terça-feira, 26 de julho de 2011

SELEÇÃO E OS CLUBES

Muricy Ramalho reclama da convocação de dois jogadores pela Seleção e pede para não fazer o clássico do dia 10/8 com o Corinthians.

Tite vai no embalo e também alega que tem muitos jogadores machucados. Também quer jogar em outra data contra o Peixe.

É um jogo da quinta rodada e já estamos na décima-segunda.

Mano Menezes tem de formar o grupo para o amistoso contra a Alemanha e convoca.
Convocou dois atletas do Peixe e um do Timão.

Os clubes chiam e dizem que são eles que pagam os salários dos jogadores.
CBF prioriza a Seleção por causa de compromissos comerciais e faz sua agenda.

Houve um tempo em que as agremiações vibravam quando tinham atletas convocados, pois o fato valorizava a ambos. Todos ganhavam com isso.

Como houve também um tempo que os jogadores almejavam a convocação.

Hoje tudo mudou. A neurose aumentou. Os interesses comerciais, idem. A própria CBF poderia conciliar melhor as datas - exceção das reservadas pela Fifa - e não prejudicar os clubes.

Em resumo, o momento é muito triste. Preocupante.

Assim como a Seleção precisa ser respeitada, idem idem as agremiações.

Mas de uma maneira geral, há exageros de ambas as partes.

A queda-de-braço não é interessante para ninguém.

Nenhum comentário:

Postar um comentário