quinta-feira, 26 de março de 2009

VAMOS GANHAR EM QUITO ?

Confesso que não sei o que escrever sobre Brasil x Equador.

Leio que nas duas últimas Eliminatórias a nossa seleção não derrotou os equatorianos em Quito. É um dado, mas retrospecto não entra em campo, certo?

O treinador adversário tenta dar moral para o seu grupo dizendo que o Brasil não é o melhor ataque da competição. E é verdade, pois estamos em terceiro na artilharia das Eliminatórias.

A altitude de Quito não é das mais acentuadas, mas joga um pouquinho. Atrapalha um pouco.

Sem nenhuma dúvida, jogador por jogador, o Brasil tem mais talentos que o inimigo. Porém a gente sabe que de uns bons tempos para cá, esse diferencial não tem ganhado jogos. A própria Seleção Brasileira já levou algumas pancadas de equipes menos talentosas. Idem a Argentina.

Vamos acompanhar atentamente à partida de domingo, seis da tarde.
E depois o jogo da quarta-feira em Porto Alegre contra os peruanos.

É evidente que o Brasil vai se classificar. Nada disso está em discussão. Mas rodada a rodada pintam os prós e contras dos concorrentes. E já foi o tempo que brasileiros e argentinos não perdiam para ninguém.

6 comentários:

  1. Bom dia Jota Jr.
    Sou nascido em Campinas, porém moro hoje em Limeira, sou torcedor fanático pela Ponte e diante disso gostaria de lhe dar parabéns pela transmissão de Quarta entre Ponte e Corinthians, a sua imparcialidade nas narraões dos gols é muito legal, diferente de outras emissoras..enfim. Gostaria de saber se você vai estar no jogo entre Corinthians e gfc.
    Se sim, espero que narre mtos gols do Corinthians...

    Abraços...Fernando

    *Desculpe usar o tópico da seleção, mas era o mais recente.

    ResponderExcluir
  2. Fernando, muito obrigado pelos elogios.
    Estarei sim no jogo Guarani e Corinthians.
    Ótimo final de semana pra vc e sorte para a sua Ponte Preta.
    abração.

    ResponderExcluir
  3. Jota
    Muitos jornalistas criticaram os zagueiros adversários do Corinthians em alguns jogos e também o arbitro do jogo contra a Ponte alegando que eles respeitavam demais o "Fenômeno". Você concorda com isso, ou será que esse excesso de respeito não é proposital porem acaba ocorrendo fugindo da própria vontade dos mesmos pelo fato de estarem diante de uma celebridade? E para o narrador é especial narrar jogos assim?
    Um abraço
    Roberto Carlos

    ResponderExcluir
  4. Jota, eu estou mais ansiosa com o jogo da Argentina do que o Brasil.
    Parabéns pelo Blog.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Fala Jota

    Olhando para o jogo contra a itália, acho que pode sair coisa boa desses jogos. Sinceramente, penso que na era dunga a seleção viveu momentos piores, talvez finalmente treinador-atletas estejam encontrando uma boa sintonia.

    É botar o time para frente e (tentar) mostrar o futebol que tanto marca nosso país.

    Abraço

    ResponderExcluir
  6. Roberto, confesso não mais me impressionar com jogos "especiais" ou com nomes importantes em campo. Acho que é a rodagem....rssss ( quero dizer, a idade ).
    Bom mesmo é qdo o jogo é bom, movimentado, repleto de emoções. E preferencialmente com público razoável no estádio.
    Alguns árbitros se deixam levar pela presença do Ronaldo. Me lembro que antigamente alguns juizes também se impressionavam apitando jogos do Pelé.
    Grande abraço, amigo.

    ResponderExcluir