segunda-feira, 18 de agosto de 2014

BOM SENSO EM TODOS OS SENTIDOS.

O movimento BOM SENSO é muito bom.

O futebol brasileiro está precisando - e faz tempo - de ordem, organização, uma forte correção na sua rota.

Os efeitos certamente serão benéficos e trarão resultados positivos.

Não é fácil o processo, sabemos, pois aqui no Brasil tudo "é muito difícil" de se mudar, mas uma comoção nacional é capaz de movimentar as classes e o próprio Governo.

Gostaria apenas de fazer uma observação e que não tenho notado nos papos e discussões.

Diz respeito ao comportamento dos ATLETAS ( e treinadores ) nas competições.

E um dos itens é quanto a respeitar as arbitragens, não só nos gestos e atitudes, mas também tendo um comportamento reto com a bola rolando, ou seja, evitando ludibriar o trabalho dos apitadores.

Se todo profissional em sua atividade tem de se comportar com a maior retidão possível, atuando corretamente e com ética, por que o jogador de futebol insiste em ENGANAR quem tem a missão de arbitrar o evento.

Sei que aparecerão aqueles que dirão ser o futebol ASSIM MESMO, que a malandragem faz parte desse esporte e etc etc etc......
Não concordo com isso.

Malandragem é malandragem.  Não é algo saudável, ético e sociável.

Se em nosso cotidiano condenamos a malandragem, no futebol não deve ser diferente.

Estamos num processo de tentar modificar o Mundo - ou o Brasil - e temos que atacar em todas as áreas.
Acho até que demos muita corda à pilantragem e por isso também o Brasil vive esse caos moral que tanto nos incomoda.

Por tudo isso entendo que o BOM SENSO deveria incluir em sua cartilha um modelo de bom comportamento aos atletas profissionais.
E se já incluiu, que se divulgue mais.

O futebol agradece.

A sociedade agradece.


Nenhum comentário:

Postar um comentário