quinta-feira, 14 de julho de 2011

NINGUÉM SABE PERDER

Não é crítica o que vou escrever, mas uma constatação.

No futebol, o time ganhou e só pintam elogios.
O time perdeu ou não ganhou, todos caem de pau e não se salva ninguém.

Nas duas primeiras rodadas da Copa América, onde os argentinos não venceram, só se ouvia pelas ruas de Buenos Aires que o time era fraco e ninguém escapava de severas criticas.

Agora acontece também com o Brasil, depois da vitória sobre o Equador e a classificação para pegar o Paraguai.

Ouvi de vários motoristas de táxis argentinos que até Messi era uma mentira, e que "não era tudo isso".
Mas isso até a vitória sobre a Costa Rica, obviamente.

Futebol é paixão, e varia de acordo com os resultados.
É assim, mesmo.
Aliás, pedir equilibrio e sensatez das pessoas nas derrotas é algo realmente complicado.
Ninguém quer perder. Nenhum perdedor fala das derrotas dando méritos ao adversário vencedor. Ou são poucos que fazem isso.

Vêm aí as quartas-de-final, e se Argentina ou Brasil cair - ou os dois caírem - a carga de duras criticas voltarão à baila.

E assim a vida do futebol vai em frente.....

Nenhum comentário:

Postar um comentário