terça-feira, 25 de novembro de 2014

PODEMOS MELHORAR O MUNDO.

No futebol e na vida há que se respeitar as opiniões contrárias às nossas.

Há uma tendencia forte que se condenem as pessoas que pensam diferentemente. 

Muitas vezes quem pensa diferente é rotulado disso ou daquilo, o que é equivocado, pois todos temos o direito de raciocinar com independência e liberdade, ainda que estejamos equivocados em nossas teses e atitudes.

O mundo está em polvorosa.  Muita gente anda nervosa, neurotizada pelos acontecimentos e pela pressão social, e não tem freios para despejar no semelhante rajadas de ira e falta de boa educação.

Constatamos isso a todo instante, no relacionamento direto, pessoal, nas redes sociais, enfim, em todos os setores da sociedade.

É necessário refletir.

O mundo só piorará se continuarmos agindo desequilibradamente. 
Somos nós que construímos um mundo "bom" ou "ruim".
As nossas atitudes é que direcionam o planeta.

Quantas vezes o silêncio acaba com discussões bobas, vazias, encerrando o litígio.
Debater pra valer, somente com coisas absolutamente sérias, que valham a pena.

É claro que devemos entender o atual estado de animo da maioria das pessoas, mas uma conscientização coletiva de bons modos é o início da grande transformação.

Estas minhas reflexões não se remetem a nenhum ocorrido comigo, mas em âmbito geral.
Mas é claro que às vezes também sou testemunha de lamentáveis acontecimentos à minha volta.

É preciso refletir, sempre.

Se cobramos tanto dos governantes, e isto se faz muito necessário, devemos olhar para o nosso interior e verificar o que podemos fazer para dar a contribuição individual ao coletivo.

Mas quanto a se ter razão ou não nesse ou naquele assunto, é melhor pensarmos na liberdade de cada um e na escolha dos caminhos.
Podemos contribuir em alguns casos dando corretivos educados e objetivos, pois ensinamentos úteis sempre são saudáveis e necessários, mas com respeito e limites.

Enfim, a vida é assim.    Um desafio de comportamento em grupo.  
Iremos morrer(fisicamente) e não aprenderemos tudo.
Mas enquanto tivermos vida terrena é imperioso que contribuamos positivamente com ética, respeito e dignidade.

O exercício tem de ser diário.
Esmorecer, jamais.
Acreditar, sempre.











Nenhum comentário:

Postar um comentário