quarta-feira, 2 de novembro de 2011

QUEM MORRE, NÃO MORRE.

Dia de Finados.

Todos já perderam, em algum momento, um ente querido.

Perder alguém muito querido é dor, é sofrimento, é desespero, é algo indescritível.

Tem tantas coisas que ainda não entendemos.
Tem tantas coisas que insistimos em não acreditar.
Ficamos a nos achar superinteligentes e a só crer naquilo que podemos ver e apalpar, ainda com a máxima de que só é crível o que a Ciência provar.

Na verdade precisamos ser mais humildes e aceitar que NADA SABEMOS.
Mas é possivel descortinar que há ALGO muito mais inteligente acima de nossas frágeis cabeças.
Basta ver como é o Universo. A natureza humana. Os sistemas solares. Os planetas, as estrelas. E muito mais...

Quem somos nós para duvidar de algo além da matéria?

Concluir que tudo é obra do acaso é acomodação. É conveniente. É não querer pensar. E o pior, é ficar burramente apenas nas nossas conclusões pessoais, dogmáticas, desprezando alguma inteligência SUPERIOR, ampla, acima da nossa compreensão.

Concluir que somos apenas MATÉRIA é assinar um atestado de cegueira espiritual.

Devemos ser humildes e aceitar que acima das nossas cabecinhas ôcas, há uma magnitude cósmica totalmente incompreensível para as nossas limitações físicas.
* Pelo menos, por enquanto.

Ficamos aqui com as nossas limitações corporais, são apenas cinco os sentidos, duvidando de tudo, sem explorar a nossa mente, a nossa inteligência intuitiva.

E se não mais sabemos, é porque não queremos.
Está tudo aí para ser percebido, pesquisado, experimentado.

Quem morre é a matéria, apenas.
A nossa essência cósmica não perece, posto que não é matéria.

Portanto, quem morreu, não morreu.
Apenas mudou de dimensão, de plano energético.
Todos vivem.

Os Criadores não criariam, para destruir tão rápida e cruelmente. Friamente.

Quem cria quer que sua obra seja eterna.

Belo dia para refletirmos sobre o tema.

14 comentários:

  1. Compartilho desse pensamento, Jota.
    Como você deixou bem claro, compartilho desse pensamento porque estudo, porque pesquiso, porque converso com pessoas que também têm afinidade com esses deliciosos e intrigantes assuntos.
    Um grande abraço e vamos seguindo nesta jornada do mistério, da limitação e da pequenez enquanto seres limitados pela matéria.
    Edu Oliveira

    ResponderExcluir
  2. Jota,

    é a primeira vez que acesso o seu blog, embora já o siga pelo twitter e conheça o seu trabalho como narrador, que aliás é muito bom!
    É perfeito o seu texto, a arrogância humana é tão grande que acham que tudo foi criado, na grandeza e proporção, somente para nossa existência material!?

    ResponderExcluir
  3. Esta magnitude cósmica totalmente incompreensível, eu particularmente chamo de DEUS!!

    Lindo Texto Jota!!

    Claudio Lemes - Pelotas -RS (Tchê)

    ResponderExcluir
  4. Grande Jota Jr, realmente tudo que tu faz é bem feito, esse texto esta fantastico...

    ResponderExcluir
  5. Jota, vc me autoriza a mostrar seu texto lá no CEC?
    Vou mostrar para aquele desembargador que eu mostrei a palestra. Pelo que estou aprendendo aqui é apenas uma passagem, não somos apenas matéria, somos energias, certo? Os pensamentos a seguir do mestre KARDEC diz tudo
    "Os espíritos protetores nos ajudam com os seus conselhos, através da voz da consciência, que fazem falar em nosso íntimo - mas como nem sempre lhes damos a necessária importância, oferecem-nos outros mais diretos, servindo-se das pessoas que nos cercam." O corpo existe tão somente para que o Espírito se manifeste.
    Allan Kardec
    Já reflete mais ou menos o que vc passou na sua mensagem. JOTA JÚNIOR, MEU MÉDIUM PREFERIDO QUE ME INDICOU O CAMINHO CERTO, GRANDE ABRAÇO

    ResponderExcluir
  6. Jota Jr, foi o máximo a união dessas palavras sábias e acolhedora. Dificil de não ler e de não emocionar. Lindo, maravilhoso, inesquecível... Um grande aconchego com magnífico bem estar humano. Parabéns, sucesso sempre.

    ResponderExcluir
  7. Jota Sênior, parabéns!
    De Júnior tem a jovialidade, a energia, a vibração constante. A marca registrada.
    De Sênior tem a sabedoria, a tranquilidade, o equilíbrio. A longa estrada percorrida.
    Acompanho seu trabalho desde a Gazeta... não sei se sou tão júnior ou tão sênior quanto você, amigo, mas rodei um pouquinho já! rsrs.
    Tive a satisfação de conhecê-lo há muitos anos, contatos rápidos, é possível que nem se lembre, mas não é o que importa.
    Vim aqui atraído por uma nota no UOL e descobri teu blog. Só mesmo uma pessoa como você, querido que é por seus companheiros, devido à sua integridade, poderia defender com maestria seus companheiros da Record.
    Quanto ao texto deste post sobre o dia de hoje (2/11), nada a acrescentar, somente partilhar e concordar.
    Fui árbitro internacional de voleibol por muitos anos e na década 90 nos encontramos em algumas quadras do esporte e da vida.
    Nesses momentos só ouvi grandes e enormes elogios tecidos por seus colegas na época que consolidaram a impressão que eu já tinha de você.
    Aprecio demais teu trabalho e fico feliz em vê-lo bem.
    Meu nome é Alfio Sacchi Filho, sou de São Paulo-SP.
    Continue tua estrada de sucesso e competência!
    Seja feliz!
    Grande abraço.
    LUZ!
    Alfio

    ResponderExcluir
  8. Alfio, poxa, que legal receber seu comentário e saber que o amigo está bem.
    É claro que me lembro de você. Quantos jogos transmiti onde o amigo trabalhou. Você é um dos nomes consagrados da arbitragem brasileira.
    Muito obrigado.
    abraço.
    jota

    ResponderExcluir
  9. Caro Jota Jr.... bom dia e um grande abraço!
    Parabéns pelo belo texto, conforme o Alfio Sacchi Filho, do comentário anterior bem colocou!
    Sou aquele seu fã de Uberlândia, que no teu antigo blog do Terra, convidou para o café e o pão de queijo em Uberlândia.
    Bem, teu blog mudou de endereço, mas você muda todo dia para melhor.
    O convite não mudou ! Vino aqui, a casa é tua!!
    Grande abraço e fique com Deus!!!!
    Marco Aurélio-Uberlândia/MG

    ResponderExcluir
  10. Marco Aurélio-Uberlândia/MG3 de novembro de 2011 04:02

    Caro Jota.... voltei aqui para fazer uma nova colocação, ou seja, uma pergunta que não quer calar:
    O regime político de Cuba, sabemos todos, é digno de qualquer crítica humanista. Povo faminto, ditadura, "paredón" etc etc... Eu, particularmente, tenho dó desse povo que vive de forma miserável, pelo que vi quando fui lá!!!
    Mas...por quê o desempenho esportivo de Cuba é superior ao nosso???
    Um pais miserável, cujo PIB é menor que de muitos (dos mais pobres!!) Estados brasileiros... não seria de se esperar o contrário??
    Será que lá a questão do esporte é tratada com mais seriedade OU COM MAIS HONESTIDADE???
    Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  11. Caro Jota,
    Eu e minha esposa, Espíritas e Cristãos convictos que somos, ficamos maravilhados com a clareza de pensamento que voce descreveu o Dia dos Mortos. Parabéns e que Deus, na Sua infinita bondade, te ilumine nos teus passos na vida pessoal e profissional.
    P.S.- Só para refrescar sua memória de quem somos: viajamos, eu e esposa, no mesmo vôo contigo, do Galeão para Viracopos em 26/06/11.
    Abraços
    Dr.Capuano

    ResponderExcluir
  12. Doutor Capuano, é claro que me lembrei da viagem.
    Espero que esteja tudo bem com vocês.
    Que nossos caminhos sejam iluminados pelo Alto.
    grande abraço.
    jota

    ResponderExcluir
  13. Caro Jota,
    Só corrigindo: o vôo foi do Santos Dumont
    Abraço
    Dr. Capuano

    ResponderExcluir
  14. Lindo, Jota. Acabo de perder um grande amor para essa outra dimensão. Mas ela me deixou de presente o entendimento de que não acabamos com a finitude do corpo. Obrigada por esse aconchego com palavras. Beijo de uma fã.

    ResponderExcluir