenho pena dos apostadores profissionais, porque nunca esteve tão dificil cravar grana no suposto campeão.

Futebol carioca busca o tricampeonato.

Tricolor do Morumbi, agora nas mãos de Milton Cruz, pode até reagir, é claro que sim.
O São Paulo não está descartado, mas o próprio torcedor sabe das dificuldades.

Corre por fora o Internacional.
Ainda dá para o Colorado, mas reagiu tarde, na minha opinião.
Aliás, a tabela marca para o final de semana: Inter x Corinthians.
Olha, que jogo!

Em suma, um Brasileirão que sempre sonhamos. Com muitas equipes na briga direta pelo caneco.
E com a preocupação dos mineiros. Grande preocupação.
As três equipes das Alterosas não reagem. Impressiona o abatimento do grupo mineiro.

sábado, 15 de outubro de 2011

PALMEIRAS X FLUMINENSE

Neste domingo narro Palmeiras x Fluminense, quatro da tarde, ao vivo do Canindé.

Transmissão do Premiére.

Estarei com os amigos Müller e Daniel Moreira Dias.

À partir das 3 da tarde participaremos do programa TÁ NA ÁREA, do Sportv.

Palmeiras em crise e que nos últimos 10 jogos, conseguiu uma vitória apenas.
Não vence há quatro rodadas.

Tricolor das Laranjeiras tem a melhor campanha do returno, porém como visitante tem deixado a desejar. Soma, na média, um ponto por jogo fora de casa.

No histórico desse confronto, em 88 jogos, o Palmeiras leva vantagem: tem 49 vitórias contra 25 do Flu. O restante, empates.

No Canindé, o Palmeiras não perdeu nos últimos 15 jogos. E essas partidas aconteceram nos últimos 10 anos.
São dados, apenas, é claro, mas que fazem parte do registro histórico.

Verdão, de Felipão, é uma incógnita para esse jogo, depois de tudo o que vem ocorrendo fora de campo.
Contra o Flamengo, quando muita gente esperava um desastre alviverde, o time se comportou bem e endureceu para o rubronegro carioca.

Em resumo, é um clássico do futebol.

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

ARENA SPORTV

Convocado pelo diretor Carlos Cereto, apresento nesta sexta-feira o programa ARENA SPORTV, duas da tarde, ao vivo dos estúdios da Tv Globo/SP.

Com a produção da experiente Soninha Peixoto e a coordenação de Willy Baby Gomes, e grande equipe.

Ainda não sei quem irá participar do Arena, mas como é sexta-feira o enfoque principal será o Brasileirão, repercutindo os jogos da quinta, e projetando a rodada do fim de semana.

JUVENAL E ANDRÉS, PÉSSIMO EXEMPLO.

Os presidentes de São Paulo e Corinthians estão baixando o nível.

As alfinetadas, de parte a parte, só servem para demonstrar a mútua falta de respeito, além do incitamento explícito às duas grandes torcidas.

É muito perigoso.

Dentro da violência que toma conta nos dias de hoje, qualquer fagulha lançada irá contribuir para os desmandos criminosos dos desmiolados das arquibancadas.

Esses dois senhores não estão medindo as consequências.
Estão acirrando os ânimos de forma absurdamente perigosa.
Não estão agindo como adultos e como dirigentes de dois dos maiores clubes do País.

Um péssimo exemplo de conduta e de comando.

Aliás, o comportamento desses dois dirigentes reflete como andam as coisas em nosso País, quanto à educação, cultura e conduta ética.

O que não tem diploma é discriminado pelo que tem, mas ambos agem incivilizadamente.
Aliás, diploma jamais foi garantia de boa educação.

Os dois estão errados.
Os dois merecem um puxão nas orelhas.
Os dois deveriam refletir e acabar com essa guerra verbal perigosa.

O que intriga, também, é que parece não haver ninguém ao lado desses cidadãos, com um mínimo de bom senso, para tentar impedir os desmandos, aconselhando os dois senhores.
E aqui também me refiro às familias dos dois envolvidos.

Profundamente lamentável, senhores Juvenal e Andrés.
Vocês estão escrevendo uma página negra do futebol.
Contribuição ZERO para o esporte brasileiro.

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

ESCALAS - TERÇA E QUARTA

Nesta terça-feira transmito série B, Americana x Náutico, oito e meia da noite, pelo Sportv-2, rede, menos estado de São Paulo.
Transmissão também pelo Premiére FC aos que adquiriram o pacote, e avulso.

Estarei com os amigos Luiz Ademar, Ivan Andrade e Thiago Maranhão.

Dois times que estão juntinhos na classificação, terceiro e quarto colocados.

- - - - - - - - - - - - - -

Na quarta-feira, feriado, narro São Paulo x Internacional, ao vivo de Barueri, quatro da tarde, pelo Premiére FC.
Com Müller e Felipe Diniz.

sábado, 8 de outubro de 2011

CORINTHIANS X DRAGÃO, EM HD

Neste domingo transmito Corinthians e Atlético-GO, seis da tarde, ao vivo do Pacaembu.
A estréia de Adriano pelo Timão.

O Dragão goianiense, bicampeão estadual, que reagiu brilhantemente neste Brasileirão, deve dar trabalho para o Corinthians no Paulo Machado de Carvalho.

O jogo terá transmissão do Sportv(menos estado de SP) e Premiére FC.
Será mostrado também em HD, Alta Definição, com 15 câmeras em ação.

Comigo na jornada, Wagner Vilaron, Carlos Cereto, Felipe Diniz e Anselmo Caparica na comunicação.

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

NBA DE CALÇAS NA MÃO

Tanto passou dos limites, tanto esbanjou, que hoje a gloriosa NBA está prestes a cancelar a temporada. Algo inimaginável.

As extravagâncias e a arrogância dos homens da Liga, e seus clubes-franquias, um dia teriam de desaguar no caos financeiro atual.
O dinheiro pune, plagiando um conhecido treinador brasileiro, já falecido, Telê Santana, quando dizia que "a bola pune".
Hoje Muricy, discípulo de Telê, continua utilizando a expressão, e com propriedade.

Nas proximidades dos anos 90, quando algumas feras já paravam de jogar - e Michael Jordan é um desses casos - os homens da NBA detonaram as finanças do basquete americano.
Gastaram sem dó, e com jogadores de técnica limitada.

Qualquer jogador "mediano" assinava contrato para ganhar dezenas de milhões de dólares/ano.

A crise do basquete americano vinha se arrastando há alguns anos, mas agora com a situação dos Estados Unidos - gravíssima - a gota d'agua apareceu inapelavelmente.

Os dirigentes propõem participação dos atletas no bolo em torno de 50% da arrecadação, enquanto os jogadores querem 54%.

E com tudo isso, e ainda que se chegue a um acordo, a NBA terá prejuízo.

Em resumo, é aquele velha continha: JAMAIS GASTAR MAIS DO QUE SE ARRECADA.

Segunda-feira é o dia D.
Ou acontece um acordo, ou não teremos basquete da NBA na temporada.

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

DOMINGO PACAEMBU

Domingo estarei no Pacaembu para Corinthians x Atlético Goianiense.

Jogo do Sportv para todo o País, menos estado de SP, e também Premiére FC.

Espera-se a estréia de Adriano com a camisa corintiana.
O Atlético vem muito bem no campeonato, um dos melhores do returno.
O jogo promete.

O jogo é às 18 horas.

Lá estarei com Vagner Vilaron, Carlos Cereto, Felipe Diniz, Anselmo Caparica e grande equipe.

Transmissão também em Alta Definição, HD, com 15 câmeras distribuidas em pontos estratégicos.

* Por força de contrato, os telespectadores paulistas verão na hora do jogo o VT de Flamengo e Fluminense, no Sportv.

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

SÉRIE B AMANHÃ

Nesta terça-feira volto minhas atenções profissionais para a série B.

Às oito e meia da noite transmitirei Americana x Bragantino, ao vivo do Décio Vitta, em Americana, com os amigos Müller e Anselmo Caparica, e grande equipe de apoio.

O jogo é pelo Premiére FC.

Teremos rodada completa nesta terça, a de número 27, a nona do returno.

Americana na quarta posição, o Braga em sétimo.

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

ESCALAS

Neste sábado transmito Palmeiras x América Mineiro, seis da tarde, ao vivo do Canindé, pelo PREMIÉRE, ao lado de Müller, Felipe Brisola e grande equipe.

Domingo estarei no Morumbi.
São Paulo x Flamengo, outra transmissão PREMIÉRE FC, às quatro horas, com Mauricio Noriega, Ivan Andrade, Tiago Maranhão e equipe.

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

SELEÇÃO É SELEÇÃO. TEIXEIRA É TEIXEIRA.

Sobre a vitória do Brasil diante dos argentinos, deixo a análise para cada um dos amigos.

O que intriga é a má vontade de parte da mídia com a nossa Seleção ou uma confusão que precisa ser pensada, refletida.

Quando eram amistosos contra seleções fracas, houve críticas, muitas críticas.
Agora que estamos enfrentando Alemanha, Argentina e etc., leio que são amistosos "caça-níqueis", expressão antiga e que se perpetuou para definir jogos sem qualquer importância.
* E Brasil x Argentina JAMAIS será um confronto sem importância, estejam em campo jogadores de nível A, B ou C.

As pesadas criticas a jogadores e ao treinador são mais por conta da figura de Ricardo Teixeira, do que propriamente aos profissionais da bola e suas performances.
Não é justo.

Mas entendo essas posições, pois os companheiros estão confundindo SELEÇÃO com Ricardo Teixeira.
Seleção Brasileira é futebol, competição, disputas, paixão do povo.
Teixeira é outro departamento.

Quanto ao "capitalismo" que hoje envolve os compromissos da Seleção, com empresa contratada para agendar os amistosos, cachês e outros interesses, isto não pode ser misturado às necessidades da equipe visando futuros compromissos oficiais.

Hoje o capitalismo impera em todos os setores, felizmente ou infelizmente. E aqui teriamos um tema para dias e dias de discussões e observações.

Ontem a presença de público no Mangueirão, e mesmo nos treinamentos, aniquilou qualquer rotulagem de "amistoso caça-niqueis" o confronto Brasil x Argentina.

Fosse realmente um jogo sem apelo e a torcida paraense não teria lotado o estádio e a televisão não teria registrado os altos índices de audiência.

Repito, parte da imprensa confunde Seleção com Ricardo Teixeira.
Seleção é bola rolando, torcedor envolvido, perspectivas para competições oficiais importantes.

Há uma confusão nesse sentido, assim entendo.

O mau-humor de alguns analistas é incoerente, exatamente pela tese que aqui coloco, qual seja a de igualar os compromissos da Seleção - para mim, todos importantes e necessários - com as ações de Ricardo Teixeira à frente da CBF.

Não é justo com o time de futebol que levemos os problemas do presidente da entidade para as atividades da equipe que nos representa internacionalmente.

As atividades da Seleção não podem sofrer as mesmas flechadas direcionadas para Ricardo Teixeira. Ele merece, a Seleção não.

Nossos jogadores e o treinador, mais comissão técnica, merecem carinho, apoio e admiração, conquanto as críticas normais e naturais de seus desempenhos, evidentemente.

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

A SEMANA E O PALMEIRAS

Semana sem Brasileirão no meio, mas com Brasil x Argentina em Belém, Copa Sulamericana, meninas do basquete na Colômbia buscando a vaga olímpica, além da série B que está quentissima.

Destaco no futebol a crise que parece permanente do Palmeiras.
Incrivel a turbulência pelos lados do Palestra.
Uma forte corrente quer a saída de Felipão, que por sua vez continua alfinetando dirigentes e se comportando profundamente irritado durante os jogos.

Parece que não há paz no Verdão.
Algo diabólico.
Quando se dá um tempo nas discussões e intrigas, algo aparece e vira o mundo alviverde de cabeça para baixo.

Dificil dizer se o treinador vai continuar, mas pinta claramente que o ciclo do gaúcho Scolari está no fim à frente do Palmeiras.

Mas o torcedor palmeirense sabe que não basta tirar o técnico.
O buraco é mais profundo.

Encontro o aficcionado do Verdão e vejo nos olhos uma profunda tristeza e uma tremenda falta de esperança.
Algo que deprime.

E é uma pena, claro, pois o Palmeiras faz parte da rica história futebolística mundial, com grandes conquistas e grandes craques, em todos os tempos.

Assim como o Palestra Itália foi demolido para uma grande reconstrução e se transformar num dos estádios mais bonitos do País, que o futebol alviverde também seja totalmente reestruturado.
O futebol brasileiro não pode prescindir da tradição e história da Sociedade Esportiva Palmeiras.

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

SÁBADO, PREMIERE AO VIVO

Neste sábado transmito Santos x Figueirense pelo Premiére FC.

O jogo é na Vila, seis da tarde, abrindo a rodada 26 do Brasileirão.

Estarei nessa com os comentários de Müller e as reportagens de Felipe Diniz.

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

HOJE MORUMBI

Hoje meu destino é o Morumbi.

Nove e cinquenta da noite ao vivo no Premiére, nacional e internacional, tem São Paulo e Corinthians, briga pela liderança do campeonato.

Lá estarei com os amigos Muller, Felipe Brisola, Carlos Cereto e grande equipe.

É jogo de rivalidade, história de 75 anos, de muita emoção.

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

ESCALA DA TERÇA FEIRA

Nesta terça-feira trabalho na série B pelo Sportv, transmissão para toda a rede, menos região de Campinas.

É a rodada 25 da competição.

Americana x Guarani, ao vivo do estádio Décio Vitta, em Americana.

Lá estarei com os amigos Luiz Ademar, Felipe Brisola e Joanna de Assis.

O jogo vai começar às oito e meia.

O time do Americana briga pelo acesso, é o quarto colocado, e não perde há oito partidas. Já o Bugre segue em crise, com salários atrasados, jogadores ameaçando fazer greve e nas últimas colocações.

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

FIM DE SEMANA

Meu final de semana no trabalho já está definido.

Sábado, Morumbi, seis da tarde, com São Paulo e Ceará, transmissão do Premiére FC.
À partir das 17 horas participaremos do Tá Na Área, do Sportv.
Comigo, Müller, André Hernan e grande equipe.

Domingo, Pacaembu, quatro horas, Corinthians x Santos, Premiére FC.
À partir das 15horas no TÁ NA ÁREA do Sportv.
Comigo, Mauricio Noriega, Carlos Cereto e JOanna de Assis.

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

ARENA SPORTV

Apresento o ARENA SPORTV de segunda a quarta-feira.

Na terça teremos um programa especial de basquete, enfocando principalmente a conquista da vaga olimpica pela seleção masculina.

Os técnicos Lula Ferreira e Cláudio Mortari estarão no estúdio, além de depoimentos de especialistas na modalidade.

Quarta o assunto principal será a seleção brasileira de Mano Menezes, dia de pegarmos os argentinos em Córdoba.

A direção do programa é de Carlos Cereto, com grande time de produção.

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

ESCALAS FIM DE SEMANA

Meu fim de semana pelo Premiére e Sportv.

Sábado, Santos x Cruzeiro, seis da tarde, ao vivo, Sportv, menos Estado de SP.

Estarei com Müller, Felipe Diniz e Josino Ribeiro.

Domingo, Pacaembu, para Palmeiras e Internacional, quatro horas.
Lá estarei com Carlos Cereto e Luiz Ademar.
Transmissão pelo Premiére.

terça-feira, 6 de setembro de 2011

ROGÉRIO MIL

Nesta quarta-feira estarei no Morumbi para o jogo MIL de Rogério Ceni.

Os números do goleiro são notáveis.
999 jogos.
103 gols.
Bateu sessenta pênaltis e desperdiçou apenas 13.
Já disputou 18 Brasileiros.
É titular do São Paulo há 15 anos consecutivos.
21 anos de clube.

Rogério é indiscutivelmente uma personalidade marcante da história do São Paulo e entra para os registros do futebol mundial.

Como alguém de muita personalidade, às vezes as atitudes e posições de Rogério são contestadas, contraditadas, mas tudo isso faz parte da democracia e da liberdade de expressão.

Rogério, nesta quarta, receberá um carinho enorme da massa tricolor.
Mais do que tem recebido diariamente.
Será o momento da milésima vez vestindo a camisa do clube.
E isso é para poucos.

O espetáculo de amanhã, para mais de 40 mil pessoas, será marcante.

Transmitirei a partida pelo Premiere FC, ao lado de Luiz Ademar e André Hernan.

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

FAIRPLAY TOTAL

Já percebeu que somente os jogadores têm praticado o fairplay?

Hoje é comum, normal, um jogador colocar a bola pra fora de campo ao perceber que o adversário está caido e precisando de atendimento médico.

Mas entendo que esse fairplay deveria ser praticado também pelos treinadores e dirigentes, quando de suas entrevistas, declarações.

O que vemos são os treinadores justificando suas derrotas em cima de erros de arbitragens e jamais enaltecendo os méritos do adversário. Percebeu?

Outra coisa. Dificilmente, raramente, temos elogios aos árbitros, que tanto são malhados nas rodadas.
Acho justo e honesto que os envolvidos num espetáculo esportivo sejam elogiados quando atuam bem.

Aliás, quando pintam elogios aos apitadores, são oportunistas.
Oportunistas no sentido de que apenas os vencedores dos jogos o fazem.
E às vezes, nem o fazem. Apenas poupam os juizes de criticas.

Portanto, o fairplay precisa ser estendido a todos os que praticam o esporte.

O esporte tem de ser educativo, saudável, limpo.

É preciso, para que os exemplos apareçam, compreender o esporte como uma competição, obviamente, mas principalmente como uma atividade social, humana, respeitosa.

Pensemos nisso.

DOAÇAO BRASILEIRA AOS CUBANOS

Leio que no Pré-Olimpico de basquete, em Mar del Plata, atletas cubanos pediram aos jogadores brasileiros a doação de pares de tênis não utilizados.

O estado dos calçados dos cubanos é deplorável, segundo o depoimento de um jogador brasileiro da nossa seleção.

As duas delegações estão hospedadas no mesmo hotel.

O pedido dos cubanos tocou o coração dos atletas brasileiros, que prontamente cederam vários pares de tênis aos irmãos da ilha.

Um momento constrangedor do esporte, e também de solidariedade.

domingo, 4 de setembro de 2011

HOJE, PACAEMBU

Hoje, domingo, vou ao Pacaembu com os amigos Müller e Carlos Cereto para a transmissão de Palmeiras x Cruzeiro, às quatro da tarde.

O trabalho é para o Premiére FC.

Estaremos à disposição do programa TÁ NA ÁREA à partir das 2:45.
A transmissão do PFC começa dez minutos antes do jogo.

Em campo, dois ex-Palestras.
É o encontro do sexto colocado(PAL) e do décimo-primeiro.

Palmeiras em crise com seu treinador, enquanto o Cruzeiro está sem treinador.
A diretoria da Raposa diz que Emerson Ávila está efetivado como técnico da equipe.

Palmeiras, ganhando, empatando ou perdendo, hoje, ficará na sexta posiçao.

O time mineiro, se vencer, poderá dar um salto de qualidade na pontuação, ganhando algumas posições.

Leandro Pedro Vuaden, árbitro gaúcho, apita o jogo.

quinta-feira, 1 de setembro de 2011

MINHAS ESCALAS

Minhas escalas do final de semana apontam.....

Sábado, quatro e vinte da tarde, série B, Premiére, Americana x ASA, com Wagner Vilaron e André Hernan.

Domingo, quatro da tarde, Premiére, Palmeiras x Cruzeiro, vivo do Pacaembu, com Luiz Ademar e Carlos Cereto.

Rodada dupla pelo Premiére FC, portanto.

quarta-feira, 31 de agosto de 2011

VIRADA DE PÁGINA

Há quem defenda a tese de que returno é outro campeonato, bem diferente do primeiro turno.

É evidente que isto não é regral geral e infalível.

O lado psicológico de uma virada de turno pode até influenciar equipes, grupos, jogadores, treinadores. Mas não dá para cravar.

Então, neste meio de semana daremos a largada do segundo turno do Brasileirão.

Vamos lá.

CORINTHIANS X GRÊMIO ---
O tricolor gaúcho tá precisando urgentemente de reação. A massa gremista anda muito preocupada, e tem razão de estar.
Já o Corinthians até ameaça Tite de demissão caso o time não volte a vencer.
O jogo é no Pacaembu.

SÃO PAULO X FLUMINENSE ---
No momento o tricolor paulista está melhor.
Abel Braga não consegue dar ao Flu o seu jeitão tático de atuar.
O tricolor carioca nas últimas cinco partidas, só venceu uma.
Noite gelada no Morumbi para esse choque de tricolores.

VASCO X CEARÁ ---
Como estaria o emocional do Vasco para essa partida?
O baque foi muito forte no elenco cruzmaltino.
Foi traumatizante o ocorrido com Ricardo Gomes, embora as noticias médicas sejam alentadoras.
Ceará não faz um mal campeonato, porém instável nos resultados. Ganhou bem do Bahia na rodada passada.

BOTAFOGO X PALMEIRAS ---
Os dois times vêm de vitórias em clássicos, o que dá moral.
Duas equipes de olho na Libertadores, e no titulo, por que não?
Briga direta por posição na tabela.
Jogo bom.

INTERNACIONAL X SANTOS ---
O campeão da Libertadores, pensando no Mundial, vai disputando o Brasileirão numa boa, embora rondando a zona de rebaixamento, mas com um jogo a menos.
Peixe pega o Inter hoje e folga no fim de semana, pois a partida contra o Botafogo foi adiada.
Instável o Colorado no campeonato. Sua torcida anda resmungando pelos cantos.
Precisa reagir o time gaúcho.

CRUZEIRO X FIGUEIRENSE ---
Joel Santana disse outro dia que o Cruzeiro ainda vai disputar o titulo. E time para isso, a Raposa tem.
O Figueira, ainda atordoado pela derrota no clássico com o Avaí, vai tentar dar a volta por cima.
Cruzeiro ligeiramente favorito nesse jogo, mas é bom tomar cuidado com o alvinegro catarinense.

AVAI X FLAMENGO ---
O Leão catarinense está motivado. Ganhou do Figueira e isso tem um significado muito grande na rivalidade local. Mas ainda está na zona de risco.
Flamengo é um dos fortissimos candidatos ao titulo.
Com chuva e frio na Ressacada, o jogo promete ser espetacular.

BAHIA X AMÉRICA MINEIRO ---
Tricolor da Boa Terra levou três sapecadas do Ceará. A galera chiou muito.
O Coelho parece fadado a cair, mas aposta no segundo turno, nova etapa, novos ares, para escapar.
Nesse jogo em Salvador não dá para deixar de apostar no Bahia.

ATLÉTICO GOIANIENSE X CORITIBA ---
Incrível a reação do time goiano nas últimas rodadas.
Vitórias marcantes.
Coxa nas últimas cinco partidas, perdeu apenas para o Flamengo. Vai indo bem o time de Couto Pereira.
Esse jogo na capital goiana recomenda ser assistido.

ATLÉTICO PR X ATLÉTICO MINEIRO ---
Furacão nao perde há sete rodadas.
Foram quatro empates nessa série, a bem da verdade.
Mas ficar sem derrotas dá moral.
O Galo está em situação de desespero. Crise em campo. Crise fora de campo.
Parte da torcida galista pede a saída do presidente e diretoria.
Individualmente, o Galo tem bons valores. Mas nao encaixa.

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

RICARDO GOMES - EXEMPLO

Num mundo onde as raridades são as pessoas de bem, lamentavelmente, faço o registro do caráter e da honradez de Ricardo Gomes.

Deixo claro que não estou sendo oportunista, pois o momento é de consternação pelo delicado estado de saúde de Ricardo.

Entendo que devemos ressaltar as pessoas que "se salvam" nesse planeta conturbado, pela lealdade, compromisso de respeito ao próximo, e tudo mais.

Desde quando jogava, RG foi ético, ponderado, equilibrado, sensato.
Agora na pressão que qualquer treinador recebe, mesmo nos momentos dificeis, ele procurou manter a fala mansa e o respeito aos interlocutores.

Alguns "entendidos" da matéria criticam a linha e os conhecimentos dele como técnico, o que também é subjetivo, mas não podem negar os atributos pessoais e morais de Ricardo.

Quando o futebol tem alguém como ele, acende-se uma chama de esperança para a moralidade dos nossos bastidores.
Quando o futebol sobre um desfalque, como agora, e que esperamos seja momentâneo, aumenta a preocupação com os rumos éticos desse esporte.

E confesso que sempre me preocupo, e muito mais, com as qualidades pessoais dos envolvidos no futebol, do que propriamente com a parte técnica e de vitórias.

O mundo ficará melhor se as PESSOAS melhorarem, e não se tivermos MUITOS CRAQUES em campo.

Nossa corrente de orações - seja qual for a crença de cada um - para que os Anjos da Vida sigam cuidando do querido Ricardo Gomes.
Precisamos dele por mais tempo aqui conosco.



sexta-feira, 26 de agosto de 2011

FIM DE SEMANA

Meu fim de semana será pelo Premiére FC.

Sábado no Canindé com Portuguesa e Icasa, quatro e vinte da tarde.

Domingo Santos x São Paulo, quatro da tarde, Vila Belmiro, mas com transmissão dos estúdios Globosat/Rio de Janeiro.

Última rodada dos primeiros turnos, séries A e B.

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

PARABÉNS AO PALMEIRAS !

Somos rápidos quando é preciso criticar as pessoas do futebol, mas precisamos ressaltar os fatos positivos quando acontecem.

Por exemplo, a diretoria do Palmeiras liberou uma cota maior de ingressos ao Corinthians no clássico do próximo domingo em Presidente Prudente.
Agiu com bom senso, além é evidente da pretensão comercial, qual seja a de arrecadar mais.
Mas já vimos muitos casos de clubes endurecerem quando o assunto é dar mais ingressos ao adversário, por birra, rivalidade, coisa e tal.

Quanto mais interessante e bonito fica o espetáculo quando o estádio é totalmente preenchido pelos torcedores.
O futebol é profissional, tem de visar vários aspectos além do financeiro. Mas se for possivel um casamento de tudo, tanto melhor, ora bolas.

Outra questão que precisa ser revista urgentemente é a da utilização do Morumbi por Palmeiras, Corinthians e Santos.
Mesmo sabendo-se que há vários pontos envolvidos no assunto, aspectos politicos inclusive, o certo é que todos se voltassem para o bom senso.

Afinal, não é melhor que TODOS GANHEM, utilizando o Morumbi?

O que vemos, infelizmente, é uma queda-de-braço absurda, onde todos saem no prejuizo.

Mas voltando ao principal assunto desse comentário, parabéns ao Palmeiras por agir profissionalmente e com despreendimento, cedendo mais ingressos ao Corinthians domingo em Prudente.

Será um belo espetáculo esportivo.

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

MORREU MARIÃO

Morreu Marião, que foi zagueiro de São Paulo, Internacional, Náutico, Sport e vários outros clubes brasileiros.

Tinha 59 anos de idade e sofria de problemas cardíacos.

Marião era um zagueiro forte, viril, impunha pelo tamanho e vontade.

Recentemente era treinador e trabalhava nas categorias de base do Primeira Camisa, de Roque Júnior.

O sepultamento de seu corpo será em São José dos Campos nesta quinta-feira.

Um nome que compos parte da história do futebol brasileiro.
Merece homenagens e respeito.

RECADO PRA DONA MARIA ALICE

Amigos e amigas, evito ao máximo esse negócio de votar nos "melhores disso ou daquilo", nessa área ou em qualquer outra.

Mas não podia deixar de atender ao colega José Ilan, outro dia, que me pediu para relacionar os "10 melhores goleiros" da história brasileira.

Não gosto, pois em primeiro lugar corremos o grande risco de cometer injustiças e esquecimento de nomes.
Quando emitimos qualquer opinião - eu penso assim - a responsabilidade é muito grande. Estamos mexendo com fatos, personalidades, e a fidelidade à verdade e à justiça deve prevalecer.

Fiz minha relação e certamente descontentei pessoas, que têm suas visões e opiniões diferentes. Cada um vê de um jeito ou se simpatiza com algo ou alguém.
Normal, isso.

É o caso de uma leitora do blog, dona Maria Alice, a quem respeito muito, que se estarrece com o fato da minha relação dos 10 não constar Castilho, Fluminense, Santos e Seleção Brasileira.

Prontamente respondi à ela no Post "Palmeiras x Vasco, Quinta" e depois na coluna seguinte.
* Por não ter lido a publicação de seu comentário, Maria Alice protestou e mandou outra observação dizendo que jornalista não gosta de criticas.
Não é o meu caso, dona Maria Alice.
Não só publiquei sua critica, como também respondi, justificando.
Confira, por favor.

Mas voltando ao tema, é muito dificil você pegar a história do futebol brasileiro e destacar apenas dez nomes, dessa ou daquela posição.
Esquecimento ou equivocos, certamente aparecerão.
Dona Maria Alice, também, me acusou de bairrista, pois dos dez nomes, oito eram de paulistas.
Ocorre que me orientei em goleiros que EU VI jogar, fisica, pessoalmente.

Mas Carlos Castilho merece todas as honras.
Foi reserva de Gilmar dos Santos Neves em duas Copas, bicampeão mundial.
Um goleiraço.
Mas vi muito pouco.

** Maria Alice, reforço: não só publiquei suas criticas, como também respondi.
Confira, por favor.






terça-feira, 23 de agosto de 2011

FELIPÃO, OS ÁRBITROS E O RESPEITO

Felipão suspenso e não fica no banco domingo diante do Corinthians.

O treinador dá declarações contundentes e diz que está sendo perseguido pelas arbitragens, ameaçando não mais ficar no banco daqui para a frente.

Independentemente de ser Felipão, neste momento, o treinador suspenso pelo tribunal, quero abordar a questão da relação entre os árbitros e os técnicos dos clubes.

O futebol é quente, apaixonante, envolvente, proporciona ações impensadas durante um partida, e tudo isso é compreensível.

Porém, se pegarmos os princípios básicos da boa educação e do respeito, inseridos numa competição esportiva, verificaremos que infelizmente os mesmos não são exercitados no futebol. Ou, pelo menos, pela imensa maioria dos profissionais.

Há desentendimentos desmedidos entre os próprios treinadores, entre os técnicos e alguns jornalistas, e vice-versa, e principalmente na relação "árbitros/treinadores".

A constatação prática é o que vemos em todas as rodadas, ou seja, alguns técnicos desrespeitam e invadem a área de atuação dos juizes.
Protestam espetacularmente, vociferam, jogam a torcida contra o árbitro, colocam em dúvida a postura moral de quem apita, e etc etc etc....

É evidente que os árbitros erram, afinal são humanos, falíveis, passíveis de equivocos.
Mas daí a atirarmos dardos de desconfiança sobre eles, alegando "esquemas", má-fé, "desonestidade", é muito forte. Até leviano.

E vários treinadores entram por esse campo perigoso da calúnia, difamação, arvorando-se de pretensa autoridade, com um misto de arrogância, soberba e de demagogia junto às torcidas de seus clubes.

As reclamações podem e devem ser registradas, mas no limite do equilibrio e do respeito. Não é o que acontece com conhecidos treinadores do nosso futebol.

Portanto, à partir dos exageros é que o tribunal entra em ação e faz o seu papel.

Não sou puritano, ingenuo, a ponto de achar que tudo é um mar de rosas no mundo das arbitragens, mas acredito que as impurezas sejam isoladas, pontuais.

Defendo a tese do respeito, acima de qualquer ocorrência extracampo.
E dentro dessa minha visão, condeno todo e qualquer treinador que atirar pedras oportunisticamente às arbitragens, só para justificar as derrotas.

E a maior prova do oportunismo de alguns manjados treinadores, é que quando vencem nem tocam na atuação dos juizes, e que certamente também erraram, pois são falíveis.








segunda-feira, 22 de agosto de 2011

PALMEIRAS X VASCO, QUINTA

Quinta feira estarei no Pacaembu para Palmeiras x Vasco.

Jogo da Sul-Americana.

Vasco tem a vantagem do primeiro jogo, quando fez dois a zero em São Januário.

Verdão tem esse desafio pela proa. Em resumo, não pode tomar gol de jeito nenhum, pois isso agravará a situação.

Galera alviverde vai ao estádio empurrar o time, com certeza.
Mas a tarefa é dificil, pela vantagem de dois gols do time cruzmaltino e pela atual fase vascaina.

Mas o jogo é jogado.

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

DOMINGO EM SALVADOR

Neste domingo transmito por Sportv/Premiére, Bahia x Santos, no estádio de Pituaçu, com público de 32 mil pessoas, pois todos os ingressos já foram comprados.

O jogo é às seis da tarde, horário de Brasilia.

Lä estarei com Mauricio Noriega, Ivan Andrade e Daniela Leone.

O tricolor da Boa Terra não pega o Santos desde 2003. Oito anos, portanto.

A última vez, em 2003, na Fonte Nova, tivemos um placar histórico: 7 a 4 para o Peixe, uma das maiores contagens da história do Brasileirão.

A última vitória do Bahia em cima do Santos foi há 11 anos, em 2000, um a zero na Vila Belmiro.

Neste momento a situação do time de Muricy Ramalho beira ao desespero, mesmo com dois jogos à menos na competição.
Nas últimas sete partidas da equipe santista, uma vitória apenas.

Desde a conquista da Libertadores, o Santos já fez 11 jogos e só venceu três.

Lá atrás, em 1959, Santos e Bahia produziram as finais da Taça Brasil, o Brasileiro daquela época, com três jogos super emocionantes. E deu o Tricolor baiano.

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

HOJE EM SETE LAGOAS

Depois de Ipatinga, onde transmiti a vitória do Corinthians sobre o Galo, de virada, hoje vou a Sete Lagoas.

Às nove da noite tem América Mineiro e São Paulo, transmissão ao vivo do Sportv e PFC.
Lá estarei com os amigos Mauricio Noriega, Luciana Machado e Felipe Diniz.

O Coelho está na lanterna do campeonato enquanto o Tricolor precisa dos três pontos para não perder contato com a ponta da classificação.

O gramado da Arena do Jacaré é um dos melhores do Brasil, oferecendo totais condições para os profissionais da bola.

Ainda na rodada, Palmeiras x Bahia, no Canindé.
Há rumores da saída de Luiz Felipe Scolari. Incrivel como a turbulência ronda a Sociedade Esportiva Palmeiras.
O tricolor baiano precisa de pontos. Está incomodado com a proximidade da zona de rebaixamento.

Outro jogo é Flamengo x Atlético Goianiense.
Aparentemente o rubronegro é favorito, mas nesses jogos é preciso tomar cuidado e Vanderlei Luxemburgo sabe bem disso.
Ronaldinho Gaúcho voltando à Seleção e um dos artilheiros do Brasileirão.
Deve dar Flamengo.

Acaba hoje a penúltima rodada do primeiro turno.

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

ESCALAS MEIO DE SEMANA

Quarta-feira estarei em Ipatinga para Atlético Mineiro e Corinthians.

O jogo é às 09:45 da noite.

Transmissão do Premiére FC e PFC Internacional.

Comigo na jornada, os amigos Mauricio Noriega e Josino Ribeiro.

O Galo mergulhado em crise e o Timão tropeçando nas rodadas recentes.

------------

Na quinta me deslocarei de Ipatinga para Sete Lagoas.

América Mineiro x São Paulo, nove da noite, transmissão Sportv para todo o Brasil, menos Minas.
Transmissão pelo PFC também para o estado de Minas Gerais.

Noriega, Felipe Diniz e Josino Ribeiro na parada comigo.

Coelho esboça reaçao no campeonato, o tricolor se sustenta entre os quatro primeiros.

É a décima sétima rodada do Brasileirão.

domingo, 14 de agosto de 2011

WALTER ABRAÃO, UM MESTRE

Perdemos há poucos dias Walter Abraão, um dos mais importantes jornalistas da história do rádio e da televisão nacionais.

Já adoentado há alguns anos, não conseguiu debelar uma terrivel doença e deixou o plano físico aos 80 anos de idade.

Deixou também belos registros de contribuição para a comunicação esportiva, à par de seu trabalho de narração, brilhante à partir da década de 60.

Nos tempos da TV Tupi, Walter teve idéias sensacionais e desbravadoras nas transmissões, como o replay, o vetê que tinha um aviso de quando ia sair um gol e a linguagem compatível com o veículo.

Comandava programas esportivos de debates com categoria, simpatia, além de liderar equipes com sobriedade e firmeza.

Pessoalmente, sempre foi um conciliador de fino trato.
Incentivou jovens profissionais, no rádio e na tevê.

Fazendo alguns pequenos trabalhos na televisão, mas narrando principalmente no rádio, me lembro de uma passagem com o querido Walter.
Estávamos em Campo Grande, MS, quando conversávamos atrás das cabines do estádio.

Walter me pegou pelo braço e disse que "meu negócio" era a tevê, que eu tinha jeito para o veículo. Tinha acompanhado alguns trabalhos meus, paralelamente ao rádio, e sentia que meu estilo poderia se casar perfeitamente com a televisão.

Aquela sentença do mestre narrador foi como um presente especial, pois era uma avaliação de alguém super competente.

Poucos anos depois fui guindado à televisão.

Minhas homenagens a Walter Abraão, pelo profissional que foi, mas principalmente pelo ser humano.

Na história da televisão brasileira, e na área do esporte, o nome de Walter está gravado com letras de ouro.





sábado, 13 de agosto de 2011

ALMOÇO COM O CRAQUE MÜLLER

Minha viagem para a Alemanha foi muito boa.

Fazia tempo que eu não pisava em solo alemão. Desde 1978, numa excursão da seleção brasileira pela Europa, quando o jogo foi em Hamburgo com vitória da nossa equipe por 1 a 0, gol de Nunes.

Fomos pela Lufthansa e voltamos pela Swiss, duas empresas que merecem elogios.
Pontuais e atenciosos, acima de tudo.

Almoçamos na véspera do jogo com Hansi Müller, à convite dos amigos Arnaldo César Coelho e Galvão Bueno. O ex-craque alemão é amigo de Arnaldo.
Lédio Carmona e Casagrande também à mesa.

Deu para conhecer um pouco da intimidade do antigo meio-campista germânico, hoje com 54 anos de idade, de bem com a vida e morando em Stuttgart.

Ele jogou as Copas de 78 e 82. Canhoto, técnico, deixou sua marca na história da seleção alemã, tendo jogado também na Itália e Áustria, depois.

Profundo admirador do futebol brasileiro, Müller fez questão de dizer que atuou quatro vezes contra o Brasil, e nunca venceu.

Galvão ligou para Júnior no Brasil e colocou o Capacete em contato com Hansi, eles que jogaram juntos e que mantém relacionamento de amizade até os dias de hoje.

Foi um momento muito agradável. Marcante.


quarta-feira, 10 de agosto de 2011

BRASIL X ALEMANHA EM STUTTGART

Dia de sol com possibilidade de chuvas esparsas aqui em Stuttgart.
Temperatura continua baixa.

Delegação brasileira tranquila no hotel Graf Zepellin, onde também se encontra a nossa equipe.
Jogadores circulam pelas dependencias do hotel tranquilamente, apenas com um pequeno acúmulo de admiradores no saguão. Brasileiros que moram na Europa.

O estádio, a Arena reformada de Stuttgart, fica a 10 minutos da concentração brasileira.
Gramado ótimo, estádio cheirando à tinta, agora sem a pista de atletismo, o que aproximou mais as arquibancadas do campo de jogo.

A nova Arena Gotlieb-Daimler é de propriedade da Mercedez Benz e fica no Parque do Rio Neckar.
Todos os 54 mil ingressos colocados à venda, foram adquiridos.

Sobre o jogo em si, incógnita.
Em toda a história do confronto há supremacia brasileira: 20 jogos, apenas três vitórias germanicas.

Brasil não atua em Stuttgart desde 1998.
Seleção alemã não joga na cidade há cinco anos.

Última partida entre brasileiros e alemães aconteceu em 2005, em Nuremberg.

Brasil só perdeu uma partida das últimas dez que jogou aqui na Europa: foram oito vitórias e um empate.

Que tenhamos um bom espetáculo.
Um dos maiores clássicos do futebol.

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

JÁ EM STUTTGART

Já estou em Stuttgart para o amistoso de quarta entre Alemanha e Brasil.

Cidade bonita e que não se contaminou com prédios altos, arranha-céus e neurose no transito.
Muito verde por aqui.

Chove um pouco, mas o sol predomina.
Temperatura entre 17 e 19 graus.

Aos poucos os jogadores que atuam na Europa vão chegando ao hotel Graf Zeppelin, onde nós do Sportv também nos encontramos.

O jogo é quarta, 3 e 45 da tarde, horário Brasilia.
Oito e quarenta e cinco, horário daqui.

Estou com os amigos e companheiros Lédio Carmona, Felipe Brisola, Andréa Cavalheiro, Rogério Romera, Anderson Uchoa, Luis Franco(Lufi) e Idival Marcusso.

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

BRASIL X ALEMANHA

Viajo neste domingo para a transmissão do amistoso Brasil x Alemanha na quarta-feira próxima, em Stuttgart, no sul alemão, uma cidade banhada pelo Rio Neckar.

Estarei acompanhado dos amigos Lédio Carmona, Felipe Brisola, Idival Marcusso, mestre Lufi, Rogério Romera, Andrea Cavalheiro, nossa produtora.

Mais um teste para Mano Menezes, mais um desafio para a nossa seleção, que não tem deixado o torcedor brasileiro satisfeito.

O jogo é às 15:45 horário de Brasilia, oito e quarenta e cinco da noite na Alemanha.

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

TROFÉU BRASIL DE ATLETISMO, AO VIVO!

Deixo a bola do futebol à partir de amanhã e passo a cobrir o Troféu Brasil de Atletismo, ao vivo, pelo Sportv.

Quinta, sexta, sábado e domingo, cobertura completa do canal.

O palco é o estádio Icaro de Castro Mello, complexo do Ibirapuera, SP.

Além de todo o pessoal de produção, geração, coordenação, engenharia e apoio, estarei com Lauter Nogueira, André Domingos e Joanna de Assis nos microfones.

Quase 800 atletas em ação, 49 países convidados, 88 clubes e associações, entrada livre para o público.

É a trigésima edição do Troféu Brasil, mas a competição existe desde os anos 40, reunindo atletas e confraternizando, além de indices para grandes eventos internacionais, como Panamericanos e Olimpíadas.

Nesta quinta é a partir das quatro horas da tarde.

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

GUARANI X AZULÃO, AO VIVO.

Nesta terça feira vou a Campinas.

Nove da noite, série B, Guarani x São Caetano, ao vivo no Sportv, menos Campinas.
Ao vivo no Premiére FC inclusive para o local da partida.

Lá estarei com os amigos Mauricio Noriega, Ivan Andrade, André Hernan e Ailton Amalfi na coordenação.
Geração da equipe competente EPTV Campinas.
Mais toda a retaguarda Globosat/Rio de Janeiro.

À partir das sete e meia da noite participaremos do TÁ NA ÁREA, Sportv.

Duas equipes que andam mal na série B.
Bugre ficou nove rodadas sem vencer, mas reagiu nas duas últimas, ganhando.
Azulão vem de três empates seguidos. É a equipe que mais empatou no campeonato.

Nos bancos, Giba e Vadão, dois bons treinadores do nosso futebol.

BRASILEIRÃO ESTÁ ÓTIMO

É indiscutível o especial momento do Brasileirão.

Bons jogos, vários concorrentes ao titulo e ao G4.
Briga feroz de times para a fuga da zona de rebaixamento.
Muitos gols.
Jogos abertos.
Tá tudo muito legal.

No meio de semana mais uma rodada quente, com certeza.
Será a décima-quarta.

Corinthians x América Mineiro, Pacaembu.

Grêmio x Atlético Mineiro, duas equipes em crise.

Figueirense x Botafogo, em Floripa.

Ceará x Avaí, em Fortaleza.

Vasco x Santos, no Rio.

Cruzeiro x Flamengo, em Minas.

Coritiba x Palmeiras, no Couto Pereira.

São Paulo x Bahia, Morumbi, encontro de tricolores.

Fluminense x Internacional, no Rio.

Atlético-GO x Atlético-PR, em Goiânia.

Vêm fortes emoções por aí.

sexta-feira, 29 de julho de 2011

CANINDÉ, AO VIVO

Neste sábado volto a narrar pelo Brasileirão.

Nove da noite no Canindé, Palmeiras e Atlético Mineiro, transmissão ao vivo pelo Premiere FC, PFC Internacional e em HD.

Estarei ao lado do craque Muller e com o repórter Felipe Diniz, mais toda a equipe envolvida na transmissão, cerca de 40 profissionais.

Verdão não perde há 10 anos jogando no estádio da Lusa.

Galo não anda bem no campeonato.
Somente duas vitórias nas últimas dez partidas.
Preocupante.

O jogo promete boas emoções.

SORTEIO DAS ELIMINATÓRIAS

O mundo da bola estará voltado neste sábado para as imagens do sorteio dos grupos das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2014.

É um dos primeiros passos para começarmos a viver mais diretamente o Mundial que o Brasil sediará daqui a 3 anos.

Em que pese toda a preocupação com o andamento das obras para o grande evento, pensando apenas no futebol em si, dá um certo arrepio sentir que estamos muito próximos da Copa, e aqui onde vivemos e cuidamos das nossas vidas.

Afinal, só sediamos uma vez a Copa. E isto há mais de 60 anos.

Sendo um dos principais países do futebol - aliás, o maior ganhador de Copas - entendemos até que todo esse tempo é muito extenso sem abrigarmos os jogos.

Mas passamos por tantas e repetidas crises financeiras e economicas, que dá para entender o porque desse longo periodo sem uma Copa do Mundo.

O tempo passou, o Brasil se reergueu economicamente, é hoje um dos que mais crescem no planeta, e portanto tem condições de fazer o evento, mesmo que estejamos atrasados, por conta de politicagens, burocracia, entraves administrativos e também um pouco de negligência dirigida.

Em suma, neste sábado vamos conhecer os grupos para a fase de classificação para 2014.
Lembrando que a Seleção Brasileira estará fora do sorteio, sendo sede da Copa.

quarta-feira, 27 de julho de 2011

PALPITES NA VIDA ALHEIA

Aprendi, com o tempo e com a vida, que o respeito ao semelhante é essencial.

Mesmo em uma profissão - a que exerço - onde fazer as criticas estão totalmente no contexto, aprendi que somente o profissional deve ser atingido. Jamais o ser humano investido de atleta, treinador ou dirigente.

Vez em quando ouço, leio e vejo afrontas à pessoas, e não xclusivamente à profissionais.
Não é correto. Não é honesto. Não é justo.

Na verdade, temos uma tendência perniciosa de "falar dos outros" sem qualquer pudor e com uma pretensa autoridade, que beira à crueldade e irresponsabilidade.

Universalizo o tema, mas quero tocar em um assunto delicado do momento que é a prisão do ex-jogador Zé Elias, por um problema de pensão alimentícia não paga.

Já ouvi tantas "conclusões" de quem não tem nada com isso, tantas condenações, ilações e acusações levianas, que me dão arrepio.

Que prazer é esse de se meter na vida alheia e ainda se julgar no direito de palpitar profundamente?
Há quem diga que tal comportamento é doentio. No que concordo.

Leio nos sites os famigerados "comentários" abaixo da noticia e fico pasmo.
As pessoas não medem as palavras, criticando, metralhando os envolvidos, arvorando-se de autoridade moral que julgam ter.

Que o ex-jogador Zé Elias é uma pessoa pública, concordo.
Mas nada dá o direito de alguém, de fora, palpitar sobre os problemas dele e da ex-esposa, filhos e etc.
Trata-se de uma intromissão criminosa.

Por ser alguém conhecido, é claro que a noticia chamou a atenção e não tem como ficarmos à margem do fato, mas metermos o nosso dedo na questão é atrevimento, de tremendo mau gosto.

Por sinal, muitas intrigas que vivemos no cotidiano poderiam ser evitadas caso as pessoas se resguardassem de palpitar na vida alheia.
Se cada um de nós cuidasse do próprio nariz, o mundo estaria bem melhor.

Devemos, isto sim, nos intrometer na vida alheia quando for para auxiliar, contribuir, dar ajuda. Somente isso.

Sem citar que há ainda pessoas que vibram com as tragédias dos outros, chegando a ter prazer em degustar as agruras do vizinho. E ainda batendo no peito e afirmando que "comigo" isto nao aconteceria.
Uma barbaridade.

Enfim, jamais aceitei na minha profissão que se toque no aspecto pessoal dos profissionais que trabalham no esporte.
Vida intima é privada.
Jornalista não tem o direito de penetrá-la, invadi-la.

Por isso, deixemos Zé Elias e familia resolverem suas pendencias.
Muito ajudaremos se não dermos palpites.

PASSEANDO PELA RODADA

Quarta-feira.
Dia de futebol. Dia de Brasileirão.
Décima-segunda rodada.

Sete jogos, hoje.

BOTAFOGO X AVAI ----
Terminados os Jogos Militares, o Engenhão volta a ser utilizado pelo Botafogo.
Fogão não venceu nos últimos quatro jogos.
Avaí é o penúltimo colocado. Apenas uma vitória em onze partidas.
O time catarinense é o que mais tomou gols até agora: 25.
Tudo sinaliza para uma reabilitação botafoguense.

GRÊMIO X AMERICA MINEIRO ---
Tricolor gaúcho ainda instável, preocupando sua grande massa.
Coelho de Minas mal. Figura no grupo do rebaixamento. Só uma vitória até agora.
Por ser no Olimpico e pela tradição, deve dar Grêmio.

ATLÉTICO MINEIRO X FLUMINENSE ---
Galo, mal. Tricolor, mais ou menos, mas revigorado pela vitória sobre o Palmeiras.
O jogo é em Minas.
Juro que estou sem palpite pra esse jogo.

ATLÉTICO GOIANIENSE X CRUZEIRO ---
O campeão goianiense patina há sete rodadas. Não consegue vencer.
Cruzeiro está em sétimo na classificação. Vem de duas boas vitórias.
Torcida do Dragão deve preencher bem o Serra Dourada.
Jogo bem interessante esta noite em Goiânia.

SANTOS X FLAMENGO ---
Além das duas ricas camisas, da tradição do confronto, temos o momento do Brasileirão.
Peixe atrasado em número de partidas. Só jogou oito e precisa colocar em dia seus compromissos.
Rubronegro, de Luxemburgo, invicto no campeonato, terceiro colocado, mas é o time que mais empata no Brasileiro: seis vezes.
Muricy, que fica doente quando não vence, sabe que o Santos precisa ganhar.
Luxa, certamente, arma esquema para aniquilar os pontos fortes santistas.

FIGUEIRENSE X PALMEIRAS ---
O jogo é no Orlando Scarpelli, em Florianópolis.
Figueira não ganha há quatro rodadas, com três empates nas últimas partidas.
Verdão perdeu para o Tricolor carioca na rodada passada, ostenta a quinta posição e segue na briga pela Libertadores e até o titulo.

CORITIBA X SAO PAULO ---
Couto Pereira lotado, com toda a certeza.
Coxa só perdeu em casa na primeira rodada, 0 x 1 para o Dragão goiano.
Será a segunda partida de Adilson Batista comandando o Tricolor, portanto, ainda se ajustando às peças sãopaulinas.
Dificilmente o Coritiba perde jogando na sua casa. E hoje deve manter essa escrita.

terça-feira, 26 de julho de 2011

SELEÇÃO E OS CLUBES

Muricy Ramalho reclama da convocação de dois jogadores pela Seleção e pede para não fazer o clássico do dia 10/8 com o Corinthians.

Tite vai no embalo e também alega que tem muitos jogadores machucados. Também quer jogar em outra data contra o Peixe.

É um jogo da quinta rodada e já estamos na décima-segunda.

Mano Menezes tem de formar o grupo para o amistoso contra a Alemanha e convoca.
Convocou dois atletas do Peixe e um do Timão.

Os clubes chiam e dizem que são eles que pagam os salários dos jogadores.
CBF prioriza a Seleção por causa de compromissos comerciais e faz sua agenda.

Houve um tempo em que as agremiações vibravam quando tinham atletas convocados, pois o fato valorizava a ambos. Todos ganhavam com isso.

Como houve também um tempo que os jogadores almejavam a convocação.

Hoje tudo mudou. A neurose aumentou. Os interesses comerciais, idem. A própria CBF poderia conciliar melhor as datas - exceção das reservadas pela Fifa - e não prejudicar os clubes.

Em resumo, o momento é muito triste. Preocupante.

Assim como a Seleção precisa ser respeitada, idem idem as agremiações.

Mas de uma maneira geral, há exageros de ambas as partes.

A queda-de-braço não é interessante para ninguém.

segunda-feira, 25 de julho de 2011

URUGUAI, O MAIOR CAMPEÃO!!!

Terminada a Copa América, ficam algumas advertências, observações.

Os uruguaios reencontraram o caminho certo, o que já havíamos comprovado na Copa de 2010.

Os paraguaios continuam jogando de acordo com os regulamentos, e teriam condições de aprimorar taticamente suas seleções.

Brasileiros e argentinos levaram um forte puxão de orelhas. Precisam ser mais humildes e trabalhar melhor.

Venezuelanos, com um treinador bom, como é o caso de César Farias, começam a se impor no continente. Há muitos jogadores venezuelanos atuando na Europa.

Chile não está mal, mas peca nos momentos decisivos das competições.
Nas últimas 12 partidas da seleção andina, apenas uma derrota.

Em suma, mais uma Copa América para tirarmos algumas conclusões e verificarmos algumas sinalizações. E reflexões.

E a constatação é que na história da Copa América, o Uruguai é o melhor. O maior ganhador. Em todos os tempos.
Números são números.

sexta-feira, 22 de julho de 2011

KLEBER E O FAIR PLAY

O lance de Kléber na partida contra o Flamengo, arrancando para o gol e chutando, não se importando com aquilo que chamados de FAIR PLAY, suscita evidentemente uma série de comentários.

Do meu simples ponto de vista, o jogador do Palmeiras não foi ético, elegante.

Antes de tudo, no esporte, temos de visar a cordialidade na competição.
Aliás, o esporte é um meio de educação social.

Levar vantagem em detrimento de uma ação cordial, é oportunismo e falta de respeito.
Se hoje temos o "fair play" e é praticado na grande maioria dos jogos, por que não preservá-lo, mantê-lo vivo?

Exemplos do esporte são passados para as crianças e os jovens.
Se bons, a mensagem é ótima, fantástica.
Se ruins, a mensagem é forte e envolvente.

Antes de qualquer resultado no campo de jogo, está a postura cultural e educativa.

Muita gente ironiza a célebre frase "No esporte, o que vale é competir", ignorando o seu verdadeiro sentido social.
A frase resume que na VIDA o mais importante não é vencer à qualquer custo.
Competir, participar com lisura, transparência e respeito ao próximo, significa uma vitória moral.

É claro que respeito à todas as opiniões em contrário, mas mantenho a firme posição de que TAMBÉM no esporte é necessário ética, educação, priorizando-se a elegância de postura.

Entendo igualmente que nem sempre é possivel esperar de algumas pessoas - jogadores ou não - um comportamento condizente com os bons costumes éticos, mas eles precisam ser criticados.

Se queremos um Mundo mais civilizado, menos violento, competitivo mas equilibrado, precisamos lutar por uma drástica mudança, nas minimas coisas.
E nessas "minimas coisas" eu incluo o futebol, muito menos importante que tudo na vida.

terça-feira, 19 de julho de 2011

PARAGUAI X VENEZUELA

Nesta quarta-feira narro Paraguai x Venezuela pelo Sportv, à partir de 9:15 da noite, semifinal da Copa América, ao lado de Carlos Eduardo Lino.

Jogo muito interessante, especialmente pela surpreendente Venezuela.
Pela primeira vez os venezuelanos chegam à uma semifinal de Copa América.

Os paraguaios são favoritos à vaga, mas tudo indica que a parada não será fácil.

Faremos a transmissão via estúdios Globosat, diretamente do Rio de Janeiro.

segunda-feira, 18 de julho de 2011

NÃO DEU BRASIL

Dar palpites em futebol é uma loucura.

Evito, mas no post anterior arrisquei e me dei mal.
Voltarei à minha posição anterior de me abster. Futebol é surpreendente.
E felizmente que é surpreendente, pois assim desbanca quem se diz entendido e abre novos desafios.

Essa Copa América, exemplificando, derrubou meio mundo.
As eliminações de Argentina, Brasil e Chile acabaram com muitos bolões, ou consagraram os que correm atrás de caçar a zebra.

Quanto à seleção brasileira, perdeu nos pênaltis, é verdade, mas não ganhou com a bola rolando, e aí cabem muitas observações criticas.

Mano Menezes precisa rever conceitos.
Vários jogadores, ainda que consagrados em seus clubes, são ineficientes com a camisa amarela. Há que se analisar melhor sobre seu aproveitamento no selecionado.

De qualquer maneira, ficou mais uma lição no ar.
Às vezes, esses puxões nas orelhas de argentinos e brasileiros são providenciais.
Ou foram apenas tropeços, sei lá.

Voltemos nossas atenções para o Brasileirão, agora.

Página virada em mais uma Copa América.

Quem vai ser o campeão?
Não sei. Não arrisco arriscar.

domingo, 17 de julho de 2011

HOJE DÁ BRASIL !

Daqui a pouco tem seleção brasileira em campo.

Pressinto que hoje o time vai jogar o que ainda não jogou nessa Copa América.

É puro pressentimento.

Alguém me perguntaria se, então, o jogo vai ser fácil?
Não.
Absolutamente, não.

Os paraguaios estão muito bem, e com moral.
Vão entrar em campo de cabeça erguida.

Por sinal, dar palpites no futebol, apostar neste ou naquele, é só intuição.

E a minha, neste domingo, diz que hoje o Brasil ganha, se classifica e caminha depois para decidir o titulo.

Já na outra partida, de onde sai um semifinalista, entre Chile e Venezuela, aponto para uma qualificação chilena.
Ontem, por consequencia, teriamos depois Brasil e Chile.

Vamos conferir.

Domingão de Seleção em campo.

sábado, 16 de julho de 2011

RISADINHA MORREU

Morreu Paulo Luís Borges.

Paulo Borges, ponta direita dos bons.
Revelado pelo Bangu, artilheiro de dois campeonatos cariocas na década 60, despertou o interesse de grandes clubes brasileiros.
E o Corinthians "chegou junto" e o levou para São Paulo.

Marcou em jogo histórico no Pacaembu, fazendo um dos gols da vitória corintiana sobre o Santos de Pelé, quebrando uma escrita de 11 anos que o Timão não ganhava do Peixe.

Sempre risonho, alegre, contando piadas.

Contagiava por onde passava com seu humor escrachado, mas respeitoso.
Por isso o apelido de Risadinha.

Paulo Borges tinha 66 anos de idade e lutava contra um câncer que afetava seus pulmões.

Foi sepultado na minha cidade, Americana, interior de São Paulo, onde já estavam os restos mortais de sua esposa.

Borges era ponta, posição cruelmente extinta do futebol pelas inovações táticas que pintaram.
Ponta rápido, insinuante, finalizava bastante, praticava o futebol alegre.

O futebol agradece a você, Paulo Borges, pela técnica e pela alegria que implantou nesse esporte tão maravilhoso.

Vá em paz com sua consciência. Missão cumprida com excelência. Parabéns.

A nossa saudade, desde já.

quinta-feira, 14 de julho de 2011

NINGUÉM SABE PERDER

Não é crítica o que vou escrever, mas uma constatação.

No futebol, o time ganhou e só pintam elogios.
O time perdeu ou não ganhou, todos caem de pau e não se salva ninguém.

Nas duas primeiras rodadas da Copa América, onde os argentinos não venceram, só se ouvia pelas ruas de Buenos Aires que o time era fraco e ninguém escapava de severas criticas.

Agora acontece também com o Brasil, depois da vitória sobre o Equador e a classificação para pegar o Paraguai.

Ouvi de vários motoristas de táxis argentinos que até Messi era uma mentira, e que "não era tudo isso".
Mas isso até a vitória sobre a Costa Rica, obviamente.

Futebol é paixão, e varia de acordo com os resultados.
É assim, mesmo.
Aliás, pedir equilibrio e sensatez das pessoas nas derrotas é algo realmente complicado.
Ninguém quer perder. Nenhum perdedor fala das derrotas dando méritos ao adversário vencedor. Ou são poucos que fazem isso.

Vêm aí as quartas-de-final, e se Argentina ou Brasil cair - ou os dois caírem - a carga de duras criticas voltarão à baila.

E assim a vida do futebol vai em frente.....

terça-feira, 12 de julho de 2011

HOJE URUGUAI X MÉXICO AO VIVO

Hoje aqui na Argentina transmito Uruguai x México pela última rodada da primeira fase do grupo C.

Pressinto uma vitória uruguaia, que depois teria de pegar os argentinos nas quartas-de-final.
O time mexicano é muito jovem e já perdeu as duas que jogou nessa Copa América.

Transmissão do Sportv, nove e quarenta e cinco da noite, ao vivo de La Plata, na Grande Buenos Aires.

Lá estarei com os amigos Carlos Eduardo Lino e Vitorino Chermont.

Todos os ingressos foram comprados pela torcida uruguaia.

domingo, 10 de julho de 2011

SE O VULCÃO DEIXAR....

Nesta segunda-feira tentaremos novamente ( Lino e eu ) embarcar para a Argentina.

Na terça temos trabalho em La Plata pela Copa América: Uruguai x México.

Os uruguaios entrarão em campo já sabendo o resultado de Peru x Chile, duas equipes classificadas para as quartas-de-final.

O time uruguaio vai precisar da vitória, na verdade, para chegar a cinco pontos e prosseguir na competição.

Já Brasil e Argentina vivem momento complicado, de apreensão.
Tropeçaram nas duas primeiras rodadas e agora precisam de vitória, só o que interessa.
Os argentinos contra a Costa Rica, segunda.
O Brasil na quarta diante do Equador.

Que Copa América confusa, cheia de surpresas.