quarta-feira, 10 de junho de 2009

A BOLA DAS ELIMINATÓRIAS

Contagem regressiva para a bola rolar no gramado novo do Arruda.

Cada jogo é um jogo, diz o povão.

É é uma verdade.

Esperar que a Seleção Brasileira repita a impecável apresentação feita diante dos uruguaios, hoje contra os paraguaios, é ser muito exigente ( ou otimista ).

A seleção do Paraguai, mesmo em momento instável, é superior à uruguaia.

Os números dessas eliminatórias deixam isto muito claro.

O Brasil joga em casa, tem mais repertório, mais recursos técnicos, mais talentos, porém o danado do futebol é pregador de peças.

Entendo que a seleção de Dunga vai vencer o jogo, mas sem a liberdade e a mesma inspiração do último sábado no estádio Centenário.

Daqui a pouco veremos os argentinos na altitude de Quito. Deverão ter dificuldades.

Veremos depois Colômbia e Peru. E mais tarde daremos uma espiada também em Chile x Bolívia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário