terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

WASHINGTON É O NOME DELE

Sempre que um ex-jogador, ex-treinador, ou alguém do futebol deixa o Plano Físico, partindo para outras dimensões, ficam as lembranças históricas como registro.

Por exemplo, nesse período de Carnaval 2010 tivemos a notícia da morte de Washington Luís de Paula, contando 57 anos de idade.

Despontou brilhantemente pelo Noroeste de Bauru, depois Guarani de Campinas, jogou no Corinthians e defendeu a Seleção Olímpica de 1972 em Munique.

Washington quando apareceu para o futebol foi até rotulado por muita gente de um "novo Pelé".

Jogava muito.
Habilidoso, ótima técnica, bom finalizador.

Sua carreira não teve o pico máximo que todos esperavam, mas encantou pelo futebol apresentado.

Ultimamente atuava em escolas de futebol em Bauru e tinha problemas renais.

Muito conforto para a família.

E na historia do futebol brasileiro fica o registro da passagem de um garoto de Bauru na década de 60, que brilhou e sonhou um dia ser Pelé.

Washington é o nome dele.

Um comentário:

  1. Mas que confusão estão dando os penalties marcados por aí!

    As paradinhas já estão virando qualquer coisa fora do comum, e nada boas para o futebol.

    Qual a opinião da generalidade dos adeptos brasileiros por aí?

    http://aguia-de-ouro.blogspot.com/

    ResponderExcluir