terça-feira, 2 de junho de 2009

MIRANDA TITULAR

Seleção iniciando os treinamentos para pegar Uruguai e Paraguai, depois a Copa das Confederações na África do Sul.

Sempre respeitando a autoridade de quem seja o treinador de plantão - no caso, Dunga - os palpites são inevitáveis.

Um exemplo das cornetadas é o zagueiro Miranda, do São Paulo.

Esse rapaz está gastando a bola, em que pese a turbulencia que o tricolor passou até o jogo contra o Cruzeiro domingo passado.

Não vi ultimamente em jogos da Seleção ninguém jogar mais que Miranda ali na cozinha brasileira.

Ele tem um dominio da situação que impressiona. Cobre, desarma, corta caminhos e antecipa, bom nas bolas pelo alto. Um craque.

Em resumo, Dunga vai cometer injustiça se não der uma chance a Miranda contra uruguaios ou paraguaios, e mesmo na inconsequente Copa das Confederações.

É só uma observação.

Um comentário:

  1. Jota,

    Isso não é de hoje. É inacreditável como joga o Miranda. Além de todos os adjetivos citados no seu testo, acrescento a calma e paciência em sair jogando. Miranda, realmente, será injustiçado caso não seja o titular.

    Grande Abraço.

    Fernando Richter

    ResponderExcluir