sábado, 26 de agosto de 2017

PONTOS CORRIDOS OU AMISTOSOS.

Os grandes países da Europa têm em seus campeonatos nacionais o sistema de turno e returno, o chamado "pontos corridos".

Durante muito tempo aqui no Brasil reclamamos e pedimos o nosso Nacional nesse sistema, por ser o mais justo, coisa e tal.

Pois, bem.
Estamos com ele já há muito tempo e há sempre os que contestam essa modalidade.
Não gostar é normal, é natural.
Ainda mais quando ocorre o que neste momento está acontecendo, ou seja, uma equipe disparar na liderança, o caso do Corinthians.

Mas o que eu gostaria de salientar nesse post é algo que julgo importante avaliar.

À par da competição em si, quer dizer, a disputa pelo título, as vagas para a Libertadores e Sul-Americana e o desespero pelo descenso, pouco enfocamos a BOLA ROLANDO, a essência desse fascinante esporte.

O futebol é competição, sim, mas é também um espetáculo pela sua própria natureza.

Sua origem, sua essência, o da bola em jogo, das jogadas, lances incríveis, erros, falhas, garranchos técnicos, tudo isso é muito importante.
Tudo faz parte do contexto.

Particularmente não atento exclusivamente aos pontos somados e perdidos, mas ao que acontece durante os 90 e poucos minutos de partida.
Podemos contestar o nível técnico e tudo mais, é do jogo, porém apreciar uma partida de futebol é diversão, entretenimento, lazer mental.

É quando nos desligamos da problemática da rotina de vida - e como temos problemas - para uma viagem diferente, qual seja, a da distração.

E por mais que nos irritemos com o nosso time em caso de má fase, ou algumas derrotas, ou que vibremos com as vitórias, TUDO o que ocorre dentro de campo é um bálsamo para as nossas feridas sociais.

Ser campeão é muito legal, idem uma competição acirrada e briga por canecos, tudo perfeito e excitante, MAS vejo o futebol também como um espetáculo de entretenimento.

Em resumo, até nos amistosos o futebol envolve, enlaça, prende a nossa atenção.

Isso é que vale!

* E quero deixar claro que esse comentário em nada despreza a magnífica campanha do Corinthians, líder e indiscutivelmente o melhor time do campeonato.    Meu enfoque é sobre não tripudiar sobre os pontos corridos só porque uma equipe disparou na classificação.  Todos os méritos ao alvinegro do Parque São Jorge, mas também dar valor ao FUTEBOL EM SI, com suas nuances e atratividade.






Nenhum comentário:

Postar um comentário