segunda-feira, 9 de outubro de 2017

CARIDADE, SEM PUBLICIDADE

Sempre aprendi e entendi que toda caridade deve ser isenta de publicidade.

Ajudar é um ato de amor.
Ninguém precisa saber que ajudamos, a não ser o ajudado.

Ser solidário no anonimato é sublime, é estar acima de vaidades e orgulhos.

Isso não impede que o auxiliado agradeça a quem lhe deu a mão.
É claro que não impede.
Trata-se, até, de uma atitude coerente com a situação vivida, de reconhecimento.

Mas me incomoda ver alguém contribuindo, auxiliando, e fazendo questão de exibir a caridade.

É tão bom poder ajudar, ver um sorriso na face de quem estava em dificuldade.
Aliás, o ato de amor produz energias refinadas, ótimas para alimentar o Universo.
Vivemos de energias.
E quanto mais elas forem de "excelente qualidade", melhor pra todos nós.

Só depende de quem as produz:   NÓS.





Nenhum comentário:

Postar um comentário