sexta-feira, 13 de maio de 2011

SANTOS OU CORINTHIANS ???

Os mais intimos me perguntam como é que estou na profissão de jornalista esportivo?

E explico.

Eles ficam indignados com o fato de eu ser avesso a discutir futebol, como também me nego a arriscar palpites sobre resultados técnicos.

Confesso que mesmo na idade da impetuosidade, juventude, ou como queiram classificar, eu me escondia dos papos e das discussões. Sou muito prático, talvez por isso. Entendo que cada um tem seus pontos de vista, suas convicções, e qualquer conclusão é meramente pessoal.

Vou ao extremo, devo admitir, de pensar que é uma tremenda futilidade discutir futebol e suas peripécias com seriedade, autoridade e veemencia. Respeito quem gosta, evidentemente. Mas não é a minha praia.

Então, quando me perguntam sobre quem vai ser o campeão de domingo na Vila Belmiro, prefiro ficar em cima do muro e não me envergonho disso.
Futebol é técnica, tática, preparação fisica, organização clubistica, tudo isso, mas é um JOGO.
Há nuances numa partida de futebol que não estão nas pranchetas dos treinadores.
Existe o sempre atento Imponderável FC, que a qualquer momento aparece.
Há os equivocos de arbitragens, inevitáveis, pois os caras são humanos, e também sujeitos a erros.

Por essas e outras, não tenho a minima vontade de palpitar sobre o campeão paulista de 2011.

Torço para que o espetáculo seja vistoso, empolgante, emocionante. Isso sim.

Torço da mesma forma para que a arbitragem erre o menos possivel, não influindo no resultado, para não termos nenhuma mancha na conquista do titulo.

Torço pelo futebol em si.

Nenhum comentário:

Postar um comentário