sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

DOMINGO DE CLÁSSICOS

Fim de semana com muitos clássicos locais por todo o País.

Prato cheio para os torcedores, que têm no bar, na pelada, nas festas de familia, no shopping, nas ruas, os "inimigos" para os desafios, apostas e bravatas.

Os estaduais têm esse poder e essa magia, ou seja, aguçar os antagonistas de uma mesma região, de um mesmo pedaço de terra. A proximidade física é importante na rivalidade das torcidas.

Eu, por exemplo, estarei vendo de perto o derbi campineiro, transmitindo pelo Sportv no domingo, às sete e dez da noite, com sinal aberto para todo o Brasil. Estarão comigo Maurício Noriega, Alexandre Oliveira e Marco Aurélio Souza.

Vejo Guarani x Ponte Preta desde os anos 70, quando ainda trabalhava no rádio de Campinas. É uma rivalidade que impressiona. Esse confronto começou em 1912 e pelo campeonato paulista desde 1951.

O torcedor - pontepretano ou bugrino - joga tudo nesse clássico local.

É um belo espetáculo, à exceção daqueles desequilibrados que insistem em botar pra fora o instinto selvagem que os domina, aprontando nas ruas e até dentro do estádio.

Mas é um evento que dá colorido especialíssimo ao domingo campineiro.

Em 1980 houve um derbi no Brinco de Ouro com 34 mil torcedores assistindo. Certa vez, no Pacaembu, decidindo um turno do Paulistão, Guarani x Ponte levou 39 mil pessoas ao Paulo Machado de Carvalho. Foi de impressionar na época a imprensa paulistana.

Você que nos lê e que terá o seu clássico local neste fim de semana, aproveite e curta bastante.

Que tudo corra bem.

Sorte pro seu time.

Nenhum comentário:

Postar um comentário