terça-feira, 29 de julho de 2014

FLÁVIO ARAÚJO - UM MESTRE.

Um dos maiores narradores brasileiros está comemorando 80 anos de vida.

FLÁVIO ARAÚJO.

Ele foi perfeito na arte de narrar futebol, basquete, boxe e outros esportes.

Técnico, preciso, vibrante, mas acima de tudo isso um homem culto.

Flávio dava aulas de conhecimento geral em suas jornadas.
Português correto, direto, sem perfumaria.
Ah como aprendi com ele.

Tive a honra e a enorme responsabilidade de substituí-lo na rádio Bandeirantes no início dos anos 80. 

Eu ainda me acertava na parte burocrática do contrato quando encontrei Flávio pelos corredores da emissora do Morumbi.
Ele faria a sua despedida da Band em uma partida daquele final de semana.

Cordialmente, como era a sua marca registrada, se dirigiu a mim desejando toda a felicidade na casa de João Saad e me convidou para acompanhá-lo na sua derradeira transmissão.

Disse que gostaria que o acompanhasse na cabine e assim me passaria como era o esquema das jornadas Bandeirantes.

Em suma, um gentleman.
Uma pessoa acima de qualquer vaidade, rancor ou coisa que o valha.

Posso dizer que recebi o "bastão" das mãos de Flávio Araújo, um mestre da comunicação e um ser humano digno, correto, ético, amigo.

Infelizmente nunca tive a oportunidade de agradece-lo pela gentileza e pelo carinho desse seu gesto.
Mas sempre que posso registro essa atitude de Flávio, uma entidade acima das disputas e pelejas mundanas.

Flávio continuou se relacionando tão bem com a direção da Bandeirantes e saiu pelas portas da frente, como gostamos de dizer, que certa vez foi convidado a narrar uma luta de Adilson Maguila Rodrigues pela emissora do Morumbi.
E deu um show logo na abertura com um discurso emocionante.

Gostaria muito de abraça-lo neste momento de seus 80 anos de vida bem vivida.
Mas geograficamente isto é impossível nessa hora.

Presto neste espaço a minha homenagem a ele.
Todos temos na vida pessoas que admiramos e veneramos.  
Flávio Araújo é uma delas.

Parabéns, mestre!!!!!!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário