sexta-feira, 21 de maio de 2010

UM BRASILEIRO NA DECISAO

Ainda estou em Buenos Aires, depois da sofrida classificacao do Internacional ontem.

Cidade com chuva fina e 17 graus.

Torcida colorada ainda comemora e esteve presente em bom nùmero ontem no estàdio Centenàrio, casa do Quilmes, que subiu este ano para a primeira divisao argentina.

Lamentàvel o que houve depois da partida, envolvendo o zagueiro Desàbato, os goleiros Abbondanzieri e Lauro, e outros de cabeca quente.

Mas o Inter eliminou o ùltimo argentino na competicao e atual campeao da Libertadores.

Flamengo ficou pelo caminho, assim como o Cruzeiro.

Pena tambèm que as semifinais acontecam somente depois da Copa.
Quebra o clima.
Adia o envolvimento das emocoes.

Teremos um brasileiro em mais uma decisao. Tricolor ou Colorado.

Nos ùltimos 10 anos o futebol brasileiro sò ganhou duas Libertadores.
Sao Paulo 2005. Inter 2006.

Em tempo. Gostei do estàdio Centenàrio. Acomoda umas 30 mil pessoas.
O gramado è que precisaria de cuidados maiores.

2 comentários:

  1. Jota
    Me lembro que nas decadas de 70/80 quando a Libertadores até não era tão valorizada como agora pelos brasileiros a nossa imprensa reclamava que sofria muito em jogos fora do Brasil, assim como os jogadores os profissionais que participavam das coberturas também passavam mau bocados nos estadios dos paises vizinhos, isso mudou?
    Abraços
    Roberto Carlos

    ResponderExcluir
  2. Verdade, Roberto.

    Me lembro também de quando os clubes brasileiros não davam muita bola pra Libertadores.
    Talvez por isso estejamos bem atrás da Argentina na quantidade de titulos conquistados.

    Sobre os "maus bocados" fora do Brasil, sempre houve histórias e estórias, mas no meu caso jamais tive problemas.
    Agora em Buenos Aires, por exemplo, tudo correu bem, normal, fomos bem atendidos.

    abraço
    jota

    ResponderExcluir