quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

REFLEXÕES E UMA SUGESTÃO

Continuo recebendo mensagens carinhosas de muita gente com o passamento de meu irmão Paulo César Francischangelis, ocorrido na noite de terça-feira em Americana.

Além de agradecer a todos - o que já fiz nos espaços dos comentários - quero dizer que esses fatos nos machucam mas nos fazem refletir profundamente nas coisas da vida.

Uma das coisas mais marcantes no desligamento de meu irmão da matéria foi e está sendo a constatação do quanto ele era admirado. Do quanto ele praticou o bem. De quantos amigos deixou.

Agora é que começam a aparecer lances e fatos de caridades e benesses que ele exercitou na sua passagem pelo Planeta.
Uma entidade do Bem.

Errou como todos nós erramos em muitas coisas. Afinal, na longa caminhada cósmica, ainda estamos "cursando" a pré-infância espiritual.
Impossível não errar estando nesse estágio de caminhada.

Se pensarmos que só existe a vida terrena é impossível compreender os fatos que nos ocorrem.
Ousariamos até concluir que Deus não existe, ou não é tão bom quando pregam.

Mas vivemos MUITAS vezes. Incontáveis vezes. Com várias roupagens, mas sempre preservando a nossa identidade espititual
E vamos acumulando bagagem, boa ou má, dependendo das nossas opções.
E Deus vai nos dando oportunidades sucessivas de reparar as falhas, os equivocos, os erros todos.

Isto é que explica as "aparentes" injustiças que ocorrem no Planeta. E como explica.

Mas desculpem se viajo demais no tema.

Gostaria de lhes indicar um blog para um posto inteligente e profundo, de alguém que teve a percepção de um olhar. E que não se enganou na leitura desse olhar.

O autor descreve uma de suas últimas estadas com seu tio.

O autor é meu filho Rodrigo e o tio é meu irmão Paulo, agora se desligando da matéria.

Vale a pena ler.

http://poraoaberto.blogspot.com

Um beijo a todos.

5 comentários:

  1. É meu querido mesmo em momentos dificéis vc sempre encontra uma palavra amiga para confortar nossos coraçõeas amargurados pela perda.

    Agradeço sempre a Deus por ter me dado um presente divino nesta vida que é ter sido escolhida pra ser filha de um homem maravilhoso como o papai, ter você, Pedro e Paulo como meus queridos "meio irmãos".

    Tenho por você, uma admiração imensa da pessoa, do pai, do filho, do irmão e do jornalista que você é, porém quando te vejo, encontro uma paz infinita e uma luz divina que chega a acalmar minha alma, com um simples gesto e um olhar marcante.

    Mesmo ter vivido pouco, mas intensamente com nosso querido Pedro, digo que, sempre ele estará em meus pensamentos e em minhas orações, que a partir de ontem o nosso querido e amado Paulinho, irá ocupar o mesmo lugar.

    Tudo que nós passamos nesta vida, foi um grande aprendizado desde o meu nascimento até aqui, onde eu agradeço sempre a Deus por ter dado forças para suportar.

    E de onde eu estiver tanto nesta vida como em outras, jamais vou esquecer esse espirito maravilhoso que na vida terrena, se chama Jose Francischangilis Junior.

    muito obrigado.

    Luciene Francischangilis

    ResponderExcluir
  2. Querida Lu, vc enche a minha bola assim, eu acredito hein??? risossss

    Obrigado, maninha querida.
    Nós sempre estaremos ligados, em qualquer dimensão. Acredite nisso.
    Como estamos aqui, nessa jornada terrena.

    beijo no seu lindo coração!!!!

    josé francischangelis júnior.

    ResponderExcluir
  3. Prezado Jota

    Coincidentemente passei alguns dias sem ler o seu blog, o que não é habitual.Apenas coincidiu. Somente hoje, de 4 para 5 de fevereiro, com surpresa, tomo conhecimento do desencarne de seu amado irmão. Vê-se, claramente, pela expressão de seu texto, que voce nutria um grande afeto por ele e que, em razão disso sentiu muito a partida do Paulo César para a pátria espiritual. Ainda você tenha o respaldo de uma doutrina maravilhosa que consola, que conforma, que faz brotar sempre a alegria e a esperança, sei que está sentindo, no mais profundo de seu ser, a dor lancinante da separação, embora saiba que ela é, apenas, momentânea.
    Quero, através de seu blog, solidarizar-me com você e com sua família neste momento difícil.
    Mas, creia, orei por você, ainda que não soubesse do falecimento do Paulo César. É que há anos, todos os dias, antes de dormir, faço uma mentalização e oro um pai-nosso "por todos aqueles que, naquele momento, perdem seus entes queridos, pais, irmãos, sobrinhos, primos, esposas, maridos e amigos", a fim de que Deus lhes dê compreensão, conformação e força para enfrentar um momento tão grave e de superação tão difícil. Hoje, seguramente, farei uma prece pelo espírito de seu irmão, a fim de que ele encontre o melhor caminho para um lugar muito melhor do que este planeta de expiação e de provas.
    Alcides Drummond

    ResponderExcluir
  4. Querido Alcides.
    Quanto conforto na sua mensagem.
    É verdade, a doutrina espírita é um bálsamo, além de altamente verdadeira, direta, esclarecedora.
    Obrigado, amigo ( eu o considero um amigo, mesmo à distancia ).
    Muito obrigado pelo carinho, pela solidariedade.
    Que as energias cósmicas continuem a nos conduzir, a nos fortalecer.
    beijo no seu coração!!!
    LUZ PRA TODOS NÓS !!!!

    jota

    ResponderExcluir
  5. Ta vendo meu querido irmão, sua bola transborda mesmo, estava lendo o que vc escreveu no dia 7 de julho de 2009.

    A cada dia você me surpreende mais e mais, pena que fui a "raspa do tacho" do velho Juca como todos dizem rsrsrrsrsrrsrs.

    E nossa diferença é gde que nao permitiu termos lembranças de infancia juntos, mas na minha infancia sempre tive você, como uma pessoa incrivel e a cada dia vejo que você é muito mais.

    Agora só sobrou nós dois (humm quem vai primeiro hei....vamos tirar no palitinho como dizia a gde tia Maria rsrsrs, prometo que a cada dia vou me aproximar mais dessa familia maravilhosa...

    apesar da minha vida corrida vou arrumar um tempinha a mais...

    gde beijo

    Luciene

    ResponderExcluir