domingo, 10 de maio de 2009

JULIO MAZZEI

Final de noite deste domingo e a triste notícia da morte do professor Júlio Mazzei.

Vítima do Mal de Alzheimer, professor Mazzei estava desde 2004 internado em uma casa de repouso de Santos.

Tinha 78 anos de idade e marcou no futebol brasileiro e internacional como um estudioso preparador físico. Levou Pelé para o Cosmos, dirigiu o time americano e trabalhou com grandes nomes do futebol mundial.

Convivi com ele à partir de 1986 quando Luciano do Valle convidou Pelé para ser comentarista da Band no Mundial do México daquele ano.

Mazzei e Pelé eram como irmãos. O rei respeitava o professor como um pai, um mestre.

Assim, os dois se juntaram ao nosso time de jornalistas.

Esteve depois com a seleção de masters, onde foi o orientador, coordenador do projeto e um grande conselheiro de Luciano do Valle.

Mazzei participou com a gente ainda nas Copas de 90 e 94. Sua presença nas mesas redondas da Band era marcante, notável, pelos conhecimentos e pela inteligência. Pelo carisma.

Minha homenagem a esse grande homem do esporte.

E acima do técnico em preparação física que foi, Mazzei era um ser dotado de bondade e de solidariedade. Ajudou a muita gente do futebol. Uma linda entidade.

Já estou com saudade do mestre.

3 comentários:

  1. Bela homenagem ao grande Julio Mazzei, Jota. Abraço. Odir Cunha

    ResponderExcluir
  2. Bela homenagem, Jota. O professor Julio Mazzei merece esse reconhecimento. Abraço. Odir Cunha

    ResponderExcluir
  3. Obrigado, Odir.
    Professor não pode ser esquecido pelo futebol (esporte) brasileiro.
    Um grande homem.

    abraço pra vc!!
    jota

    ResponderExcluir