domingo, 12 de fevereiro de 2012

MORREU BIDON, UM BOM AMIGO.

Morreu um bom amigo.

Luiz Carlos Pedro, conhecido como Bidon nos meios futebolísticos.

Morreu em Americana onde residia nas últimas décadas.
Chegou à cidade na década de 70, depois de ter jogador pelo Guarani, Palmeiras, XV de Piracicaba, Fluminense de Araguari e outros times.

Chegou, em fim de carreira, jogou um pouco e logo se transformou em treinador.

Dirigiu o Americana Esporte Clube, time que fez a ponte para a volta do Rio Branco ao futebol profissional.

À partir dali, seguiu na carreira de técnico com bons trabalhos pelo interior paulista e mineiro.

Ultimamente, aos 77 anos, Bidon andava adoentado e muito triste, reflexivo.
Morava sozinho em Americana.
Já fazia uns 3 anos que estava solitário, depois de perder a companheira.

Seus filhos moravam fora de Americana. Aliás, nunca residiram na cidade.

Bidon era um grande papo.
Arrojado, impetuoso, sempre ditava as normas e regras por onde passava.

Um cara simples, desprovido de qualquer vaidade.

Escreveu sua história na vida e no futebol.
Deixou muitos amigos.
Partiu ainda com vontade de trabalhar em algum clube.

Que ele faça a PASSAGEM com tranquilidade, bem amparado, marchando para uma nova etapa no Universo.

Quanto a mim, me resta agradecer ao querido amigo pelo carinho da amizade.

4 comentários:

  1. Faço minhas..., suas palavras... Posso???!!!... Bidon... sempre irreverente... bom humor... Até em alguns momentos difíceis... ele não perdia o bom humor... Descanse em paz... velho amigo... amigo velho???!!!... Bidon não era velho... Era um jovem senhor... sempre muito bem humorado... :):):)

    ResponderExcluir
  2. Amigo Bidon. Nunca nos deixou na mão. Não passei fome por causa do Bidon. Ajudou muita gente. Me ensinou a ser homem. Tinha tiradas tão inteligentes que certamente só depois de muitos anos, conheceremos outro igaual. Obrigado Bidon pela amizade, pelo carinho, pelo Pai que o Sr. foi para mim. Obrigado e Obrigado. Miltão Santista. Marília São Paulo

    ResponderExcluir
  3. Amigo Bidon. Nunca nos deixou na mão. Não passei fome por causa do Bidon. Ajudou muita gente. Me ensinou a ser homem. Tinha tiradas tão inteligentes que certamente só depois de muitos anos, conheceremos outro igaual. Obrigado Bidon pela amizade, pelo carinho, pelo Pai que o Sr. foi para mim. Obrigado e Obrigado. Miltão Santista. Marília São Paulo

    ResponderExcluir
  4. GRANDE HOMEM, GIGANTE SER. QUE DEUS ILUMINE SEMPRE HOMENS DESTA ESTIRPE. MILTON SANTISTA!!!

    ResponderExcluir