sábado, 16 de maio de 2009

O MEU TIGRE

Hoje às sete da noite o meu querido Rio Branco de Americana - que conheço há meio século - joga em Araras com o União São João, em mais uma etapa rumo ao retorno para a Primeira Divisão do campeonato paulista.

O Tigre caiu em 2007, jogou no ano passado e não foi bem, mas agora em 2009 está tendo uma temporada fantástica. Em 23 jogos, só uma derrota. E perdeu quando podia perder, pois já estava classificado para as finais.

Hoje diante do alviverde ararense, que projetou o lateral Roberto Carlos para o mundo, além de tantos outros, o Rio Branco vai para o jogo com apenas um goleiro. Não é incrível?

O titular Cristiano foi expulso na rodada passada e hoje entra o reserva.

Havia dois meninos dos juniores que hoje poderiam ser aproveitados, mas foram à Justiça e ganharam o direito de deixar Americana.

Resumindo, se o goleiro titular hoje se machucar ou for expulso, entrará um meia no gol para quebrar o galho.

Fala-se que o União São João irá forçar a expulsão do goleiro. Pode ser que seja apenas especulação, mas é o que se comenta na cidade.

O tempo vai passando para a gente e muita coisa muda na nossa mente.

Hoje, por exemplo, só tem um time de futebol que me faz ficar apreensivo. É exatamente o Rio Branco, da minha cidade Americana, um clube que conheço desde que tinha 10 anos de idade.

Nada mais me altera no futebol, a não ser as vitórias e os tropeços do alvinegro americanense.

É afetividade. Identidade.

Hoje, sete da noite, sintonizarei a Rede Vida de Televisão com os amigos Fabrini e Paulo Júnior, para ver o desempenho do Tigre. E ao mesmo tempo sintonizarei a rádio Azul Celeste americanense, a única a acompanhar o Rio Branco, com os queridos Carlos Kabela, Moisés Lacerda, Ariel Ferreira, Gustavo Antoniassi e equipe.

Se vencer, o alvinegro espera amanhã o desfecho de Sertãozinho e São José. Se houver um vencedor nesse confronto, e o Tigre ganhar neste sábado, o time volta ao Paulistão.

6 comentários:

  1. Jota
    Aproveitando que voce escreveu sobre a Rede Vida, tem alguma informação do Antonio Carlos Ferreira? gostava de acompanha-lo porem depois que se afastou não tive mais noticias, sempre o admirei pois sempre soube tratar o futebol um esporte que mexe com as paixões de forma serena sem precisar fazer aquele "circo" que muitos narradores e comentaristas fazem.
    Um abraço
    Roberto Carlos

    ResponderExcluir
  2. Jota, finalmente volto a comentar aqui depois de uns dias bem cheios...rsrs

    Essas situações de acesso me lembram o ano 2000 com o meu Azulão, contra o então Etti Jundiaí. Depois de um 1 a 0 fora de casa, gol do Túlio Maravilha, seguramos o 0 a 0 no Anacleto Campanella, em uma tarde chuvosa e fria, onde estive presente. Meses depois, o São Caetano seria vice-campeão brasileiro, graças ao regulamento da Copa JH, e também à competência dos jogadores e comissão técnica.

    Hoje o Rio Branco vai ter que enfrentar a "Batalha de Araras", caso seja forçada a expulsão do goleiro. Terão que se espelhar no Grêmio de 2005, que subiu com 7 jogadores em campo. Mas, se não for hoje, com certeza será na próxima rodada. Estou na torcida pelo Tigre, assim como pelo Monte Azul no outro grupo.

    Grande Abraço, Jota!

    ResponderExcluir
  3. Roberto, professor Ferreira infelizmente não volta mais à televisão. Sua enfermidade é irreversível, lamentavelmente.
    Eu o admirava e algumas vezes participei do seu programa da Rede Vida.
    Ele faz muita falta, sim.

    abraço.
    jota

    ResponderExcluir
  4. Allan, tava fazendo falta aqui, amigo.

    O acesso é sempre emocionante, seja em qualquer nível, nao é????

    Avalio o que vc sentiu na subida do Azulão. Vi agora a pouco a virada sobre o Bahia.

    bom domingo !!!!
    abraço
    jota

    ResponderExcluir
  5. JOTA

    Tudo bem?

    O Tigre empatou... foi um bom resultado.

    Acredito em uma grande festa no jogo com o São José no DV, independente do que acontecer em Sertãozinho. Tem "gurú" por aí chutando há duas rodadas... é o "jogo do acesso"...e o faz também com o jogo de Sertãozinho...
    O que eu acho é que tanto A-2 como A-3 estão muito niveladas (por baixo infelizmente) e a decisão deverá ficar para penúltima e última rodadas.
    Veja o grupo do Nhô Quim, que, cedeu um empate meio amargo no último jogo ao Penapolense(G3 - A-3) tá todo embolado, Penapolense lidera(5 pts), o XV na vice com a mesma quantidade de pontos que o GEO, 4 pts e o "lanterna" PAEC tem um grande grupo, liderado pelo nosso conhecido Max Sandro, com 3 pts, ou seja, não tem time fraco...
    Analisando mais friamente, todos os grupos dessas divisões, serão vistos desta forma... muito, mas, muito equilibrados mesmo... haja coração!

    Estaremos acompanhando...

    Forte abraço e "apareça no BLOG"

    PAULOFILÉ
    http://paulofile.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Isso aí, Filé....
    Bom resultado e também estou achando que a decisão do acesso será em Americana dia 31 contra o São José.

    E o Quinzão, hein????.....
    É emoção até o fim......rsssss
    Guenntaaaa coração.......rssss

    Boa semana, amigo.
    jota

    ResponderExcluir