quinta-feira, 19 de março de 2009

NINGUÉM GOSTOU

Nos últimos anos os capos da Fórmula-1 têm mexido muito no regulamento da categoria.

Há quem defina tudo isso como desespero, em razão dos baixos índices de audiência mundial da televisão e da diminuição de público nos autódromos durante a temporada.

Essa agora, do campeão ser conhecido através de corridas conquistadas, e não através de pontuação geral, tem tido a pior das repercussões. Ninguém gostou da novidade.

Leio que também Michael Schumacher reprova a invenção dos senhores da cúpula da velocidade. As personalidades do mundo da F-1 não vêem qualquer sentido na mudança dos critérios para se conhecer o campeão.

Não entendo de automobilismo quanto aos aspectos técnicos e confesso que há muitos anos não acompanho as corridas, mas me valho dos depoimentos de gente do ramo para editar esse post.

A verdade é que os donos da F-1 mexem mais no regulamento do que criança solta em loja de brinquedos.

Com a agravante de que a alteração surge em meio à uma das maiores crises financeiras do Planeta e que afetou diretamente a categoria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário