quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

FUTEBOL É APENAS UM ESPORTE

Seria uma maravilha se o futebol fosse visto mais como uma diversão, um entretenimento, do que propriamente como competição.

É evidente que toda competição precisa ter um fundo, um objetivo.
Na vida se busca a vitória.
Mas o acirramento das emoções é que me incomoda.

Alguém se identificar com um clube é muito natural.
Felizmente assim o é.
Porém, o envolvimento exacerbado das pessoas com os clubes e com os resultados é que precisaria ser revisto.

Há pessoas que colocam o futebol como a "coisa" mais importante de suas vidas.
E todos sabemos que isto não é verdade.
Antes do futebol há uma série de "coisas" importantes, como a saúde, a família, o trabalho, os estudos, o respeito ao semelhante.

Na lista dos entretenimentos talvez o futebol entre em primeiro, para muita gente.

Há pessoas que não se identificam com esse esporte e devemos respeitar.

Sempre procurei me policiar quanto a gostar muito de futebol.
Acho ridículo perder a razão ou amizades por causa desse esporte.
A finalidade dele existir, na verdade, não é essa.

As brincadeiras, as gozações saudáveis, as apostas, tudo é perfeitamente válido.
A rivalidade é que faz o futebol se manter.
É óbvio que sim.
Mas quando as coisas se voltam para o "irracional" ou o selvagem, é preciso buscar ajuda psicológica com bons profissionais da área.

Sei que a minha tese é fraca ou um grão de areia no deserto, mas é preciso alertar para os excessos de comportamento quando o assunto é esporte.
Que tomemos cuidados especiais com as crianças que agora tomam os primeiros contatos com o futebol.

Fomentar o fanatismo nos mais jovens é um risco grande.
Podemos estar incrementando desvios de personalidade.
É preciso incutir na cabeça das crianças que o futebol é APENAS UM ESPORTE.
Perder e ganhar fazem parte de um contexto competitivo.
Um dia se perde. Noutro, se ganha.
É a roda da vida, também.

Por isso, o papel importante e vital dos pais e tutores junto aos meninos que começam a se "apaixonar" pelo magnetismo do futebol.

Pensemos nisso tudo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário