quarta-feira, 15 de junho de 2011

TORCIDA PELO PEIXE, OU BRASIL

Respeitando todas as posições clubisticas dos torcedores, particularmente gostaria que o Santos levantasse a Libertadores pela terceira vez.

Vejo assim principalmente pelo aspecto de que quem ganharia, além do Peixe, seria o futebol brasileiro. Ganharia também o futebol, pela maneira como o Santos tem jogado, alegre, envolvente, pra frente.

Portanto, hoje em Montevidéu a missão brasileira santista é arrancar pelo menos o empate. Dá para vencer, mas dadas às dificuldades naturais do jogo e das circunstâncias, o empate seria um grande resultado.

Depois, no Pacaembu, o Peixe estaria mais à vontade, menos pressionado, para fazer a festa da conquista.

Destaco o futebol brasileiro em mais uma final de Libertadores.
Nos últimos 11 anos, jogamos nove decisões, e ganhamos três vezes.
Já os uruguaios, saudosos de finais na competição, entram em campo tensos, nervosos, com a enorme responsabilidade de restaurar a honra do seu futebol em termos internacionais.

Boa sorte ao Peixe!
Que tenhamos um grande espetáculo.
É a festa do futebol sul-americano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário