sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

MÁRIO TRAVAGLINI - UM HOMEM DA PAZ.

Morreu Mário Travaglini.

Foi um homem do futebol.

Jogou profissionalmente, foi um treinador vitorioso, trabalhou na Seleção Brasileira, foi supervisor de projetos em clubes, chegou a participar de transmissões de rádio e televisão emprestando toda a sua experiência, e outras inúmeras atividades.

Sempre enalteço o ex-jogador, ex-dirigente, ex-treinador, quando nos deixa fisicamente, porque afinal fez parte do mundo em que atuo profissionalmente.
Todos merecem homenagens sob o meu ponto de vista, por mais que tenham errado.
Errar e acertar fazem parte da nossa fase evolutiva nesta passagem por aqui.
Ninguém é 100% bom.   Ninguém é 100% ruim.

Mas quando chega a vez do "seo Mário" é diferente.

Um homem da PAZ.
Calmo, ponderado, conciliador, justo.
Certamente errou, como todos nós erramos, mas sempre buscou o acerto.   Sempre procurou a harmonia nos ambientes que frequentou.  E olha que o ambiente do futebol é danado, perverso, desafiador, nada tranquilo.

Mário sabia muito de futebol, porém sabia mais da VIDA.
Sua aura contaminava positivamente as pessoas que conviviam com ele.

Meus poucos contatos com Travaglini foram de ótima impressão.
Os mais chegados a ele sempre enalteciam o seu espirito conciliador, de cultivar a paz e a harmonia entre as pessoas.

Mário merece muitas homenagens, pelo profissional da bola que foi e pela entidade espiritual de muito brilho.

Vá em paz!
Missão cumprida nesta etapa, seo Mário!
Muitas outras virão e certamente irá vence-las com sua Luz Interior, pois esta não falece.





Nenhum comentário:

Postar um comentário