terça-feira, 16 de junho de 2009

PALMEIRAS X NACIONAL

Palmeiras pega o Nacional em Montevidéu nesta quarta-feira.

Há 11 anos, lá atrás, o Verdão esteve na capital uruguaia enfrentando o Nacional e meteu uma sonora goleada: 5 a 0. Foi pela antiga Copa Mercosul e no estádio Centenário.

Palmeiras e Nacional se enfrentam desde 1947. São 62 anos.

No retrospecto desse confronto temos 12 jogos, com cinco vitórias cada, dois empates.

Atuando no Uruguai, o Palmeiras venceu três jogos e perdeu três para o Nacional. Nada de empates.

Verdão já decidiu uma Libertadores contra um clube uruguaio. Foi em 1961 diante do Penharol, e deu Penharol.
** ou Peñarol, se você preferir.

Time de Luxemburgo nas últimas cinco partidas, não perdeu. Venceu duas, empatou três.

Faz 20 anos que um clube uruguaio não chega às semifinais da Libertadores da América. Desde 1989 com o Danúbio.

Grandes jogadores já vestiram a gloriosa camisa do Nacional, como o goleiro Rodolfo Rodriguez, Hugo de León, Rubem Sosa, Francescoli, Diego Lugano, o brasileiro Manga ( goleiro na Copa de 1966 ) e tantos outros.

Nacional, curiosamente, foi campeão da Libertadores em três oportunidades e nesses anos foi também campeão mundial. Isto aconteceu em 71, 80 e 88.

Desde quando foi criada a Libertadores, o Nacional só não participou em 1996. O clube tem 30 titulos nacionais e só perde para o Penharol.

Se o Palmeiras passar pelo time uruguaio, chegará à sua sétima semifinal da competição.

Verdão tem totais condições de se classificar nesta quarta-feira. Mas terá de ser guerreiro, além das condições técnicas dos jogadores e da formação tática empregada.

Torcedor alviverde prende a respiração amanhã à partir das sete e vinte da noite.

Um comentário:

  1. Me arrisco a dizer o seguinte, Jota: o Palmeiras joga por qualquer empate com gols. Afinal, se for 1 a 1, nos pênaltis Marcos faz a diferença. É um goleiro que faz o batedor titubear na sua frente. Até hoje, em Libertadores, só o Boca passou por Marcos, e como sabemos, não tem mais Boca na Libertadores esse ano.

    O Palmeiras pode perder para seus erros, como tem feito no ano todo. O Nacional é um time perigoso, mas na comparação eu sou mais o brasileiro, sempre!

    abraço!

    ResponderExcluir