quinta-feira, 4 de junho de 2009

COMO ACABAR COM A VIOLÊNCIA ???

Seguem as discussões - sempre necessárias - sobre a violência que ronda o mundo do futebol.

Perdeu-se mais uma vida em São Paulo num conflito de torcidas(?), algo inaceitável em se tratando de seres dotados de inteligencia envolvidos.

Há muitas teses, há grandes estudos, ouço até declarações levianas de pessoas que dizem ter a receita certa para acabar com tudo isso. Batem no peito e afirmam saber como resolver.

Não é simples, não é fácil.

Fosse fácil e tudo já estaria resolvido, pelo empenho dos estudiosos e pela ação das policias.

Fala-se muito em impunidade - o que me parece correto - mas se olharmos para os países mais desenvolvidos que o nosso, percebemos que a criminalidade continua firme e forte, mesmo com as autoridades mascarando as estatísticas e minimizando os números.

Na verdade é um conglomerado de coisas. São muitos os ingredientes desse indigesto prato.

Além de tudo o que se deva invocar, tem o fato do marginal levar dentro de si o instinto da maldade, da traquinagem, da imperfeição na personalidade, e aquela certeza(?) do "comigo não acontece nada"......"ninguém me pega".

São seres que insistem em não crescer intimamente. Insistem em não se integrar à sociedade com atos e atitudes coerentes com a dignidade.

E essas entidades desequilibradas nos desafiam. Desafiam as autoridades e suas técnicas. Incomodam a todos os que se veem como politicamente corretos.

Perdem-se vidas, é verdade, e lamentável, mas a inquietação toma conta de todos nós e nos remetem a estudos, pesquisas e tudo mais.

É das discussões que se extraem as resoluções, bons projetos, boas idéias.

Que todos contribuam, mas com profundidade. É hora de reflexão séria, contundente.

Com maturidade, responsabilidade.

Mas repito. Que não é fácil, isto não é mesmo.

3 comentários:

  1. Jota, entendo que posso falar um pouco sobre violência.
    Não adianta as forças de segurança do Estado, colocarem mil, dois mil, três mil agentes de segurança, seja no estádio, imediações ou nos locais considerados de risco, o confronto uma hora ou outra vai acontecer....
    Isso não tem volta....INFELIZMENTE !!
    Um abraço
    keller

    ResponderExcluir
  2. Jota
    Continuo achando que grande parte da culpa é dos dirigentes de clubes , federaçôes e principalmente da CBF. Perguntas que tenho a fazer: por que quando os clubes perdem mando de jogos por causa da violencia da sua torcida eles não procuram investigar quem foi os culpados? quando que algum dirigente mostrou estar indiginado pela violencia causada pela sua própria torcida? Eles fazem de conta que não tem nada haver e sabemos que as organizadas tem previlegios na compra de ingressos, locais para ficar nos estadios etc. Enquanto os clubes não forem avalistas dos atos de seus torcedores a situação não vai melhorar, porem acho dificl issp ocorrer, pois tenho certeza que os clubes tem "rabo preso" ou medo dessa turma briguenta.
    Abraços

    ResponderExcluir
  3. qual é o resultado?milhares de anos de historia humana dão evidências de que o sofrimento reina com poder cada
    vez maior.No seculo passado ,a humanidade vivenciou o pior sofrimento de todos.milhões de pessoas foram mortas no holocausto.mais de 100 milhões morreram em querras. o crime e a violência se alastraram.o consumo de drogas tomou proporções epidêmicas.doenças sexualmente transmisiveis se propagando.milhares morrem todos os anos de fome e de doenças .A vida familiar e os valores morais se desintegraram em toda parte.nenhum governo tem a solução para esses problemas,que dirá acabar com a violências..

    ResponderExcluir