sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

NOSSOS ESTÁDIOS. AH, OS NOSSOS ESTÁDIOS.....

O Ministério Público jogou duro e aprontou uma correria nos clubes e na Federação Paulista de futebol.

Podemos até interpretar como um ato cruel do MP, pressionando às vésperas da abertura do campeonato, mas a verdade é que era preciso.

Nossos estádios estão em pleno abandono.

Não há conforto e segurança para os torcedores, imprensa e quem se disponha a comparecer aos espetáculos.

Estamos falando de segurança, higiene, facilidade de acesso e saída, estacionamentos decentes. Tudo isso.

Não estamos nem falando das estruturas dos estádios, que em sua maioria "idosos", certamente não resistiriam a uma inspeção técnica de engenharia.

O cúmulo é que nesse aspecto a gente fica "dependendo" de tragédias acontecerem, para que medidas sejam tomadas.
Lembram da Fonte Nova?

Concluo que fez bem o Ministério Público, ainda mais se levarmos em conta que clubes e Federação sabiam há pelo menos seis meses das exigencias legais.

E como aqui no Brasil as coisas só são resolvidas - quando são - sob forte pressão, o MP deu um baita susto no futebol de São Paulo.

Outro aspecto interessante é que reclamamos da ação dos órgãos governamentais - como nesse caso - mas não admitimos os próprios erros.
Ministério Público está cumprindo o seu papel, tentando preservar a integridade física dos cidadãos, e ainda é criticado.

E quanto aos clubes que justificam(?) dizendo que não têm recursos para as reformas e a manutenção dos estádios, é simples: abandonem as atividades.

Que fiquem apenas os competentes, aqueles que levam a sério a segurança dos frequentadores dos estádios.

Nenhum comentário:

Postar um comentário