quarta-feira, 24 de agosto de 2011

RECADO PRA DONA MARIA ALICE

Amigos e amigas, evito ao máximo esse negócio de votar nos "melhores disso ou daquilo", nessa área ou em qualquer outra.

Mas não podia deixar de atender ao colega José Ilan, outro dia, que me pediu para relacionar os "10 melhores goleiros" da história brasileira.

Não gosto, pois em primeiro lugar corremos o grande risco de cometer injustiças e esquecimento de nomes.
Quando emitimos qualquer opinião - eu penso assim - a responsabilidade é muito grande. Estamos mexendo com fatos, personalidades, e a fidelidade à verdade e à justiça deve prevalecer.

Fiz minha relação e certamente descontentei pessoas, que têm suas visões e opiniões diferentes. Cada um vê de um jeito ou se simpatiza com algo ou alguém.
Normal, isso.

É o caso de uma leitora do blog, dona Maria Alice, a quem respeito muito, que se estarrece com o fato da minha relação dos 10 não constar Castilho, Fluminense, Santos e Seleção Brasileira.

Prontamente respondi à ela no Post "Palmeiras x Vasco, Quinta" e depois na coluna seguinte.
* Por não ter lido a publicação de seu comentário, Maria Alice protestou e mandou outra observação dizendo que jornalista não gosta de criticas.
Não é o meu caso, dona Maria Alice.
Não só publiquei sua critica, como também respondi, justificando.
Confira, por favor.

Mas voltando ao tema, é muito dificil você pegar a história do futebol brasileiro e destacar apenas dez nomes, dessa ou daquela posição.
Esquecimento ou equivocos, certamente aparecerão.
Dona Maria Alice, também, me acusou de bairrista, pois dos dez nomes, oito eram de paulistas.
Ocorre que me orientei em goleiros que EU VI jogar, fisica, pessoalmente.

Mas Carlos Castilho merece todas as honras.
Foi reserva de Gilmar dos Santos Neves em duas Copas, bicampeão mundial.
Um goleiraço.
Mas vi muito pouco.

** Maria Alice, reforço: não só publiquei suas criticas, como também respondi.
Confira, por favor.






Nenhum comentário:

Postar um comentário