terça-feira, 21 de junho de 2016

TORCIDA ÚNICA.

Em meu recente post toquei no assunto VIOLÊNCIA.

Volto ao tema.

Fica claro com o que estamos assistindo na Eurocopa que a violência é praga mundial.

Os imbecis proliferam em todos os cantos do planeta.
A ignorância da inteligência é plena.
Raciocinar para essas pessoas é algo que não consta das suas vidas.

Evidente também que a droga chamada ÁLCOOL é componente forte que contribui para os atos violentos entre essas pessoas que se dizem torcedoras.

Que eles queiram se matar até compreendemos pela total falta de raciocínio inteligente, o problema porém se prende aos circunstantes, ou seja, os inocentes ao redor.

As autoridades, na minha modesta opinião, fazem o possível para conter, mas diante da covardia das ações e de estratégias fica impossível agir com cem por cento de eficiência.

Quando se apregoa que os clássicos sejam disputados apenas com a torcida do time mandante, eu apoio.
Não é bom para o espetáculo, sabemos disso, punem-se aqueles que não são violentos, porém as autoridades policiais têm coisas mais importantes a cuidar na sociedade.

Deslocar grande contingente policial para conter vândalos no futebol acho incoerente com o papel social inerente aos cuidadores da segurança.

Não se trata de matar o gado por causa dos carrapatos, absolutamente, mas de se priorizar o trabalho em prol da comunidade na segurança e não se ocupar exclusivamente com as coisas do futebol e seus vândalos.

Torcida única é uma boa.
Não quero que o dinheiro dos meus impostos seja empregado para cuidar de imbecis travestidos de torcedores, com a única intenção de brigar e se atracar com outros homens.

Policiamento no futebol é necessário mas que não seja reforçado com grande contingente apenas para cuidar de bandidos.  Isso não é honesto com o dinheiro do povo.






Nenhum comentário:

Postar um comentário