quinta-feira, 30 de abril de 2009

UM DOMINGO TÉTRICO

Naquele "primeiro de maio" de 1994 eu acordei cedo e fiz algo que dificilmente fazia.

E o fiz principalmente pelo que havia ocorrido nos treinos para a corrida daquele domingo, ou seja, os acidentes e a morte de um piloto.

Particularmente achei um absurdo que aquele GP não tivesse sido cancelado.

Mas liguei a televisão e antes da largada fui lendo os jornais do dia.

Entre uma notícia e outra, olhei para a telinha e vi aquela imagem que depois ficou marcada, a de Senna com o semblante fechado nos boxes, como a reprovar a realização da prova ou a pressentir algo muito pior.

Dada a largada e logo depois o que todo o planeta viu, sentiu, chocou-se e chorou.

Eu ia para São Paulo transmitir um clássico no Morumbi - nem me lembro qual - e ainda tinha o encargo de levar meu filho e um amigo para a Capital.

Pegamos a estrada e de ouvidos no rádio fomos acompanhando todo o drama envolvendo o noticiário sobre o nosso grande campeão. Que na verdade já deixou o autódromo sem vida.

Foi um domingo tétrico.

Me lembro de saber da confirmação oficial da morte de Ayrton pelo placar eletronico do Morumbi, pouco depois de uma da tarde, antes do nosso trabalho pela Band.

As pessoas chegavam ao estádio abatidas, pálidas, meio que não acreditando no que havia ocorrido. O Brasil chorava de dor. Era um sentimento de perda de alguém da família.

Correu o papo de que não haveria a rodada. Mas a insensibilidade dos dirigentes brasileiros também deu de ombros para o lamentável acontecimento. E a bola rolou.

Mas rolou sem nenhuma graça. Sem a emoção que o futebol proporciona.

Os torcedores olhavam para o gramado, mas o coração e a mente estavam distantes.

Foi um dos domingos mais tristes que o brasileiro teve. É claro que lágrimas caíram por todo o Planeta, mas foi aqui que a dor se apresentou como muito maior.

Tudo isso foi há 15 anos. Num "Primeiro de Maio" que jamais será esquecido.

Senna foi vítima de um acidente até hoje mal explicado. Mal definido. Há muitos interesses comerciais no mundinho da F1. Qualquer responsabilidade que se assumisse nesse processo poderia manchar marcas e fabricantes, além da própria diretoria da Federação.

Porque, na verdade, aos homens riquíssimos da categoria só interessam os resultados. Pilotos são bonequinhos que sentam nos bólidos. São meros detalhes para os frios e calculistas executivos da F1.

Aproveito para substituir "frios e calculistas" por DESUMANOS.

Não há outra definição.

terça-feira, 28 de abril de 2009

RONALDO EM CURITIBA

Fico sabendo aqui em Curitiba que Ronaldo está chegando e que o hotel que vai acolher a delegação do Corinthians já tem esquema super especial de segurança.

Por onde passa o homem mexe com as estruturas.

Todos os ingressos para Atlético-PR x Corinthians foram comprados. À par da paixão do torcedor atleticano pelo Furacão, tem a cota da torcida paulista do alvinegro, que é muito grande em todo o Estado.

A Arena estará engalanada para o grande espetáculo, com certeza.

Leio que o lateral Roberto Carlos dá o ar da graça e se diz disposto a voltar a jogar no Brasil. Ao mesmo tempo aconselha Ronaldo, o Fenomeno, a não retornar à Seleção Brasileira.

O assunto Ronaldo de volta ao selecionado é complexo. Merece muita reflexão. É papo para horas e horas. Voltaremos a mexer nesse vespeiro.

segunda-feira, 27 de abril de 2009

CORINTHIANS NA ARENA DA BAIXADA

Viajo nesta terça-feira para Curitiba.

Quarta pela manhã participarei do programa REDAÇÃO SPORTV à partir das nove e meia da manhã, ao vivo da capital paranaense, ao lado do amigo repórter Alexandre Oliveira e do também querido Raul Plasmann.

Nós três trabalharemos na transmissão de Atlético e Corinthians, no Sportv-2 e PFC Internacional, quarta, nove e cinquenta da noite, ao vivo da Arena.

As duas equipes estão na iminência de ganhar seus respectivos estaduais. O Furacão precisa ganhar do Cianorte no próximo final de semana, enquanto o Corinthians pode até perder por dois gols de diferença para o Peixe.

Nesse choque pela Copa do Brasil, quarta-feira, o retrospecto aponta que o Furacão não derrota o Timão desde 2004. Nas últimas seis partidas, nenhuma vitória do Atlético.

Futebol paranaense jamais decidiu a competição.

O classificado de Atlético-PR e Corinthians irá pegar o ganhador de Goiás e Fluminense.

Arbitragem pernambucana nesta quarta na capital do Paraná. Nielson Nogueira Dias vai apitar, auxiliado por Ubirajara Ferraz Jota e Luciano Coelho Cruz.

Mano Menezes ainda não definiu se Ronaldo joga. O artilheiro do Furacão na temporada é um ex-corintiano, Rafael Moura. Ele já fez 15 gols este ano.

QUE SEMANA !!!

Enquanto as decisões dos estaduais só acontecem no final de semana, Libertadores e Copa do Brasil prosseguem normalmente e com esperados pegas.

Já na terça-feira tem o Grêmio pegando o fraco Boiacá Chicó para encerrar participação na primeira fase e focalizar os compromissos na sequencia. O jogo é às sete e meia da noite com transmissão do Sportv.

Quarta define-se o grupo de Palmeiras e Sport. Verdão vai contar com o dedo mágico de Luxemburgo para vencer o Colo Colo. Não resta outro resultado ao Palmeiras. É ganhar ou sair da Libertadores.

Os dois jogos: Colo Colo x Palmeiras......LDU x Sport.....vão começar às 21:50.

Quarta-feira de muita movimentação pela Copa do Brasil.

Americano e Ponte Preta se enfrentam em Campos. Sete e meia da noite com a presença do Sportv ao vivo.

O Coritiba, ainda com chances de ser campeão estadual, vai a Maceió encarar o CSA que desbancou o Peixe em plena Vila Belmiro. O jogo é às 20:30.

Jogão no Barradão. Vitória recebe o Galo de Emerson Leão. Um Galo ferido pela sapecada que levou do Cruzeiro e que evidentemente jogou a toalha na decisão mineira. É um clássico do futebol brasileiro esse Vitória x Atlético.

Flamengo e Fortaleza se enfrentam pela primeira rodada desta fase da Copa do Brasil. Lembrando que a partir de agora há a obrigatoriedade dos jogos de ida e volta. Dois gols de diferença não eliminam a segunda partida.

Náutico x Internacional é outro grande jogo da quarta-feira nos Aflitos. É o confronto do vicecampeão pernambucano e do bicampeão gaúcho.

Outro jogo bom vai acontecer na Arena da Baixada. Virtuais campeões em seus Estados, Atlético e Corinthians devem fazer um belíssimo espetáculo. Casa cheia e muitas emoções nesse pega entre o Furacão e o Timão.

Na quinta-feira haverá duas partidas pela Copa do Brasil: Vasco x Icasa....Goiás x Fluminense. Duas transmissões do Sportv. O Vasco às 19:30 e o jogo do Goiás às nove e meia da noite.

Que semana !!!





domingo, 26 de abril de 2009

DOMINGO DE VASTA EMOÇÃO

Reta final de vários estaduais importantes e com muita emoção.





Botafogo vencia por dois a um e acabou o tomando gol de empate, daqueles que deixam o goleiro muito "brabo". A bola era defensável, mas acabou desviando em um alvinegro e decretou o empate por dois a dois.





Agora a galera botafoguense já vê fantasmas para a segunda e decisiva partida no próximo domingo. Será que o Fogão vai falecer na praia de novo?





Em Minas pintou o campeão. Que goleada do Cruzeiro em cima do Galo: 5 a 0. Não deve dar para o time de Emerson Leão inverter a situação. Torcida da Raposa já manda confeccionar as faixas.





Chapecoense sapecou três a um no Avaí e vai a Florianópolis com fantástica vantagem. O time de Gustavo Kuerten vai ter que tirar coelho da cartola para mudar tudo e papar esse título.



Vitória saiu na frente, ganhou do velho rival por dois a um, na casa do Bahia. Agora a decisão é no Barradão. Torcida baiana vibrou muito com o BAVI, que não decidia o estadual desde 2006.



No futebol cearense o Fortaleza se deu bem na primeira partida das finais. Ganhou do Ceará por dois a um e joga com vantagem domingo que vem. Fortaleza que vai pegar o Flamengo na sequencia da Copa do Brasil.



Atlético Paranaense levou uma pancada do Coritiba em plena Arena mas segue dependendo somente de si para ser o campeão. O Coxa meteu 4 a 2 no Furacão e agora vai precisar ganhar na rodada decisiva e torcer por tropeço do Atlético.



Em Goiás, a vantagem era do alviverde, mas o Atlético venceu por dois a um e agora jogará pelo empate na partida decisiva. Domingo próximo o Serra Dourada vai entupir de gente.



E pelas finais do Paulistão, o Corinthians confirmou a invencibilidade na Vila Belmiro e agora só perde a decisão se der WO. Quase impossível que o Peixe vença por tres gols de diferença no Pacaembu. Galera corintiana já encomenda o chope para domingo que vem.



Particularmente, achei que o Santos não perderia na Vila, mas errei na previsão.

Foi um jogo que teve o eterno Rei num dos camarotes da Vila e Ronaldo em campo. Que local do planeta tem esse privilégio vivido pelo estádio do Peixe neste domingo que passou?

sábado, 25 de abril de 2009

SANTOS OU CORINTHIANS ???

Quanta gente me perguntando sobre quem vai ser o campeão paulista.

É gostoso dar palpite sobre o futebol. Enquanto profissionais, ficamos sempre em situação difícil, porque o público acha que jornalista esportivo não pode errar. É claro que isto é um engano, pois futebol não é ciência exata e todos estão sujeitos a equívocos em análises e principalmente palpites.

Os noventa e poucos minutos de uma partida de futebol, além de longos, são um campo fértil para mudanças e alterações na ordem dos jogos. É uma dinamica constante.

Nem sempre vence quem tem mais time, quem treinou melhor, quem é apontado como favorito. A história do futebol registra isso.

Então, palpites são na verdade "chutes", indicações por simpatia às vezes, e especialmente pelo retrospecto técnico de cada clube.

Por exemplo, na decisão entre Santos e Corinthians eu tenho uma posição. Acho que se o Peixe vencer na Vila, dificilmente perderá o título. Mas se o Timão empatar em Urbano Caldeira, será o campeão no Pacaembu.

Analiso assim pelo perfil dos dois treinadores e pelas características das equipes.

Vagner Mancini é um bom estrategista e se largar na frente neste domingo, arma o time em São Paulo para não perder. E dificilmente perde.

Já Mano Menezes, se por acaso sair da Vila sem derrota, faz no Pacaembu aquilo que fez muito no Paulistão, ou seja, empatar. E aí será o campeão.

Mas é tudo intuição. É "achismo".

E ainda nessa esteira do "achismo", arrisco a dizer que o Santos não perde na Vila e que será o campeão.

Não tenho qualquer envolvimento emocional com Santos ou Corinthians, apenas dou o palpite por ser do futebol e ter esse sentimento antecipado.

sexta-feira, 24 de abril de 2009

BA-VI NA DECISÃO

Depois de três temporadas o torcedor baiano terá o seu BA-VI na decisão do titulo estadual.

Isso mesmo. Fazia três anos que o BAVI não decidia o campeonato.

A galera do Tricolor sofre um pouco mais, já que o time não é campeão desde 2001. É muito tempo para um clube da força histórica do Bahia.

Depois do baque de ter perdido a Fonte Nova para mandar seus jogos, o Bahia agora tem o novo estádio de Pituaçu para abrigar a sua grande massa.

Domingo começa a grande final, portanto, na Boa Terra.

É todo o Estado baiano se emocionando com o especial evento.

Acompanharemos à distancia.

quinta-feira, 23 de abril de 2009

PANTERA VAI FICAR RICO

Impressionam os valores das indenizações de processos trabalhistas no Brasil.

No futebol, especificamente, é comum ficarmos sabendo de ações movidas por atletas contra agremiações onde as cifras chegam a muitos milhões de reais.

O caso de Donizete Pantera agora na demanda com o Botafogo é espantoso. Os números atingem a 11 milhões de reais. E o ex-jogador conseguiu a penhora da renda de domingo no Maracanã na decisão do Carioca.

Há pouco tempo o zagueiro Marinho tinha cerca de 30 milhões a receber da Ponte Preta. Fez um acordo bem abaixo desses valores e está recebendo em parcelas.

É claro que não estamos colocando em xeque os cálculos da justiça trabalhista, nesse ou naquele processo, mas que assusta, isto assusta.

Registre-se também que esses números astronomicos atingem a esses patamares por causa dos juros e correções, mais o fato dos processos estarem há muitos anos correndo.

Agora é ficar de olho no que vai acontecer domingo no Maracanã, onde a renda será de alguns milhões e onde o Oficial de Justiça, com a sua indefectível pastinha debaixo do braço, estará postado ao lado dos arrecadadores.

A que ponto chegaram os clubes brasileiros, vítimas de péssimas administrações. E algumas delas, dolosas, criminosas, totalmente irresponsáveis.

E quem produziu a dívida está belo e solto, seguindo a comandar as suas empresas, onde certamente não dá prejuízo.

Falamos aqui de Botafogo e Ponte Preta, como exemplos, mas podemos incluir 99,9% das agremiações desse Brasil varonil.

PONTE X BARUERI EM CAMPINAS

Sábado estarei em Campinas no primeiro jogo que vai decidir o título do interior.

Ponte e Barueri chegaram à essas finais, que dão ao vencedor um cheque de 250 mil reais.

O jogo é às seis e meia da tarde, ao vivo pelo Sportv, quando estarei com os amigos Mauricio Noriega, Edison Souza e Marcos Peres.

A Macaca passou para as oitavas-de-final da Copa do Brasil e vai pegar o Americano de Campos agora.

O Barueri faz essa decisão e se concentra na abertura do Brasileirão onde estreará na Ilha do Retiro contra o Sport.

As finais entre Corinthians e Santos no Sportv terão os trabalhos de Milton Leite, André Rizek, Carlos Cereto, Marco Aurélio Souza, Joanna de Assis e Alexandre Oliveira.

TORCE OU DISTORCE?????

A respeito do surrado tema "Jornalista torcer ou distorcer" em matérias do futebol, tenho algumas passagens interessantes e que sinalizam reflexões.

São inúmeros os casos que eu teria a contar, mas destaco apenas dois.

Certa vez após transmitir Rio Branco e Palmeiras, em Americana, ouvi pelas ruas da cidade no dia seguinte os mais variados comentários sobre o meu trabalho.

Torcedores do Rio Branco me dizendo que "torci" pelo Palmeiras e alguns alviverdes reclamando que "torci" para o time da minha cidade.

Das duas, uma. Ou os torcedores falaram com o coração ou o profissional que é muito ruim.

** Acho que foram as duas coisas.

Outro fato que relato é quando da decisão entre Santos e Botafogo, Brasileirão de 1995.

Naquele dia eu estava nos estúdios da TV Bandeirantes, de plantão, enquanto Luciano do Valle narrava no Pacaembu a grande final.

Tinhamos cerca de 30 meninas ao telefone recebendo as ligações dos telespectadores de todo o Brasil.

Foi impressionante para as atendentes, alheias à paixão do futebol e que não entendiam o que estava acontecendo.

Eram torcedores dos dois times ligando e reclamando de Luciano. Santistas achando que o narrador puxava pelo Botafogo e cariocas dizendo que Luciano torcia pelo futebol paulista.

Nesse caso, digo que a paixão da galera falou alto e que o profissional é ótimo (Luciano).



quarta-feira, 22 de abril de 2009

JOGÃO NA ILHA

Emboladíssimo o grupo do Palmeiras na Libertadores.

O jogo de hoje no Recife entre Sport e Colo-Colo ganha em importancia, especialmente para a galera alviverde.

O que seria mais interessante para o Palmeiras na noite desta quarta-feira?

Entendo que seja qual seja o resultado de hoje na Ilha do Retiro, o Verdão entrará em campo no histórico estádio Nacional de Santiago precisando vencer. A não ser que o Sport perca do Colo-Colo hoje e depois também tropece na LDU em Quito. Nesse caso o Palmeiras nem precisaria vencer na capital chilena.

São conjeturas, evidentemente.

O mais importante para a galera verde é que as chances não morreram.

O time segue vivo na competição e agora livre de qualquer preocupação com as finais do Paulistão.

No futebol, normalmente, não dá para se jogar a toalha antecipadamente. Principalmente quando as equipes envolvidas são de alto gabarito técnico, como é o caso do Palmeiras.

E falem o que quiserem, mas o Verdão tem um treinador de altíssimo nível. Peca em algumas posições ou declarações, como qualquer ser vivente aqui no Planeta, mas conhece muito dessa matéria chamada futebol.

Galera verde ligada hoje no Sportv para acompanhar Sport x Colo-Colo.

Jogão na Ilha.

terça-feira, 21 de abril de 2009

ME PERDOA, CANHÃO !!!

Imperdoável!

No post anterior sobre os narradores de rádio, o escriba aqui falhou feio.

O amigo Sérgio, de Sorocaba, autor da relação dos comunicadores do rádio, colocou o nome do estupendo narrador e meu amigo Rogério Assis. Eu é que falhei.

Perdão, Canhão.

** Obrigado ao radialista Keller Stocco, outro amigão, que me puxou a orelha.

segunda-feira, 20 de abril de 2009

NARRADORES DE RÁDIO

Recebi do amigo Sérgio Mazurchi, de Sorocaba, uma lista de quase cem narradores de rádio que atuaram na capital paulista ao longo de décadas.

Um trabalho de pesquisa muito interessante do Sérgio, onde pude colaborar lembrando de alguns nomes de colegas que narraram no rádio paulistano. Da capital, portanto.

Na lista temos muitos nomes de locutores que já deixaram o Plano Físico e que marcaram fortemente a história do rádio.

Por exemplo: Antonio Rangel, Aurélio Campos, Darcy Reis, Edson Leite, Fiori Gigliotte, Galeano Neto, Geraldo José de Almeida, João Batista, Jorge de Souza, José Carlos Silva, José Italiano, Marco Antonio Mattos, Mário Garcia, Milton Peruzzi, Nelson Balançando Oliveira, Nelson Spinelli, Otávio Muniz ( o pai ), Pedro Luís, Rebelo Júnior, Roberto Leite, Valter Fonseca.

Outros deixaram a narração esportiva pelo rádio, mas continuam entre nós, como Alfredo Orlando, Borghi Júnior, Domingos Leone, Flávio Araújo, Haroldo Fernandes, José Carlos Guedes, José Desidério, José Paulo de Andrade, Alexandre Santos (narrou no rádio também), José Roberto Papacídero, Joseval Peixoto, Luiz Aguiar, Luis César (o Fabrini da Rede Vida), Luiz Noriega (narrou em rádio, sim), Luis Roberto (na TV Globo hoje), Luciano do Valle, Osmar Santos (claro), Wilson de Freitas, Augusto Quelhas, Osvaldo Tassi.

E depois vem a relação de colegas que continuam na ativa.
Alberto César, Antonio Edson, Carlos Batista, Dirceu Maravilha, Douglas Porto, Eder Luís, Edmar Anuseck, Ennio Rodrigues (agora comentando), Fausto César, Gustavo Vilani, Hélio Claudino, Hugo Botelho, Ivo Morganti, João Guilherme (atualmente na tevê e no rádio carioca), Jorge Vinicius, José Maia, José Manoel de Barros, José Silvério, Nilson César, Odinei Edson, Odinei Ribeiro (no Sportv), Oscar Ulisses, Osvaldo Maciel, Cacá Fernando (hoje no BandSports), Paulo Soares, Reinaldo Costa, Reinaldo Moreira, Reinaldo Porto, Rogério Aquiles, Silva Júnior, Ulisses Costa, Vander Luís (hoje plantonista da Pan), Vanderlei Ribeiro, Willie Gonzer.

Certamente faltaram nomes. Nos ajude a completar a lista. Lembrando que a iniciativa do Sérgio Mazurchi é lembrar de narradores que trabalham e trabalharam no rádio da capital paulista.

QUAIS OS CRITÉRIOS???

Saiu a relação dos árbitros para o sorteio das finais do Paulistão.

De maneira intrigante, não constou da lista o nome de José Henrique de Carvalho, um dos mais regulares na temporada. Aspirante ao quadro da FIFA, o piracicabano merecia estar entre os melhores para Santos x Corinthians.

O comando da arbitragem paulista comete uma grande injustiça com o juiz e que certamente o desestimula para seguir na carreira.

Com outro detalhe: José Henrique nem foi relacionado para os sorteios da primeira rodada da série A2, que entra em sua fase decisiva.

Conclusão (ou dúvida): ou foi um equívoco de avaliação ou prevaleceu alguma política de protecionismo da entidade.


COPA DO BRASIL - RODADA QUENTE

Semana de feriado, mas também de movimentação legal pela Copa do Brasil, quarta e quinta-feiras.

O Vasco, por exemplo, vai ficar de olho em Confiança x Icasa. Desse encontro sai o seu adversário nas oitavas-de-final. O clube cruzmaltino está focado na Copa do Brasil, depois da desclassificação às finais do Cariocão e ainda amargando o rebaixamento no Brasileirão.

Corinthians vai acompanhar o desfecho de Atlético-PR x ABC em Curitiba, jogo de volta. Foi 2 a 2 em Natal. Tudo indica que o Furacão faça a licãozinha de casa, mas é bom ficar esperto.

Já o Tricolor das Laranjeiras recebe o surpreendente Águia Marabá e terá de inverter a vantagem paraense. Missão que se apresenta como difícil e onde uma eliminação seria terrível para Parreira e toda a comunidade tricolor.

Em Campinas teremos um jogo muito interessante. É o jogo de volta entre a Macaca e o Figueirense. A Veterana campineira foi bem em Florianópolis e terá o apoio da sua torcida (espera-se um público superior a seis mil pessoas no Majestoso ).

Enquanto o Corinthians só treina para decidir o Paulistão, o Peixe tem dureza pela Copa do Brasil nesta quarta. Fará a partida de volta contra o CSA. O classificado daqui vai encarar o Coritiba na fase seguinte.

Ainda em ritmo de festa, o Internacional recebe o Guarani no Beira-Rio. Venceu em Campinas e entra meio à vontade nesta quarta-feira. Dificilmente o Bugre eliminará o Colorado, pois a missão em Porto Alegre é das mais árduas.

Paraná x Fortaleza é outro grande jogo do meio de semana pela Copa do Brasil. Quem passar irá enfrentar o Flamengo nas oitavas. Torcida paranista joga tudo na competição, uma vez que no estadual as coisas não andaram nada bem para o tricolor. Nada bem.

No Recife tem Náutico x Criciúma, jogo de volta. O Timbu, meio ferido após perder a decisão do pernambucano para o Sport, entra com tudo nessa parada diante do Tigre catarinense. É um clássico do futebol brasileiro. Duas grandes torcidas.

Em BH, Galo x Guará. Deu empate na primeira partida em Guaratinguetá. O time de Emerson Leão está na decisão contra o Cruzeiro, mas tem de despejar potencia nesse jogo contra o Guará e seguir na Copa do Brasil rumo à Libertadores. Quem passar aqui, terá o Vitória nas oitavas.

Boa rodada pro torcedor curtir na semana.

domingo, 19 de abril de 2009

PASSADA DE OLHOS

Passeio pela Internet neste final de domingo e leio diversos assuntos interessantes, além dos resultados esportivos pelo planeta.

Na Fórmula-1 aconteceu a primeira vitória da RedBull, o quarto lugar de Rubinho Barrichello, mais uma decepção de Felipe Massa ( que fase ) e Nelsinho também não saindo do lugar.

Ainda sobre a F1, por onde andaria o badalado britanico Lewis Hamilton? Nada de resultados positivos até o momento.

Leio que o Grêmio estaria contratando Vanderlei Luxemburgo, após a eliminação do Palmeiras no Paulistão. Será?

Vejo que o Sport Club Recife continua papando tudo na bela Pernambuco. É tetracampeão estadual. Foi o trigésimo oitavo titulo do Leão.

Torcida do Botafogo já se descabela. Será que virá outra morte na praia, depois de tanto nadar? Mas a decisão carioca ainda vai começar e a massa alvinegra precisa confiar no grupo.

Em Minas vai ter Cruzeiro x Atlético na decisão. Os mineiros esfregam as mãos e contam o sagrado dinheirinho para os ingressos e a festa das finais.

Na decisão do simbólico titulo do interior paulista teremos Ponte Preta e Barueri.

O Internacional ganha o Gauchão de forma invicta e agora quer a Copa do Brasil para jogar a Libertadores de 2010.

Tem jogos da Libertadores na semana para alguns clubes brasileiros. Jogo de vida ou morte para o Palmeiras contra a LDU na terça-feira no Palestra Itália.

O tricolor do Morumbi pega o América de Cali no Morumbi na quarta.

A final paulista será entre alvinegros: Santos e Corinthians. O peixe nesta década teve um BI ( 2006/2007 ). Já o Timão levantou o troféu do estadual pela última vez em 2003. Dois dos mais competentes treinadores da atualidade brasileira frente a frente: Mano Menezes e Vagner Mancini.

E se me permitem, meu Rio Branco de Americana vai aos quadrangulares finais da segunda divisão paulista. Tentará a volta à elite do Paulistão.

A VOLTA DO CASÃO

É nesta segunda-feira que Valter Casagrande Júnior volta aos seus trabalhos na televisão.

Vai participar do programa ARENA SPORTV, às duas da tarde, apresentado por Cléber Machado.

Em breve estará também de volta às transmissões da Globo.

Como torcemos para que Casão voltasse ao convívio, e bem de saúde.

Foi um dos poucos ex-jogadores que se adaptaram perfeitamente à comunicação através do rádio e da televisão.

Bom retorno, amigo.

sexta-feira, 17 de abril de 2009

DECISÃO NO MARACANÃZINHO

Neste sábado estarei no Rio de Janeiro para a transmissão da final da Superliga feminina.

Finasa Osasco e Rexona se encontram de novo para mais uma decisão.

É a nata do volei feminino mundial. Várias campeãs olímpicas em quadra.

Não dá para apontar favorito.

O jogo é às 9 e meia da manhã, horário de Brasília, Maracanãzinho, e terá as transmissões de Globo e Sportv, ao vivo.

Pelo Sportv, estarei ao lado de Marco Freitas, Alexandre Oliveira, Juliana Mattos e Karin Duarte. À partir das nove horas já estaremos no ar com o programa Supervolley, ao vivo do ginásio.

Lembrete: essa decisão é em jogo único. Quem ganhar, leva.

quarta-feira, 15 de abril de 2009

TIMÃO NO PANTANAL

Estou em Campo Grande, a capital sul-matogrossense, para transmitir Misto e Corinthians nesta quarta-feira, pelo Sportv, toda a rede (menos São Paulo).

Fazia tempo que não passava por aqui. A cidade cresceu muito, continua atraente, e vibrando pela presença do Corinthians no Morenão.

No hotel onde está o Timão é um tal de gente entrando e saindo à caça de fotos e autógrafos.

Nessa região a maioria dos torcedores tem clubes paulistas no coração.

Vejo, com decepção, que os dois clubes mais conhecidos daqui, Operário e Comercial, estão sem titulos desde 2001 e prestes a cair para a segunda divisão sul-matogrossense.

Os clubes emergentes são o Ivinhema, Misto de Três Lagoas, Costa Rica, Aquidauanense.

Cláudio Mineiro, ex-lateral do Corinthians nos anos 70, continua treinador por aqui. Ele é da terra.

Cruzamos a todo instante com caravanas de pescadores que rumam para o Pantanal. Coxim, Miranda e outras localidades continuam lotadas de pegadores de peixes.

Foi bom voltar ao Centro-Oeste brasileiro.

segunda-feira, 13 de abril de 2009

CASO JEAN

Acabo de ver uma entrevista do zagueiro Jean, da Ponte Preta, onde ele expõe o drama que está vivendo após a Portuguesa colocar em público um suposto envolvimento dele em caso de suborno.

O mais grave disso tudo são as consequencias junto aos familiares de Jean. Esposa, pai e mãe choram o tempo todo e ainda recebem insultos em locais públicos por onde passam.

O jogador afirma que recebeu duas ameaças de morte que teriam partido de torcedores da Portuguesa.

Lamentável.

Nesta terça-feira deverá haver um encontro do jogador com o presidente luso Manoel da Lupa, onde os dois deverão prestar depoimentos ao tribunal da Federação.

Manda a prudencia que jamais julguemos precipitadamente, mas arrisco a dizer que Jean não cometeu o que lhe é atribuido. Sua entrevista me pareceu muito sincera, verdadeira, de alguém muito machucado pelas acusações e pela repercussão.

Estive naquele jogo e não detetei qualquer irregularidade de conduta do jogador, mesmo na jogada do penalti, onde por sinal achei que ele sofrêra falta de Rodrigo Souto.

Jean teve comportamento digno de um profissional, atuando na defesa da Macaca com empenho e denodo. E repito, no penalti ele foi deslocado pelo meia do Santos e talvez por isso tenha colocado a mão na bola.

Em resumo, nada será provado, pessoas já estão machucadas e a justiça receberá mais uma carga de processos para analisar e julgar.

Que o menino Jean não fique marcado negativamente em sua carreira. Não seria justo.

E quem se precipitou, sabe que pisou na bola.

GOL BONITO - COMPORTAMENTO FEIO

Profundamente infeliz o gesto do jogador Cristian na comemoração do segundo gol do Corinthians sobre o São Paulo.

Imitando os punhos cruzados que uma facção tricolor tem como marca, o jogador provocou e ofendeu à galera sãopaulina. Na verdade, ele não comemorou o gol com a alegria de quem venceu, mas teve o intuito de mexer com o adversário.

Isso, nos dias de hoje, é muito perigoso.

Há centenas de milhares de cabecinhas vazias, ocas, que tomam esses gestos e atitudes de ídolos do esporte como algo a ser imitado ou rechaçado, e normalmente com violência extrema.

O tribunal terá de agir com rigor. Cristian precisa receber um corretivo através das leis do esporte, para quem sabe aprender a uma lição de comportamento e respeito ao próximo.

Dá para imaginar sobre o que poderá haver domingo no Morumbi, em represália a essa atitude infeliz do atleta? Quantas vidas poderão estar em risco?

E não é exagero, não.

O que temos visto nos arredores dos estádios brasileiros quando de jogos importantes é assustador. Vidas são perdidas, via de regra.

Se por aqui a coisa fosse realmente séria e profissionalizada, a direção do clube aplicaria uma punição (ou advertencia) ao jogador.

É preciso aprender que o esporte não é para fazer inimigos. Ao contrário, é para reunir as pessoas em torno de uma diversão, um entretenimento, além da competição em si.

Nos dias que antecedem o jogo de volta entre São Paulo e Corinthians é preciso que a mídia e os cartolas das duas agremiações ajam com total equilibrio e responsabilidade.

Mas na verdade é pedir muito, pois pelo histórico dos dirigentes de clubes no Brasil, 99% são amadores, torcedores e não estão nem aí para as consequencias de suas declarações e posições.

Chamou a atenção, também, o pedido de desculpas de Cristian: "peço desculpas se por acaso ofendi alguém". Ora, é claro que ofendeu.

Ou ele ainda tem dúvidas?

CORINTHIANS NO MORENÃO

Viajo nesta terça-feira para Campo Grande, a capital sul-matogrossense, ao lado dos amigos Mauricio Noriega, Edgar Alencar e Willy Baby de Albuquerque.

Nossa missão é transmitir Misto e Corinthians pela Copa do Brasil, quarta feira, às nove e cinquenta da noite '(horário de Brasília). No Mato Grosso do Sul, fuso de uma hora a menos.

Esse Misto é com "s" mesmo e é de Três Lagoas, distante 335 km de Campo Grande. Conhecido como o "Carcará da Fronteira", o Misto não pode mandar os jogos da Copa em seu estádio, que tem capacidade para apenas 10 mil pessoas.

O estádio do Misto é o Benedito Soares Mota, o Madrugadão.

A cidade de Três Lagoas é chamada de "Cidade das Águas", a terceira mais importante do Mato Grosso do Sul. Tem mais de cem mil habitantes e fica às margens do Rio Paraná.

À par da atração natural que é o Corinthians por onde passe, desta vez os campograndenses não verão o craque Ronaldo no estádio Morenão. Ele não vai jogar.

Me lembro de um torneio em Campo Grande em 1987, onde participaram Palmeiras, Corinthians, Operário local e o Internacional. Fiz a cobertura pela TV Bandeirantes.
Me desculpem, mas não me lembro quem foi o vencedor.

Minha memória para registros históricos é meio falha.

domingo, 12 de abril de 2009

O MENINO E O PEDINTE

Meu filho Rodrigo acaba de me contar um fato deste Domingo de Páscoa, digno de reflexão e que muito me emocionou.

Logo pela manhã seu filhinho Giovanni, três anos de idade, fez um pedido surpreendente à mamãe Giuliana.

Cercado de ovos de chocolate, com os presentes dos pais, avós, tios e primos, o menino sugeriu à mamãe Giuliana que saissem às ruas e presenteassem o primeiro "pobrinho" que encontrassem.

O garoto disse que tinha ganhado muitos ovos e que queria dar alguns a alguém muito pobre.

Passando ao lado da estação rodoviária da cidade encontraram um andarilho. Menino Giovanni pegou dois ovos e ofereceu ao pedinte. O humilde cidadão agradeceu intensamente e chegou às lágrimas. Mamãe Giuliana também não se conteve.

Aconteceu com meu neto, mas se tivesse acontecido com qualquer outra criança eu faria questão de registrar, especialmente em um Dia de Páscoa.

Um gesto que nos dá a esperança de que as novas gerações cheguem com o coração recheado de caridade e solidariedade. Ah como o mundo está precisando disso. Urge que as pessoas estendam as mãos, sem receio de ajudar, colaborar. Precisamos de mais amor no coração e nos sentimentos.

Menino Giovanni deu uma imensa lição de amor ao próximo, aos três anos de idade.

Que o mundo não o amedronte com o passar dos anos, ceifando a sua virtude.

E que seu gesto nessa Páscoa nos estimule a fomentar a caridade, ajudando a quem realmente precisa.

Que exemplo.










sábado, 11 de abril de 2009

CAMPEÃS OLÍMPICAS GARANTEM O ESPETÁCULO

Neste domingo logo pela manhã pego a estrada e vou a Barueri.

Meu compromisso é transmitir Finasa Osasco e São Caetano pelas semifinais da Superliga feminina. Deu Osasco no primeiro jogo e a série é "melhor de três". Mais uma vitória da equipe comandada por Luizomar de Moura a levará à decisão do campeonato, contra Rexona ou Brusque (que decidem a vaga esta noite).

Teremos em quadra sete jogadoras campeãs olímpicas, ou seis, caso Paula não reúna condições de atuar. Uma constelação no piso do belíssimo gínásio José Correia, um dos mais bonitos que conheço.

O jogo deste domingo entre Osasco e São Caetano vai começar às 9:45 da manhã e terá também a transmissão da Rede Globo, ao vivo do ginásio José Correia, em Barueri.

Na jornada do Sportv estarei ao lado de Alexandre Oliveira, Joanna de Assis e Janaina Xavier ( que espera um bebê para o final do ano ). Nosso coordenador em Barueri será Estevão Nunes e a geração das imagens ficarão por conta da equipe Globosat.

BOLA SANTA

Alo, amigos.

Passou a Sexta-Feira Santa, feriadão, e a partir de agora o mundo da bola esfrega as mãos por todo o País.

Os estaduais começam a viver suas decisões e mexendo com a galera.

Leio aqui que se o Remo não conseguir uma vitória sobre o Paysandu, no pega paraense, não terá mais nada a fazer na temporada. É incrível, pois não estaria nem na série D do Brasileiro.

O Cruzeiro já nas semifinais do Mineiro vai pegar o Ituiutaba. O Galo também vai disputar vaga para a decisão do campeonato e a grande torcida mineira espera o velho clássico nas finais, evidentemente.

O grande Sport Recife está bem perto do tetra pernambucano. Mas já focando no jogo da próxima quarta-feira em São Paulo diante do Palmeiras pela Libertadores.

No Rio chegaram os quatro grandes para a decisão da Taça Rio e o que der agora será absolutamente normal, pois são as principais forças cariocas. As maiores torcidas do Rio em confronto futebolístico. Isso é fantástico.

Em São Paulo, onde acompanho de perto, repito o que escrevi sobre o Cariocão. Não haverá nenhuma surpresa, qual seja o campeão paulista. Há quem coloque o Santos como "correndo por fora", mas eu não avalio assim. O Peixe entra em condições iguais nessa fase de chegada.

Escrevo esse post às três da tarde, horário de Brasília, deste sábado, mas daqui a pouco a bola começa a circular pelos gramados do País. Estarei ligado nas imagens da televisão, assim como milhões de pessoas em todo o Brasil.

Peço desculpas por não adentrar outros campeonatos regionais, os quais não acompanho diretamente, embora esteja ligado nos resultados e desfechos dessas competições. Mas que todos vibrem com seus estaduais neste final de semana. Vibrem e curtam os jogos.

quinta-feira, 9 de abril de 2009

HOJE NO MORUMBI

Vou hoje ao Morumbi fazer São Paulo x Defensor, onde o tricolor deverá fazer o seu dever de casa e somar mais três pontos na Libertadores, garantindo-se na próxima fase.

É o que a galera sãopaulina espera, e eu também.

Desde 1982 que as duas equipes não se enfrentam no Morumbi. E foi também um jogo pela Libertadores naquele ano, com vitória do tricolor por dois a um. Faz 27 anos, portanto.

Tricolor vem num embalo de oito jogos sem perder, com cinco vitórias seguidas.

O Defensor, e sua famosa camisa lilás, lidera o campeonato uruguaio e é o atual campeão.

Futebol do Uruguai já decidiu 15 vezes a Libertadores e ganhou oito. Já tivemos quatro decisões entre equipes do Brasil e do Uruguai, com duas conquistas cada.

Curiosidade sobre o Defensor é que o clube tem uma fortíssima equipe de basquete. A melhor do País.

Um dado incrível sobre confrontos entre clubes brasileiros e uruguaios é que nos últimos 20 anos pela Libertadores, em vinte e oito jogos, não houve uma vitória sequer de nossos vizinhos.
Uma escrita incrível.

Estarei na transmissão à partir das seis da tarde no programa TÁ NA ÁREA ao lado dos amigos Mauricio Noriega e Edgar Alencar, mais toda a equipe de produção e coordenação.

O jogo está marcado para começar às 19:15.

** Todos os dados acima sobre o confronto são da empresa de consultoria e pesquisa esportiva, a WSC.

quarta-feira, 8 de abril de 2009

O JOGO É HOJE !

Hoje tem o aguardado Sport x Palmeiras na Ilha do Retiro.

O confronto começou em 1955 e na capital pernambucana. O Palmeiras, na oportunidade, venceu por 2 a 1. De lá para cá foram 42 partidas, com 22 vitórias do Verdão e doze do Leão. Na história registram-se apenas oito empates.

Incrível a invencibilidade do Sport neste momento. Não perde há 25 jogos, com 22 vitórias. Só tomou doze gols nessa escrita. Marcou 55. São cinco meses de pura alegria da torcida rubronegra da Ilha.

Palmeiras derrotou o Sport pela última vez em 2003. Nos últimos seis jogos entre eles, nenhuma vitória do alviverde paulista. Isso incomoda muito a massa palmeirense.

Depois de 21 anos o Sport volta à Libertadores e nessa primeira fase tem campanha impecável. Torcedor do Leão sonha, sim senhor, com ótimo futuro na competição 2009. Muito justo.

O juiz de hoje é paraguaio, atendendo a um pedido da diretoria do Sport, receosa de uma arbitragem brasileira no jogo. Tomara que ele seja feliz na atuação, em jogo tão nervoso e pegado que certamente será.

Lembrete: dentro de uma semana haverá um novo Sport x Palmeiras. O jogo de volta no Palestra Itália. Nem vai dar para esfriar os animos das duas galeras.

No evento de hoje teremos o maior contingente policial em espetáculos esportivos na capital pernambucana: 720 pessoas. Serão cento e cinquenta apenas dentro do estádio.

terça-feira, 7 de abril de 2009

MEUS COMPROMISSOS

Minha participação nas escalas do Sportv esta semana é São Paulo x Defensor (URU), sete e quinze da noite, quinta-feira, no Morumbi, ao vivo para toda a rede, inclusive o local do jogo.

Estarei nessa com Mauricio Noriega e Edgar Alencar, mais Idival Marcusso na coordenação e todo o competente pessoal da Globosat na geração das imagens. Essa transmissão vai também para o canal internacional da Globo.

Domingo pela manhã narro o segundo jogo da semifinal da Superliga feminina entre Osasco e São Caetano, no ginásio José Correia, em Barueri. Osasco venceu a primeira partida e com mais uma vitória vai à final.
A transmissão do volei neste domingo é às 9:45 da manhã. Bem cedinho.

Estarão comigo os amigos Alexandre Oliveira e Joanna de Assis, com Estevão Nunes coordenando todos os trabalhos.

BRIGUINHA DE '' TORCEDORES ''

Palmeiras e Corinthians continuam às turras com o São Paulo, também fora de campo.

Verdão e Timão já adiantam que se chegarem à decisão do campeonato paulista, farão as finais no interior, ignorando o Morumbi.

Todos sabem do mal estar entre os cartolas dessas agremiações ultimamente, e se você conversar com cada um deles, todos terão as suas razões, MAS eles se esquecem que além de passar um péssimo exemplo aos que acompanham o futebol, JOGAM contra o profissionalismo desse esporte.

Essa birra Palmeiras-Corinthians X São Paulo em nada contribui para a saúde e a paz do futebol.
Ao contrário, acirram os animos daqueles malucos que gostam de brigar nas arquibancadas e nos trajetos para os estádios.

É claro que a qualquer momento eles fumarão o famoso cachimbo da paz, pois a razão deverá prevalecer, além do aspecto grana, mas enquanto isso não acontecer os briguentos terão seus instintos alimentados pelos homens de paletó e gravata.

Por outro lado, o interior paulista torce para que dê Palmeiras x Corinthians na decisão, pois poderão ver de perto seus ídolos e o evento em si.

Já a massa da Capital e Grande São Paulo ficará sem os espetáculos e certamente irá reclamar.

A verdade é que os homens continuam insistindo em não se entender, o que dá ao Mundo esse quadro bélico, incrivelmente perigoso a todos, em todas as áreas e segmentos sociais.

É um misto de vaidade, orgulho, prepotencia e sei lá mais o que.
No fundo é imaturidade, pouca sabedoria. Crescimento interior quase zero.

Mas um dia o homem desperta para o quanto é benéfico ser adulto em sentimentos.

segunda-feira, 6 de abril de 2009

O CRAQUE WILLIAM

Sábado passado transmiti o jogo entre Finasa Osasco e São Caetano pelas semifinais da Superliga de volei feminino.

Um jogaço.

Só emoções. E só poderia ser assim, pois além de seis campeãs olimpicas em quadra (Paula não pôde jogar) tivemos coadjuvantes de luxo como Lia, Camila Brait, Natália, Deise e outras.

Depois da partida me encontrei casualmente com uma personalidade do esporte mundial, o levantador William, medalha de prata em Los Angeles 84 e campeão em tantas outras jornadas nacionais e internacionais.

Hoje William, além de treinador de volei, acompanha e torce pela filha Ana Cristina (joga pelo São Caetano) que também é levantadora. De pai para filha.

Transmiti dezenas de jogos de William nos meus tempos de Bandeirantes. Foi um craque na quadra, ao lado de Montanaro, Bernard, Renan, Fernandão, Domingos Maracanã, Amaury, Xandó e cia.

Bati um papo rápido com William, mas me lembrei de quantas vezes narrei bolas incríveis levantadas por ele com a camisa da Seleção e dos clubes que defendeu.

Minhas homenagens a William, craque do volei e em cidadania.

MUITA RESPONSABILIDADE NESSA HORA

A minha torcida é para que todos os envolvidos no jogo Sport x Palmeiras, quarta-feira na Ilha do Retiro, tenham muito equilibrio nos comentários até o pontapé inicial.

Qualquer exagero em algumas colocações poderá ser entendido como provocação, desafio, afronta. Os excessos nas provocações devem ser deixados para os torcedores, nos bares, bancos, esquinas, praças e etc. Aqueles que têm a responsabilidade da comunicação ampla, precisam medir as palavras.

Futebol é apenas uma diversão, um entretenimento, válvula de escape para as agruras do cotidiano. É uma competição, logicamente, todos querem vencer, mas precisa também ser encarado como um ESPORTE, onde nem sempre o sucesso é possível.

No dia seguinte ao jogo, TODOS têm seus compromissos profissionais e pessoais. O futebol não irá socorrer a ninguém em suas dificuldades e obrigações. E nem teria como.

Por isso, é preciso discernimento, equilibrio, sensatez.

Na hora do jogo todo o extravazar de sentimentos é válido - menos a violência - mas é só isso.
Torcer, gritar, xingar, descabelar-se, tudo é perfeito, MAS nada além disso.

Repito: que os comunicadores de massa tenham o devido equilibrio. Insuflar é ser irresponsável e talvez até botar em risco algumas vidas.
Promover o espetáculo é UMA COISA. Incendiar é OUTRA.

Tem tudo para ser um grande jogo. E deverá ser.
Mas que fique somente nisso.



domingo, 5 de abril de 2009

SEMANA DE BOLA CHEIA

Semana que terá grandes atrações.

Tem Copa do Brasil e Libertadores com jogos super importantes.

O Grêmio, ainda meio atordoado com a derrota no Grenal, vai pegar o fraco Aurora e deve confirmar a liderança do grupo. O tricolor do Morumbi jogará em casa na quinta-feira e tem tudo para derrubar os uruguaios do Defensor. Já o mais esperado dos jogos, Sport e Palmeiras, terá arbitragem paraguaia e público total na Ilha do Retiro.

Flamengo, Botafogo, Santos, Ponte Preta e outros clubes importantes estarão jogando pela Copa do Brasil em sua segunda fase.

Semana para os paulistas de expectativa pelas semifinais que acontecerão sábado e domingo.
Palmeiras e Santos, Corinthians e São Paulo.
Federação divulga nesta segunda a tabela dos jogos.

Os paulistanos não querem que os jogos sejam no interior.
A televisão deverá ter peso importante na definição da rodada, embora a partir dessa fase as transmissões estejam liberadas inclusive para as praças dos eventos, conforme contrato.

Vamos aguardar o desfecho e com certeza a semana será super recheada de emoções.


sexta-feira, 3 de abril de 2009

DOMINGÃO CHEIO DE BOLA

No domingo vou à Campinas.



O jogo é muito importante, como a maioria da rodada do Paulistão nesse dia 5 de abril.



Ponte e Santos entram em campo com enorme responsabilidade. A Macaca quer garantir vaga no torneio que vale R$ 250 mil e um pouco mais de exposição na mídia - decisão do titulo do interior - e o Peixe pretende ir às semifinais do campeonato.



Enquanto o Santos estiver em campo, os ouvidos da coletividade peixeira estarão colados na transmissão de Portuguesa e Santo André, partes também envolvidas nessa disputa pela única vaga.



A Ponte diante do Santos estará interessada na partida São Caetano e São Paulo, onde aguarda um belo tropeço do Azulão. Tem ainda o Bragantino querendo vaga no torneio.

Mas a alvinegra campineira terá de fazer a sua parte, ou seja, derrotar o Peixe.



Toda a rodada acontecerá às quatro da tarde.



Estarei na transmissão de Ponte x Santos com Mauricio Noriega, Edison Souza e Marco Aurélio Souza. É jogo do Sportv, canal 39 das operadoras Sky e Net.

Desde às duas da tarde o programa TROCA DE PASSES estará aquecendo as rodadas dos estaduais pelo Brasil. Paulista, mineiro, gaúcho, paranaense, catarinense e por aí vai.....

VOLEI DOS BONS

Sábado estarei no ginásio José Liberatti, à partir das seis da tarde, para a transmissão de Finasa Osasco e São Caetano, semifinais da Superliga feminina. Primeiro jogo da série melhor-de-três.

Haverá sete campeãs olímpicas em quadra. É garantia de espetáculo técnico, talentoso.

O jogo irá começar às 19 horas, mas desde às seis da tarde estaremos fazendo um programa de espera, ao vivo do ginásio, batendo papo com treinadores, jogadoras, gente do volei brasileiro.

Comigo nessa: Marco Freitas, Alexandre Oliveira, Edgar Alencar, Marco Aurélio Souza e toda a equipe de produção, mais a coordenação extremamente competente de mister Willy Baby Albuquerque de Lannoy, o profeta.

quinta-feira, 2 de abril de 2009

QUINTA QUENTE

Rodada quente hoje do Paulistão. Aliás, complementação da rodada que começou na terça-feira.

As atenções maiores voltadas para a Vila Famosa, Urbano Caldeira, a casa do Peixe.

A Portuguesa entra em campo ressabiada com a arbitragem, mais pela história do que propriamente com o juiz, José Henrique de Carvalho, pessoa que conheço muito bem e de reputação intocável.

Tem o duelo de Marilia e Noroeste, rivalidade bem antiga das duas cidades. E que não se restringe apenas ao futebol, mas é política e social.

E tem Botafogo e Ponte Preta em Ribeirão Preto. Vale vaga na série D do Brasileiro para o tricolor da terra do chope. A Macaca precisa pontuar e depois disputar o título do interior, que tem em seu bojo um chequinho de R$ 250 mil.

São Paulo e Guará fazem um jogo tranquilo no Morumbi, embora o time do Vale do Paraíba ainda corra algum risco de cair. Mas terá o último jogo em casa contra o Oeste.

E em Santo André, no Bruno José Daniel, o time da casa pega o Barueri, às nove e meia da noite, com transmissão do Sportv. Estarei nessa ao lado dos queridos Mauricio Noriega, Marcos Peres e Joanna de Assis. O Ramalhão precisa ganhar, mas vai entrar em campo sabendo do que aconteceu na Vila à tarde entre Santos e Portuguesa, diretos concorrentes.

Acho que o time do bom técnico Sérgio Guedes só irá disputar o titulo do interior, embora seja da Grande São Paulo.

quarta-feira, 1 de abril de 2009

JUIZ PARAGUAIO

Diretoria e torcida do Sport Recife comemoram a escalação do árbitro paraguaio Carlos Torres para a partida com o Palmeiras, semana que vem, pela Libertadores.

Esse juiz é bom, mas não é melhor do que muitos que temos aqui no Brasil.
Aliás, todo cidadão que topa colocar um apito na boca para apitar futebol corre o risco de errar. É dificílimo arbitrar esse esporte.

Me lembro que naquele célebre jogo entre Portuguesa e Corinthians no Morumbi, quando o juiz argentino Javier Castrille trocou os pés pelas mãos e prejudicou a Lusa, houve um acontecimento digno de registro nos dias de hoje, no momento que o Sport pede um árbitro estrangeiro para enfrentar o Palmeiras.

Naquela oportunidade a Portuguesa comemorou antes do jogo com o Timão a escalação de um árbitro "de fora", porque temia a força política corintiana caso apitasse um juiz local.

E aconteceu tudo aquilo, que todos conhecem. Castrille errou feio e prejudicou terrivelmente a Lusa.

É só um registro.