sexta-feira, 27 de março de 2015

A FESTA DE ALEX

A escala me coloca neste sábado no jogo/homenagem a Alex.

Será às 9 da noite na Arena do Palmeiras, ao vivo pelo Sportv.

Teremos a festa reunindo o Palmeiras-1999 enfrentando os Amigos do Alex.

Alexsandro de Souza é o nome dele.
37 anos.
Mais de 400 gols na carreira.
Coritiba, Palmeiras, Flamengo, Cruzeiro, Fenerbace, Parma.....
E Seleção, onde atuou em 68 jogos.

Foi campeão brasileiro, da Libertadores, Mercosul, Copa do Brasil, Mineiro, Paranaense, e também a Copa América em 1999 e 2004 pela Seleção.

Numa das vezes em que jogava pelo Palmeiras ( passou três vezes pelo clube ) lembro de uma passagem marcante de Alex.
Num clássico no Morumbi diante do São Paulo, a arbitragem assinalou um pênalti à favor do Verdão e num lance com ele, Alex.

Pênalti marcado, gol feito.

Na saída de campo, Alex entrevistado confessou que "não havia sofrido" o pênalti.
Foi autêntico, honesto, sincero.

No dia seguinte foi duramente advertido por um dirigente do Palmeiras, por ter declarado que o pênalti marcado não existira.

Sempre o admirei, não só pelo exuberante futebol que sempre jogou, mas pela sinceridade e autenticidade nas declarações.
Um cara de opinião.
De personalidade.

Neste sábado ele recebe todas as homenagens do Palmeiras, merecidíssimas.

Estarei nesse trabalho deste sábado com os amigos Mauricio Noriega, Juliano Belletti, André Hernan, Alexandre Oliveira e grande equipe na nova casa do Palmeiras.


Nenhum comentário:

Postar um comentário