quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

JOBSON EM MAUS LENÇÓIS

A contraprova do atacante Jobson confirmou cocaína em seu organismo.

Fica difícil a situação desse rapaz, um bom jogador.

Já estava negociado com o Cruzeiro por R$ 4,5 milhões.

Poderá pegar dois anos de suspensão.

É a droga da droga nas vidas das pessoas.

Quantas famílias estão mergulhadas nesse problema.

Quantas famílias despedaçadas por causa do vício.

Muito triste.

4 comentários:

  1. Orlando, João Pessoa/PB17 de dezembro de 2009 02:38

    Olá, Jota, Tudo bem?

    Pois é, Jota. Ainda garantem por aí que o esporte afasta jovens das drogas e da violência.

    Vejo constantemente muita gente afirmando isso em rádios, canais de TV e em passeatas nas ruas. Propaganda enganosa. É difícil afirmar o que realmente garante a segurança contra as drogas, se é que existe alguma coisa assim. Nem mesmo uma boa educação famliar pode assegurar isso. Nos esportes, é muito comum vermos atletas envolvidos com algum tipo de droga: atletas iniciantes e veteranos, muitos deles famosos. Ir à mídia falar, falar e falar só cria uma falsa sensação de que estamos fazendo a coisa certa.

    Notícias como essa de Jobson, Jota, é um tapa na nossa cara para acordarmos e sermos mais realistas em relação ao problema e ao que estamos fazendo para combatê-lo. Honestamente, não creio numa solução definitiva, mas acho que trabalho, boa educação, laços familiares fortes, bons amigos e políticas governamentais pontuais, embora não garantam nada, podem amenizar a situação.

    Jota, igualmente, andam dizendo também que a cultura afasta os jovens das drogas.

    Se Oscar Wilde, no século XIX, não via qualquer utilidade prática na arte, hoje criam cursos de dança, artes plásticas, música, teatro, etc, como uma promessa para tirar meninos e meninas das ruas afastando-os das drogas e da violência. É ONG que não acaba mais.

    Jota, você já viu ou ouviu alguma notícias dando conta de artistas envolvidos com drogas e violência? Nós todos sabemos como é esse meio que dizem proteger os jovens das drogas e da violência. O discurso é muito bonito e comovente, mas a realidade é outra. Para mim, Jota, é tudo propaganda enganosa e estratégia de auto-promoção.

    Por falar em ONGs, deixo uma dica: assista ao filme "Quanto Vale ou é por Quilo?"

    Um abraço, Jota

    Orlando

    P.S.: Curiosamente, Jota, o código alfabético que tive que digitar para enviar o meu post foi DOPON. Alguma a ver com o assunto? Rsssssss......

    ResponderExcluir
  2. Newsletter Semanal #2 - Brasil

    Blog Águia de Ouro

    O Benfica manteve-se na liderança após o empate em Olhão!
    Nesta semana no Águia de Ouro, todos os dias será feito um post de antecipação ao clássico, analisando os jogadores de ambas as equipas por posição. Também o Mundial da África do Sul estará em destaque com a conclusão da análise do grupo de Portugal.

    Posts Anteriores:

    - A antevisão do derby: análise do Meio-Campo...
    - Deitando um olhar pla Costa do Marfim
    - A antevisão do derby: análise da Defesa...
    - A antevisão do derby: análise dos GR
    - Agridoce
    - Enorme e Especial!
    - Desmistificando a Selecção da Coreia do Norte
    - Esboçando um olhar pelo Mundial 2010
    - Novamente Líder!

    http://aguia-de-ouro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Amigo Orlando, esse problema das drogas é o MAIOR desafio pra humanidade.

    E é mais profundo do que se imagina.
    Não se prende apenas às nossas atividades mundanas. Tem algo mais PROFUNDO nessa parada.
    Mas é um assunto delicado de ser tratado, pois envolveria crenças, religiões e etc.

    Enfim.....

    grande abraço
    jota

    ResponderExcluir
  4. Boa noite Jota,

    sobre drogas, é como meu pai diz, é a praga do século,
    ahh esse jogador até estava admirando ele, afinal, foi o diferencial, nos jogos finais do Brasileiro, pra ele, apenas lamentações;
    Obteve até bola no pé, e muitos gols, mas faltou cabeça pro melhor classíco da vida;

    Vida x Drogas

    E apenas gostaria de enfatizar;
    Que o Dodo, grande jogador, não seja exemplo pra nenhum jogador,
    afinal, é muito melhor ter a vida como parceria, do que a droga como um patrocinio da falencia;

    Abraços

    Domingos Arthur - Sp

    ResponderExcluir