segunda-feira, 7 de setembro de 2009

MORRE RUI VIOTTI

Aos 79 anos de idade, deixa o nosso convivio o mestre Rui Viotti.

Foi narrador de rádio e de televisão, diretor em grandes redes ( Globo, uma delas ), empresário, pai, esposo e avô, além de incontáveis amizades conquistadas.

Trabalhei com ele na TV Bandeirantes nas transmissões dos grandes torneios de tenis do planeta. Foi diretor da Band, também.

Nos relacionávamos muito bem.

Há uns 7 anos atrás, conversando com o amigo Rui no ginásio do Ibirapuera, falei da minha emoção em ser avô pela primeira vez.

Ele abriu o coração como "avô".

Me dizia estar curtindo alucinadamente o seu netinho, buscando e levando na escola, e fazendo todos os gostos do garoto.

Falou, orgulhoso, em ter aberto uma caderneta de poupança para o menino, me aconselhando a fazer o mesmo com meu neto.

Ultimamente, Rui narrava jogos de tenis pelo canal BandSports.

Fui um admirador do amigo.

Tinha uma visão extraordinariamente critica da televisão. Conhecia demais a linguagem desse veiculo.

A história do rádio e da televisão tem o registro do nome de Rui Viotti.

Amigo, Rui, fui e continuo sendo seu fã.






2 comentários:

  1. Olá Jota!
    Que triste! Soube da noticia pelo Cleber Machado quando assistia o Arena. Uma grande perda mesmo.
    Bjs! Silmara

    ResponderExcluir
  2. Volto ao seu blog por um motivo maior que o meu amor-próprio, homenageando meu amigo Rui Viotti, mineiro, como eu, e do sul de minas. Ele se foi e me deixa uma frustração. A de não ter feito com ele, por falta de melhor oportunidade, uma reportagem sobre o jogo que marcou a maior zebra na história de todas as copas, a vitória dos Estados Unidos sobre a Inglaterra por 1 x 0, no Estádio Independência. Detalhe importante:
    Viotti assistiu ao vivo a derrota inglesa para os yankees. Resquiecat in pace, Rui, amicus.

    ResponderExcluir