sexta-feira, 12 de março de 2010

MORREU EUSÉBIO

Mais um perda humana.

Perde a vida o ex-jogador do Santos, Eusébio.
Carlos de Jesus Eusébio.

O Zébinho, como era carinhosamente chamado.

Foi num acidente de carro entre Piracicaba e Santa Bárbara D'Oeste, sua cidade natal.

Tinha 58 anos de idade.

Eusébio fez dupla com Pelé no Peixe, década de 70.
Campeão paulista naquele titulo dividido com a Lusa em 1973.

Jogou por dez anos no futebol mexicano, onde deixou seu nome fortemente registrado.

Alegre, família, de grande coração, Zébinho passou pela vida terrena com muita luz no coração.

Entidade muito querida por todos.

Foi um grande jogador, mas principalmente uma grande alma.

Revelado no União Agrícola Barbarense.

Vai com Deus, querido Zébinho.

3 comentários:

  1. JOTA

    Que pena...
    Conheci o Eusébio e o entrevistei na Azulzinha... figura boníssima.
    Gostaria de mais uma vez evidenciar a sua peculiaridade com o semelhante, sempre com muita serenidade, encara a "mudança de dimensão" como todos nós deveríamos... mas, nem sempre conseguimos. Vc o faz com muita naturalidade, aos seus, amigos, ídolos e até distantes... parabéns amigo, vou "chover no molhado" mas, vc é fera!

    Forte abraço e bom final de semana... estaremos no Ulrico Mursa... na linda Santos!

    PAULOFILÉ

    ResponderExcluir
  2. Infelizmente o nosso país não tem memória e a culpa é da gente mesmo que não cultua nossos ídolos como eles merecem.
    Eu não sabia que tinha um jogador morando na minha região que tinha jogado com o Pelé.
    E com certeza, muitos jovens não conhecem ou não conhecerão jogadores que eu vi jogar desde a década de 70 quando começei a acompanhar o futebol.
    Eu vi o Pelé encerrar a carreira, mas, não me lembrava do Eusébio infelizmente.
    A garotada de hoje só conhece Ronaldo, Adriano e Wágner Love, eles não têm noção de quem foi Ademir da Guia, Rivelino, Gerson, Tostão, enfim, o próprio Felipe Melo, jogador da seleção brasileira diz que não conheceu a seleção brasileira de 70, um absurdo.

    ResponderExcluir
  3. Jota

    Grande perda humana mesmo, conheci pessoalmente e você descreveu muito bem quem foi o Zébinho, homem de família e de bom coração, e como jogador vi pouco jogos mas meu pai que acompanhou sua carreira e até jogaram amistosamente juntos no "ferro véio" Internacional de Santa Bárbara me contou a história futebolistica do Zébinho e certamente foi um craque ,amigo de todos, ele certamente está com Deus...

    Emerson Mateus

    ResponderExcluir