quarta-feira, 21 de março de 2012

NEYMAR, O MELHOR PRO BRASIL

Quando ouço dizer que Neymar precisa ir jogar na Europa para ser "o melhor do Mundo", paro pra pensar e não me conformo.

O que é ser "o melhor do Mundo"?
Vaidade pessoal, vaidade de um País?
Penso que ganhos comerciais, sim, entram nessa pauta.
Os contratos de publicidade aumentam consideravelmente.
Mas, para Neymar, como exemplo, que já ganha como se estivesse na Europa, os contratos vão continuar aparecendo, aqui e acolá, independentemente de jogar no exterior e receber o troféu de "O Melhor".

Gente, ser o melhor disso ou daquilo para Neymar, com sua consagração pessoal e profissional nos dias de hoje, creio que não seja nada tão importante.

Enquanto o Santos e patrocinadores fazem de tudo para manter o garoto no Brasil, valorizando o clube, o País e as competições daqui, aparecem personalidades dizendo que para ele ser O MELHOR DO MUNDO, tem de jogar na Europa.
Juro que não entra na minha já cansada cabecinha.

Pessoalmente, nunca entrei nesse empolgação de ver um brasileiro MELHOR DO MUNDO.
Juro que nunca.
Sabemos que essas escolhas são comerciais, capciosas, tendenciosas às vezes, nada confiáveis, embora sempre os craques estejam concorrendo, o que é o óbvio.

Melhor disso, melhor daquilo, o melhor mesmo para o brasileiro é ter Neymar aqui.
Dando seus dribles, marcando gols, demonstrando todo o seu talento.

É claro que em alguns casos, os dos empresários principalmente, é importante pressionar para que o jogador seja negociado, resultando em lucros fantásticos.
Mas se os clubes brasileiros puderem SEGURAR, e o Santos tem feito isto espetacularmente, é bom pra todos nós.

Aliás, me permitam uma colocação egoista, totalmente pessoal, sobre o assunto O MELHOR DISSO ou DAQUILO.
Acho uma tremenda bobagem, embora faça parte das discussões diárias do futebol.

Há os jogadores com mais recursos técnicos, é óbvio, há os mais talentosos, os de maior repertório, mas ninguém JOGA SOZINHO.

Que se ressaltem os craques, isto é normal, mas que não deixem de valorizar o GRUPO.
Ninguém é melhor do mundo se no seu time não houver um trabalho de conjunto.
Um grande filme não se faz apenas de protagonistas.

2 comentários:

  1. Jota
    Permita-me discordar, dizem que Pelé,Pepe, etc não precisaram sair para serem grandes jogadores, porem naquela época os melhores jogadores não estavam somente na Europa, mesmo jogando por aqui em nosso continente era possivel enfrentar jogadores de altissimo nivel, infelizmente hoje não é assim, quem joga na Europa é celebridade mundial e o Santos sentiu isso ao enfrentar o Barcelona, só faltou os brasileiros pedirem autografos para os rivais tamanha a reverência. O meu medo é que não saindo jogadores como Neymar, Ganso e Lucas poderão sentir-se estranhos no ninho quando estiverem enfrentando os badalados estrangeiros na Copa, coisa que quem já joga lá fora esta acostumado.
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Jota, o Neymar já é realidade no Brasil. Você acredita que na Europa ele teria que mostrar todo seu talento para conseguir ser comparado ao Messi assim como é comparado aqui no Brasil?

    Camila Borasca

    ResponderExcluir