terça-feira, 15 de março de 2016

A FALÊNCIA DA CLASSE POLITICA

Já vivi algumas décadas e lá atrás pensei que nunca o povo se rebelaria com a classe política e suas desastrosas ações nas esferas municipal, estadual e federal.

Mas neste momento respiro com esperança por tudo o que vejo.

Há no ar um clima de despertar social para repelir todas as barbaridades que os políticos vem cometendo, comprometendo o dia a dia do cidadão trabalhador e honesto.

E o mais positivo que vejo é a abrangência da situação, ou seja, o sentimento é de repulsa a todos os partidos e políticos.
Afora o fanatismo, seja de esquerda ou de direita, os brasileiros que somente pensam no País estão contra tudo o que aí está.

Sintam que quase todos os homens da política que tem aparecido em público estão recebendo vaias e protestos veementes.
Isso é o maior reflexo do quanto a população se encheu desses falastrões.

Tirando os bajuladores profissionais, e isto nunca irá acabar, todos os demais querem mudanças de comportamento daqueles que são eleitos para nos representar com dignidade, seriedade, ética.

O povo não confia mais em qualquer partido ou em qualquer político.
Eles se desgastaram, eles cavaram essa situação.

Alguém poderá invocar as "exceções" e sempre haverá.
Mas a realidade nos mostra que os políticos com boas intenções formam na minoria e portanto incapazes e incompetentes para mudar o quadro.

Ainda estamos em plena turbulência, isso é fato, mas a sinalização do povo nas ruas e redes sociais é altamente positiva e nos dá alguma esperança de mudanças.

Em resumo, de tudo o que estou vendo vejo que a classe política está muito incomodada e sentindo que a situação está insustentável.

Aprendi a respeitar todas as opiniões e posições, em qualquer atividade ou área, e continuarei respeitando, porém como brasileiro quero lisura e responsabilidade de quem se diz nosso representante nas esferas municipal, estadual ou federal.

Não tenho simpatia por qualquer partido, nunca tive, por isso quero sempre defender o BRASIL.
E todos os que denegrirem a nossa imagem revestidos de homens da política terão a minha repulsa e reprovação.

A falência é moral, ética.
Nenhum partido ou pessoa irá salvar o País se não colocar em prática a honestidade em primeiro lugar.

Que os políticos continuem sendo apupados, sem exceção, pois neste momento é tudo o que eles merecem.
E se alguém disser que são homens públicos e que merecem respeito, diríamos que a falta de respeito vem sendo praticada por eles há muito tempo, envergonhando o País e aviltando a população.















2 comentários:

  1. O povo brasileiro passou muito tempo passivamente suportando toda essa lama política, sendo ele o mais prejudicado.Antes tarde do que nunca, pois quem faz uma nação é o povo. Temos muito o que limpar dessa sujeira. Espero que consigamos. Abraço Jotinha.

    ResponderExcluir