quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

EM ALGUM LUGAR DO PASSADO

Fala-se mais das arbitragens nos dias de hoje porque a vigilância eletronica é rigorosa ou porque os apitadores erram demais mesmo?

Fico pensando se fosse possível voltar no tempo e colocar 10, 11, 12 cameras nos jogos dos anos 50, 60, 70, 80.....

Será que os erros dos árbitros apareceriam tanto como nos dias de hoje?

Em jogos de Copa do Mundo, será que as grandes decisões antes do advento televisão e seu implacável "olho eletronico", foram fiéis aos acontecimentos?

Será que os árbitros e bandeiras também não erraram bastante nas decisões de 30, 34, 38, 50, 54 e daí em diante. Até os dias de hoje?

Aqueles famosos jogos de Libertadores onde o Brasil só ouvia o rádio e onde os locutores e comentaristas espinafravam os árbitros estrangeiros. Será que eles realmente erravam tanto ou aquilo era coisa do fanatismo de alguns comunicadores brasileiros?

Como definir precisamente um impedimento naquele tempo, se ainda hoje, com diversos angulos de visão, a gente fica na dúvida.

E os pênaltis, então?

A verdade é que apitar futebol é uma enorme dificuldade.
Impossível uma arbitragem sem erros, assim como é impossível jogadores acertarem tudo em 90 minutos.

Falhas são inerentes aos limites do ser humano.

É evidente que não estou tocando no assunto HONESTIDADE.

Desonestos há em todos os segmentos da sociedade.
Na arbitragem também deve haver.
Mas não acredito que a maioria dos juizes e bandeiras seja desonesta.

Estou falando apenas de ERROS, FALHAS, EQUÍVOCOS.

Esperar atuações dos árbitros 100% corretas é devaneio.
É querer perfeição em algo que não tem como existir.

Mas juro que gostaria de ver os nossos maravilhosos computadores colocando uma dúzia de cameras em filmes e teipes de grandes jogos do passado.
O resultado certamente seria surpreendente.
Provaria que os árbitros de antes erravam tanto e quanto os de hoje.

Simplesmente porque são falíveis e porque apitar futebol é uma grande dureza.

Um comentário:

  1. Jota
    Sou a favor de recursos eletronicos somente em casos como foi o teste com chips na bola podendo dar a certeza se a mesma cruzou ou não a linha do gol, pois o resultado é imediato, porem em lances como faltas, impedimentos, etc.. vai continuar gerando polemica, sem falar que se o jogo tiver muitos lances para serem vistos o replay teremos muitas paradas atrasando o fim do jogo, será que a TV vai concordar? outra polemica que com certeza vai ocorrer é o fato de se utilizar o criério do recurso eletronico em um lance que favorece uma equipe e depois não usa em um lance que poderia beneficar a outra equipe.
    Abraços
    Roberto Carlos

    ResponderExcluir