quinta-feira, 22 de abril de 2010

NOTA DEZ PRA GALERA

Estive na Arena da Baixada.

Torcida do Atlético fez o movimento CARA NEGRA, protestou pela injúria racial de Danilo a Manoel, pegou no pé do zagueiro palmeirense, cantou, fez a Arena ficar bonita.

Comportou-se como todas as torcidas deveriam fazer.

Tudo na paz.

Nada de agressões, coações, ameaças ou coisas parecidas.

Desde a chegada dos torcedores até a saída, tudo correu perfeitamente bem.

Nós da imprensa de fora, por exemplo, em nenhum momento fomos hostilizados.
Tivemos total tranquilidade para o trabalho.

No campo de jogo o Furacão não conseguiu a classificação, mas a sua torcida deu um show de esportividade nas arquibancadas.

Assim é o esporte.
Isto é civilidade.

3 comentários:

  1. Jota
    Depois de mais um caso de racismo acabar em boletim de ocorrência, lhe pergunto: voce saberia me dizer até que ponto uma agressão verbal ou fisica dentro do campo esportivo esta sujeito as penalidades da lei podendo acabar em uma delegacia? Será que se um jogador der uma cotovelada de proposito no adversário o policiamento tem direito de invadir o campo e deter o agressor?
    Abraços
    Roberto Carlos

    ResponderExcluir
  2. Orlando, João Pessoa/PB24 de abril de 2010 04:26

    Olá, Jota. Tudo bem?

    Você não imagina o quanto eu fico triste e profundamente desanimado com o mundo, sempre que eu vejo ou escuto casos de discriminação entre pessoas.

    Como você sabe, Jota, desde que comecei a frequentar o seu blog, eu nunca deixei de emitir a minha opinião sempre que você postou alguma nota sobre esse assunto.

    Quase sempre apenas leio os seus posts, de que gosto muito. Mas, quando o assunto é mais sério do que as notas sobre esportes, a mera leitura não me satisfaz. Então, eu exponho prontamente a minha opinião, porque é preciso falar, alto e bom som, contra essas idéias e comportamentos tão primitivos e desafinados com os dias atuais.

    Gosto muito quando você escreve sobre assuntos como esse, Jota. Sinto que emanam muita verdade e sentimento das coisas que você escreve.

    Outros escrevem e falam sobre isso também, mas alguns soam, para mim, como uma obrigação ou uma postura politicamente correta, tão em moda e exigida hoje em dia, que já se tornou uma coisa chat e vazia.

    Obrigado pelo post, Jota

    Um grande abraço

    Orlando

    ResponderExcluir
  3. Orlando, quando surgem esses casos de preconceito e de discriminação é que a gente vê o quanto ainda NAO EVOLUIMOS.

    É claro que muitas pessoas já cresceram e não cometem essas atrocidades raciais, mas ainda há muitos que não despertaram para a REALIDADE da existência.

    Parece que vivemos para DISCRIMINAR, percebe?
    Criticamos a tudo e a todos, sem olhar para o nosso interior. Criticamos, discriminamos, como se perfeitos fossemos.
    Falta humildade. Inteligência, na verdade.

    Mas estamos todos ( o planeta ) num processo de aprendizado.
    Quem não quiser aprender, perderá seu tempo...

    abraço, amigo, e bom fim de semana.

    jota

    ResponderExcluir