terça-feira, 4 de julho de 2017

LUCIANO - 70 ANOS.

Fiz a lembrança em meu facebook que neste 4 de julho de 2017 o sempre querido amigo LUCIANO DO VALLE estaria completando 70 anos de vida terrena.

Além de ter sido o responsável por me colocar em definitivo na narração pela TV - pois até então eu era da rádio Bandeirantes e apenas fazia algumas coisas pela televisão - Luciano foi um dos comunicadores que nasceram no rádio de Campinas.

Minha passagem pelo rádio campineiro foi entre 1974 e meados de 1976.

Trabalhei na Brasil, "a Campeoníssima", como era chamada a emissora da família Pedroso.

Sérgio José Salvucci era narrador e o diretor da equipe, um nome consagrado na cidade.
Geraldo Carrera era outro narrador de peso do time Brasil.
E eu, garoto, aprendi muito com todos eles.

Ali convivi com grandes profissionais e companheiros, como José Lamanna, Cláudio Grillo, Sérgio Jorge, Renato Silva, Valdenê Amorim, Durval Biondi, Jaime "Tiririca"Ginez, Edmo Aleixo, Branchina ( o italiano ) e tantos outros.  
Certamente a memória me trai quanto a nomes e colegas da época aqui não citados.

Depois José Sidney, o Bolão, foi contratado para reforçar o time de narradores.

Conto isso para dizer que o rádio campineiro sempre promoveu grandes profissionais e que depois muitos deles foram brilhar na capital paulista.

Luciano do Valle é um deles.
Alfredo Orlando, um locutor de primeiríssima qualidade.
Oliveira Andrade, Renato Otranto, Osvaldo Luís, Alberto César, Carlos Batista, e muito mais.

E mais tarde outra lista enorme de profissionais que saíram do rádio campineiro, em gerações mais recentes.

O interior paulista sempre abriu espaços para comunicadores, que se destacaram e despertaram o interesse de importantes emissoras de São Paulo, capital.

Luciano, que completaria 70 anos neste 4 de julho de 2017, nos deixou em abril de 2014.

Além do profissional consagrado, renomado, além do grande empreendedor que foi, tinha um coração GIGANTE quando era chamado a estender a mão a alguém do meio.

Fui testemunha do quanto ele ajudou pessoas no tempo em que esteve à frente da Band.
Profissionais que estavam desempregados foram recolhidos por ele e integrados ao time do Show do Esporte.
Incluam-se nessa acolhida profissionais que estavam sem emprego, alguns até considerados seus desafetos, mas que seu coração gigante apagou, esqueceu, e os integrou à sua equipe.

Sempre vejo nas pessoas primeiramente o seu lado íntimo, sua integridade, antes do que representaram nessa ou naquela carreira.

Luciano como ser humano mais acertou do que errou.
Ninguém sai dessa jornada terrena com 100% de acertos.    Ninguém.
Que atire a primeira pedra quem está isento de falhas, erros e desatinos.
Mas ele tinha um lado humano muito forte.

Mesmo que alguns possam me rotular como suspeito, por ter sido um grande amigo dele, sempre que puder renderei homenagens a ele.








2 comentários:

  1. Olá Jota Jr Bela Homenagem a Luciano do Vale
    Ao meu ver o melhor narrador Esportivo que esse pais já deve
    O Pelé da narração

    ResponderExcluir