terça-feira, 24 de maio de 2016

IDOLATRAR POLÍTICOS? JAMAIS!!!!!!

Como brasileiro não posso me furtar a tocar no assunto que mexe com todos nós, que é a situação social, econômica, financeira e política nacional.

Nunca vivemos uma era de tamanha decepção com os políticos brasileiros.

Escândalo em cima de escândalo.
Hipocrisia alarmante na postura da maioria dos envolvidos.
Muitos são pegos com a mão na grana e ainda negam com ares de arrogância e prepotência.

É a falência moral.

Não sei, confesso, como ainda há pessoas que idolatram os políticos, se há décadas vimos sendo enganados por eles.
Eles mentem, enganam, vilipendiam o patrimônio público de todas as maneiras.

O político brasileiro, e aqui me permitem generalizar, está totalmente desmoralizado.

Se tem alguém que ainda acredita em algum, peço desculpas pela minha posição radical, pois eliminei todos eles de uma provável lista de candidatos a voto no futuro.

Não vejo como algum deles possa merecer a nossa confiança.

Eles estão envergonhando a Nação.
Políticos de partidos A, B, C, D e vai até o Z.

Precisamos começar a tratá-los com rigor, e parece que isto já começou, felizmente.
Mas é preciso parar com idolatrias.
Se precisamos ter ídolos, que tal partirmos para outras personalidades que não estejam ligadas ao mundo da política?

Eles cavaram a própria sepultura.
Hoje todos sabem que os desvios de dinheiro, as propinas, a ilicitude da grana nas campanhas políticas, e tudo mais, acontecem há muito tempo e dilapidam o patrimônio social brasileiro.

E os reflexos do mau comportamento dessa gente está na nossa frente, na frente de todos.
Educação falida, saúde, segurança pública, tudo em grau de miséria.

Somem-se os bilhões e bilhões de reais ( ou dólares ) desviados por esses anti-brasileiros e vejam quanto poderíamos estar equilibrados nessas áreas sociais tão importantes.

Por isso repito:  se alguém ainda acredita em algum político ou idolatra alguém, por favor pense no País exclusivamente.  Pois o Brasil está sendo a grande vítima de todos eles, os irresponsáveis.

Chegamos a um ponto que simplesmente trocar de "comando" é apenas trocar de barganhadores.
É preciso algo mais contundente no cenário e principalmente um "troco" bem dado nesses políticos desleais com a Nação, seja na hora do voto ou sei lá quando.

Chega de idolatrar quem jamais foi ídolo.
* e reforço:  de todos os nomes, de todos os partidos e facções.










4 comentários:

  1. Venho acompanhando seu blog há algum tempo Jota, vejo sua indignação e também sua moral e integridade, por isso trago um pouco de consolo, independente de sua formação religiosa te indico alguns artigos pra você, deixarei o link abaixo, se for cristão vai se identificar e mesmo se não for será de proveito a leitura, alguma dúvida pode me contatar. email: mrluz50@gmail.com.
    https://www.jw.org/pt/ensinos-biblicos/perguntas/que-e-reino-de-deus/
    https://www.jw.org/pt/ensinos-biblicos/perguntas/o-que-reino-de-deus-fara/

    A verdadeira solução pra humanidade é essa Jota, espero que goste da leitura, Não aceite o comentário. Tudo de bom pra você. Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marcos, muito obrigado pela preocupação e pelas indicações.
      Fique bem, amigo.
      abraço do Jota.

      Excluir
  2. Jota, concordo contigo. "Ah, tiraram Fulano, mas o Beltrano rouba". Não, não quero que tire o "Fulano" pra colocar o "Beltrano". Se roubarem, quero cadeia para os dois. Sobre os políticos atuais, sinto o mesmo desânimo. Permita-me citar apenas dois, e os motivos da citação: só votei no PT duas vezes na vida, ambas em Eduardo Suplicy. Quando ele era Senador, lá pelos idos de 2005, cruzei com ele num sábado à tarde no centro de SP, falando num carro de som, respondendo dúvidas de populares sobre o Mensalão, que havia explodido naquela época. Um Senador, que se propõe a falar com o povo na rua, num sábado, e já eleito... por isso votei nele. O outro é o Cristóvam Buarque, que reza há anos a cartilha que diz que o único caminho para o sucesso do Brasil é a educação. Ele bate nesse tecla desde sempre. Não tenho formação partidária, não faço a mínima ideia em quem votarei pra prefeito, menos ainda pra presidente. E concordo com todo o seu texto. Quis apenas fazer esse adendo, sobre impressões meramente pessoais que tive. Um abraço e continue com esse blog maravilhoso!
    Rodrigo

    ResponderExcluir
  3. Perfeito, Rodrigo.
    Somos brasileiros e queremos um País melhor.
    Nunca votei em partidos e sim em pessoas que me pareciam honestas, competentes e determinadas.
    Vamos continuar tentando melhorar.
    forte abraço
    jota

    ResponderExcluir