quarta-feira, 1 de julho de 2009

TORÇO PELO JUIZ

Se tem alguma coisa que ainda torço no futebol é para os juizes.

Afora os mal-intencionados e corruptos - evidentemente - e que nos dias de hoje acredito nem existirem, os árbitros são as maiores vítimas da cornetagem.

Todas as justificativas pelas derrotas e tropeços recaem sobre eles.

Sem falar dos que desconfiam dos apitadores, antes mesmo das escalações.

Esse rapaz de 30 anos de idade que apita hoje Internacional x Corinthians, Ricardo Marques Ribeiro, por exemplo, está pisando em ovos.

O juiz mineiro que trabalha hoje em Porto Alegre não vai poder errar, sob pena de ser execrado pelos dois lados.

Mas ele é humano e evidentemente passível de falhas e equívocos.

Mas a paixão do futebol não deixa que as pessoas pensem assim, tão racionalmente.
Ou as pessoas não querem ser racionais.Não é conveniente para elas nessas situações.

Um erro a favor do Inter deixará a desconfiança de que se deixou levar pelas broncas gaúchas.

Errando a favor do Corinthians, a bandeira da conspiração levantada pelos cartolas do Inter estará tremulando no Beira-Rio.

E o senhor Ricardo não é de outro planeta.

É de carne e osso. Mais sentimentos. Mais emoção.

Em resumo, uma crueldade, embora alguns possam argumentar que foi ele quem escolheu ser árbitro de futebol.

Ah como irei torcer pelo árbitro de hoje.

Um ser humano não merece ser incriminado por uma tarefa tão difícil, que é apitar futebol, ainda mais em condições como as de hoje, de tensão total.

Muito boa sorte para Ricardo Marques Ribeiro, um mineiro de apenas 30 anos de idade, com recente escudo Fifa no peito.

Seja quem for o campeão esta noite, a minha bandeira de torcida leva o nome dele.

E nem o conheço pessoalmente.

5 comentários:

  1. Jota,

    Cresci sabendo que vida de juiz, se não for a pior, é uma das, já que existe também a tão sofrida vida de goleiro que tanto defendo.

    Sabemos que a pressão em cima do pobre arbitro já começou antes mesmo da partida ter início. Infelizmente.

    Seu outro texto já diz tudo, principlamente sobre os tais cartolas que gostam de falar pelos cotovelos, na intenção de causar polêmica e prejudicar o espetáculo do esporte.

    Só espero ver um bom futebol hoje à noite.

    Grande abraço, amigo.

    Fernando Richter.
    www.pbcomfernandorichter.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Isso ai, Fernando....
    Vai ser um jogo muito emocionante, aliás, como em toda a decisão, certo?????
    abraço e bom jogo pra vc.

    jota

    ResponderExcluir
  3. OLHA JOTA, CREIO QUE QUANDO VOCÊ TEM UM ÁRBITRO E TRÊS AUXILIARES EM CAMPO NÃO PODE HAVER ERRO.
    AINDA DIGO MAIS, DEVERIAM SIM USAR O CHIP NA BOLA E AS IMAGENS DE TELEVISÃO.
    HUMANO ERRANDO ESTÁ ACEITÁVEL. IMPUNIDADE É OUTRA COISA.

    ResponderExcluir
  4. Hermes, desculpe em discordar, mas é impossível não cometer erros em um esporte tão dinamico como o futebol.

    São visões encobertas, jogadores manhosos e querendo enganar a arbitragem, lances rápidos e de difícil interpretação, duzentas mil cameras a mostrar todos os angulos e detalhes.....

    Mas concordo contigo que poderiamos usar os recursos eletronicos para dissipar dúvidas.

    Mas sigo na minha tese que assim como os jogadores erram passes, perdem gols e falham na defesa, os árbitros também erram.

    abraço amigo
    jota

    ResponderExcluir
  5. JOTA

    RESPEITO TODAS AS OPINIÕES, MAS, TÔ CONTIGO ...

    ABS

    PAULOFILÉ

    ResponderExcluir