segunda-feira, 15 de julho de 2013

NEI COSTA, O GRANDE COMUNICADOR.


Todo meio de comunicação é útil e perigoso ao mesmo tempo, dependendo de como se utiliza, evidentemente.
Se utilizado para o BEM, ele é ótimo, prazeroso.
Se utilizado para o MAL, é nefasto, devastador às vezes.

Nesses dias tive a alegria de encontrar no Facebook um querido amigo, companheiro de rádio Bandeirantes nos anos 80,  NEI COSTA.

Um notável comunicador, que ainda hoje enriquece o rádio brasileiro pelas bandas do Paraná.
E além do grande comunicador, alguém totalmente da paz e da harmonia.
Fez amigos e mais amigos em sua passagem pelo rádio paulista.
Seu programa nas manhãs da Bandeirantes na década de 80 era campeoníssimo de audiência.

Me lembro de uma passagem com o Nei durante a Copa do Mundo de 82 na Espanha.
Nei apresentava o seu programa diariamente dos estúdios do IBC de Madri, o Centro de Imprensa do Mundial.

Aí veio "aquele" jogo Brasil x Itália em Sarriá, de melancólica memória pra nós.
Assisti àquela partida ao lado de Nei Costa no hotel em que estávamos, em Madri.
Terminada a "tragédia", cada um tomou um rumo tal a decepção.
Fui caminhar sem destino pelas ruas madrilhenhas, por horas e horas.
Na volta ao hotel encontrei o saudoso e querido Luiz Augusto Maltone no saguão, que dividia o apartamento com o Nei.
Maltone, espantado, me olhou e disse: " Nei Costa deixou um recado em cima da cama dizendo que foi para o aeroporto pegar o primeiro avião para o Brasil!!! ".
E ele conseguiu.
Foi embora da Espanha, tamanha a decepção com a eliminação do Brasil, mesmo ainda tendo vários programas para apresentar até o final da Copa.

Conto essa passagem mais como uma pequena homenagem ao querido amigo Nei.

Aos fãs de Nei Costa dos tempos de rádio Bandeirantes a notícia, portanto, é muito boa.
Ele continua bem, saudável e trabalhando no rádio paranaense, sua terra natal.


















Nenhum comentário:

Postar um comentário