segunda-feira, 28 de setembro de 2009

VIVA O RÁDIO !!!

Uma amiga querida, Conceição, me deu um toque sobre o dia do rádio e que eu deveria escrever alguma coisa.

Devo tudo ao rádio.

Foi nele que comecei - juntamente com minhas escritas no jornal - no final de 1969, na minha Americana, interior paulista.

Desde pequeno - meus pais sempre contaram - me liguei nesse veículo fantástico.

Me lembro de tentar fazer em casa um programa de rádio, utilizando os discos em 78 rotações de meu pai.

Lembro perfeitamente de sintonizar as emissoras que transmitiam futebol e de me emocionar com os narradores da época, sonhando fazer o mesmo um dia.

Copa do Mundo de 1958. Casa de meus avós paternos. O rádio foi o centro das atenções na final entre Brasil e Suécia, que começou às 11 horas da manhã.

Rádio é comunicação.
É vida.

Me lembro de ter encontrado um colega radialista, certa vez, meio desolado com o futuro do rádio e assustado com o crescimento da televisão nas coberturas esportivas.

Lamentava-se e dizia que o rádio estava morrendo.

Coloquei a mão em seus ombros e disse: "Amigo, o rádio jamais irá morrer. Rádio é comunicação e a comunicação é imortal".

Tempos depois, ele me encontrou, já mais animado, e me agradeceu por ter dito aquela frase.

O amigo refletiu melhor e passou a trabalhar mais pela evolução do veículo.

Parabéns a todos os que FAZEM rádio.

Fazer rádio é fazer o dia a dia de todo brasileiro.

6 comentários:

  1. JOTA

    Bom dia!
    Na Copa Paulista, nosso Tigre não foi em frente... já o XV conseguiu... emoções à vista... ou à prazo, sei lá!

    Quanto ao DIA DO RÁDIO : VIVA!!!
    Graças a sua informação estarei postando ainda hoje, matéria específica no meu humilde "orgão de comunicação", o BLOG DO PAULOFILÉ (http://paulofile.blogspot.com/) quem nos der o prazer da "visita" poderá interagir e argumetnar acerca do assunto.

    VIVA O RÁDIO JOTA!!!

    ...ESTE "VELHINHO INSUBSTITUÍVEL!!!"

    FORTE ABRAÇO!

    PAULOFILÉ

    ResponderExcluir
  2. Olá Jota!
    Muito boa lembrança da sua amiga!
    Eu adoro rádio, admiro pessoas que fazem programas neste meio de comunicação.
    Bjs! Silmara

    ResponderExcluir
  3. Filé, continuo ligado no Quinzão e no trabalho de vcs pela Difusora.
    Visitarei seu blog, sim. É pra já....rsss
    E viva o rádio !!!!!
    abraço
    jota

    ResponderExcluir
  4. Olá Jota

    Também aprendi a admirar o rádio desde meus 6 para 7 anos, quando ao meio dia meu pai, ligava o radio (aquela caixa grande cheia de valvulas!!! lembra? eu achava o maximo) no programa O Poder da Mensagem do grande comunicador e filho do rádio como ele mesmo dizia Helio Ribeiro, até hoje ainda aos domingos junto ao meu pai escuto o Milton Neves antes do futebol, retransmitir as mensagens daquele tempo na voz de Helio Ribeiro e tenho algumas gravações em Cds que fica no meu carro e toda semana ligo e escuto com grande prazer as mensagens que me tras grandes inspirações dia a dia, tem até você fazendo uma bela homenagem a ele. Próximo dia 06 ficaremos nove anos sem Helio Ribeiro.


    Abraços


    Emerson Mateus
    santa Barbara d Oeste

    Vamos torcer para o nho quim pois o seu Tigre e o meu Leão aiaiaiaiaiaiii

    ResponderExcluir
  5. Valeu, Silmara, amiga.
    Ninguém vive sem o rádio.
    beijo
    jota

    ResponderExcluir
  6. Hélio Ribeiro foi um mestre, realmente.
    E tantos outros.....

    A magia do rádio é insuperável.

    A ordem agora é levantar mesmo a bandeira do Quinzão....porque os nossos representantes vacilaram.....rssss

    abraço, Emerson
    Saúde e sucesso !!!!

    jota

    ResponderExcluir