quarta-feira, 31 de março de 2010

A NOITE COLORADA

Porto Alegre tem um dia lindo.

Sol pra todos.

Céu de brigadeiro.

Resta saber como será a noite para o torcedor Colorado.

Massa vermelha do Internacional está apreensiva demais.

Jorge Fossati, o técnico, está mais pressionado do que nunca.

Cerro uruguaio, adversário colorado, é líder do grupo.

Vamos conferir atentamente.

Transmissão no Sportv-2, nove e cinquenta da noite.

Eu, Lédio Carmona ( que já deu sua corrida às margens do rio Guaíba ), Luciano Calheiros e Júlio César Santos.

terça-feira, 30 de março de 2010

AMANHÃ EM PORTO ALEGRE

Nesta quarta vou a Porto Alegre.

Com Lédio Carmona, Luciano Calheiros e Júlio César Santos, transmitirei Internacional x Cerro do Uruguai, pela Libertadores.

O jogo é 9:50 da noite e será mostrado pelo Sportv-2.

É o pega do líder ( Cerro ) com o vice-líder, Internacional.
Vale a liderança do grupo.
Se o Colorado ganhar, assumirá a ponta da chave.

Fossati, técnico do Inter, está na parede, pressionado, mas acho que amanhã o time gaúcho vence e respira aliviado.

Galera vermelha deve lotar o Beira-Rio.

AS RÁDIOS NA COPA DO MUNDO

As emissoras de rádio começam a definir suas equipes que irão trabalhar na África do Sul.

Ou pelo menos começam a divulgar os nomes dos profissionais.

Vejo que a Transamérica, comandado pelo amigo Éder Luiz, super competente, levará 11 comunicadores para a cobertura da Copa do Mundo, além do pessoal da área técnica e de produção.

É, sem dúvida, a emissora que viajará com o maior número de jornalistas para o evento.

A maioria das rádios deverá levar dois narradores ( algumas levarão apenas um ) sendo que os demais farão o trabalho aqui do Brasil, via televisão.

Os custos de uma Copa são muito altos. Compreende-se o enxugamento de equipe das rádios.

Deve-se ressaltar também, que em Copa do Mundo as emissoras "pagam" pelas posições nos estádios à cada jogo transmitido no local.
E não é barato.

A maioria das partidas é narrada dos estúdios do Centro de Imprensa, o que impede a viagem de muitos profissionais do microfone ao País da Copa.
Narrar do Centro de Imprensa e narrar aqui do Brasil, via estúdio, dá na mesma.

O veículo rádio é fantástico e certamente a cobertura será excepcional.
Copa é um acontecimento super especial, onde os profissionais molham a camisa e se doam totalmente.

Boa viagem aos companheiros que viajarão, e bom trabalho aos que ficarão no Brasil.
A missão e a responsabilidade são da mesma proporção e importância.

segunda-feira, 29 de março de 2010

ARMANDO NOGUEIRA

Conheci pessoalmente Armando Nogueira em 1991 quando a equipe da TV Bandeirantes viajou para Miami na cobertura da Copa Pelé.

Tendo deixado a Globo no ano anterior, Armando foi convidado por Luciano do Valle para fazer parte do time da Band e sua estréia foi nesse evento nos Estados Unidos.

Narrei jogos da Copa Pelé tendo ao lado dois gigantes da comunicação: Armando Nogueira e Blota Júnior.

Conversei muito com Armando nessa viagem. Suguei da sua experiência descaradamente.
Chegamos até a fazer umas partidinhas de tênis.

Depois disso ainda convivi com o mestre das palavras em alguns outros acontecimentos.

Tive a honra e enorme responsabilidade de gravar algumas de suas crônicas para a TV Bandeirantes.

Fizemos juntos, além da Copa Pelé, o Mundial de 94 nos Estados Unidos, as Olimpíadas de 96 e a Copa da França em 98.

Me lembro quando o computador passou a inundar as redações, Armando dedilhando a velha Olivetti, máquina de escrever que ele só abandonou muito tempo depois.

No Sportv também tive a oportunidade de conviver com ele em várias oportunidades.

Armando, acreano de Xapurí, formou-se em Direito, mas escrever era o que lhe tocava a alma e o coração.
Dirigir, comandar, criar, eram também as suas aptidões.
Lançou o Jornal Nacional em 1966.

Minha singela homenagem ao mestre Armando !!!

sábado, 27 de março de 2010

MAIS UMA GOLEADA ???

Neste domingo transmito Santos x Monte Azul.

O jogo é às seis e meia da tarde e é do Sportv.

Estarei com André Rizek, Carlos Cereto e Edgar Alencar.

Nos dias de hoje jogo do Santos é expectativa de goleada.
Ainda mais porque o adversário do Peixe é o Monte Azul, virtualmente rebaixado.

Santos é líder, o time que mais vence, o que menos perdeu e o que mais fez gols no Paulistão.
Monte Azul nas últimas duas partidas tomou sete gols e não fez nenhum.

SÃO CAETANO X PONTE PRETA HOJE

Depois de um jogo muito bom ontem em São Caetano pela Superliga feminina ( SC venceu o Minas por 3 a 1 ) hoje volta ao ABC.

Seis e meia da tarde a transmissão de São Caetano e Ponte Preta, ao vivo pelo Sportv.

Duas equipes que ainda sonham com o G-4 apenar de ser muito difícil.

Campanhas semelhantes, com a Macaca tendo um ponto mais que o Azulão.

A alvinegra de Campinas jamais derrotou o SC no Anacleto Campanella pelo Paulistão.

Comigo na missão: Carlos Eduardo Lino nos comentários, Carlos Cereto e Edgar Alencar nas reportagens.

sexta-feira, 26 de março de 2010

VÔLEI LOGO MAIS

Chove em São Paulo e daqui a pouco vamos para São Caetano.

Hoje, Superliga Feminina de Vôlei, nove da noite, Sportv2, ao vivo.

Quartas-de-final.

Primeiro jogo da série "melhor de três" entre São Caetano e Minas.

Estarei ao lado do comentarista Marco Freitas e do repórter Marcos Peres.

Vôlei de primeiro nível com quatro campeães olímpicas na quadra: Sheila, Mari, Fofão e a cubana Regla Bell. Além da americana Nancy Metcalf.

quinta-feira, 25 de março de 2010

SEMANINHA PUXADA

Semaninha puxada aqui pro amigo.

Ontem fiz Corinthians x Paulista em Barueri.

Hoje estarei no Bruno José Daniel para Santo André x Monte Azul pelo PFC.

Sexta feira em São Caetano transmitindo jogo da Superliga Feminina.

Sábado volto a São Caetano. Azulão x Ponte Preta pelo Sportv.

Domingo no Rio de Janeiro fazendo "tubo" de Santos x Monte Azul também pelo Sportv.

Será que o "véio" aguenta ????????

terça-feira, 23 de março de 2010

OS MENINOS VÃO EMBORA...

Nos treinos e jogos do Santos têm aparecido gringos de todos os cantos do planeta.

Franceses, alemães, suiços, espanhóis, italianos...

É gente de gravata, pastinha e laptop debaixo dos braços, óculos escuros, celular na orelha.

Os meninos da Vila, geração deste novo século, andam abalando as estruturas do empresariado internacional.

É claro que Robinho, Neymar, André, Wesley, Ganso, têm "donos".
Mas sabe como é, né?

O fato é que o Peixe não irá conseguir segurar essa barra caso apareçam todos os milhões de dólares - ou euros - para o pagamento das multas astronomicas.

Essa meninada não vai poder ficar na Vila Famosa.

Que a torcida santista vá se conformando com o inevitável desfecho.

O mundo inteiro está maravilhado com o que os meninos têm mostrado em campo.

E esse mesmo "mundo" se pergunta como o técnico Dunga ignora craques como Neymar e Ganso às vésperas de Copa do Mundo?

MEU MEIO DE SEMANA

Nesta quarta vou a Barueri.

Corinthians manda seu jogo com o Paulista na Arena local.

O jogo é às 21:50 e com transmissão pelo PFC.

Timão precisa dos três pontos para seguir no páreo para as semifinais.
Embora muitos corintianos digam que o Paulistão é apenas um detalhe, a derrota para o Grêmio Prudente deixou muitos alvinegros de péssimo humor.

O tricolor de Jundiai navega nas águas barrentas do rebaixamento. É o penúltimo colocado.

Estarei em Barueri ao lado de Carlos Eduardo Lino e Carlos Cereto, e é claro com dezenas de amigos da equipe na geração, produção e coordenação dos trabalhos.

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Na quinta-feira vou a Santo André.

O vice-líder do Paulista receberá o fraco Monte Azul às 7 e meia da noite em transmissão pelo PFC.

Campanha extraordinária faz o Ramalhão. Anda grudado no líder Santos e já está praticamente nas semifinais do campeonato.

Estarei com Carlos Lino, Edgar Alencar, Ailton Amalfi e todo o time de transmissão.

Monte Azul, Rio Branco, Sertãozinho e Paulista, têm as quatro piores campanhas do Paulistão.

segunda-feira, 22 de março de 2010

UM AMIGO QUE SE VAI

Mais um amigo que deixa o Plano Físico.

Eu o conheci em 1973 quando fui trabalhar no rádio de Limeira.
Trabalhamos durante toda a temporada cobrindo o Independente local, que foi campeão da quarta divisão paulista na oportunidade.

Formávamos na equipe da Jornal de Limeira: eu narrando, Bigotto nos comentários, ele e Osvaldo Davóli nas reportagens. Lauro Goriel era o nosso comandante técnico.

Viajamos muito naquele ano.
Viagens longas, algumas sofridas, mas de muito aprendizado.

Em Fernandópolis quase morremos. E não é exagero.
Todos no estádio se voltaram contra nós, por ser uma rádio de Limeira, onde no primeiro turno o pau quebrou e fomos responsabilizados por isso.
Fomos encurralados na cabine e depois na pista de atletismo do estádio.
Saimos do estádio por volta de 8 da noite.
O jogo acabou às 18 horas.

A esposa desse amigo estava grávida e quase perdeu o bebê acompanhando a transmissão e as dificuldades que encontramos em Fernandópolis.
* esse bebê hoje é jornalista conceituado em Americana ( Cristian é o nome dele ).

Estou me referindo ao querido amigo FLÁVIO BARBOSA, que nos deixou fisicamente na madrugada deste último domingo, vitima de terrível enfermidade que o consumia há tempos.

Flávio era um grande comunicador. Fez história no rádio do interior paulista.
Recusou convites para trabalhar na capital.
Deu oportunidade a muitos garotos e garotas que acabavam de sair da faculdade de jornalismo.

Flávio era temperamental, pavio curto, não engolia palavras atravessadas.
Porém, seu coração era doce, solidário, ajudava a quem precisasse.

Teve muitos problemas na vida profissional por causa de seu temperamento explosivo, mas sempre agiu com seriedade no desempenho da atividade, retidão, lealdade aos colegas.

Brigava pela ética aos microfones e câmeras.

Honesto ao extremo.

Fica a minha homenagem a este querido amigo e colega.

Como sei que ninguém morre, apenas o corpo material é que falece, fica a certeza de que mestre Flávio já já estará comunicando em outras esferas.

Um talento como o dele não seria desperdiçado pelo Comando Inteligente. E não o será.

Boas outras jornadas, AMIGO !

sábado, 20 de março de 2010

O TIME QUE TORÇO É O......

Com a globalização também no esporte e a facilidade hoje de se ver eventos importantes ao vivo pela televisão e internet, todo mundo se liga freneticamente em tudo o que ocorre lá fora.

A cada momento alguém me pergunta para qual time EUROPEU eu torço.

Fico sem jeito em desapontar os perguntadores, especialmente a garotada, mas respondo NENHUM.
Se aqui no Brasil não consigo torcer para nenhum clube fora de São Paulo, meu estado, o que dirá de agremiações estrangeiras com as quais não tenho nenhuma ligação afetiva.

Não me espanta, mas fico admirado em ver a garotada e mesmo os jovens e adultos se ligarem nos clubes de Espanha, Itália, Alemanha, França, Portugal, Inglaterra, especialmente pelo fato de não haver a tal "ligação afetiva" que me referi acima.

Hoje, por exemplo, me ligo apenas nos resultados do Rio Branco de Americana, por ser da minha cidade e um clube que aos 10 anos de idade já era frequentado por mim.

Mas ainda assim, não sofro, não perco o sono, nada disso.

Aliás, futebol é divertimento, entretenimento, um grande sarro. Só isso.

Levar muito a sério a ponto de descontrole emocional e irritabilidade junto à família, não tem nada a ver com inteligência e bom senso.

Importante é levar a sério o trabalho, a familia, a saúde, as responsabilidades do dia a dia e o respeito ao próximo.

Ressalto que a seriedade tem de existir entre os profissionais do futebol - jogadores, treinadores, preparadores, massagistas e etc. - além dos comunicadores de rádio, jornal e televisão.
Isso tudo é um trabalho.

Mas o torcedor não PODE se deixar levar seriamente pelo futebol e seus desdobramentos.
Curta, se divirta, fique bravo com as derrotas, mas sem passar dos limites.

A palavra certa é EQUILIBRIO.

E se esse post parece lição de moral ou coisa parecida, desculpem, mas é o que penso e acho importante sempre registrar.

sexta-feira, 19 de março de 2010

SÁBADO E DOMINGO - JORNADAS

Neste sábado transmito Santo André ( vice-líder do Paulistão 0 e Bragantino ( correndo o risco de cair ) às sete e meia da noite, ao vivo do ABC, pelo Sportv.

Carlos Eduardo Lino vai comentar e as reportagens serão de Marco Aurélio Souza e André Hernan.

Às seis da tarde estaremos no programa TÁ NA ÁREA.

No domingo vou ao Morumbi.
São Paulo e Mogi Mirim, pelo Paulistão.
O jogo é às 17 horas.
Transmissão do PFC.
Novamente estarei ao lado do amigo Carlos Eduardo Lino, tendo nas reportagens a querida Laura Fonseca.

No domingo participaremos do TÁ NA ÁREA às 16 horas.

quarta-feira, 17 de março de 2010

QUEM VAI GANHAR A COPA DO MUNDO ?

Com a aproximação da Copa do Mundo as pessoas me perguntam sobre os favoritos e quem poderia surpreender?

Nunca houve uma zebra em Copa no que diz respeito ao titulo e dessa vez acho que também não haverá.

Dificilmente o caneco não ficará com os favoritos de sempre: Brasil, Itália, Argentina, Alemanha, França, Inglaterra, Espanha e paramos por ai.

Não acredito em Portugal, Holanda, seleções africanas e por aí afora.

Quando me perguntam sobre o Brasil, digo que tudo vai depender dos jogadores.
Em 2006 nossa seleção chegou voando, tinindo, e apontada como a grande candidata ao titulo.
Deu no que deu.
Claro que houve muitos erros, indisciplina, desleixo de comando, mas talentos a gente tinha de sobra.

Este ano na África do Sul o Brasil tem menos talentos, mais força física, um treinador sem experiência, mas um grupo que pode dar certo. Todos sabem jogar bola. E com vivencia internacional.

Inglaterra e Espanha, por exemplo, vêm jogando o melhor futebol, juntamente com o Brasil.

Mas é bom lembrar também que Copa é um torneio. Pode trair.
Tem as fases do mata-mata.

Mas já podem começar a apostar.

Está chegando o grande momento do futebol mundial.

O planeta para pra ver a bola rolar na Copa.

terça-feira, 16 de março de 2010

MOURINHO VERSUS ANCELOTTI

Enquanto um jornal gozador da Itália faz enquete para saber se beatifica ou não a esposa do técnico José Mourinho - por ela aguentar a rabugice do cidadão - hoje ele enfrenta o Chelsea em Londres com a sua Internazionale.

Mourinho volta ao estádio Stamford Bridge, onde até 2007 dirigia o adversário desta terça-feira.

Vale vaga nas quartas-de-final da Liga dos Campeões. Primeiro jogo em Milão foi dois a um para a Inter.

Mourinho em três anos comandando o Chelsea, jamais perdeu nesse estádio londrino em competições nacionais.

Pra quem gosta de acompanhar o futebol internacional, a pedida é boa.
Hoje às 16:45 no horário de Brasília.
Transmissão da ESPN.

É Mourinho contra Carlo Ancelotti.
Anelka versus Eto'o.
Júlio César, Maicon e Lúcio também em campo.

QUINTA FEIRA NO MORUMBI

Quinta-feira vou ao Morumbi.

Transmissão do Sportv às 9 e meia da noite.

São Paulo x Nacional do Paraguai, pela Libertadores.

Tarefa aparentemente fácil para o tricolor. Semana passada o São Paulo ganhou do Nacional em Assunção por dois a zero, gols de Washington.

Nacional é de 1904 e tem sete títulos nacionais. É um clube médio do Paraguai.
Quinta Libertadores do Club Nacional.

É a primeira rodada do returno do grupo.

Até aqui o Tricolor ganhou do Monterrey (2 a 0) e do Nacional(2 a 0) e perdeu na Colômbia para o Once Caldas por dois a um.

O time paraguaio vem de três derrotas. Praticamente eliminado da competição.

Faço a transmissão pelo Sportv ao lado dos amigos Carlos Eduardo Lino, Marco Aurélio Souza e Edgar Alencar.

segunda-feira, 15 de março de 2010

SEMANA CHEIA

Passadas as emoções do fim de semana, o jeito é olhar para a frente e ver o que vem por ai.

Semana de Copa do Brasil, Libertadores e amistosos importantes.

Dois amistosos interessantes: México x Coréia do Norte (nosso adversário na Copa) e Cruzeiro x África do Sul em Belo Horizonte.

Na Copa do Brasil o Santos vai a Belém pegar o Remo.
E ainda na capital paraense, o Palmeiras (super reabilitado) vai encarar o Paysandu.
Santos e Palmeiras vão se reencontrar pelos aeroportos e hotéis no meio de semana.

Imagino o torcedor de Belém do Pará esfregando as mãos para ver Peixe e Verdão de perto.

Ainda pela Copa do Brasil, o representante caipira paulista, Votoraty, pegará o Grêmio Portoalegrense na quarta, em Votorantim. Boa atraçao para a rica região de Sorocaba.

Vascão vai pegar o ASA de Arapiraca no Nordeste.
Botafogo em Recife contra o Santa Cruz. Casa cheissima, com toda a certeza.

Libertadores só não terá o Cruzeiro em campo esta semana, entre os brasileiros.
Flamengo no Chile, Corinthians em Assunção, Inter em Montevidéu e o São Paulo atuando no Morumbi diante do Nacional paraguaio.

Pura emoção, portanto, neste meio de março.

sábado, 13 de março de 2010

CLÁSSICO É CLÁSSICO, GENTE!

Já ouvi de pelo menos uns cinco ou seis torcedores do Palmeiras que amanhã na Vila a coisa vai ficar mais feia ainda para o Verdão.

Todos admitem que o Peixe está jogando muita bola e que não terá como sair do clássico com um resultado positivo neste domingo.

A todos eu disse que o Santos realmente atravessa uma fase fantástica, mas que em clássicos nem sempre o momento do campeonato é confirmado em campo.

Esses confrontos locais ou regionais têm peculiaridades que a história confirma.

A fase deste ou daquele time normalmente não é válida para os clássicos.
Parece que é outro jogo, de um campeonato à parte.

Essa é a esperança do torcedor palmeirense para este domingo.

Time por time, fase por fase, o Santos é o favorito, indiscutivelmente.
Mas é bom respeitar a força da camisa verde do Parque Antártica.
A mística da camisa em clássicos costuma jogar.

Sinto que esse Santos e Palmeiras poderá surpreender a muitos prognósticos.

Mas é apenas um sentimento.
Pois a molecada do Peixe está esmerilhando, como dizia Osmar Santos em suas narrações.

Um grande jogo.
De linda história.
De fortes emoções, sem nenhum dúvida.

sexta-feira, 12 de março de 2010

DOMINGO NO MORUMBI

Minha escala do fim de semana me manda para o Morumbi.

Domingo, cinco da tarde.

Tricolor recebe o debilitado Rio Branco de Americana.
O meu Tigre não ganha há cinco rodadas e já está no bloco do rebaixamento há três rodadas.

SP e RB não se enfrentam desde 2007 quando o alvinegro americanense disputou a série A1, caindo nesse mesmo ano.

É jogo para o time de Ricardo Gomes faturar os três pontos sem muitas dificuldades.
Mas o futebol precisa ser jogado e no fundo o Tigre tem alguma esperança de aprontar.
Acho muito difícil.

Estarei com os amigos Vagner Vilaron e Alexandre Oliveira em transmissão do PFC.

MORREU EUSÉBIO

Mais um perda humana.

Perde a vida o ex-jogador do Santos, Eusébio.
Carlos de Jesus Eusébio.

O Zébinho, como era carinhosamente chamado.

Foi num acidente de carro entre Piracicaba e Santa Bárbara D'Oeste, sua cidade natal.

Tinha 58 anos de idade.

Eusébio fez dupla com Pelé no Peixe, década de 70.
Campeão paulista naquele titulo dividido com a Lusa em 1973.

Jogou por dez anos no futebol mexicano, onde deixou seu nome fortemente registrado.

Alegre, família, de grande coração, Zébinho passou pela vida terrena com muita luz no coração.

Entidade muito querida por todos.

Foi um grande jogador, mas principalmente uma grande alma.

Revelado no União Agrícola Barbarense.

Vai com Deus, querido Zébinho.

quinta-feira, 11 de março de 2010

AMIGOS QUE SE VÃO

O tempo é implacável e a morte física mais ainda.

Vira e mexe vêm as noticias de personalidades do rádio que partem para outras jornadas.

Perdeu a vida física há poucos dias o comentarista da Cidade de Jundiaí, Capitão Bonassi.
Batemos muitos papos no estádio Jayme Cintra antes dos jogos.
Educado, centrado, eu o tinha como uma figura elegante no trato com o semelhante.
Amava o Paulista de Jundiai.

Morreu há poucas horas o grande noticiarista do rádio brasileiro, Ciro César Silvério.
Me lembro da voz forte e segura de Ciro nos tempos da Tupi de São Paulo, década de 60.
Estava há muito tempo na Jovem Pan e era voz marcante no jornalismo da emissora.
Ainda no domingo, indo para Barueri, ouvi Ciro noticiando com a categoria de sempre.
Mas percebi que sua voz já estava cansada.

Que esses amigos façam a passagem com serenidade e a certeza do dever cumprido por aqui.

Nossas homenagens e respeito.

BRASIL EM CAMPO HOJE

Corinthians e Flamengo foram bem ontem.

Timão empatou fora e o Mengão passou com facilidade pelo Caracas.

Hoje os outros brasileiros entram em campo com a grande responsabilidade de salvar pontos fora de seus domínios.

Às sete da noite o São Paulo pega o Nacional em Assunção e sinto que o tricolor não perderá essa.
O time paraguaio não aguentou o Once Caldas em casa na primeira rodada - perdeu por dois a zero - e a tendencia é tmabém não aguentar o São Paulo na noite de hoje.

Às 21:15 o Cruzeiro enfrenta o Deportivo Itália na capital venezuelana.
O Deportivo já perdeu em casa e fora nessa Libertadores.
O time cruzeirense é bom, Adilson Batista é competente e o Deportivo é inferior tecnicamente. Por tudo isso acho que dá Raposa.

E às onze e meia da noite o Internacional entra em campo para pegar o Deportivo Quito, em Quito.
Segunda rodada.
O Colorado ganhou do Emelec em Porto Alegre mas ficou devendo futebol pra sua galera.
O time equatoriano faz sua primeira partida em casa.
Perdeu em Montevidéu para o Cerro por dois a zero na primeira rodada.
Sinto que dentre os três brasileiros em ação na noite de hoje, o time gaúcho é o que terá maiores dificuldades.

Mas é tudo "achismo".
Vamos esperar o rolar da bola e conferir.

RODADA TRIPLA NO SPORTV

Hoje às 7 da noite o Sportv mostra Nacional x São Paulo, ao vivo de Assunção.
Milton Leite e André Rizek na comunicação.

Depois às 21:15h tem Deportivo Itália x Cruzeiro, com Luiz Carlos Jr. e Lédio Carmona.

E às 23:30 tem Deportivo Quito x Internacional, ao vivo de Quito, com Eduardo Moreno e André Lofredo.

Nossa torcida pelos brasileiros na Libertadores.

Pelo menos, a minha.

quarta-feira, 10 de março de 2010

HÁ QUASE 30 ANOS...

Nos tempos de Fórmula 1 pela Rádio Bandeirantes ao lado do amigo Edgar Mello Filho, 1981 e 1982, estávamos em Madri e vivemos um fato marcante.

Saindo de almoço na Gran Via - a grande avenida da capital espanhola - presenciamos um atropelamento de uma senhora de idade na faixa de pedestres.

O causador do acidente fugiu e as pessoas ficaram atônitas com o acontecimento.

Corremos para socorrer a idosa senhora.

Prestamos os primeiros socorros e logo sentimos que nada de grave havia ocorrido com ela.

Apenas algumas escoriações.

Acompanhamos a acidentada até seu apartamento, que não ficava muito distante dali.

Lá chegando, uma irmã residia com ela e logo se apressou em fazer os curativos que se faziam necessários.

Recuperada emocionalmente, a velha senhora nos cobriu de agradecimentos e queria de qualquer maneira nos retribuir pela gentileza.

É claro que não quisemos nada em troca e procuramos tranquiliza-la do ocorrido, dizendo que o mais importante era o seu bom estado de saúde.

Nós nos despedimos das duas irmãs e fomos embora, certos de que nada grave houvera acontecido com aquela simpática e doce senhora.

No dia seguinte, pouco antes de deixarmos o hotel, vieram nos trazer um presente "anonimo".

Um lindo bolo de chocolate, todo enfeitado.

Era um presente da senhora que socorremos.

Indignados sobre como ela teria descoberto onde estávamos hospedados, nós nos lembramos de que no papo pós-acidente chegamos a citar o nome do hotel.

E depois, que as duas irmãs descobriram o nosso apartamento citando "dois brasileiros" ao recepcionista.

Uma gostosa lembrança de nossa passagem pela capital espanhola.

Fizemos o que o coração mandou. E tivemos em troca o amor daquelas lindas criaturinhas com a singeleza de seus sentimentos puros.

Há quase 30 anos...

terça-feira, 9 de março de 2010

TODOS EM CAMPO - E FORA DE CASA

Galeras de Cruzeiro, Corinthians, Flamengo, Inter e São Paulo têm um grande prato a degustar neste meio de semana.

Esperamos que a digestão de todos seja boa, sem azia e fermentações.

Libertadores, pra que te quero!

E todos atuando fora do País.

Timão jurando que não há crise entre Mano e os jogadores, sobe para Bogotá e pega o Independiente de Medellin.
E já na próxima semana vai a Assunção topar o Cerro Porteño.
A meta alvinegra nesta quarta na Colômbia é um belo empate.

São Paulo, do recuperado Ricardo Gomes - felizmente - joga na quinta na capital paraguaia com o Nacional, último colocado do grupo.
Sinto que dá pra ganhar essa parada, mesmo o tricolor não estando do jeito que a sua galera quer.

Colorado gaúcho em Quito na quinta, onze e meia da noite, horário Brasília.
O problema das alturas é que oderá atrapalhar a jornada do Internacional.
A altitude é um dos grandes adversários brasileiros na Libertadores.
A vitória sobre o Emelec na primeira rodada deixou a massa colorada preocupada.
Foi muito apertado o placar.

E o Cruzeiro?
A velha e boa Raposa mineira joga em Caracas, sem altitude pra atrapalhar, diante do Deportivo Itália, que já tem duas derrotas na bagagem.
Aqui dá pra acreditar nos três pontos viajando para BH.
O jogo é na quinta-feira.

Também em Caracas, o Flamengo ( sem Adriano ) encara o time do mesmo nome da capital venezuelana.
É na quarta, nove e cinquenta da noite, horário Brasilia.
A vitória sobre a Universidad Católica foi pro gasto. Só isso.
Rubronegro tem time para jogar mais nessa Libertadores. E vai ter de jogar mais.

Em resumo, Libertadores é sempre emocionante, ainda que no início de fase.
Todo jogo é valioso, todo ponto somado é riquíssimo.
Ponte perdido, então, é algo que lá na frente pode ser fatal.

Essas cinco grandes torcidas brasileiras ficam de olho na tevê com o coração acelerado.

Boa sorte aos clubes cá da terrinha.

segunda-feira, 8 de março de 2010

DOIS MESES PARA O BRASILEIRÃO

Saiu a tabela do Brasileirão, séries A e B.

Daqui a dois meses a bola começa a rolar.

Em 6 de junho o campeonato para e volta somente no dia 14 de julho.

Espaço para a Copa do Mundo, evidentemente.

Focalizando os times paulistas, teremos o Palmeiras estreando diante do Vitória no Palestra.

Corinthians vai jogar em casa com o Atlético Paranaense.

Tricolor do Morumbi pega o Flamengo no Rio.

Santos também joga na Cidade Maravilhosa enfrentando o Botafogo.

Guarani, de volta à série A, faz choque verde com o Goiás em Campinas.
É o clássico GG.

O Grêmio Prudente, ex-Barueri, encara o Avaí na Ressacada.

LÁ VÊM PROCESSOS

Fico sabendo que vários árbitros brasileiros resolveram praticar o "bateu, levou".

Não faz muito tempo, Leonardo Gaciba processou um jogador no Rio Grande do Sul.

Agora, juizes de São Paulo decidem levar à Justiça todos aqueles que forem levianos em declarações públicas.

Domingo, por exemplo, na Arena de Barueri, logo após Corinthians x São Caetano, o lateral Roberto Carlos voltou a falar do clássico com o Santos e reiterou que o árbitro José Henrique de Carvalho estava com "más intenções".

Soube agora a pouco que o citado árbitro vai processar o jogador do Corinthians, bem como um repórter de televisão, que na transmissão do clássico teria dito: "o juiz José Henrique de Carvalho avisou que vai prejudicar o Corinthians no segundo tempo".

Cada um busca defender seus interesses, sabemos disso, mas concordo que muita gente do futebol exagera nas declarações, ultrapassando os limites entre a análise técnica e o aspecto pessoal.

Criticar é uma coisa, cometer leviandade é outra bem diferente.

E árbitro de futebol é gente. Tem família, honra, cidadania.

DÁ PRA CONTAR COM ADRIANO ?

Será que a Seleção Brasileira vai poder contar com Adriano na Copa?

Do jeito que ele se identifica com problemas fora de campo, fica a dúvida se Dunga poderá contar plenamente com o futebol do atacante do Flamengo.

Dunga é sério, profissional, era assim enquanto jogador, e não seria diferente agora.

E se o treinador for coerente, Adriano já deve estar fora da Seleção.

Dunga foi duro com Ronaldinho Gaúcho e André Santos, exatamente por problemas comportamentais, e neste momento não pode ser incoerente.

Adriano é problema.

Está sendo um problema para o Flamengo.
Foi problema quando estava no Exterior.

Seria diferente na Seleção em um evento tão especial como a Copa?

A não ser que o nosso treinador queira se comportar como um presidente que conhecemos, que faz questão de NADA VER e de NADA SABER.

domingo, 7 de março de 2010

HOJE EM BARUERI

Hoje, domingo, vou a Barueri.

Outra vez com as atenções voltadas para o jogo da Libertadores em Bogotá quarta-feira, o Corinthians entra em campo pelo Paulistão.

Vai pegar o embalado São Caetano, que não perde há quatro rodadas e está de olho no G4.

O jogo é as cinco da tarde na Arena.

A transmissão é pelo PFC.

Estarei com Vagner Vilaron e Alexandre Oliveira.

Aliás, meu amigo Vagner Vilaron agora é do time do Estadão.
Deixou o Diário de São Paulo.

Desde as 4 da tarde estaremos à disposição do programa TÁ NA ÁREA do Sportv.

Previsão de sete a oito mil pessoas na Arena.

Saio de Americana pela Anhanguera, depois a Bandeirantes e posteriormente o Rodoanel.
Viagem normalmente tranquila e que deve durar uns 55 minutos.

sábado, 6 de março de 2010

PÉ NA ESTRADA

Enquanto meus amigos pegam um avião com destino a São José do Rio Preto e depois pé na estrada até Itápolis, saio da minha Americana logo depois do almoço.

Prefiro ir via terrestre por estar praticamente há 200 km de Itápolis, com estradas ótimas e por isso vários pedágios.

Pego a Anhanguera, depois Washington Luís, passo Araraquara e entro na SP 333.

Gosto de viajar pelas estradas do interior paulista.

A paisagem é maravilhosa.

É do meu chão. É o meu pedaço.

A importância do jogo - Oeste x Prudente - é o que menos interessa. Vale o trabalho, o produto a ser oferecido ao telespectador. E vale a companhia dos amigos e colegas de transmissão.

Nossa transmissão é à partir das 7 da noite. Antes, participaremos do TÁ NA ÁREA, dos amigos Luiz Carlos Jr e Vanessa Riche.

No domingo transmito pelo PFC o jogo do Corinthians com o São Caetano, em Barueri, cinco da tarde.

Bom fim de semana, amigos.

sexta-feira, 5 de março de 2010

CRITICAR É UMA ARTE

Criticar é uma arte.

Fazer críticas não é desrespeitar quem está sendo criticado.

Muitos criticos passam dos limites, infelizmente.
Câmeras e microfones inibem muita gente, mas quem trabalha com eles se sente à vontade, cresce na sua pretensa "autoridade" e acaba sendo desrespeitoso, invariavelmente.

Jornalismo é acima de tudo, responsabilidade, ética, respeito.

Há momentos que me sinto mal com atitudes de colegas que se julgam "o máximo" e se vêm no direito de falar o que bem entender.

Por detrás de um profissional do esporte, seja ele de qualquer modalidade, há um ser humano, uma família, pessoas queridas, que precisam ser respeitados.

Sempre disse que a atividade de comentarista ( em qualquer órgão de comunicação ) é o maior desafio de um profissional jornalista.

É dificil você expor suas opiniões numa modalidade esportiva, especialmente o futebol, sem que seja contestado, avaliado, julgado.

E quando é hora de criticar um profissional do esporte, é mais dificil ainda.
É preciso avaliar os limites de até onde a critica pode e deve chegar.

Ficando apenas no lado técnico da avaliação, tudo bem.
Mas se esbarrar no lado pessoal, o comentário é descabível, injustificável.

Poucas pessoas sabem discernir.

E quem ainda não aprendeu, resvala na ofensa, na agressão verbal, no acinte aos principios da educação e do jornalismo.

Infelizmente.

FIM DE SEMANA

Neste sábado transmito Oeste x Grêmio Prudente em Itápolis.

O jogo é às sete e meia da noite, ao vivo pelo Sportv.


No domingo vou a Barueri, onde o Corinthians enfrenta o São Caetano.
O mando é do Azulão, que resolveu jogar na Arena de Barueri.

Essa partida é às cinco da tarde.

quinta-feira, 4 de março de 2010

HOJE EM JUNDIAI

Mais uma transmissão pelo Sportv hoje.

Jundiai.

Paulista pressionado pelo rebaixamento pegando o líder Santos, nadando de braçada no campeonato.

Peixe vem de nove vitórias consecutivas, juntando Paulistão e Copa do Brasil.
Que fase!

Santos perdeu em 24 de janeiro para o Mogi Mirim. E só.

Tricolor da Terra da Uva não vence há quatro partidas.
Sinal de alerta ligado no Jayme Cintra.

Paulista não derrota um grande do futebol paulista desde 2007.

O jogo é às 9 da noite pelo Sportv.
Estarão comigo na transmissão: Mauricio Noriega, Matheus Soares e Carlos Cereto.
Mais todo o time de geração, produção, coordenação, edição.
Uma penca de ótimos profissionais em ação.

quarta-feira, 3 de março de 2010

FUTEBOL A DAR COM PAU

Hoje é aquilo que chamamos de SUPER QUARTA.

Futebol a dar com pau, como diria meu saudoso pai.

Grandes amistosos internacionais, os estaduais pela Terra Brasilis, as divisões menores e suas emoções. Tudo de bom.

Particularmente, torço por uma boa estréia do técnico Giba, Antonio Gilberto Maniaes, à frente do Rio Branco de Americana.
O jogo é em Prudente contra o Grêmio.

Tigre está perigando na classificação e hoje estaria rebaixado.

Pra piorar as coisas, as autoridades não liberam o estádio Décio Vitta de jeito nenhum.
A diretoria diz que atendeu à todas as exigências, fez as obras pedidas, limpou o estádio, pintou, mas a Polícia Militar e o Ministério Público não liberam.

Para a Federação Paulista, tá tudo certo.

É o único estádio dentre os paulistas que não foi liberado.
E o DV abriga jogos do campeonato paulista desde 1979.

E ninguém diz aonde é que está "pegando".

Muito estranho.

terça-feira, 2 de março de 2010

MUDANÇA NA ESCALA

Para a transmissão desta quarta entre Bragantino e São Caetano, o comentarista é Carlos Eduardo Lino e não Mauricio Noriega.

O amigo Norí apresenta o Arena Sportv e por isso não viaja para Bragança Paulista.

Participaremos do TÁ NA ÁREA às 18:45h.

O jogo é às sete e meia da noite, ao vivo no Sportv.

DUNGA, FELIPÃO, RONALDINHO E ROMÁRIO

Em 2002 tivemos muita discussão sobre o veto de Luis Felipe Scolari ao atacante Romário.

Agora é Dunga deixando Ronaldinho Gaúcho de fora da Copa.
E isto deve se consumar.

No caso de Felipão, a Seleção foi campeã e tudo acabou bem.

Se Dunga ganhar o Mundial da África do Sul, vai acontecer a mesma coisa.

Se perder o título, não faltarão os inevitáveis "tá vendo?" ou ""se Ronaldinho tivesse ido seria diferente""...e muito mais.

O treinador tem de arriscar, sempre.
Dunga acredita nos fiéis seguidores de sua filosofia e não abre mão disso.

Os observadores mundiais não entendem como o técnico da CBF pode prescindir do talento de Ronaldinho.

Mas a decisão é dele ( e de Jorginho, evidentemente ).

Me lembro que em 1966 a então CBD - Confereração Brasileira de Desportos - quis levar todos os bicampeões mundiais disponíveis para a Inglaterra - muitos contundidos e em final de carreira - limou jogadores que estavam em fase técnica muito melhor e o resultado foi trágico.

Na verdade, sempre haverá contestações.
Com a seleção brasileira nunca foi diferente.
Uma das exceções em termos de convocação aconteceu em 2006 na Copa da Alemanha, quando o nosso time era apontado como franco favorito, tivemos poucos protestos quanto à lista, e não ganhamos o titulo.

QUARTA EM BRAGANÇA PAULISTA

Quarta-feira estarei em Bragança Paulista.

Sportv transmite às 19:30h o jogo entre Bragantino e São Caetano, pela décima-segunda rodada do Paulistão.

Mauricio Noriega, Marcelo Hespaña e Marco Aurélio Souza nessa também.

Estádio Nabi Abi Chedid tem um belo restaurante e a "linguiça" é a grande atração da casa.
Pessoal chega mais cedo só pra devorar os pratos ou o saboroso sanduiche da dita cuja.

Bragantino tem cuidado muito bem do seu estádio.
Boas acomodações para a imprensa, vestiários, gramado novo, camarotes, banheiros limpos.

Quanto ao jogo, o Braga procura se manter na série A1 e também disputar o titulo do interior.

Já o Azulão até sonha com vaga no G4, pois a campanha é boa. Está distante apenas 3 pontos do quarto colocado, que é o São Paulo.

Robério Pereira Pires será o árbitro.

segunda-feira, 1 de março de 2010

TEM BRASIL EM CAMPO

Faltando pouco mais de três meses para a abertura da Copa, a Seleção de Dunga joga nesta terça-feira em Londres com os irlandeses.

Seleção que por sinal está praticamente definida, segundo o próprio treinador da CBF.

Pato, Ronaldinho Gaúcho, Neymar, Ronaldo e outros, verão a Copa pela televisão.

Não entra mais ninguém na lista. A não ser que tenhamos contusões sérias e que afastem relacionados.

O Brasil fez o primeiro jogo contra os irlandeses em 1974.
De lá para cá foram cinco partidas, com três vitórias brasileiras, um empate e uma vitória da Irlanda ( esta em 1987 na cidade de Dublin ).

Houve alguns amistosos da seleção brasileira contra combinados irlandeses, reunindo jogadores da Irlanda do Norte e o Eire.

Me lembro de ter transmitido pela rádio Bandeirantes um jogo em Uberlândia, 1982, véspera da Copa da Espanha, quando o Brasil goleou os irlandeses por 7 a 0 ou 7 a 1....Por ai.

Se não me engano, esta partida fez parte das comemorações de inauguração do estádio Parque do Sabiá, hoje chamado de João Havelange.

Nas mãos de Dunga o Brasil já fez 15 jogos na Europa, com onze vitórias, três empates e apenas uma derrota ( para Portugal em 2007 ).

A MESMA LADAINHA

Só tenho acompanhado as coletivas pós-jogo por questões profissionais.

A ladainha é a mesma, sempre.

Técnicos que perdem continuam reclamando das arbitragens, botando toda a culpa nelas.

Técnicos vencedores nem tocam no assunto arbitragem.

São lances de um oportunismo intrigante.

As respostas são convenientes para aliviar os erros dentro de campo.

Na cabeça dos técnicos perdedores, somente os juizes são os responsáveis pelas suas derrotas.

Os gols perdidos pelos atacantes, os erros táticos, as falhas do meio de campo e da defesa, não são levados em conta nas derrotas.

Digo que é oportunismo, para não dizer que é covardia dos treinadores que perdem.