quarta-feira, 14 de julho de 2010

A BOLA DO BRASILEIRÃO

Torcedor brasileiro mata a saudade.

Retoma o Brasileirão à partir de hoje.

Bons jogos.

O choque de líderes em Fortaleza. Encontro de alvinegros. Ceará x Corinthians.
Castelão vai bombar.
Ceará, agora sem PC Gusmão, só tomou um gol em sete rodadas.
Timão mais uma vez sem Ronaldo.

Fluminense, terceiro colocado, entra em campo apenas amanhã pegando o Prudente.

Santos, em quarto, somente amanhã também, enfrentando o Verdão.

Guarani, quinto, recebe o Internacional com chuva total. Gramado do Brinco encharcado.
** hoje é aniversário de Campinas. 233 anos.

Tricolor do Morumbi, na sexta colocação, recebe o Avaí às 7 e meia da noite. Morumbi.

Goiás pega o Vasco no Serra Dourada, nove e cinquenta.

Botafogo e Flamengo fazendo o clássico no Rio. Tradição do confronto em campo.

Em Curitiba tem Atlético pegando o Cruzeiro, sete e meia da noite, na Arena.

Amanhã tem o choque dos atléticos em BH: Galo x Goianiense. Diego Souza deve estrear.
Luxemburgo no banco, ainda de muletas depois da fratura de perna.

É a volta do Brasileirão.

Daqui pra frente, 31 rodadas. Tudo está em jogo ainda.

Boa rodada para todos nós.

3 comentários:

  1. Orlando, João Pessoa/PB14 de julho de 2010 16:42

    Olá, Jota. Tudo bem?

    Estou entusiasmado com o retorno do Brasileirão.

    Espero que o Flamengo, meu time, supere, logo a partir de hoje, essa fase difícil agravada pelo caso Bruno... Mais uma história que nos entristesse e prejudica a imagem do time.

    Achei positiva a atitude de Zico de vir a público defender o Flamengo e exigir respeito por tudo que esse time representa para o futebol brasileiro. Orgulhou-me muito a postura dele.

    Foi uma atitude de quem realmente ama e leva a sério a instituição que representa. Por isso e por muito mais, Zico continuará a ser o grande ídolo do Flamengo. Esse cara é sério!

    Boa sorte para Zico. Boa sorte para o Mengão.

    Abração, Jota.

    ResponderExcluir
  2. Jota, passo por aqui citando o Câmara Cascudo, pra te ajudar a esclarecer o termo "cama de gato", assuntado por você o e Luiz Ademar na narração do jogo do Palmeiras na sexta passada.
    Não encontrei o Luiz Ademar na blogosfera, então sugiro você passar pra ele. Um abraço.

    " Trata-se de uma expressão popular, que, segundo Luís da Câmara Cascudo, tem duas acepções. “É divertimento infantil, com cordéis entrelaçados pelos dedos das duas mãos, formando uma rede que se deve desmanchar com um único lance. E é também usada, popularmente e na gíria de futebol, como uma das mais violentas quedas provocadas que conhecemos. Quando o jogador pula para cabecear uma bola, o outro o escora pelas pernas; dá-se o desequilíbrio e o primeiro cai espetacularmente. Houve “cama de gato”. É falta grave.” E o mestre continua, citando Veríssimo de Melo, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal: “Entre a rapaziada no Nordeste, usa-se a cama de gato como uma das mais estúpidas brincadeiras de que já fomos vítima. Um dos jovens fica por trás do que foi escolhido, de gatinhas, enquanto um outro o empurra pelos peitos. Tombando de costas, a vítima encontra a resistência do que está de gatinhas e quase sempre cai de pernas para o ar, completamente tonto”. Pela descrição acima, podemos afirmar que a expressão usada no futebol inspirou-se nesta brincadeira de mau gosto. Já o ingênuo e criativo divertimento infantil deve ter recebido o nome de CAMA DE GATO, porque os cordéis entrelaçados nas mãos, formam uma pequena rede, e, por metáfora, na concepção infantil, poderia sugerir uma cama de gato. Parece, ainda, que a brincadeira infantil de mau gosto e a falta grave no futebol receberam o nome de cama de gato, porque é no chão que o gato faz sua cama e, também, aqueles que tombam caem espalhafatosamente como bichanos, quando lançados pelo rabo em direção ao solo (V. Luís da Câmara Cascudo, Dicionário do folclore brasileiro, 2 ed. , Rio de Janeiro, Instituto Nacional do Livro, Ministério da Educação e Cultura, 1962, V. I, p. 173). O vocábulo CAMA já circulava na Península Hispânica e existia no latim medieval."

    ResponderExcluir
  3. Ola Jota boa noite,

    Como diz o bom Mineiro o contrário de Fumo é:
    VORTEMO, é então voltamos a realidade brasileira do nosso querido futebol, Luxa de Muleta, Felipão no Palmeiras, caso horroroso do Bruno, o São Paulo já perdendo, O Ceará querendo ser lider, seleção sem tecnico, janela européia, Final de Libertadores, enfim, vortemo ao nosso maravilhoso Futebol, que Jabulane que nada, Viva o Futebol Brasileiro;

    Abraços

    Domingos Arthur - Sp

    ResponderExcluir