segunda-feira, 6 de abril de 2009

O CRAQUE WILLIAM

Sábado passado transmiti o jogo entre Finasa Osasco e São Caetano pelas semifinais da Superliga de volei feminino.

Um jogaço.

Só emoções. E só poderia ser assim, pois além de seis campeãs olimpicas em quadra (Paula não pôde jogar) tivemos coadjuvantes de luxo como Lia, Camila Brait, Natália, Deise e outras.

Depois da partida me encontrei casualmente com uma personalidade do esporte mundial, o levantador William, medalha de prata em Los Angeles 84 e campeão em tantas outras jornadas nacionais e internacionais.

Hoje William, além de treinador de volei, acompanha e torce pela filha Ana Cristina (joga pelo São Caetano) que também é levantadora. De pai para filha.

Transmiti dezenas de jogos de William nos meus tempos de Bandeirantes. Foi um craque na quadra, ao lado de Montanaro, Bernard, Renan, Fernandão, Domingos Maracanã, Amaury, Xandó e cia.

Bati um papo rápido com William, mas me lembrei de quantas vezes narrei bolas incríveis levantadas por ele com a camisa da Seleção e dos clubes que defendeu.

Minhas homenagens a William, craque do volei e em cidadania.

Nenhum comentário:

Postar um comentário